Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Agenda do Governador em Brasília

Agenda do Governador em Brasília 

 

Hoje foi um dia importante para Santa Catarina, o governador Eduardo Pinho Moreira esteve em Brasília e participou de diversas reuniões para viabilizar obras e serviços importantes para o Estado, como Saúde, Defesa Civil, Serra do Rio do Rastro, Barra da Lagoa, em Florianópolis, entre outros. 

Oportunidades

Próximos eventos


Fotos: Marcieli Berti/Hospital Regional de São Miguel do Oeste

Os equipamentos que serão utilizados para o atendimento de pacientes com câncer já foram adquiridos pelo Instituto Santé, que administra o Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, de São Miguel do Oeste. O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), liberou em dezembro o valor de R$ 2,3 milhões para a ação que atenderá 30 municípios do Extremo-Oeste.

O diretor do hospital, Jeferson Gomes, lembra que a seleção de fornecedores iniciou ainda em janeiro e que os equipamentos adquiridos permitirão uma assistência com excelente padrão de segurança e qualidade. Da mesma forma, Gomes ressalta que a compra foi mais uma etapa vencida para que o atendimento oncológico inicie no Extremo-Oeste, mas que outras ainda precisam avançar.

>>> Galeria de fotos

“Estamos negociando a alteração do contrato com a SES. A equipe do hospital está sendo preparada para o serviço, bem como já temos nomes de profissionais médicos complementares que serão contratados assim que tivermos a confirmação por parte do Estado para início dos atendimentos. Os protocolos hospitalares, por exemplo, estão sendo planejados há bastante tempo”, explica.

Oncologia do Hospital Regional Terezinha Gaio Basso
Conforme a gerente de Saúde, Paula Corrêa, o aditivo do contrato está sendo elaborado pela Secretaria de Estado da Saúde. “Assim que concluído, será reunido o administrativo do hospital e a SES, fechando detalhes como valores e metas de serviços e para a assinatura do documento”, disse. Foram adquiridos equipamentos médico-hospitalares e cirúrgicos, móveis, camas e também instrumentais para cirurgias.

Informações adicionais para a imprensa
Gisele Vizzotto
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste
E-mail: imprensa@sge.adr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3631-2901 / 98837-7422 / 98801-4797
sc.gov.br/regionais/saomigueldooeste


Foto: Divulgação / PC

A Polícia Civil prendeu 62 pessoas, sendo 54 por meio de cumprimento de mandado de prisão e outras 8 por auto de prisão em flagrante, nesta quarta-feira, 25, em uma operação estadual envolvendo 25 Divisões de Investigação Criminal em todas as regiões do Estado. Também foi realizada busca e apreensão em 53 residências e localizadas porções de droga (cocaína, crack e maconha). Uma pessoa foi presa por crime de trânsito. Esta operação deu prioridade ao cumprimento de mandados de prisão porque a maioria é resultado da coleta de indícios e informações e investigações feitas em ações policiais recentes.


Foto: Divulgação / SEA

Santa Catarina se prepara para exportar leite e manter a sanidade dos rebanhos é um passo fundamental deste processo. O Estado já possui a menor incidência de brucelose e tuberculose bovina do país e agora caminha para a erradicação da doença. Nesta terça-feira, 24, os integrantes da Câmara Setorial do Leite e Derivados discutiram ações para fortalecer a cadeia produtiva do leite e eliminar as doenças dos rebanhos.

Segundo o secretário adjunto da Agricultura e da Pesca, Athos de Almeida Lopes Filho, o setor precisa se preparar para o futuro e erradicar as duas doenças pode ser um grande diferencial para conquistar mercados internacionais. “Precisamos reunir as pessoas que pensam em soluções para o setor leiteiro e buscar alternativas para erradicar a brucelose e a tuberculose em Santa Catarina”, afirmou.

Uma das alternativas levantadas foi criar uma compartimentação, como foi feita com a avicultura, para o setor leiteiro de determinada região. O professor da Udesc, André Thaler Neto, ressalta que Santa Catarina é o Estado brasileiro com mais chances de erradicar as doenças no país e esse pode ser o diferencial do leite catarinense.

Outra demanda levantada é realizar um estudo para conhecer os custos de produção, regras sanitárias, tributos para produção e comercialização nos países do Mercosul. A intenção é unir esforços nacionais para conseguir informações e embasar esse estudo.

Indenizações

Para manter a sanidade dos rebanhos catarinenses, os animais acometidos de brucelose ou tuberculose, são abatidos sanitariamente e os proprietários indenizados pela Secretaria da Agricultura, através do Fundo Estadual de Sanidade Animal (Fundesa). O fundo faz parte da política de defesa sanitária do Governo do Estado e, com a indenização, os produtores podem adquirir animais sadios para continuarem a produção de carne e leite.

Informações adicionais para a imprensa:
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca
imprensa@agricultura.sc.gov.br
Fone: (48)-3664-4417/ (48) 98843-4996
Site: www.agricultura.sc.gov.br 
www.facebook.com/AgriculturaePescaSC 


Fotos: Douglas Saviato/SAN

O secretário de Estado da Saúde, Acélio Casagrande, tomou posse nesta terça-feira, 24, como vice-presidente da região Sul do Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass). O ato, que reuniu secretários de Saúde de todas as federações, ocorreu durante cerimônia organizada pelo Conass, em Brasília.

“É um grande desafio representar e apoiar as secretarias dos três Estados, promovendo a disseminação de informações, conhecimentos, inovações e troca de experiências. A intenção é garantir eficácia às ações do âmbito da saúde pública da região Sul”, destacou Casagrande. Os demais representantes de cada região também foram empossados, assim como o presidente nacional, cargo assumido pelo secretário da Saúde de Goiás, Leonardo Moura Vilela.

>>> Confira a galeria de fotos

Saúde Pública 

A nova diretoria empossada terá como grande desafio tratar o acesso à saúde como um direito de todos. Durante a cerimônia, ressaltou-se também a união dos secretários e o fornecimento do Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo o novo presidente empossado, o Conass pauta muitas questões de saúde pública do Brasil, ou seja, é uma entidade de grande relevância ao país.

"Já estive como deputado federal três vezes e posso dizer que o Conass é uma das instituições mais representativas e respeitadas que possuímos nos dias de hoje. Estamos ainda em ano eleitoral e precisamos colocar em pauta cada vez mais as questões que envolvem a saúde e, consequentemente, o SUS", comenta Vilela.

Para o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, é importante que o Brasil siga em um caminho onde todos tenham os mesmos direitos. “Também tenho como intenção o fortalecimento do SUS e o avanço da saúde pública. Quero manter o diálogo e as portas abertas com todos para que possamos assumir compromissos juntos”, destaca.
 
Informações adicionais para a imprensa
Douglas Saviato
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Articulação Nacional
E-mail: douglas@san.sc.gov.br
Fone: (61) 3101-0900 / 99304-0198
Site: www.san.sc.gov.br


Fotos: Ana Paula Keller / ADR Joinville

A Secretaria de Estado da Saúde concluiu a compra de monitores multiparâmetros para o Hospital Regional Hans Dieter Schmidt, em Joinville. O equipamento, importado do Japão, está em fase de montagem e testes. Os 49 aparelhos serão utilizados para o controle dos sinais vitais de pacientes do hospital. A meta é de que todos os trabalhos de montagem, testes e instalação dos equipamentos sejam concluídos em duas semanas. 

A diretora do Hospital Hans Dieter Schmidt, Tânia Eberhardt, explicou que os aparelhos serão instalados em setores como o centro cirúrgico e a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). “Estes monitores estavam há muito tempo sendo esperados”, afirmou. “Eles irão substituir alguns que já foram desativados e isso oportunizará  melhor atendimento aos nossos pacientes além de serem considerados alto padrão em tecnologia”.

Paralelamente à montagem e testes, será realizada uma etapa de treinamento dos médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem com o setor de pesquisa. O Governo de Santa Catarina, por meio de licitação realizada pela Secretaria de Estado da Saúde, investiu R$ 618 mil na compra dos monitores.

Mais informações para a imprensa:
Fabrício Escandiuzzi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820 / 99913-0316
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
Site: portalses.saude.sc.gov.br

Página 1 de 307