Tamanho da Fonte

 

Rede Cegonha

acoes da saude 20130605 1881723397

O Rede Cegonha visa oferecer uma série de cuidados às mulheres como o direito ao planejamento reprodutivo, atenção humanizada à gravidez, parto, puerpério.

O mesmo se estende às crianças de até dois anos, garantindo nascimento seguro e humanizado, crescimento e desenvolvimento saudáveis, com isso reduzindo a mortalidade neonatal.

O programa é mantido pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A gestante deve ir à Unidade Básica de Saúde de seu município para realizar o pré-natal. Durante o período gestacional, o parto e o puérpério, a paciente é acompanhada pelo seu médico.

Integram a Rede Cegonha da Grande Florianópolis a Maternidade Carmela Dutra, o Hospital Universitário (HU) e o Hospital Regional de São José. Pois são instituições de referências no atendimento de alto risco da gestante e do recém-nascido.

Já nas macrorregiões do Nordeste e Planalto Norte catarinense, as unidades hospitalares incluídas no projeto são a Maternidade Darcy Vargas, em Joinville, o Hospital e Maternidade Jaraguá, em Jaraguá do Sul, e a Maternidade Dona Catarina Kuss, de Mafra.

Para este ano, também estão previstas a expansão da Rede Cegonha nas macrorregiões Sul e Serra Catarinense.

Mais informações estão no site da Secretaria de Estado da Saúde.

 

Contato:

Coordenadora do Grupo Estadual da Rede Cegonha  - Carmen Regina Delziovo

Telefone: (48) 3212 1688

Email: redecegonha@saude.sc.gov.br

 

 

Desenvolvimento: CIASC | Gestão do Conteúdo-SECOM | Tecnologia-Open Source