Tamanho da Fonte

 

Telemedicina

acoes da saude 20130605 1466048178

A Telemedicina é um sistema de apoio à atenção básica de saúde que surgiu em 2005, por meio de uma parceria da Secretaria de Estado da Saúde (SES) com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O objetivo é facilitar o acesso do cidadão a exames médicos e também permitir aos especialistas maior rapidez nos resultados e nos laudos dos procedimentos realizados. A Telemedicina tem seus serviços disponíveis em todos os municípios catarinenses.

Ela está dividida em três frentes de serviços: telediagnóstico, com exames de eletrocardiograma e de dermatologia; Sistema de Apoio ao Laboratório Central de Análises Clínicas (Lacen); e suporte aos equipamentos de imagens médicas em hospitais públicos estaduais.

Cardiologia e dermatologia

O sistema conta com uma infra-estrutura tecnológica que suporta o envio de exames e a emissão de laudos à distância, ou seja, por especialistas que não estejam necessariamente no mesmo local ou cidade do paciente.

O Telediagnóstico envolve exames de eletrocardiograma e dermatologia que são carregados no portal da Telemedicina, sendo que em até 72 horas os especialistas enviam o laudo médico. Os exames são feitos na cidade onde o paciente mora, em unidades básicas de saúde ou policlínicas. 

Auxílio para laboratórios e hospitais

O Lacen também obteve maior rapidez na entrega dos resultados de exames de análises clínicas. Antes, o laboratório enviava seus exames por correio. Depois que começou a participar do sistema à distância, tem enviado uma média de 270 mil resultados por ano.

O Raios-x digital, a tomografia computadorizada, a ressonância magnética e a ultrassonografia são exames realizados nos hospitais públicos estaduais e armazenados no sistema eletrônico da Telemedicina. O objetivo disso é que pacientes, médicos e demais profissionais da saúde tenham acesso a essas informações em qualquer lugar do Estado.

Quem é beneficiado

- Paciente, que, de posse do protocolo que lhe foi dado no ato da realização do exame, pode ter acesso tanto ao exame quanto ao respectivo laudo;

- Médico requisitante, dando acesso ao exame que solicitou e, mesmo antes do laudo, ter mais informações para melhor atender seus pacientes;

- Médico executor, dando acesso para executar laudos das diversas modalidades de exames que o sistema oferece;

- Profissionais da saúde, possibilitando acesso tanto aos exames, quanto a laudos.

Conheça o site Sistema Catarinense de Telemedicina

 

Contato:

Superintendência de Serviços Especializados e Regulação da SES

Coordenadora: Drª Carla Pulga

Telefone: (48) 3212-1678/1655

E-mail: telemedicina@saude.sc.gov.br / beto@saude.sc.gov.br

 

 

Desenvolvimento: CIASC | Gestão do Conteúdo-SECOM | Tecnologia-Open Source