Compartilhe

Descrição do áudio

A Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca mantém a interdição das áreas de cultivos de ostras, vieiras, mexilhões e berbigões das localidades de Praia Alegre, Armação do Itapocorói, Canto da Praia, Zimbros e Canto Grande em Penha, Balneário Camboriú e Bombinhas./
A proibição de consumo e comercialização é devida à presença de toxina paralisante./
O restante do Litoral catarinense está totalmente livre da toxina e está liberado o consumo e coleta de ostras e mariscos.
Desde o dia 19 de outubro, a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) monitora a presença de toxina paralisante (PSP) nos cultivos catarinenses.
Na última quinta-feira, 9, foram liberados 29 pontos no litoral, restando apenas os locais nos municípios de Penha, Balneário Camboriú e Bombinhas./
A liberação desses locais será feita após os resultados de novas análises realizadas pela Cidasc.///

 

 

Duração: 1 Min. 01 Seg.
Apresentação: Guilherme Pereira
Técnica: Guilherme Pereira
Produção: Serviço de Rádio da Secretaria de Estado da Comunicação
Contato: (48) 3665-3003 / 3665-3051
E-mail: radio@secom.sc.gov.br