Nesta próxima segunda-feira, 21, a partir das 10h, o Governo do Estado fará uma apresentação técnica do procedimento de transferência de carga da Ponte Hercílio Luz a ser realizado na primeira quinzena de outubro como parte dos trabalhos de restauração da atual estrutura. O governador Raimundo Colombo, a diretoria do Deinfra e representantes da empresa Teixeira Duarte, responsável pela obra, participam do ato, na cabeceira insular da ponte. O evento é aberto para a imprensa.

O engenheiro fiscal da obra, Wenceslau Diotallévy, explica que a nova operação ocorrerá na primeira quinzena de outubro. Todo o trabalho demorará aproximadamente 10 dias. Com a transferência, o peso da ponte passará para a estrutura provisória construída abaixo da Hercílio Luz, a chamada ponte segura.

O novo procedimento será um trabalho semelhante ao realizado em fevereiro deste ano, quando foram transferidos inicialmente cerca de 20% da carga da ponte. A primeira operação foi executada com sucesso em uma ação de quatro horas, entre a noite do dia 11 e a madrugada do dia 12 de fevereiro.

Agora, serão transferidos os cerca de 80% restantes. Depois dessa transferência definitiva de carga, serão trocadas as barras de olhal e substituídas outras peças. Todas as peças novas já estão sendo compradas e estão chegando ao canteiro de obras. Enquanto preparam a transferência, as equipes trabalham paralelamente em outras frentes do processo de restauração.

Informações adicionais para a imprensa:
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: lenzi@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3018 / 98843-4350
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

O superintendente de desenvolvimento da região metropolitana da Grande Florianópolis Cassio Taniguchi apresentou nesta sexta-feira, 18, exemplos de cidades brasileiras onde o planejamento urbano contemplou a implantação de uma rede de transporte coletivo como instrumento para orientar o uso e a ocupação do solo. A palestra ocorreu durante seminário Diálogo Internacional sobre Planejamento Urbano e Gestão de Riscos, organizado pela Secretaria de Estado do Planejamento, na Associação dos Municípios da Região da Grande Florianópolis (Granfpolis).

Taniguchi mostrou que, em Curitiba, criou-se um eixo de transporte público que estimulou o desenvolvimento da área industrial e restringiu a ocupação de regiões rurais e de preservação ambiental. “O zoneamento urbano tem que privilegiar usos mistos, com diferentes rendas, áreas de moradia, lazer, trabalho e serviços”, destacou superintendente de desenvolvimento da região metropolitana da Grande Florianópolis Cassio Taniguchi.

A região metropolitana da Grande Florianópolis apresenta uma ocupação fragmentada e dispersa ao longo das rodovias, onde a maioria dos empregos está na Ilha de Santa Catarina, enquanto maior parte da população mora na área continental. O movimento pendular assemelha-se à Brasília, onde os postos de trabalho concentram-se no plano piloto e 88% das pessoas habitam fora desse núcleo.

Na Grande Florianópolis, 50% dos deslocamentos ocorrem com veículos individuais conforme pesquisa do Plamus. “Florianópolis foi pensada em torno do automóvel. A única saída é investir no transporte público, dando prioridade aos ônibus, condições aos pedestres e ciclistas. Além disso é preciso estimular o desenvolvimento da região continental, com criação de empregos”, acrescentou Taniguchi.

Projeto Gides

O evento técnico realizado nessa sexta-feira, 18, faz parte do Projeto de Fortalecimento da Estratégia nacional para a Gestão Integrada de Riscos em Desastres Naturais (Gides), resultado do acordo de cooperação internacional entre Governo do Japão, Ministério das Cidades, em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, o Ministério da Integração Nacional e o Serviço Geológico do Brasil, por intermédio da Agência Brasileira de Cooperação e da Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica).

O objetivo do Gides é desenvolver e implementar ações voltadas ao “Fortalecimento da Estratégia Nacional de Gestão Integrada de Riscos de Desastres Naturais”. A equipe da JICA vai lançar, este ano, manuais de prevenção, mitigação e reabilitação de riscos, elaborados a partir de informações dos municípios de Blumenau (SC), Nova Friburgo (RJ) e Petrópolis (RJ).

Entre as apresentações, Yoshiro Kumazawa, do Ministério da Terra, Infraestrutura, Transporte e Turismo do Japão falou sobre autorização para urbanização em áreas de riscos geológicos e a necessidade de intervenções em caso de movimento de massas. No Japão, são avaliadas as áreas de risco e delimitadas aquelas que não devem ter edificações; no caso de regiões ocupadas são definidas ações para mitigar os riscos, como reforço das residências.

O alerta para fenômenos naturais é de duas horas de antecedência e a evacuação da população é avaliada conforme a gravidade do evento climático pelos municípios japoneses.

Participaram do seminário representantes dos ministérios das Cidades e da Agricultura, da Secretaria de Estado do Planejamento, Secretaria de Estado da Defesa Civil, das prefeituras de Blumenau, São José, Biguaçu, Brusque, Tijucas, São João Batista, Garopaba e Santo Amaro da Imperatriz, além de Udesc, UFSC, Granfpolis e Movimento Nós Podemos.

Mais informações para a imprensa:
Rosália Dors Pessato
Assessoria de Comunicação
Superintendência de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Grande Florianópolis - Suderf
E-mail: rosalialdors@gmail.com
Fones: (48) 3665-3334 e (48) 99150-1222
Site: www.spg.sc.gov.br/suderf


Foto: Julio Cavalheiro / Secom

A entrevista semanal com o governador Raimundo Colombo dessa semana foi gravada em Lages, Serra Catarinense, onde Colombo destacou a segunda etapa do projeto Banho de Energia, da Celesc, a participação dos jovens na gestão das pequenas propriedades rurais e a avaliação das apresentação da segunda etapa do Fundam, comparticipação de prefeitos dos municípios de 21 associações do Estado.

O projeto da Celesc, nesta segunda etapa, tem investimentos de quase R$ 6 milhões do Programa de Eficiência Energética Celesc/Aneel, e a expectativa é instalar, em um ano, trocadores de calor nos fogões à lenha para aquecer água de chuveiro e cozinha em 800 unidades consumidoras. Além disso, 12 mil lâmpadas tradicionais serão substituídas por lâmpadas LED em 2,4 mil unidades consumidoras. 


Foto: Billy Culleton/Assessoria de Comunicação PGE/SC

Após dois dias de debates e troca de informações, terminou nesta sexta-feira, 18, na Capital, o 1º Encontro dos Servidores da Procuradoria Geral do Estado (PGE). O evento buscou uma maior integração entre as Procuradorias Regionais e a sede, além de examinar os novos cenários da PGE para os próximos anos. O procurador-geral João dos Passos Martins Neto, abriu o Encontro na quinta-feira, 17, e falou sobre a importância do trabalho de cada um dos servidores para cumprir com as atribuições da PGE: consultoria jurídica e representação judicial do Estado de Santa Catarina. “Ninguém faz nada sozinho, todos precisamos de ajuda e, por isso, estamos trabalhando juntos. Cada tarefa, das mais simples às mais complexas contribuem para a missão da Procuradoria, que existe para servir à comunidade catarinense”.

Na sequência, diante de uma plateia de cerca de 70 servidores, os presidentes das entidades parceiras do evento fizeram breve pronunciamento: pela Associação Catarinense dos Assistentes Jurídicos, Marco Antônio Buzzi; pela Associação dos Servidores da PGE, Karine Domingues Carneiro, e pela Associação dos Procuradores do Estado, Luiz Dagoberto Brião. Também falaram o diretor de Apoio Técnico, Rogério Matos, e a diretora de Administração, Daniela Pacheco. Posteriormente, aconteceu a palestra “Continuar trabalhando ou Aposentar-se”, com a psicóloga Clarisse Leal Freitas.

O chefe da Procuradoria do Contencioso, Marcelo Mendes, foi o responsável pela primeira palestra da tarde. Ele discorreu sobre o funcionamento do seu setor e o papel do setor na PGE. Alexandre Souza, da Consultoria Neuron, empresa responsável pelo Planejamento Estratégico da PGE, propôs uma atividade dinâmica na qual, divididos em grupos, os servidores escolheram temas para apresentar aos colegas. Em suas falas, eles apontaram fraquezas observadas no funcionamento da PGE e também sugeriram possíveis soluções. Os resultados serão levados em conta para a elaboração do plano de gestão da instituição. Entre os assuntos discutidos estiveram a estrutura oferecida, elaboração de um plano de carreira para os servidores e também o PGENet.

Logo depois, foi a vez da chefe da Procuradoria Fiscal (Profis), Elenise Magnus Hendler, palestrar. Ela abordou questões referentes à Profis e esclareceu para os participantes a função do setor e como o mesmo é organizado. Durante a palestra, o presidente da Associação de Procuradores do Estado de Santa Catarina (Aproesc), Luiz Dagoberto Corrêa Brião, discorreu sobre o funcionamento da Profis e da PGE como um todo.

Já nesta sexta-feira, a abertura ficou por conta do gerente de Tecnologia da Informação da Procuradoria, Leandro Abel, que junto com sua equipe, mostraram o funcionamento dos sistemas PGE.Net e SGP-e. Na sequência, a psicóloga Alessandra Serafim falou sobre a importância da Comissão Permanente de Prevenção de Acidentes (Cipa). À tarde, os servidores assistiram a duas palestras: “Gestão de Finanças Pessoais” e “Qualidade de vida, ergonomia e stress”.

Informações adicionais para a imprensa
Billy Culleton
Assessoria de Imprensa 
Procuradoria Geral do Estado - PGE
E-mail: billyculleton@gmail.com
Fone: (48) 3664-7650 / 98843-2430
Site: www.pge.sc.gov.br


Foto: Anne Caroline Anderson

A Fundação do Meio Ambiente (Fatma) lançou oficialmente nesta sexta-feira, 18, o livro Atlas Ambiental do Rio Itajaí-Açú. A publicação, fruto de compensação ambiental, traz detalhes inéditos sobre diversidades culturais, ambientais e econômicas da foz do rio Itajaí-Açu. O lançamento ocorreu na sede da Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí-Açu (Amfri). “O material final apresenta um conteúdo rico e diversificado. Além de ser um registro do que a região tem de melhor, a obra poderá ser utilizada tecnicamente como base de estudos para novos empreendimentos”, conta o presidente da Fatma, Alexandre Waltrick.

O Atlas Ambiental da Foz do Rio Itajaí-Açu é resultado da reunião de documentos históricos das cidades de Itajaí e Navegantes, e de estudos recentes de aspectos socioambientais e econômicos das duas cidades, desenvolvidos em mais de dez anos e para diversos projetos. Pesquisadores e colaboradores de universidades, institutos de pesquisa e órgãos públicos assinam os textos, dispostos em mais de 300 páginas. “Os colaboradores do Atlas debruçaram-se sobre documentos históricos para detalhar como a foz do rio Itajaí-Açu transformou-se neste importante pólo portuário brasileiro”, explica o coordenador editorial do Atlas, oceanógrafo Fernando Luiz Diehl.

O Atlas será distribuído para todas as bibliotecas e escolas públicas e particulares das cidades de Itajaí e Navegantes. Municípios da região que também tiverem interesse poderão receber o material. Durante o evento, o secretário de Desenvolvimento Econômico de Itajaí, Giovani Testoni, presidente da Itajaí Participações, Jair Bondicz e o coordenador do projeto, Paulinho Bornhausen, entregaram simbolicamente o Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima) do Distrito Regional de Inovação de Itajaí. Também participaram do lançamento, diretora de Licenciamento da Fatma, Ivana Becker, gerente regional da Fundação, Arno Gesser, deputado estadual Jean Kuhlmann e prefeitos da região.

Texto: Anne Caroline Anderson

Mais informações para a imprensa:
Claudia De Conto
Assessoria de Comunicação
Fundação do Meio Ambiente (Fatma)
E-mail: comunicacao@fatma.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-4177 / 99172-8277 / 98845-7087 
www.fatma.sc.gov.br 


Foto: Andrei Tecchio/ADR Seara

As ADRs de Concórdia e Seara, em parceria com a Epagri, promoveram nesta quinta-feira, 17, um treinamento de 40 produtores sobre o cultivo de nozes pecã. A intenção do evento foi apresentar essa nova cultura que tem um valor de mercado bastante elevado.

A Nogueira inicia a produção a partir do quarto ano e atinge seu pico em 15 anos, chegando a 30 quilos de nozes por pé. O preço médio de comércio neste ano é de R$ 18 o quilo de nozes com casca.

 Treinamento produtores de nozes

De acordo com o gerente de Políticas Socioeconômicas Rurais e Urbanas, Andrei Tecchio, esta variedade da nogueira pode ser uma boa opção para complementar a renda das propriedades rurais. “Esse treinamento foi dividido em duas partes, uma onde falamos da parte técnica como mercado, plantio e produção. E a tarde uma visita técnica em uma propriedade no município de Itá”, explica.

Os produtores interessados devem procurar a Epagri dos respectivos municípios para que seja montado o treinamento mais específico, há também a possiblidade de linhas de crédito subsidiadas que beneficiarão o produtor rural. 

Mais informações para a imprensa:
Glauco Benetti
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Seara
E-mail: comunicacao@sar.adr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3452-8600 / 98837-7430
Site: sc.gov.br/regionais/seara

A Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania (SJC) e o Departamento de Administração Prisional (Deap) informam que o agente penitenciário Elton Davi de Oliveira Máximo, 33, foi assassinado com disparos de arma de fogo no início da tarde desta sexta-feira, 18, em Joinville.

Elton estava em período de folga quando foi alvejado por dois suspeitos em uma motocicleta. A Corregedoria-Geral, a Diretoria de Inteligência e Informação da SJC e a Direção do Deap foram acionadas e já se deslocam para o município. Os gestores das unidades prisionais da região também já se dirigiram ao local do homicídio para prestar o apoio necessário. As motivações e as circunstâncias da ocorrência serão devidamente investigadas pela autoridade policial competente. Todas as medidas legais e periciais pertinentes já foram adotadas.

A SJC e o Deap prestam suas condolências aos familiares e aos amigos do agente penitenciário pela inestimável perda, depositando sua confiança no trabalho da Polícia Civil para a elucidação dos fatos e na exemplar aplicação da Justiça.

Informações adicionais para a imprensa
David Santana
Assessoria de Imprensa 
Departamento de Administração Prisional - Deap
E-mail: deap@deap.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-5808 / 99142-0089
Site: www.deap.sc.gov.br

A Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) promove na próxima quinta-feira, 24, em Joinville a primeira edição descentralizada do Seminário Regional de Formação Profissional e Empregabilidade da Pessoa com Deficiência: Nos caminhos da inclusão. O evento ocorre no auditório do Centro de Educação Profissional Dario Geraldo Sales (Cedup). Ele é voltado para instituições de atendimento especializado, associações representativas de pessoas com deficiência, instituições de formação profissional, órgãos reguladores, meio empresarial e pessoas com deficiência. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas neste link.   

Serão abordados temas como o perfil das pessoas com deficiência e reabilitados da previdência social, o programa da educação profissional da FCEE, dados do encaminhamento ao mercado de trabalho realizado pela FCEE e a inclusão da pessoa com autismo no mercado. Entre as participações confirmadas estão Sesi Joinville e empresas da região que contarão suas experiências com profissionais com deficiência. Coordenado pelo Centro de Educação e Trabalho da FCEE, o evento tem 280 vagas e será ministrado pelas profissionais Kátia Regina Ladewig e Giovana Marchi Flores. 

Além da edição em Joinville, a FCEE também promoverá, no dia 15 de novembro, o mesmo seminário em Chapecó. 

A programação:

Horário Tema
09:00 às 09:15 Abertura – 50 anos da FCEE e Vídeo Institucional
09:15 às 09:45 Educação Profissional e Trabalho
09:45 às10:15 Perfil das pessoas com deficiência e reabilitados da previdência social, ocupantes dos postos de trabalho no Estado de Santa Catarina (2012 /2014) (Pesquisa Cenet)
10:15 às 11:15 CENET - Programa de Educação Profissional
11:15 às 12:00 FCEE: Dados do encaminhamento ao mercado de trabalho, no período 2012 / julho/2017
13:30 às 14:15 Atuação do Ministério Público do Trabalho – Joinville
14:15 às 15:15 Inclusão da pessoa com autismo no mercado de trabalho
15:15 às 16:00 Sesi – Jaraguá do Sul ou Sesi - Joinville
16:00 às 16:30 Experiência de Sucesso: Empresa

SERVIÇO

Seminário Regional de Formação Profissional e Empregabilidade da Pessoa com Deficiência: Nos caminhos da inclusão
Data: 24/08/2017
Horário: 9h às 16h30
Local: Auditório do CEDUP - Rua Monsenhor Gercino, 2071 – Itaum – Joinville
Inscrições neste link
Mais informações: (48) 3381-1640 ou pelo e-mail gecea@fcee.sc.gov.br

Informações adicionais para a imprensa:
Aline Buaes
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Educação Especial - FCCE
E-mail: imprensa@fcee.sc.gov.br
Fone: (48) 3381-1693 / 99115-8918
Site: www.fcee.sc.gov.br



Ipumirim. Foto: Glauco Benetti/ADR Seara

O calendário de Feiras Regionais de Ciências e Tecnologia nas escolas do Estado continua a todo o vapor. Depois das feiras realizadas entre os dias 4 e 11 nas regionais de Taió, Ituporanga, Videira, Campos Novos e Timbó, esta semana foi a vez das Gerências Regionais de Educação (Gered) de Concórdia, Seara, Brusque e Ibirama reunirem os projetos multidisciplinares de alunos promovendo a ciência e gerando um desafio a mais para as mentes criativas dos jovens.

Realizadas em 33 diferentes locais em Santa Catarina as Feiras Regionais definem quais serão os três trabalhos destaque que representarão a Gered na Feira Estadual de Ciências e Tecnologia, que acontece nos dias 18 e 19 de outubro, em Florianópolis. De cada localidade são escolhidos um trabalho de alunos do Ensino Fundamental, de Ensino Médio e de Ensino Profissionalizante.

 

Araranguá

A Escola de Educação Básica Timbé do Sul promoveu na última segunda-feira, 14, sua Feira Multidisciplinar anual, que contou com uma ampla programação e surpreendeu na qualidade dos trabalhos apresentados.

A gestora escolar Fabiana Rovaris Pezente, que recebeu os professores, alunos e visitantes no auditório da escola para dar boas-vindas na abertura do evento, destacou a importância da Feira Multidisciplinar para o processo ensino-aprendizagem. “São de extrema relevância os trabalhos de pesquisas, atividades e demais ações realizadas nas diversas disciplinas pelos alunos, orientados por seus professores, que culminaram com esta bela Feira”.

A escola foi organizada por salas temáticas, em que os visitantes recebiam explicação dos alunos sobre as pesquisas apresentadas, participavam de jogos e brincadeiras e podiam fazer questionamentos. “Agradecemos ao público que prestigiou nossa Feira e todos os professores, alunos e demais envolvidos que se dedicaram e colaboraram para a realização da mesma”, completou a diretora.

 

Concórdia

Os eventos foram realizados no dia 15 nas dependências do Ginásio Ivo Silveira. A mostra realizados pelos alunos das 20 escolas da região de abrangência da Agência de Desenvolvimento Regional de Concórdia, Rede Municipal de Concórdia, Instituto Federal Catarinense e Sesi Escola foi aberta ao público.

Estavam envolvidos no evento o Ensino Fundamental Séries Iniciais, Ensino Fundamental Anos Finais, Ensino Médio profissionalizante e Ensino médio Inovador.

O objetivo principal do evento foi envolver a comunidade escolar, proporcionando a interação e a troca de experiências entre estudantes, professores e comunidade a partir das produções científicas e culturais realizadas no contexto educativo.

 

Seara

O município de Ipumirim foi sede, nesta quinta-feira 17, da 10ª Feira de Ciências e Tecnologia, da 9ª Feira Regional de Matemática e da 7ª Mostra de Iniciação Científica da Universidade do Contestado (Mocisc). Foram 74 trabalhos inscritos de todas as escolas da Regional de Seara.

Os projetos envolveram temas como o uso de plantas medicinais, o tratamento do lixo, a compostagem e a reutilização de água. Também abordam aspectos da cultura e do comportamento humano como alimentação. Contudo a sustentabilidade foi o tema mais recorrente.

De acordo com a secretária de Desenvolvimento Regional de Seara, Gládis Regina Bizolo dos Santos, as feiras são o resultado de um processo educativo, científico e tecnológico vivenciado no cotidiano escolar. “Essa é uma atividade que reflete diretamente o bom trabalho de todos os educadores e gestores envolvidos. Todos os alunos merecem destaque por acreditarem na pesquisa como ferramenta de construção de uma sociedade melhor, de um pais melhor”, afirma.

Para o coordenador das feiras, Jadimar Frigeri, a qualidade dos projetos têm aumentado a cada ano. “Estamos muito felizes com o empenho dos alunos e professores. Neste ano o número de projetos inscritos aumentou 40%. São ótimos trabalhos, com uma grande qualidade e variedade de temas. A Regional de Seara estará muito bem representada nas próximas fases”, explica Frigeri.

 

Ibirama

A Escola de Educação Básica Regente Feijó, em Lontras, está sediando nesta sexta-feira 18, a XII Feira Regional de Matemática e a XI Feira Regional de Ciências e Tecnologia a montagem dos estandes que vão receber estudantes dos nove municípios que compõem a Regional de Ibirama foi finalizada na tarde desta quinta-feira, dia 17 pela direção da unidade e equipe da Gerência da Educação. Com a conclusão da estrutura física, alunos correm contra o tempo para deixar tudo pronto para receber o público.

A Feira será aberta oficialmente às 9h e segue até às 14. Ao todo serão apresentados 42 trabalhos de diversas áreas, produzidos por alunos do primeiro ano do Ensino Fundamental até o terceiro ano do Ensino Médio.  Toda a comunidade é convidada a participar e na data serão definidos os trabalhos classificados para representar sua escola e a região nas feiras estaduais que ocorrem em Criciúma de 27 a 29 de setembro.

 

Confira o calendário das feiras que serão realizadas em todo e Estado. Visite e prestigie os projetos dos alunos de sua localidade.

Informações adicionais para a imprensa
Edinéia Rauta
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Educação  - SED
E-mail: edineiarauta@sed.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-0353 / 3664-0161 / 3664-0356 / 98843-5084
Site: www.sed.sc.gov.br


Fotos: Luiz Carlos de Oliveira/ADR Ibirama

Com a presença do secretário de Estado da Assistência Social Trabalho e Habitação, Valdir Comin, e do secretário Executivo da Agência de Desenvolvimento Regional de Ibirama, Jamir Marcelo Schmidt, foi inaugurado na manhã desta sexta-feira, 18, o novo Centro de Referência em Assistência Social (Cras) de Vitor Meireles. O investimento na nova estrutura foi de R$ 405 mil.

O Centro possui 169 metros quadrados e foi construído dentro dos padrões exigidos de acessibilidade, com o espaço físico compatível com o trabalho social que deve ser realizado no local. O Cras conta com sala de atendimento familiar, administração, recepção, cozinha, banheiro, área de serviço, sala multiuso, área externa coberta e mobília.

"Em nome do Governo do Estado é uma alegria estar aqui hoje fazendo essa entrega do Cras que com certeza vai fazer a diferença na vida de muitas pessoas. Em situação de vulnerabilidade social. Além disso, também estamos preparando os profissionais para que possam atender a altura  e com qualificação a todos aqueles que necessitarem", disse Comin. 

Cras é inaugurado em Vitor Meireles

O secretário executivo da ADR de Ibirama, Jamir Marcelo Schmidt, destacou que diante da situação econômica difícil, Santa Catarina continua se sobressaindo. “Prova disso é que além de não aumentar impostos e manter o pagamento de salários em dia e ainda investindo em áreas importantes como a Assistência Social. Hoje a entrega desse CRAS  que é mais uma conquista.”

 De acordo com o prefeito de Vitor Meireles, Bento Francisco Silvy, a obra vai trazer segurança  e melhoria do atendimento para os cidadãos. “Aqui todos vão encontrar um lugar legal, com profissionais preparados e por isso estamos muito satisfeitos” , comentou

Construção de novos CRAS na região

Na inauguração em Vitor Meireles Jamir também citou a construção de quatro novos Cras em cidades da Regional de Ibirama. Presidente Nereu, Lontras, Dona Emma e Apiúna também serão contempladas com novas unidades e em dois municípios preparação dos terrenos já está praticamente finalizada.

Mais informações para a imprensa:
Helena Marquardt
Assessoria de comunicação 
ADR Ibirama
Fone (47) 3357-8908 / (47) 98819-9350
E-mail: imprensa@iir.adr.sc.gov.br
Site: sc.gov.br/regionais/ibirama
Facebook: www.facebook.com/regional.ibirama