Compartilhe


Fotos: James Tavares / Secom

Lideranças do agronegócio e dos três governos do Sul participaram de encontro em Chapecó nesta terça-feira, 13, em busca do equilíbrio entre a oferta e a demanda do milho na região. Foi realizada mais uma edição do Fórum Mais Milho, promovendo palestras e debates com especialistas. O governador Raimundo Colombo e o secretário de Estado da Agricultura, Moacir Sopelsa, acompanharam a cerimônia de abertura e destacaram a força do agronegócio catarinense e a importância da cadeia do milho para o setor.

"O equilíbrio é o ponto chave e tanta gente participando de um evento como o de hoje, disposta a buscar esse equilíbrio, já é um fator muito positivo. Estamos aqui para, juntos, apontar e construir caminhos para continuar plantando, cada vez mais, com produtividade e com rentabilidade para os produtores. Com isso, as indústrias se beneficiam e o fortalecimento do agronegócio é bom para Santa Catarina e bom para todo o Brasil. Nós precisamos disso", afirmou Colombo.

Maior comprador de milho do país, Santa Catarina espera colher 3,2 milhões de toneladas do cereal nesta safra. Com 380,6 mil hectares plantados, a estimativa do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Cepa/Epagri) é que a produtividade chegue a uma média de 141,6 sacas de milho por hectare.



>>> Imagens na galeria

Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná são importantes produtores de carnes e leite e, por isso, grandes consumidores de milho – 75% da ração animal é composta pelo grão. Só o setor produtivo de carnes em Santa Catarina consome seis milhões de toneladas de milho/ano, ou seja, o dobro do que o estado produz. E é justamente no sentido de buscar alternativas para equilibrar a oferta e a demanda do grão que o Fórum do Milho reúne especialistas e representantes dos setores produtivos de grãos e de proteína animal.

O secretário Sopelsa defendeu a importância de uma aproximação entre os setores que produzem e que consomem milho e das políticas de incentivo à produção do insumo, a exemplo do que Santa Catarina tem feito por meio de parcerias entre o Governo do Estado e cooperativas e entidades de classe. "São medidas para incentivar o plantio de milho e, com isso, beneficiar a cadeia produtiva de setores consolidados em Santa Catarina, como a produção de suínos, de frango e de leite", acrescentou.

Participaram desta sexta edição do Fórum Mais Milho, entre outras autoridades, o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Neri Geller; os secretários da Agricultura de Rio Grande do Sul, Ernani Polo, e do Paraná, Norberto Ortigara; e representantes de entidades nacionais do setor. O evento tem apoio do Governo de Santa Catarina.

O secretário nacional Neri Geller elogiou a gestão catarinense e afirmou que a presença do governador e do secretário estadual no evento é uma demonstração do compromisso de Santa Catarina com o setor produtivo.

Informações adicionais para a imprensa:
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: lenzi@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3018 / 98843-4350
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e  @GovSC