Compartilhe


Foto: Epagri

Mesmo com chuva e dias nublados que dificultaram a colheita, a safra de arroz de 2017 da região Norte foi considerada melhor do que a dos anos anteriores. As informações foram copiladas pela Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Epagri). Foram produzidos 167 mil toneladas, 41 mil a mais do que a safra do ano passado, quando foi registrada uma produção de 126 mil toneladas.

As 41 mil toneladas representam em torno de R$ 32,8 milhões em movimentação financeira dos produtores deste setor. A cadeia produtiva da região é composta por mil famílias de 10 municípios: Araquari, Corupá, Garuva, Guaramirim, Itapoá, Jaraguá do Sul, Joinville, Massaranduba, São Francisco do Sul e Schroeder. Mas os números foram levantados baseados na amostragem comparativa de 128 produtores, técnicos e empresas que adquiriram a produção.

Segundo o engenheiro agrônomo Hector Silvio Haverroth, da Epagri, as safras anteriores tiveram uma queda devido às temperaturas extremas, enchentes, alta pluviometria e a baixa incidência de sol em fase de desenvolvimento do cultivar. Os dados serão repassados pelo Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa) para a Secretaria de Estado da Agricultura e Pesca para serem oficializados.

Informações adicionais para a imprensa:
Ana Paula Keller
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville
E-mail: anakeller@jve.adr.sc.gov.br / imprensa@jve.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3461-1225 / 99240-8064
Site: sc.gov.br/regionais/joinville