A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) lançou nesta segunda-feira, 16, a segunda edição do Edital do Inventor, voltada a alunos, professores e técnicos da instituição interessados em proteger suas invenções por meio da propriedade intelectual, pelo depósito de pedidos de patentes. 


Fotos: Jeferson Baldo / Secom

Apostando no retorno comprovado que recursos em tecnologia e inovação trazem para a sociedade, o Governo do Estado tem investido significativamente em projetos como a construção dos Centros de Inovação e Tecnologia e apoiado outros como o Sinapse da Inovação e a Rede Municipal de Centros de Inovação de Florianópolis, projeto pioneiro no Brasil, lançado nesta sexta-feira, 13.

“A Tecnologia pode ser empregada em diversas áreas, uma delas é na diminuição de desperdício de recursos públicos. Precisamos estabelecer prioridades e o Governo do Estado está permitindo ampliar a capacidade de inovação, multiplicando talentos e refletindo no crescimento exponencial das empresas catarinenses”, destacou Eduardo Pinho Moreira durante o lançamento do programa.

PARCERIA

O projeto é uma iniciativa da prefeitura, em parceria com a Associação Catarinense de Tecnologia (Acate) e com apoio do Governo do Estado. Inicialmente, quatro Centros de Inovação passarão a ter a chancela do poder público municipal: um na SC-401 (no Passeio Primavera), um no Sapiens Parque, um no Centro da Cidade, e um na região Continental.



>>> Mais fotos na galeria

De acordo com dados da prefeitura, aproximadamente metade da arrecadação do município vem da área de inovação e tecnologia e a cada R$ 1 real investido, R$ 60 retornam em contrapartida. “Precisamos de mão de obra qualificada e vocacionada. Com poucos recursos temos grandes resultados, potencializando a economia e trazendo desenvolvimento tecnológico”, comentou o prefeito Gean Loureiro.

NÚMEROS

Para o presidente da Acate, Daniel dos Santos Leipnitz, Santa Catarina já ocupa local de destaque no que se refere a tecnologia e inovação, e isso se deve também, aos investimentos do Governo do Estado. “É um trabalho que vem sendo construído há mais de 30 anos e que, com toda essa ajuda pontual do governo estadual, seja pelo Sinapse da Inovação ou Fapesc, ajudou a crescer mais. Temos a convicção e números práticos de que o dinheiro que é aplicado no setor se transforma e retorna para a sociedade multiplicado”, assegurou.

Se Florianópolis é um dos principais polos de inovação no Brasil, Santa Catarina acompanha esta posição em crescimento. Segundo a Acate, o número de empresas de tecnologia cresce cada vez mais. “Até 2009 tínhamos em torno de 1.500 empresas, de lá pra cá, este número dobrou. Hoje já somamos mais de 3 mil empresas de tecnologia no Estado”, concluiu o presidente.

Informações adicionais para a imprensa:
Paula Darós Darolt
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Comunicação
Telefone: (48) 3665-3022 / (48) 9-9127-6838
Site: www.sc.gov.br 


Um dos cordenadores do HubSSP, major Fabiano Leandro - Reprodução / Vídeo 

Para otimizar os gastos públicos, fazer mais com menos e garantir a qualidade do serviço prestado ao cidadão, é preciso pensar fora da caixa, encontrar soluções simples e inovadoras. Um importante passo nesse sentido foi a criação do Laboratório de Inovação em Segurança Pública, o HubSSP. Localizado no Centro Administrativo da Segurança Pública de Santa Catarina, em Florianópolis, o laboratório é um espaço colaborativo que difunde a cultura da inovação e promove parcerias entre governo, universidades e comunidade em geral.

"Discutimos problemas de Segurança Pública na esperança de encontrar soluções inovadoras. Não somente com os atores internos, mas também com a comunidade que recebe esses serviços e sente os problemas de segurança pública na carne", afirmou um dos cordenadores do HubSSP, major Fabiano Leandro.



BOMBEIROS DE SC TÊM INICIATIVA INOVADORA

Entre as atividades promovidas pelo laboratório estão eventos e palestras de sensibilização. No último dia 2 de abril, o HubSSP recebeu o engenheiro paulistano Alexandre Lima, que proferiu a palestra "Como o mundo está usando smartphones para ajudar no atendimento emergencial". Lima é cofundador da organização Garatéa, que propõe soluções para agilizar o atendimento de emergências médicas, uma iniciativa semelhante ao aplicativo Firecast Comunidade, do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina.

“A inovação é fundamental para garantir a economia dos países em desenvolvimento. Eu, como engenheiro, acredito que a tecnologia tem que estar alinhada à inovação. A referência que temos de Santa Catarina é que é um dos estados mais inovadores do Brasil. O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina é um pilar no atendimento a situações de emergência.” destacou Lima.

INOVAÇÃO NO SERVIÇO PÚBLICO

O HubSSP foi criado a partir da participação de servidores da Secretaria de Segurança Pública no HubGov, um programa promovido pela empresa WeGov que reuniu, em 2017, representantes de 14 instituições públicas para formar pessoas inovadoras no serviço público.

O espaço físico do laboratório conta com mesas de trabalho, livros relacionados à novação, painéis, telas para apresentações e exibições de vídeos, lápis coloridos e muitos post-its.

O laboratório utiliza a metodologia do design thinking para propor soluções. O coordenador major Leandro afirma que o HubSSP está aberto a qualquer pessoa da comunidade que quiser conversar ou iniciar um projeto em conjunto com a Segurança Pública.

CONTATOS

Site: http://www.ssp.sc.gov.br/hubssp/
Twitter: @hubssp_sc
Facebook: /hubsspsc
Instagram: @hubssp

Informações adicionais para a imprensa:
Alícia Alão
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: aliciaalao@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3009
Site: www.sc.gov.br  
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Projeto ROAZ é apresentado no Fórum Mundial da Água, em Brasília - Foto: Divulgação/ROAZ

Por mais distantes que sejam, o Lago Paranoá, em Brasília, a Costeira do Pirajubaé, em Florianópolis, e a Bahia da Guanabara, no Rio de Janeiro, têm algo em comum: suas águas foram monitoradas por embarcações construídas com auxílios financeiros do governo estadual e federal, por meio do programa Tecnova, que recebeu recursos da Financiadora de Estudo e Projetos (Finep) e da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc).

Além de identificar poluentes, os barcos carregam equipamentos capazes de mapear a topografia subaquática e executar outras tarefas sem condutores, pois se enquadram na categoria Veículo Aquático Não-Tripulado de Navegação Autônoma. É para que este fim que os “drones aquáticos” da empresa Roaz serão orientados.

“Há muitas demandas que sequer imaginávamos, entre elas as da ANA e das empresas que prestam serviços a ela”, disse o engenheiro Roberto Böell Vaz, referindo-se aos pedidos que recebeu durante o Fórum Mundial da Água, maior evento global sobre o tema, promovido em março na capital federal. O convite para mostrar o veículo no Fórum decorreu do Prêmio Mútua de Empreendedorismo, entregue em 2016 pela seguradora ao projeto Roaz. 

Para Brasília, Vaz e o administrador de empresas João Roberto Golfetto levaram o terceiro e menor modelo do veículo, com 1,65 metro de extensão. O barco foi levado de um estande ao Lago Paranoá para um teste e chamou atenção até da Rede Globo.

As versões anteriores do Roaz tinham 5,2 metros – a primeira, financiada pelo programas Sinapse da Inovação – e 2,8 metros – esta feita também com recursos da Fapesc e da Finep, por meio do Tecnova. “Sentimos a necessidade de diminuir o tamanho dos barcos e de atualizar a plataforma do software de controle, que antes era no computador, hoje é num tablet e futuramente será no celular”, explica o engenheiro, que também trabalha na Udesc. 

Informações adicionais para a imprensa:
Heloisa Dallanhol
Coordenadoria de Comunicação
Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do estado de Santa Catarina - FAPESC
E-mail: comunicacao@fapesc.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-4812
Site: www.fapesc.sc.gov.br 
www.facebook.com/fapesc.gov  

 

 

Até 11 de maio, estarão abertas as inscrições para seleção e ingresso no segundo semestre deste ano da nova turma do Mestrado Acadêmico em Ciência e Tecnologia de Alimentos do Centro de Educação Superior do Oeste (CEO), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Pinhalzinho. Acesse o edital.

Centro de Educação Superior da Foz do Itajaí (Cesfi), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Balneário Camboriú, obteve cadastro junto à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para o Núcleo de Petrofísica e Engenharia de Reservatórios da unidade, que é vinculado ao Departamento de Engenharia de Petróleo e desenvolve pesquisas para a criação de softwares.


Fotos: James Tavares / Secom

O governador Eduardo Pinho Moreira assinou, nesta terça-feira, 3, em Tubarão, autorização para retomada das obras do Centro de Inovação, que irá promover o empreendedorismo na região. A empresa vencedora da nova licitação tem 180 dias para terminar os trabalhos. A obra já recebeu R$ 4,28 milhões na primeira fase. Para sua conclusão são necessários mais R$ 4,7 milhões, incluindo aditivo de R$ 1,6 milhão.

“Vamos investir nessa obra de inovação e tecnologia, fundamental para Tubarão, que tem essa vocação empreendedora. Os Centros são vitais como ferramentas modernas de desenvolvimento”, afirmou o governador. “O mundo gira em função da inovação”, concluiu Moreira.

>>> Ouça o boletim da Rádio Secom sobre o assunto

GERAÇÃO DE EMPREGOS

“Esse empreendimento será o grande gerador de emprego e renda para Tubarão e para toda a região. O emprego do futuro passa pela inovação e hoje a gente dá um passo definitivo nesta direção”, enfatizou o prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli.



>>> Mais imagens na galeria

A primeira fase da obra começou em junho de 2014 e terminou em dezembro de 2016, quando a construtora desistiu dos trabalhos, sendo necessária a realização de nova licitação. “Essa obra já era para ter terminado, mas como a empresa abandonou a obra, tivemos que relicitar. Agora está licitada e a ordem de serviço entregue. Trabalharemos para que, em dezembro, como disse o prefeito, nós possamos entregar a rodovia Ivone Fretta Moreira e o Centro de Inovação”, destacou Moreira.

O CENTRO DE INOVAÇÃO

O prédio de 3.879,63 metros quadrados terá auditório, além de salas para instalar empresas, mais espaços para coworking e áreas comuns. Além das empresas instaladas, outras poderão utilizar a estrutura para capacitações e consultorias ocasionais. A unidade de Tubarão faz parte da rede catarinense de 13 Centros de Inovação. Além de Tubarão, o Governo do Estado investiu na construção de centros em Lages (já inaugurado), Jaraguá do Sul, São Bento do Sul, Chapecó, Itajaí, Brusque, Blumenau, Joaçaba (todos estes em obras), Criciúma, Florianópolis, Joinville e Rio do Sul (em fase de projeto).

Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo 
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: rafael@secom.sc.gov.br  
Telefone: (48)  3665-3018 / 99116-8992
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

O governador Eduardo Pinho Moreira autoriza nesta terça-feira, 3, em Tubarão, no Sul do Estado, a retomada de construção e conclusão de um dos 13 Centros de Inovação em Santa Catarina. Para terminar os trabalhos em Tubarão serão investidos R$ 4,73 milhões, sendo que a obra já recebeu R$ 4,28 milhões na primeira fase. A assinatura do aditivo será às 16h no salão nobre da Unisul.

O prédio de 3.879,63 metros quadrados terá auditório, além de salas para instalar empresas, espaços para coworking e áreas comuns. Além das empresas instaladas, outras poderão utilizar a estrutura para capacitações e consultorias ocasionais.

A primeira fase da obra começou em junho de 2014 e terminou em dezembro de 2016, quando a construtora desistiu dos trabalhos. A segunda fase será iniciada pela empresa vencedora da nova licitação, com prazo de 180 dias para concluir.

OS CENTROS

A unidade de Tubarão faz parte da Rede Catarinense de Centros de Inovação que o Governo de SC está construindo no Estado e que, além de Tubarão, contempla as cidades de Lages (já inaugurado), Jaraguá do Sul, São Bento do Sul, Chapecó, Itajaí, Brusque, Blumenau, Joaçaba (todos estes em obras), Criciúma, Florianópolis, Joinville e Rio do Sul (em fase de projeto).

CONCEITO

No contexto catarinense, cada Centro de Inovação será uma comunidade que promove cultura inovadora e empreendedora, que conecta pessoas e capacita os agentes de inovação. Além disso, acomoda empreendedores inovadores, profissionais liberais, startups e laboratórios, sempre por tempo limitado. Em seu período de passagem pelo centro, o empreendedor recebe assessoria para desenvolver, prototipar, produzir e comercializar seu produto, processo ou serviço com alto valor agregado. É oferecido espaço físico, infraestrutura tecnológica e um leque de serviços compartilhados para o empreendedor a fim de qualificar, facilitar e acelerar o desenvolvimento de negócios inovadores.

Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo 
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: rafael@secom.sc.gov.br  
Telefone: (48)  3665-3018 / 99116-8992
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC




Fotos: Jeferson Baldo/GVG

O governador Eduardo Pinho Moreira dedicou a manhã desta quinta-feira, 22, a conhecer os pleitos do município de Jaraguá do Sul, no Norte do Estado. Entre outros compromissos, o roteiro incluiu a visita ao Centro de Inovação e Tecnologia e uma conversa com representantes da Associação Empresarial de Jaraguá do Sul (ACIJS). Demandas do setor da Saúde e a conclusão do viaduto na BR-280, em Guaramirim, no entroncamento com o município de Massaranduba, foram as principais reivindicações apresentadas ao governador. Eduardo Pinho Moreira garantiu agilidade no encaminhamento dos pedidos.

“Não há espaço para nenhum desperdício em 2018. Qualquer investimento com recursos do Estado está praticamente descartado, mas vamos tratar, com seriedade, todas as reivindicações e buscar a melhor solução para elas”, destacou Eduardo Moreira, ao reforçar seu compromisso com uma gestão responsável e rigorosa no controle dos gastos públicos.

>>> Galeria de fotos

Pagamentos para a Saúde

O primeiro compromisso do governador foi um encontro com empresários e prefeitos da região de Jaraguá do Sul. O principal assunto da pauta foi a busca de recursos para o Hospital São José. O governador assumiu o compromisso de agilizar os pagamentos referentes a um convênio de custeio que está em atraso.

O governador detalhou como está ocorrendo o processo de reorganização no setor da Saúde. Segundo Moreira, muitos procedimentos estão sendo revistos para gerar economia e evitar desperdícios. Paralelamente ao controle das despesas, o governador informou que tem buscado em Brasília recursos já reconhecidos pelo Ministério da Saúde como dívidas do Governo Federal com Santa Catarina, na ordem de R$ 212 milhões.

“Além disso, é um compromisso de honra o repasse dos 14% e que estamos conseguindo cumprir”, afirmou. Eduardo Pinho Moreira destacou que quase R$ 70 milhões foram destinados ao pagamento de outras pendências na área da saúde, referentes ao ano passado, e garantiu que, se a situação do Hospital São José constar na lista de restos a pagar de 2017, a dívida será equacionada em breve. Para 2018 o convênio que prevê o repasse mensal de R$ 300 mil do Estado para o Hospital já foi renovado. “O pagamento das parcelas deste ano e a manutenção em dia deste convênio ao longo de 2018, nós faremos”, afirmou o governador.

Centro de Inovação e Tecnologia

Em Jaraguá do Sul, nesta quinta-feira, 22, o governador Eduardo Pinho Moreira também conheceu as obras do Centro de Inovação e Tecnologia, que será o segundo dos 13 em construção no Estado a entrar em funcionamento.

Com investimentos do Governo do Estado de R$ 6,8 milhões, a estrutura física está praticamente pronta, com todas as frentes de trabalho avançando sem intercorrências. O prédio que vai abrigar empreendedores com ideias e projetos inovadores deverá ser inaugurado ainda no primeiro semestre deste ano.

“Estou impressionado com a obra e confiante que muito em breve sairão grandes negócios gerando emprego, renda e novas oportunidades de desenvolvimento para a região e para Santa Catarina”, elogiou o governador.

Obras de mobilidade

Com relação às demandas de Jaraguá do Sul na área da Mobilidade Urbana - a conclusão do viaduto na BR-280 e a ligação da SC-108 à Rua Rio de Janeiro que se prolonga entre os municípios de Schroeder e Guaramirim -, Eduardo Pinho Moreira adiantou que vai priorizar obras já licitadas ou com projeto pronto. “É ano eleitoral, e para os casos em que seja preciso esperar a licitação, a lei pode impor impedimentos para pagar”, observou o governador.

No caso do viaduto, a obra de R$ 40 milhões será incluída na carta-consulta ao Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES), onde o Estado está autorizado a contratar R$ 723 milhões para investimentos estruturantes em todas as regiões. O primeiro encaminhamento deve absorver cerca de R$ 500 milhões do montante, incluindo outras obras como o novo acesso ao aeroporto de Florianópolis, a recuperação das pontes de entrada e saída da Capital e a revitalização da SC-401, uma das mais movimentadas do estado, na Ilha de Santa Catarina.

Sobre as obras na SC-108, entre Schroeder e Guaramirim, Eduardo Moreira disse que vai consultar junto à Secretaria de Estado de Infraestrutura, se já há projeto pronto para enquadrar a obra na mesma carta-consulta. Se não houver, o Estado fará obras alternativas de manutenção com recursos da lei que prevê aplicação de parte do montante com a arrecadação do IPVA em Santa Catarina na recuperação de rodovias.

Informações adicionais para a imprensa
Francieli Dalpiaz 
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: francieli@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3018 / 98843-5676
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

O governador Eduardo Pinho Moreira visita as obras do Centro de Inovação de Jaraguá do Sul, no Bairro Três Rios do Sul, nesta quinta-feira, 22. O compromisso está marcado para as 10h30. A obra tem investimentos de quase R$ 7 milhões do Governo do Estado.

Às 11h, o governador estará reunido com empresários e prefeitos da região de Jaraguá do Sul, no Centro Empresarial. 

Informações adicionais para a imprensa
Ana Cenatti
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Jaraguá do Sul
E-mail: anacenatti@jgs.adr.sc.gov.br 
Telefone: (47) 3276-9241 / (47) 98861-2652
Site: sc.gov.br/regionais/jaraguadosul