Foto: Jaqueline Noceti/Secom

Duas importantes obras para a comunidade do Vale do Itajaí ganharam sinal verde nesta quinta-feira, 22. O governador Raimundo Colombo assinou, em ato em Blumenau, as ordens de serviço para a construção do Centro de Inovação e Tecnologia de Brusque e para a revitalização da Rodovia Jorge Lacerda, a SC-412.

A obra de revitalização da Rodovia Jorge Lacerda contempla um trecho de 25,4 quilômetros entre Gaspar e a BR-101, no município de Itajaí. O trabalho foi orçado em R$ 33,5 milhões e será executada pela empresa Almeida e Filho Terraplanagem Ltda. O prazo para conclusão da obra é de 540 dias.

“Vencemos as questões burocráticas, demoramos mais do que gostaríamos, mas agora está tudo pronto para começar a obra e vamos trabalhar para entregar tudo o mais rápido possível porque temos consciência dos problemas de mobilidade que toda a população da região enfrenta diariamente”, afirmou Colombo.

O trecho passará por reabilitação com a execução dos serviços de terraplanagem, pavimentação, drenagem, obras de arte corrente, sinalização, obras complementares, obras de contenção, entre outros serviços. A partir do trevo da BR-101 em Itajaí, sentido Ilhota, também será duplicado um trecho com 1,8 quilômetro.

Centro de Inovação 

Em Brusque, o Governo do Estado vai investir R$ 5,89 milhões para construção de um Centro de Inovação, na Rua Itajaí, no Bairro Limoeiro. A empresa Esphera Sul Empreendimentos foi a vencedora da licitação. A obra terá uma área total construída de 3,1 mil metros quadrados.

"Essa é uma iniciativa essencial para promover a competitividade das empresas da cidade e atrair novas, gerando emprego e renda dentro do município", destacou Colombo.

Para o secretário executivo da ADR Brusque, Ewaldo Ristow Filho, este é um investimento que vai trazer muitos benefícios na área de pesquisa e no desenvolvimento de novos produtos. Também irá auxiliar o processo produtivo e de inovação das empresas instaladas na cidade e ajudar a atrair novas empresas.

O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Carlos Chiodini, lembra que o Governo do Estado prevê a construção de 13 centros de inovação em diferentes regiões de Santa Catarina.

O de Lages foi o primeiro a ficar pronto, em junho de 2016. Além de Lages e Brusque, outras 11 cidades terão estruturas semelhantes, trabalhando a inovação de forma integrada. Chiodini explica que já estão em obras, em diferentes etapas, os centros de Blumenau, Chapecó, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joaçaba, São Bento do Sul e Tubarão. E estão em fase de projetos os de Criciúma, Florianópolis, Joinville e Rio do Sul.

A ideia de implantação dos centros de inovação em Santa Catarina começou em maio de 2011, em missão oficial liderada pelo governador Raimundo Colombo na Espanha. O modelo conhecido em Barcelona inspirou o projeto catarinense que começa a virar realidade.

Em Santa Catarina, os centros abrigarão espaços como aceleradoras de empresas, incubadoras, laboratórios de pesquisa, de capacitação e de consultoria para novos negócios, espaço para eventos e mostras, showroom das empresas instaladas, auditórios e salas de treinamento e de videoconferência. Os centros funcionarão regionalmente como estruturas de apoio às mais diversas iniciativas de inovação, educação, pesquisa e desenvolvimento tecnológico, além de oferecer espaço para capacitação e formação de empreendedores, gestores e professores.

Monitoramento do Itajaí-Açu

O governador Colombo assinou, ainda, convênio no valor de R$ 76,6 mil para repasse à Fundação Universidade Regional de Blumenau (Furb) para manutenção da rede de monitoramento da Bacia do Rio Itajaí-Açu.

Antes do ato de assinatura de convênios, o governador participou de reunião com a diretoria da Associação Empresarial de Blumenau (ACIB), presidida por Avelino Lombardi.

Informações adicionais para a imprensa:
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: lenzi@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3018 / 98843-4350
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e  @GovSC

O uso do subproduto da banana, como cascas e frutos impróprios para a sua industrialização, pode suprir as necessidades nutricionais nas dietas de vacas leiteiras e é uma alternativa viável de utilização de resíduos agroindustriais, além de contribuir para melhorar o poder antioxidante do leite.


Fotos: Julio Cavalheiro/Secom

As oportunidades do setor da Tecnologia da Informação foram o tema central da aula magna da nova turma de alunos do programa Entra21, em Blumenau. O evento foi realizado na manhã desta terça-feira,13, no Teatro Carlos Gomes, com a presença do governador Raimundo Colombo. O Entra21 capacita jovens dos 16 aos 29 anos de idade para o mercado de trabalho na área da tecnologia e da comunicação. Na última edição, além da contrapartida municipal, o Governo do Estado investiu, via Fapesc, R$ 800 mil no programa.

>>> Galeria de fotos

“Esse programa é uma referência para Santa Catarina e para o Brasil, porque capacita e cria oportunidades, especialmente aos jovens, para que se especializem na nova economia, na informática e na tecnologia. É um programa versátil, de tal forma que consegue se adaptar à evolução e às exigências do mercado. Com isso, o nível de aproveitamento dessa mão de obra se materializa na oferta de trabalho. Para o Estado, é geração de emprego e de desenvolvimento”, aponta o governador Raimundo Colombo.

O coordenador do Entra21, em Blumenau, Sérgio Tomio, reitera que o setor da Tecnologia da Informação ainda carece de mão de obra qualificada e reforça o alto índice de empregabilidade entre os participantes do programa. “A grande maioria dos nossos egressos já está fazendo carreira nas empresas da região e até no exterior. Quem se dedica, certamente, terá um futuro promissor nessa área”, projeta.

Formada no Entra 21 em 2014, a ex-aluna Roberta Cristina Fogaça falou da importância de ter participado do programa. Ela conta que, assim que concluiu a capacitação, foi chamada para trabalhar em uma empresa especializada na produção de softwares odontológicos. “Entrei como estagiária e hoje sou a gerente comercial da empresa. O Entra 21 foi fundamental, me qualificou, direcionou minha carreira e mudou minha vida”, comemora.

Representantes das empresas apoiadoras e parceiras do programa reforçaram que o curso é uma referência para a captação de mão de obra. “Diminui a necessidade de buscar profissionais de outros lugares e oportuniza aos jovens a chance de construir a vida profissional. Com toda a certeza, muitos dos que estão aqui hoje serão novos colegas de trabalho em um futuro breve”, informou um dos empresários que deram depoimento durante a aula magna.

Sobre o Entra21-Blusoft

No município de Blumenau, no Vale do Itajaí, o setor de Tecnologia da Informação está entre os que mais empregam, sendo que as maiores empresas da área projetam a necessidade de grandes volumes de contratação de mão de obra especializada nos próximos meses.

Cerca de 60% destes empregos estão na área de desenvolvimento e programação, que oferecem bons salários. Jovens com idade entre 16 e 29 anos interessados em ingressar neste mercado podem participar dos cursos totalmente gratuitos oferecidos pelo programa Entra21-Blusoft, que forma em torno de 300 novos profissionais a cada ano.

Os interessados devem estar cursando ou concluído o ensino médio e devem ser residentes em Blumenau ou cidades vizinhas. O programa atende também pessoas com deficiência. As aulas podem ser feitas no período matutino, vespertino ou noturno.

Os cursos em linguagem de programação têm carga horária de 400 horas e duração de cinco meses. Já as demais capacitações contam com 200 horas em média em três meses.

Desde 2006, o programa já beneficiou e encaminhou milhares de jovens para empregos de qualidade. O programa é financiado pelo Governo do Estado através da Fapesc, pela Prefeitura de Blumenau e pelas empresas de Blumenau e região.

Ele nasceu da necessidade de formação e reposição de mão-de-obra para o setor de informática do Vale do Itajaí, representado pelo Blusoft - Polo de Tecnologia da Informação e Comunicação da Região de Blumenau.

Centro de Inovação reforça investimentos do Estado na área da Tecnologia

Outro investimento do Governo do Estado na área da Tecnologia em Blumenau é a construção do Centro de Inovação. A obra será uma incubadora de novos projetos na área e conta com investimentos de R$ 6,7 milhões.

Para o governador Raimundo Colombo, o espaço é fundamental para os avanços, as discussões e o fomento de iniciativas que vão resultar em novas oportunidades e desenvolvimento para todas as regiões do Estado.

“Esse é o nosso diferencial, temos bons equipamentos, a exemplo das universidades, que capacitam a nossa mão de obra e nos colocam à frente no mercado de trabalho, fortalecendo a nossa competitividade. Cada vez mais isso é decisivo. Quem não for eficiente, não tiver acesso às tecnologias do futuro, vai perder o espaço”, disse Colombo.

As obras do Centro de Inovação de Blumenau estão 40% concluídas e a previsão é que estejam finalizadas no primeiro semestre do ano que vem.

Em todo o Estado estão sendo construídos 13 Centros de Inovação. Além de Blumenau, as cidades de Lages, Chapecó, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joaçaba, São Bento do Sul, Tubarão, Brusque, Criciúma, Florianópolis, Joinville e Rio do Sul terão as estruturas.

Informações adicionais para a imprensa
Francieli Dalpiaz 
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: francieli@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3018/8843-5676
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e  @GovSC

Para debater as ações que fomentem a inovação em Santa Catarina, foi realizado esta semana, em Lages, o 3º Seminário Catarinense de Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs). “Foram três dias de muito trabalho, com discussão sobre o funcionamento dos NITs, apresentação de modelos de boas práticas, além do planejamento de estratégias para potencializar e agregar cada vez a academia e o setor produtivo”, explica o Diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação (DCTI) da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Jean Vogel.

Ao todo, foram mais de cem participantes de várias partes de Santa Catarina. Vogel conta que o evento faz parte da política de inovação que vem sendo desenvolvida pelo Governo do Estado desde o primeiro mandato do governador Raimundo Colombo. “Podemos citar projetos importantes, como a construção dos Centros de Inovação, Geração TEC e Sinapse da Inovação”, exemplifica.

O seminário contou com a presença do secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Álvaro Prata, que elogiou a iniciativa catarinense de incentivo à inovação. Participaram, também, o presidente do Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI), Luiz Otávio Pimentel; presidente da Associação Catarinense das Fundações Educacionais (Acafe), professor Sebastião Salésio Herdt; presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc), Sergio Gargioni; presidente do Órion Parque, Roberto Amaral; entre demais autoridades e representantes da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina (Sebrae/SC), instituições de ensino, entre outros.

Informações adicionais para a imprensa
Michelle Nunes
Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável - SDS
E-mail: michelle@sds.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-4243 / 99929-4998
Site: www.sds.sc.gov.br

O 3º Seminário Catarinense de Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs) será realizado na próxima semana, no Centro de Inovação Luiz Henrique da Silveira, em Lages. A abertura será às 9h, na segunda-feira, 5. “É um evento de integração entre os núcleos, reforçando o importante papel que eles exercem no fomento à inovação em Santa Catarina”, afirma o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Carlos Chiodini.

Durante três dias serão realizados debates e oficinas abordando as estratégias do Estado para ciência, tecnologia e inovação, desenvolvimento econômico, o papel dos NITs e o ecossistema de inovação, além da apresentação de boas práticas e ações exitosas sobre os temas propostos.

“Para que Santa Catarina tenha sucesso no planejamento de inovação, temos que unir o setor público, as universidades e as entidades privadas. É o que estamos fazendo neste encontro, bem como, com os Centros de Inovação que estão sendo construídos no Estado”, explica Chiodini. Os Centros de Inovação são parte de uma política para desenvolver Santa Catarina por meio do conhecimento e do empreendedorismo.

Informações adicionais para a imprensa

Michelle Nunes - Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável - SDS
E-mail: jornalistaminunes@gmail.com
Fone: (48) 3665-2261 / 99929-4998
Site: www.sds.sc.gov.br

Estão abertas as inscrições para o Programa de Pós-graduação em Engenharia Elétrica (PPGEEL), do Centro de Ciências Tecnológicas (CCT) da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Joinville. O programa é composto pelos cursos de Mestrado Acadêmico, Mestrado Profissional e Doutorado. Os interessados podem se inscrever até 5 de julho por meio de formulário online, disponível no site www.cct.udesc.br. São oferecidas 15 vagas para cada curso.

O processo de seleção será realizado por meio de avaliação do histórico escolar, do Currículo Lattes, das cartas de referência, do plano de trabalho, e do comprovante e de ementas de disciplinas de cursos de pós-graduação realizados.

A divulgação das inscrições homologadas será realizada até 7 de julho no site e no mural da secretaria do PPGEEL. Os candidatos aprovados nessa primeira etapa serão chamados para uma entrevista, que poderá ser feita de forma presencial ou online.

A publicação do resultado final dos aprovados será em 14 de julho. Os candidatos aprovados deverão efetuar a matrícula, pessoalmente, na Coordenadoria de Ensino de Pós-Graduação (CEPG), no Bloco A. As datas de matrícula serão divulgadas no mural da CEPG e no site da Udesc Joinville.

O Doutorado e o Mestrado acadêmico possuem área de concentração em Sistemas Eletroeletrônicos, com linhas de pesquisa em "Controle e Instrumentação" e "Processamento de Energia Elétrica". Já o Mestrado Profissional, concentra-se em Automação de Sistemas e propõe pesquisas em "Automação de Manufatura" e "Controles e Acionamentos Elétricos".

Mais informações sobre os cursos e o edital do processo seletivo podem ser obtidos na página da instituição.

Para contato com o programa, estão disponíveis o e-mail ppgeel.cct@udesc.br e o telefone (47) 3481-7860. O PPGEEL também conta com página no Facebook.

Assessoria de Comunicação da Udesc Joinville
Jornalista Isabela Vargas
E-mail: comunicacao.cct@udesc.br
Telefone: (47) 3481-7930


Fotos: Jaqueline Noceti/Secom

O governador Raimundo Colombo visitou nesta quinta-feira, 25, as obras do Centro de Inovação e da rodovia SC-110 (Malwee/pé da serra de Pomerode), em Jaraguá do Sul. Os investimentos do Governo do Estado são de R$ 5,5 milhões e R$ 13 milhões, respectivamente. Também participaram da visita os secretários da Saúde, Vicente Caropreso, do Desenvolvimento Econômico e Sustentável, Carlos Chiodini, e da ADR Jaraguá do Sul, Leonel Floriani.

>>> Confira a galeria de fotos do Centro de Inovação

Colombo destacou que são duas obras significativas e de grande importância. A construção do Centro de Inovação, conforme o governador, mostra a preocupação do Estado em gerar oportunidades aos catarinenses. “É um projeto para Santa Catarina no futuro, é transformador, é uma nova economia, e permite a integração entre o sistema universitário, iniciativa privada e setor público. Juntos, somando forças, faremos uma grande transformação. São 13 centros iguais a este. Este centro de Jaraguá deve ser entregue no início do ano que vem para uso. Temos também, aqui na frente, a construção do Centro UP. Então, a gente cria um centro tecnológico de alto potencial de desenvolvimento e que é a cara de Santa Catarina”, disse Colombo.

Sobre as obras na SC-110, Colombo disse que ela garantirá mais segurança aos que trafegam pela rodovia. “Estamos na fase final desta obra que é muito importante. A melhor coisa para nós, do Governo, é quando vemos que a obra andou e que a comunidade vai poder usufruir de uma estrada mais segura, sinalizada e com calçadas. Essa região tem um potencial econômico importante, por isso também é fundamental investir em infraestrutura”, explicou o governador.

 

>>> Galeria de fotos da SC-110

“Essa rodovia está em ritmo acelerado. Houve alguns contratempos, não por parte do Governo do Estado, mas com a empresa vencedora da licitação. Acreditamos que em meados de setembro conseguiremos entregar essa obra para comunidade”, ressaltou o secretário de Infraestrutura, Luiz Fernando Vampiro. O prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Lunelli, informou que a conclusão da obra, que até então não contava com acostamentos, é muito aguardada pela comunidade. 

Centro de Inovação

Os Centros de Inovação vão beneficiar Santa Catarina com a criação de negócios de alto valor agregado, fomentando o empreendedorismo, dinamizando a economia e fortalecendo a atração de investimentos. A primeira unidade finalizada foi o Centro de Inovação Luiz Henrique da Silveira, em Lages, inaugurado em junho do ano passado pelo governador Raimundo Colombo.

Em Jaraguá do Sul, o investimento total é de R$ 6,3 milhões, dos quais R$ 5,9 milhões são do Governo do Estado e R$ 424,5 mil via convênios. A obra está com mais de 60% executada e fica na Rua Cesare Valentini, em terreno cedido pela prefeitura no Bairro Três Rios do Sul.

No total, serão 13 Centros de Inovação em todo o Estado. Além de Jaraguá do Sul, estão em construção as unidades de São Bento do Sul, Tubarão, Chapecó, Joaçaba, Itajaí e Blumenau; em Brusque a obra foi licitada e a ordem de serviço será assinada nos próximos dias. Receberão também o projeto Rio do Sul, Florianópolis, Joinville e Criciúma.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Sustentável, Carlos Chiodini, salientou que o Centro de Inovação, juntamente ao Centro UP, incentivará a cultura da inovação e o fortalecimento da economia preparada para os novos tempos. “Ainda vai deixar a nossa indústria mais competitiva, com a precisão dos serviços e do comércio. Há um engajamento de toda comunidade em torno dessas obras. Esta é a nova economia”, disse.

Rodovia SC-110

Na SC-110, estão sendo executados os trabalhos rodoviários de terraplenagem, pavimentação asfáltica com alargamento da pista, drenagem, sinalização, obras complementares, de contenção, serviços diversos, iluminação e meio ambiente. As obras na rodovia totalizam uma extensão 12,1 quilômetros, com investimentos de R$ 13 milhões.

O secretário executivo da ADR Jaraguá do Sul, Leonel Floriani, informou que as obras vão melhorar o fluxo e o escoamento da produção das indústrias que utilizam a via, além de trazer mais segurança aos motoristas, pedestres e moradores. A rodovia dá acesso a Pomerode, Blumenau, Timbó, Indaial, Rio do Sul e outros municípios da região.

>>> Governador apresenta a 2ª edição do Fundam em Jaraguá do Sul e destaca a importância do programa para a retomada da economia

Informações adicionais para a imprensa:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: bety@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3018 / 98843-5460
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e  @GovSC


Foto: Ana Cenatti/ADR Jaraguá do Sul

O governador Raimundo Colombo estará em Jaraguá do Sul e Guaramirim para cumprir extensa agenda nesta quinta-feira, 25. A partir das 9h, em Jaraguá do Sul, no Centro Universitário Católica SC, ele terá reunião de trabalho com prefeitos, vice-prefeitos e vereadores para falar sobre a segunda edição do Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam 2). Serão duas horas de reunião para apresentação do projeto e discussão com prefeitos.

Na sequência, o governador irá visitar as obras do Centro de Inovação, no Bairro Três Rios do Sul, e também as obras da SC-110 (Malwee/pé da serra de Pomerode), em Jaraguá do Sul. Os investimentos do Governo do Estado são de R$ 5,5 milhões e R$ 13 milhões, respectivamente.

Após as visitas, às 13h30, o governador estará na Fameg, em Guaramirim, para assinatura e entrega da ordem de serviço para construção do elevado (imagem acima) na BR-280, entroncamento com a SC-108 (acesso Massaranduba), no valor de R$ 41,2 milhões. Esta obra marca o início da duplicação do trecho urbano da BR-280 em Guaramirim, em um investimento que ultrapassa R$ 100 milhões.

Dados obras:

Centro de Inovação – investimento de R$ 5,5 milhões. Os centros de inovação abrigarão aceleradoras de empresas, incubadora, laboratórios de pesquisa, de capacitação e de consultoria para novos negócios. Atualmente, 67% da obra está concluída. A previsão de conclusão é setembro de 2017.

Revitalização SC-110 – investimento de R$ 13 milhões. Em todo o trecho está sendo feito o alargamento para acostamento e saídas de ônibus e nos trechos mais urbanizados serão construídas calçadas. Extensão da obra é de 12 quilômetros. A previsão de conclusão é para agosto de 2017.

Fundam na região Amvali

- Municípios: 7

- Valor disponibilizado: R$ 16,7 milhões

- Investimento: infraestrutura, aquisição de veículos, máquinas e equipamentos, construção de postos de saúde e pontes.

MUNICÍPIO

VALOR DISPONIBILIZADO

OBJETO

Barra Velha

2.480.000,00

infraestrutura

Corupá

1.950.000,00

infraestrutura e construção de unidade básica de saúde

Guaramirim

2.700.000,00

construção de ponte

Jaraguá do Sul

3.900.000,00

infraestrutura

Massaranduba

2.200.000,00

construção de posto de saúde e aquisição de equipamentos

São João do Itaperiú

1.780.000,00

infraestrutura e aquisição de veículos e equipamentos

Schroeder

1.730.000,00

infraestrutura e aquisição de veículos

TOTAL

16.740.000,00

 

Ordem de serviço do elevado em Guaramirim - Serão executados trabalhos em concreto armado e adequação das vias marginais e encaixes na rodovia, incluindo terra armada, faixas multiuso e rótula sob o viaduto. A obra terá extensão total de 650 metros, sendo 60 metros do elevado, com 23 metros de largura para duas pistas de rolamento em cada sentido e acostamentos. O prazo de execução da obra é de 15 meses. A empresa responsável pela execução é o Consórcio Infrasul, Coneville Setorsul. O valor total da obra é de R$ 41.284.914,46.

Informações adicionais para a imprensa
Ana Cenatti
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Jaraguá do Sul
E-mail:anacenatti@jgs.sdr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3276-9241 / (47) 9-8861-2652
Site:www.adrs.sc.gov.br/adrjaraguadosul


Fotos: James Tavares / Secom

Em Tubarão, no Sul do Estado, o governador Raimundo Colombo assinou o protocolo de intenções para urbanização do entorno da Arena Multiuso Prefeito Estêner Soratto da Silva, no valor de R$ 5,4 milhões e o termo de compromisso para o lançamento do edital de licitação para retomada e conclusão do Centro de Inovação. Os atos foram realizados, nesta terça-feira, 23, no teatro da Arena Multiuso, durante o lançamento do “Tubarão 180º – Uma nova cidade”, projeto que prevê o desenvolvimento do município em diversas áreas. O secretário de Estado do Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan e o prefeito Joares Ponticelli também estavam presentes.


Foto: Flavia Cunha/ADR Brusque

A Agência de Desenvolvimento Regional de Brusque e a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS) firmaram, nesta segunda-feira, 22, o contrato com a empresa Esphera Sul Empreendimentos, vencedora da licitação para construção do Centro de Inovação de Brusque. Serão investidos pelo Governo do Estado na obra R$ 5.893.692,11.

O centro será instalado na Rua Itajaí, no Bairro Limoeiro. A obra terá uma área total construída de 3.140,77m2. Para o secretário executivo da ADR Brusque, Ewaldo Ristow Filho, este é um grande passo para a concretização de um sonho da comunidade regional. “É muito importante esse momento. Foi um trabalho árduo nesses dois anos que estou na ADR. Hoje assinamos o contrato. O próximo passo é uma reunião com o Governador para assinarmos a ordem de serviço, que deve ocorrer nos próximos 14 ou 15 dias, para assim iniciar a obra. É um investimento que o Governo do Estado está fazendo em Brusque e região e que vem trazer muitos benefícios, tanto na área de pesquisa, desenvolvimento de novos produtos, auxiliar o processo produtivo e de inovação das empresas aqui instaladas e, quem sabe, futuras empresas que venham se instalar na região”, disse Ewaldo Ristow Filho.

O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Carlos Chiodini, espera que a empresa contratada conclua a obra no menor tempo possível. “Estamos construindo em outras dez cidades, 13 ao total. Brusque é mais uma delas. O dinheiro já está garantido, já está em conta. Uma obra de mais de R$ 5,8 milhões é expressiva. Espero que a empresa responsável a faça o mais rápido possível para a gente implementar de fato essa cultura da inovação de forma concreta em Brusque e região, envolvendo as faculdades, o setor produtivo, as entidades, a prefeitura, o Governo de Santa Catarina, o Governo Federal, que deve ser nosso parceiro nesse projeto, criando um novo paradigma, preparando a nossa economia para o futuro, com maior interesse, que é gerar empregos e renda para os nossos jovens que estão sendo inseridos no mercado de trabalho”, disse.

Os Centros de Inovação são uma parceria entre Governo do Estado, prefeituras, instituições de ensino e setor produtivo. Aceleradoras de empresas, coworking, laboratórios de pesquisa, formação e capacitação de empreendedores, consultoria e mentoria para novos negócios e atração de investimentos são algumas das funcionalidades previstas para o espaço.

Também participaram da assinatura o prefeito de Brusque, Jonas Paegle; o vice-prefeito, Ari Vequi; o presidente do Comitê de Gestão do Centro de Inovação e reitor da Unifebe, Günther Lother Pertschy, além de membros do comitê.

Informações adicionais para a imprensa:
Flavia Cunha
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Brusque
E-mail: assecom@bqe.sdr.sc.gov.br
Fones: (47) 3251-8100 / 99240-4770
Site: www.adrs.sc.gov.br/adrbrusque