Compartilhe


Foto: James Tavares/Secom

O governador Raimundo Colombo recebeu os prefeitos de São Bento do Sul, Tubarão e Joaçaba, nesta segunda-feira, 3, para tratar da continuação das obras dos Centros de Inovação nestes municípios. As construções estão paralisadas desde que as empresas responsáveis quebraram o contrato. “O Governo do Estado cumpriu seu papel, fizemos todo o processo com transparência e responsabilidade. Os recursos estão assegurados e, agora, queremos retomar as obras para entregá-las à população”, declarou.

No início do mês de março, técnicos da Diretoria de Ciência, Tecnologia e Inovação da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS) visitaram os locais, com o objetivo analisar o estágio em que ficaram as obras, após terem sido abandonadas pelas construtoras. Segundo o secretário da SDS, Carlos Chiodini, os levantamentos resultaram em um amplo relatório, com fotos, pareceres técnicos, planilhas de quantitativos e orçamentos necessários para a continuidade do processo. “Teremos que fazer uma nova licitação e estamos realizando uma força tarefa para entregar os Centros de Inovação o mais rápido possível”, salientou.

O prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, disse que o projeto será importante no fortalecimento da economia, das cadeias regionais e é fundamental para o crescimento do Estado. “Nossa cidade aguarda com muita expectativa e estamos felizes porque, em menos de 90 dias, conseguimos encaminhar os projetos”, disse. Os prefeitos de São Bento do Sul, Magno Bollmann, e de Joaçaba, Dioclesio Ragnini, também participaram do ato.

No total, serão 13 Centros de Inovação em todo o Estado, com a finalidade de promover o empreendedorismo, estimulando a criação de negócios de alto valor agregado, fortalecendo a atração de investimentos e unindo o poder público, o setor privado e as instituições de ensino.

As obras em Jaraguá do Sul, Chapecó, Blumenau e Itajaí seguem dentro do cronograma. Lages foi o primeiro município a ter uma unidade inaugurada, em junho de 2016. Em Brusque, o processo de licitação está em andamento, na fase final de divulgação. O projeto será desenvolvido, também, em Rio do Sul, Florianópolis, Criciúma e Joinville.

O diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação da SDS, Jean Vogel, conta que o modelo conceitual e de funcionamento das unidades está sendo finalizado e será entregue aos comitês de implantação. “A estrutura física é o hardware e o modelo conceitual o software, que servirá como guia para ocupação dos Centros de Inovação”, exemplifica. Segundo ele, o trabalho em rede será o grande diferencial e irá fortalecer ainda mais o projeto, que é pioneiro, não apenas no Brasil, mas no mundo.

Informações adicionais para a imprensa
Michelle Nunes
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável - SDS
E-mail: jornalistaminunes@gmail.com
Fone: (48) 3665-2261 / 99929-4998
Site: www.sds.sc.gov.br