Compartilhe


Foto: Homero Buzzi / ADR Rio do Sul 

A reunião da Vª Conferência Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação em Rio do Sul foi aberta na manhã desta quinta-feira, 5, com apresentação de Jean Voigel, da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável, e vai até sexta-feira, 6, no campus urbano do Instituto Federal Catarinense, em Rio do Sul.

Já realizada em seis cidades catarinenses, a Conferência Estadual de CTI tem 450 propostas para melhorar as condições relativas a ciência, tecnologia, inovação, infraestrutura e desenvolvimento.  Mais de 1.270 participantes discutem a percepção e as necessidades regionais catarinenses. As análises da realidade de CTI das seis mesorregiões estão disponíveis no livro da V Conferência Estadual de CTI. A metodologia das reuniões foi elaborada pelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em parceria com a Rede Catarinense de Conhecimento e Inovação Sustentáveis. 

Com as sugestões resumidas e compiladas, representantes de todas as esferas debatem nesta quinta e sexta-feira, as necessidades comuns para elaborar o Plano Estadual de CTI numa articulação multi-institucional. Participam lideranças de instituições como  Associação Catarinense das Empresas de Tecnologia (Acate), Iel - Instituto Euvaldo Lodi, BRDE - Banco Regional do Desenvolvimento do Extremo Sul e Udesc - Universidade do Estado de Santa Catarina. O evento é organizado pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina e pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável.

Na abertura do evento o presidente da Fapesc, Sergio Gargioni, disse que é preciso concentrar e resumir todos os 450 itens aprovados em meia dúzia deles, e agir em uníssono para que sejam efetivados. Falou que é preciso sair desse encontro com resultados, porque os recursos são reduzidos, mas Santa Catarina continuará sendo um Estado com tecnologia de ponta e com a melhor rede inovadora do país.

O encontro reúne setores do governo, do empresariado, acadêmicos e representantes da sociedade civil para propor o Plano Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, e é organizado pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado com apoio do Governo do Estrado através da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável.

Informações adicionais para a imprensa:
Homero Buzzi
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de Rio do Sul
E-mail: imprensa@rsl.adr.sc.gov.br
Telefones: (47) 3526-3014 / 99905-6336 
sc.gov.br/regionais/riodosul