Compartilhe


Foto: Vanessa Maria Pereira / FCC

O presidente da Fundação Catarinense de Cultura, Rodolfo Pinto da Luz, assinou nesta quinta-feira, 6, o Termo de Transferência Temporária da Coletânea Garibaldina ao Departamento de Arquitetura de Urbanismo do Centro de Educação Superior da Região Sul da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), em Laguna, representado pelo professor Carlos André Veiga Lima Rosa. A coleção, composta por cerca de 16 mil objetos, é o mais completo acervo sobre Anita Garibaldi, que lutou durante a Revolução Farroupilha ao lado do marido Giuseppe. Todos os itens estão sendo catalogados para que possa ser feito o Termo Definitivo de Transferência.

"A coletânea é bastante relevante pois conta a história de uma das personagens femininas mais lembradas da história catarinense e também porque foi organizada por Wolfgang Ludwig Rau, um nome importante para a arquitetura do Estado", explica a diretora de Patrimônio da FCC, Vanessa Pereira.

O arquiteto, escritor e pesquisador Rau foi um dos principais estudiosos da vida da heroína e publicou uma série de livros sobre Anita. Em 2001, sua coleção foi adquirida pelo Governo do Estado e mantida na Casa Pinto D’Ulysséa pela Fundação Lagunense de Cultura, em regime de comodato. No ano passado, os bens foram transferidos para a Udesc, onde as obras passam por manutenção, com supervisão do Ateliê de Conversação e Restauração de Bens Culturais Móveis (Atecor) da FCC. A intenção é que a Udesc cuide, pesquise e possibilite o acesso e a utilização do acervo. O comodato tem prazo de 10 anos, podendo ser prorrogado por igual período.

Informações adicionais para imprensa
Assessoria de Comunicação Fundação Catarinense de Cultura
Telefone: (48) 3664-2571 / 3664-2572
E-mail: imprensa@fcc.sc.gov.br
Site: www.fcc.sc.gov.br 
Twitter: www.twitter.com/fccoficial  
Facebook: www.facebook.com/FundacaoCatarinensedeCultura