Compartilhe

Regional de Criciúma (atualização às 10h 31/05) -   Na Regional de Criciúma a normalidade vai sendo restabelecida depois da desmobilização das manifestações. O processo foi pacífico, sem registro de desordem ou confronto. Muitos caminhões já circulam pelas rodovias com múltiplas cargas e o comércio também está sendo abastecido. Alguns postos de combustíveis de Criciúma e municípios vizinhos iniciaram o fornecimento de gasolina já na manhã dessa quinta-feira, 31, quando um comboio com 22 caminhões tanque iniciou viagem a Itajaí. Acompanhado pelos órgãos de segurança do Governo do Estado, os caminhões trarão combustível para abastecer postos de combustíveis da região, com previsão de chegada para às 23 horas.

Desde o início das manifestações nenhuma rodovia estadual da Regional de Criciúma chegou a ser interrompida totalmente. O abastecimento com combustível ainda não foi restabelecido completamente. Na área da saúde, conforme a Gerência Regional, os hospitais continuam com atendimento normal e as cirurgias eletivas que estavam suspensas devem ser retomadas na próxima semana.

Na área da saúde, conforme a gerência regional, os hospitais continuam com atendimento normal e as cirurgias eletivas que estavam suspensas devem ser retomadas na próxima semana.

Regional de Tubarão (atualização das 17h30) -  Em Tubarão, autoridades políticas e de segurança pública definiram algumas ações para a desmobilização nos trechos da região. Dos seis pontos de manifestações, não houve bloqueio e, por meio de negociações amistosas, o combustível para segurança pública e saúde foram liberados, assim como insumos de ração e produtos químicos para tratamento de água.

As mobilizações das cidades de São Ludgero, Armazém, Gravatal e Tubarão ficarão em Estado de Greve, porém, vão dissipar os movimentos, liberando os motoristas aos seus destinos.

Autoridades de segurança avaliam que a situação mais complicada é em Imbituba onde ainda há maior concentração de manifestantes.