A única foto da ocorrência foi tirada quando a criança estava estabilizada e com a equipe de suporte avançado do Samu -  Foto: Soldado BM Zonato / CBMSC 

Entre todas as felicitações pelo dia 26 de setembro, dia do Bombeiro catarinense, uma foi mais que especial: salvar uma vida. Passava das 13h, de terça-feira, 26, quando um casal em pânico entrou no Centro de Ensino Bombeiro Militar, no Bairro Trindade, em Florianópolis. Nos braços, o filho de um ano e três meses, inconsciente e em parada cardiorrespiratória (ausência de pulso cardíaco e de respiração), já aparentando cianose (extremidades da boca, dos olhos e dedos das mãos e pés na cor roxa).

Ao se aproximar do casal, a aluna sargento Krueger recebeu a criança e a levou para dentro de uma sala do Centro de Ensino. Imediatamente, ela começou a fazer o procedimento de reanimação cardíaca e respiratória. Ao lado dela, estavam os sargentos BM Amorim e Jacymir. Nas primeiras compressões torácicas e ventilações a criança voltou a ter pulso, a respirar e logo abriu os olhos.


Foto: Defesa Civil

O secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, assinou junto à Marinha do Brasil, em Florianópolis, a autorização para que a Defesa Civil Estadual possa utilizar a área do Farol de Morro dos Conventos, em Araranguá, para a instalação do radar móvel que cobrirá a região Sul de Santa Catarina.

O equipamento, adquirido pela Defesa Civil no valor de R$ 3,4 milhões, vai apoiar a previsão de curto prazo para chuva e tempestades, cobrindo um raio de 100 km a partir do ponto onde estiver operando. Ele também poderá auxiliar em pesquisas.

Segundo o coordenador Regional de Defesa Civil na Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Araranguá, Sebastião Antônio de Souza, em casos de previsão de eventos meteorológicos mais extremos ou da ocorrência deles, o radar poderá ser deslocado para outras regiões do estado.


Foto: Leneza Della Krás/ADR Araranguá

Agora, está sendo aguardada autorização do processo licitatório que está sendo realizado pela ADR, que se encontra no grupo gestor do Governo, para infraestrutura básica do local que receberá o radar (muro, parte elétrica, base e videomonitoramento).

Com o início da operação do radar móvel em Araranguá, Santa Catarina terá 100% de seu território coberto por estas imagens. O estado já possui radares fixos em Lontras e em Chapecó.

Informações adicionais para a imprensa
Leneza Della Krás
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Araranguá
E-mail: imprensa@aru.adr.sc.gov.br
Telefones: (48) 3529-0084 / 99183-1799
Site: www.adrs.sc.gov.br/adrararangua
Facebook: www.facebook.com/regional.ararangua


Fotos: Ricardo Lunge/ADR Blumenau

O Governo do Estado está construindo em Blumenau, no complexo do Sesi, localizado na Rua Itajaí, um dos 19 Centros Regionais Integrados de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cigerd). A cidade já recebeu os nove módulos (contêineres) necessários para a construçãoO investimento é de R$ 550 mil, com uma estrutura total de 152 metros quadrados de área. O local será preparado para receber e enviar informações sobre possíveis desastres naturais e auxiliar para análise e reestruturação de locais atingidos. Um dos objetivos do Cigerd é que ele atenda municípios que não têm estrutura para reconhecer e fazer levantamentos quando ocorrem eventos climáticos.

O coordenar da Defesa Civil Regional Jackson Laurindo explica a função do Centro Regional. ”A principal função do Centro Regional da Defesa Civil em Blumenau é ser um QG dos órgãos que prestam assistência em casos de eventos de desastres naturais. Deste local, estaremos nos organizando para decidir as ações necessárias”, ressalta.

Cigerd de Blumenau

A estrutura de Blumenau e dos outros municípios estará conectada com a central de Florianópolis, de onde são geradas informações de monitoramento do clima e nível das barragens e rios. A previsão de conclusão da obra é o fim dezembro deste ano

Além de Blumenau, os municípios de Gaspar, Brusque, Guabiruba, Botuverá, Apiúna, Indaial, Ascurra, Rodeio, Timbó, Benedito Novo, Pomerode, Doutor Pedrinho e Rio dos Cedros fazem parte da Defesa Civil Regional.

Informações adicionais para a imprensa:
Ricardo Lunge
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Blumenau
E-mail: imprensa@bnu.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3378-8175 / 99232-6300
Site: sc.gov.br/regionais/blumenau


Fotos: CBMSC

É de Lages a mais nova dupla para operações de busca e regate do Corpo de Bombeiros Militar. O soldado BM Luciano Wart Rangel e o cão Barney são do 5° Batalhão de Bombeiros Militar. Treinado por Rangel desde o seu primeiro mês de vida, o labrador foi o único a receber certificação nas últimas provas que aconteceram semana passada em Tijucas.

>>> Galeria de fotos

A certificação é a garantia de que o cachorro está apto a atuar profissionalmente no resgate e localização de pessoas desaparecidas. Com Barney são dez cães operacionais de busca e resgate dos bombeiros em SC. Outros nove cachorros seguem em treinamento para tentar uma nova certificação dentro de seis meses. De acordo com o major BM Walter Parizotto, coordenador dos cursos de cinotecnia do Corpo de Bombeiros Militar, todos os cães que atuam na corporação tem de ser certificados. "Além disso, os cachorros passam por criterioso acompanhamento veterinário, com todas as vacinas em dia e constantes inspeções de saúde", afirma.

Nas provas de certificação que aconteceram em Tijucas, entre os dias 12 e 14 de setembro, os cães eram submetidos a provas de obediência e de resgate. Nas provas de obediência, além de passarem por obstáculos, os cães precisaram atender a comandos específicos de seus condutores, demonstrando destreza e obediência. Já nas provas de buscas, que são divididas em duas, os cães precisavam localizar uma vítima em meio aos escombros, de uma simulação de acidente aéreo, durante a noite em mata fechada. Em outra prova de resgate, duas vítimas precisavam ser localizadas pelos cães, durante o dia, também em meio a escombros e vegetação densa.

Informações adicionais para a imprensa
Krislei Oechsler
Assessoria de Imprensa 
Corpo de Bombeiros Militares de Santa Catarina - CBMSC
E-mail: ccs@cbm.sc.gov.br
Fone: (48) 3251-9614 / 98843-4427
Site: www.cbm.sc.gov.br


Foto: Jaqueline Noceti/Secom

O governador Raimundo Colombo e o secretário de Estado da Segurança Pública, César Augusto Grubba, inauguraram na manhã desta terça-feira, 19, em Timbó, no Médio Vale do Itajaí, o quartel do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) e o escritório municipal da Defesa Civil. Na ocasião, o governador recebeu medalha comemorativa aos 90 anos do Corpo de Bombeiros. O comandante-geral da corporação, coronel Onir Mocellin, e o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Paulo Henrique Hemm, também participaram da cerimônia.

“Estamos investindo muito em proteção às pessoas. Hoje, são mais de cem municípios com estrutura do corpo de bombeiros e com bons equipamentos. Também estamos investindo na proteção contra cheias, como radares e barragens, e, para isso, precisamos de gente”, destacou o governador.

>>> Galeria de fotos

Colombo ainda falou sobre a contratação de novos policiais até o final do ano. “A corporação fica em uma situação bem mais favorável com modernos equipamentos e uma boa equipe. Até o final do ano, vamos formar mais 1,3 mil novos agentes que irão ingressar e fortalecer as forças de segurança pública do estado e dessa região”, disse.

A estrutura substitui o antigo prédio, inaugurado em 2001, e que não atendia mais às necessidades da corporação. A nova estrutura possui 750 metros quadrados em 2,3 mil metros quadrados de área urbanizada e conta com local para atendimento administrativo, garagem para viaturas, sala para assepsia de materiais, cozinha, refeitório e alojamentos. No local, também funciona o escritório municipal da Defesa Civil.

“É uma estrutura de fundamental importância porque vai dar mais condições de trabalho ao nosso pessoal e receber melhor a comunidade. Todos sabem que a gente faz cursos dos bombeiros comunitários, melhor idade, mirim e juvenil. Isso também possibilita que as pessoas da comunidade estejam em melhores condições de prestar serviços conosco. E, em breve, o Samu também deverá estar aqui”, contou Mocellin.

Para a realização da obra, foi investido quase R$ 1,2 milhão do Governo do Estado, Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), Corpo de Bombeiros e Prefeitura de Timbó. O terreno foi cedido pelo governo estadual. “Essa parceria é muito importante, pois a soma de esforço reduz o tempo no atendimento. O local também está livre de enchentes e está em ponto estratégico para o rápido atendimento à população”, destacou o prefeito de Timbó, Jorge Augusto Kruger.

O secretário Grubba enfatiza que é mais uma obra do Governo do Estado entre outras dezenas em andamento. “São obras que deverão ser inauguradas até o final deste ano e no decorrer do ano que vem. É a realização de um sonho dos municípios do Médio Vale e que vai atender nove municípios”, explicou.

Medalha

O Corpo de Bombeiros Militar completa 90 anos em 26 de setembro de 2016 e, por isso, o comandante-geral concedeu medalhas comemorativas como forma de reconhecimento a pessoas físicas e jurídicas que auxiliaram no desenvolvimento da corporação. A honraria foi criada pelo CBMSC por meio do artigo 2° da portaria 20 de 11 de janeiro de 2016 e homenageou lideranças políticas da região, representantes da sociedade civil organizada e imprensa, além do governador Raimundo Colombo.

Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo 
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: rafael@secom.sc.gov.br  
Telefone: (48)  3665-3018 / 99116-8992
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

O governador Raimundo Colombo inaugura nesta terça-feira, 19, em Timbó, no Médio Vale do Itajaí, o novo quartel do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) e o escritório municipal da Defesa Civil. Também está prevista a entrega de medalhas em comemoração aos 90 anos do Corpo de Bombeiros. A cerimônia será às 9h na Rua Itapema, 310, no Bairro Quintino em Timbó.

Para a realização das obras foram investidos quase R$ 1,2 milhão em recursos da Prefeitura de Timbó, Corpo de Bombeiros, Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Secretaria de Estado da Fazenda por meio de programa de incentivos.

A honraria foi criada pelo CBMSC como forma de agraciar as pessoas físicas e jurídicas que contribuíram para o desenvolvimento da corporação ao longo de 90 anos de serviços prestados no Estado. Entre os agraciados estarão lideranças políticas, representantes da sociedade civil organizada e imprensa.

Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo 
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: rafael@secom.sc.gov.br  
Telefone: (48)  3665-3018 / 99116-8992
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

 


Fotos: SCPar Porto de Imbituba

O Terminal de Importação e Exportação de Granéis Sólidos do Porto de Imbituba foi o cenário de um simulado de emergência do Plano de Ajuda Mútua (PAM), realizado em parceria pela SCPar Porto de Imbituba (Autoridade Portuária) e a empresa CRB Votorantim, arrendatária do Terminal, com o apoio do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina. O treinamento, que ocorreu na segunda-feira, 11, atende à Norma Regulamentadora NR-29 do Ministério do Trabalho e visa manter as Brigadas de Emergência das empresas integrantes do PAM capacitadas para dar respostas adequadas e eficientes aos cenários acidentais.

Durante a simulação, os brigadistas da SCPar e CRB foram acionados e controlaram um princípio de incêndio no painel de comando da correia transportadora de granéis, prestando apoio no resgate às vítimas que se encontravam na área de acesso à correia. Já o Corpo de Bombeiros ficou responsável pelo encaminhamento das vítimas ao pronto-socorro com o auxílio da ambulância. Toda a ação foi registrada e catalogada e será analisada pela Autoridade Portuária nos próximos dias para identificar os acertos e fatores a serem corrigidos no procedimento.

"Sabendo que a preparação é a chave para o adequado atendimento a uma emergência, esses procedimentos que simulam uma situação real servem para avaliar a eficiência dos planos de emergência do porto, bem como treinar as equipes e promover a integração entre as empresas e órgãos envolvidos no evento", destaca a coordenadora da Brigada de Emergência da SCPar Porto de Imbituba, Juliana Moraes. Segundo Juliana, novos exercícios simulados ainda serão realizados, com diferentes cenários e outras empresas envolvidas, sempre com o objetivo de manter as brigadas que atuam no Porto de Imbituba treinadas e aptas a atender situações de emergência.

O que é a NR-29

A NR-29 regulamenta a segurança e saúde no trabalho portuário. Este é o segundo exercício prático diretamente relacionado à NR-29 que foi realizado pela SCPar Porto este ano. Em abril, uma situação de incêndio, atendimento a vítimas e evacuação dos prédios da administração portuária foi o cenário experimentado.

O que é o PAM

O Plano de Ajuda Mútua tem por objetivo preparar as empresas que atuam diretamente no porto (operadores, arrendatários e OGMO - Órgão Gestor Mão de Obra de Imbituba) para trabalharem de forma conjunta no atendimento a emergências nas instalações portuárias. A Brigada de Emergência da SCPar Porto de Imbituba foi habilitada em 2016 e é formada por 19 colaboradores de diversos setores da empresa.

Mais informações para a imprensa:
Géssica da Silva
Comunicação Social
SCPar Porto de Imbituba
Fone: (48) 3355-8908
E-mail: gessica.silva@portodeimbituba.com.br
www.portodeimbituba.com.br

Rodrigo Moratelli em Lages
Desassoreamento do Rio Carahá é executado pela Prefeitura com recursos do Governo de SC. Foto: Pablo Gomes / ADR Lages

A cidade de Lages recebeu nesta quarta-feira, 13, a visita do secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, em mais uma edição do Dia de Ação de Governo, programa criado pelo governador Raimundo Colombo para aproximar os órgãos estaduais da população catarinense. 

Após conceder entrevistas à imprensa, na companhia do secretário da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR), João Alberto Duarte, e do secretário municipal de Planejamento e Obras, Clayton Bortoluzzi, Moratelli vistoriou as obras de desassoreamento do Rio Carahá, executadas pela Prefeitura com investimentos de R$ 150 mil do Governo do Estado para minimizar os problemas das enchentes em Lages.

Na sequência, visitou o novo Centro Regional de Gerenciamento de Riscos e Desastres, que será inaugurado nas próximas semanas, no campus da Udesc. O local é um dos 20 construídos pelo Governo do Estado em diversas regiões de Santa Catarina, com investimentos totais de R$ 18 milhões, e ficará integrado 24 horas por dia ao Centro Estadual, em Florianópolis, com a mais avançada tecnologia disponível no mundo para prevenção e ação imediata em catástrofes naturais.

Rodrigo Moratelli em Lages
Centro Integrado de Defesa Civil contará com a mais avançada tecnologia do mundo. Foto: Pablo Gomes / ADR Lages

Rodrigo Moratelli também se reuniu com representantes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Exército, Samu, Epagri, Deinfra e outras instituições públicas para falar sobre os investimentos do Governo do Estado na Defesa Civil, cuja secretaria foi criada em 2011 pelo governador Raimundo Colombo.

Na apresentação, Moratelli destacou ações como os radares meteorológicos de Chapecó e Lontras e o radar móvel de Araranguá, que garantem cobertura de 100% do território catarinense e exigiram investimentos de R$ 35 milhões do Estado, a elevação das barragens de Ituporanga e Taió, os kits transposição, as casas modulares e as plataformas digitais de informações à população.

Rodrigo Moratelli em Lages
As cheias dos rios Carahá e Caveiras são as principais causadoras das enchentes em Lages. Foto: Pablo Gomes / ADR Lages

Por fim, o secretário sobrevoou os rios Carahá e Caveiras, cujas cheias provocam as enchentes em Lages. Prefeitura e Governo do Estado realizam um estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental para executar um grande plano de contenção e melhoria de fluxo dos leitos, reduzindo consideravelmente os riscos de alagamentos na cidade.

“Santa Catarina é o segundo maior corredor de fenômenos naturais do mundo. Por isso realizamos esses grandes investimentos. Até poucos anos atrás não tínhamos nada, e hoje, com acordos no Japão, União Europeia e Estados Unidos, temos um dos sistemas de Defesa Civil mais avançados do planeta”, concluiu o secretário.

Informações adicionais para a imprensa
Pablo Gomes
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Lages
E-mail: imprensa.sdrlages@gmail.com
Telefone: (49) 3289-6210 / 99926-6775 / 98839-1727
Site: sc.gov.br/regionais/lages


O Dia de Ação de Governo chega à oitava edição nesta quarta-feira, 13, com a realização simultânea das atividades em 14 cidades diferentes. Ao longo da programação, cada um dos secretários visitará obras, apresentará programas de Governo e ouvirá reivindicações das comunidades.

Em Lages, o participante será o secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, que visitará as obras de desassoreamento do Rio Carahá e a construção do Centro Regional de Defesa Civil.

Ele também falará a autoridades, lideranças e imprensa sobre os investimentos do Governo de Santa Catarina no setor, como os radares meteorológicos de Chapecó e Lontras, que garantem cobertura de 100% do Estado, os 20 Centros Regionais e mais o Centro Estadual de Defesa Civil, a elevação das barragens de Ituporanga e Taió, os kits transposição, as casas modulares e as plataformas digitais de informações à população. Moratelli também falará sobre as medidas adotadas pelo Estado para prevenção e atuação em catástrofes naturais.

O Dia de Ação de Governo é um programa criado pelo governador Raimundo Colombo para promover maior aproximação entre os diferentes órgãos do Estado e a população catarinense.

Programação desta quarta-feira, 14 de setembro, em Lages

* 11h30min: visita às obras de desassoreamento do Rio Carahá (proximidades da Acil)

* 13h30min: visita às obras de construção do Centro Regional de Defesa Civil (CAV Udesc)

* 14h30min: encontro com lideranças, colegiado de Governo e imprensa (ADR Lages)

Informações adicionais para a imprensa
Pablo Gomes
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Lages
E-mail: imprensa.sdrlages@gmail.com
Telefone: (49) 3289-6210 / 99926-6775 / 98839-1727
Site: sc.gov.br/regionais/lages

Enquanto os Estados Unidos enfrentam a passagem do maior furacão da história do país, em Santa Catarina, os alunos em formação no Centro de Ensino Bombeiro Militar estão recebendo intenso treinamento para gerenciar ocorrências de grandes proporções, envolvendo desastres naturais ou acidentes.

Para os cerca de 40 cadetes do Curso de Formação de Oficiais a semana começou com atividades intensas do Treinamento Operacional para Desastres Naturais (Tron), disciplina obrigatória do Corpo de Bombeiros Militar. De prontidão desde à 0h de domingo, 10, no Centro de Ensino, no Bairro Trindade, em Florianópolis, os alunos recebem informações climáticas simuladas, via telefone celular e aplicativos, que dão conta de um evento climático no estado, envolvendo grande volume de chuva nas regiões do Litoral e Vale do Itajaí. Dessa forma, o único conhecimento que eles tiveram no momento é que a situação das chuvas iriam se agravar e que teriam que atuar para resgatar vítimas.

Na manhã desta segunda-feira, 11, os alunos passaram pelo primeiro desafio: foram nadando do continente, saindo do Grupamento de Busca e Salvamento, até a Ilha dos Guarás, ou Ilha dos Bombeiros, distante cerca de quatro quilômetros da costa. No local, passaram a manhã e início da tarde com instruções sobre navegação e uso de embarcações. Na sequência, terão treinamento sobre resgates aéreos com a equipe do Batalhão de Operações Aéreas (BOA).

Já na noite desta segunda-feira, os cadetes retornam para o Centro de Ensino. Eles sabem que terão uma semana repleta de atividades pela frente. De acordo com o coronel BM Aldo Baptista Neto, que ministra a disciplina de Tron aos alunos, a ideia de manter sigilo sobre o tipo de atividade que os alunos encontrarão pela frente faz parte da didática do aprendizado. “Como futuros bombeiros, por melhores que sejam nossos alertas climáticos, cada ocorrência de grandes proporções é única e nem sempre é possível receber algum alerta meteorológico e preventivo”, disse.

Além disso, todas as situações vivenciadas pelos alunos estão ocorrendo em ambiente simulado para ficarem bem próximas da realidade, complementa o coronel Neto. Ao longo da semana, também estão previstas atividades de triagem de múltiplas vítimas, transporte e atendimento pré-hospitalar de vítimas politraumatizadas em estruturas colapsadas, atividades de cinotecnia e de manipulação de cadáveres, entre outras. Os alunos ficarão acampados em alguma cidade entre o Litoral e o Vale do Itajaí, em virtude da ocorrência simulada que deverão atender. Eles terão de preparar o próprio alimento e conviver com situações de improviso e exaustão física e mental.

As atividades acontecem com apoio do Centro de Ensino Bombeiro Militar e com apoio dos seguintes batalhões: 1° Batalhão, com sede em Florianópolis, do 3°, com sede em Blumenau, do 7° Batalhão, sediado em Itajaí, do 10°, com sede em São José, do 13° Batalhão, com sede em Balneário Camboriú e do 14°Batalhão de Bombeiros Militar, em Xanxerê.

Informações para a imprensa:

Em virtude do caráter sigiloso do local e do tipo de ocorrência que atenderão, para manter surpresa para os alunos, o treinamento envolveu uma megaoperação por parte do Corpo de Bombeiros Militar em algumas cidades do Litoral e Vale do Itajaí. Dessa forma, os jornalistas e profissionais da imprensa que estiverem interessados em fazer matéria sobre o treinamento deverão retornar o e-mail para o ccs@cbm.sc.gov.br, solicitando mais informações. Também é possível receber informações via Whatsapp pelo fone (48) 98843-4427.

Informações adicionais para a imprensa
Krislei Oechsler
Assessoria de Imprensa 
Corpo de Bombeiros Militares de Santa Catarina - CBMSC
E-mail: ccs@cbm.sc.gov.br
Fone: (48) 3251-9614 / 98843-4427
Site: www.cbm.sc.gov.br