Foto: Corpo de Bombeiros/Arquivo

Foram confirmadas as inscrições de 10.228 candidatos para as 300 vagas no curso de formação de soldado do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, segundo levantamento preliminar da empresa Objetivas, vencedora da licitação para realização do concurso. O número compreende 7.612 candidatos do sexo masculino, que concorrem em 282 vagas. As outras 2.616 inscrições são de mulheres, que concorrem a uma das 18 vagas destinadas ao sexo feminino.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o número de inscritos ainda pode aumentar, pois há inscrições em processo de deferimento ou indeferimento. Entretanto, a corporação já considera uma elevada procura no curso de formação de soldados e acredita que a concorrência pode ser um indicativo do elevado prestígio que os bombeiros de Santa Catarina conquistaram junto à população.

Até o momento, o índice para inscritos do sexo masculino é de 26,9 candidatos para uma vaga. Já o índice feminino é de 145,3 mulheres por vaga.

Informações adicionais para a imprensa
Krislei Oechsler
Assessoria de Imprensa 
Corpo de Bombeiros Militares de Santa Catarina - CBMSC
E-mail: ccs@cbm.sc.gov.br
Fone: (48) 3251-9614 / 98843-4427
Site: www.cbm.sc.gov.br


Foto: CBMSC

Os bombeiros de Santa Catarina conquistaram algumas das melhores colocações nas provas do Campeonato Mundial de Resgate Veicular, eventou que terminou no domingo, 3, na cidade de Targu Mures, na Transilvânia, capital da Romênia. Dos três troféus conquistados pelo Brasil, dois deles estão sendo trazidos pela equipe do 11° Batalhão de Bombeiros Militar, com sede em Joaçaba: o de 1° lugar como melhor time em desenvolvimento na categoria Complexa e o 3° lugar geral, também da categoria Complexa. O Brasil também foi representado pela equipe da Escola Superior de Bombeiros (ESB), de São Paulo, que leva para o estado paulista a primeira colocação geral como melhor time em desenvolvimento nas manobras de resgate.

>>> Galeria de fotos

As provas do World Rescue Challenge, Desafio Mundial de Resgate Veicular, consistem em resgatar vítimas de cenários que simulam acidentes de trânsito, respeitando protocolos internacionais de atendimento pré-hospitalar e usando técnicas, manobras e equipamentos de resgate apropriados. Há duas modalidades de competição, a categoria Standard, em que os bombeiros precisam resgatar uma vítima de um cenário em determinado espaço de tempo, e a Complexa, em que os cenários são montados com duas vítimas a serem resgatadas. Foi nessa modalidade que a equipe de Joaçaba se sobressaiu.

A participação e a classificação dos bombeiros de Santa Catarina no campeonato mundial de resgate enche de orgulho os bombeiros de todo Brasil. “Eles são um exemplo de superação, pois conseguiram ultrapassar vários obstáculos, inclusive os financeiros, para angariar recursos e garantir a participação na Romênia”, disse o comandante-geral do Corpo de Bombeiros de SC, coronel Onir Mocellin.

Além disso, a colocação dos bombeiros militares no campeonato mostra que, apesar de o Brasil liderar o triste ranking mundial como um dos países com maior número de mortes por acidentes de trânsito, em Santa Catarina, os bombeiros estão no caminho da excelência no atendimento prestado, ressaltou o comandante Mocellin.

As três equipes de bombeiros brasileiros devem chegar ao Brasil somente nesta terça-feira, 5. As competições aconteceram entre 34 equipes de bombeiros, oriundas de 20 países diferentes.

Informações adicionais para a imprensa
Krislei Oechsler
Assessoria de Imprensa 
Corpo de Bombeiros Militares de Santa Catarina - CBMSC
E-mail: ccs@cbm.sc.gov.br
Fone: (48) 3251-9614 / 98843-4427
Site: www.cbm.sc.gov.br

O projeto de construção das barragens em Petrolândia e Mirim Doce, no Alto  Vale do Itajaí, dá mais um passo importante. Em 23 de agosto, foi publicado e decreto que torna de utilidade pública para desapropriação os imóveis atingidos pela construção dos barramentos das barragens no rio Perimbó e Taió.

No município de Petrolândia, 10 áreas serão desapropriadas. O montante avaliado é de R$ 1.181.914,24. Já, no município de Mirim Doce são três propriedades avaliadas em R$ 690. 813,18. Para agilizar o trâmite de escrituração junto aos cartórios de Registro de Imóveis locais e atender os desapropriados, a Defesa Civil solicitou apoio às consultorias jurídicas das Agências de Desenvolvimento Regional (ADR) de Ituporanga e Taió.

O pagamento aos proprietários das terras será feito pela Secretaria de Estado da Defesa Civil, após o registro em cartório. O secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, explica as próximas etapas. “Em paralelo, estamos encaminhando os últimos documentos para obter a Licença Ambiental de Instalação (LAI) da Fundação do Meio Ambiente (Fatma). Após emitida, a Secretaria irá contratar a obra, serviços de supervisão e programas ambientais e dar as respectivas ordens de serviços aos contratados para iniciar a construção”, comenta.

As terras, que estão na fase de desapropriação, darão lugar ao canteiro de obras e o próprio barramento. No município de Petrolândia, no rio Perimbó, o barramento deve conter cerca de 3,54 m3 de armazenamento de água. Em Mirim Doce está prevista uma barragem de contenção no Rio Taió com capacidade de armazenamento de 12,6 milhões de m3 de água. As estruturas visam a proteção de enchente nos municípios como Ituporanga e Aurora, Mirim Doce, Taió, Rio do Oeste, Laurentino.

Conforme Moratelli, o processo de desapropriação das moradias atingidas pelo reservatório está na fase final de avaliação. "Até outubro, técnicos da empresa contratada e da Defesa Civil farão o contato com os atingidos para apresentar os mapas finais e os valores para desapropriação. Em seguida, o processo segue para a decretação de utilidade pública", explica o secretário.

As obras de contenção fazem parte do projeto de prevenção de desastres no Vale do Itajaí implementado pela Jica, em 2011. A região já conta com a barragem de José Boiteux, e as barragens sobre elevadas de Ituporanga e Taió. Conforme o estudo da Jica, para melhorar o sistema preventivo de cheias em todo o Vale, outras barragens e melhoramentos fluviais são necessários. Sendo que tudo está em estudo para fins de licenciamento ambiental.

Informações adicionais para a imprensa
Cleiton Ferrasso
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Defesa Civil - SDS
Fone: (48) 3664-7009 / 99185-3889
E-mail: defesacivilsc@gmail.com
Site: www.defesacivil.sc.gov.br




 


Foto: CBMSC

Interessados em ingressar no Corpo de Bombeiros Militar como soldado têm até a quinta-feira, 31, para realizar a inscrição e iniciar as etapas do processo seletivo. Estão sendo oferecidas 300 vagas, sendo 282 para homens e 18 para mulheres. As inscrições devem ser feitas por meio do site da empresa licitada para realizar o concurso: www.objetivas.com.br.

Depois da inscrição, o próximo passo dos candidatos é passar pela prova de conhecimentos gerais, prevista para acontecer no final de setembro, em cinco cidades do estado: Florianópolis, Blumenau, Curitibanos, Chapecó e Criciúma. Entretanto, o subcomandante-geral do Corpo de Bombeiros e presidente da Comissão de Concurso, coronel João Valério Borges, alerta para a necessidade de quitar a taxa de inscrição para efetivar a participação no processo de seleção. “Até o momento, temos mais de dez mil inscritos, mas apenas cerca de 25% das inscrições foram quitadas. Por isso, é importante que as pessoas se atentem para os prazos de inscrição e para o pagamento da taxa”, disse.

>>> Edital e inscrições

Depois da prova escrita, composta por 50 questões objetivas e redação, os candidatos precisarão apresentar boa condição de saúde física e mental, demonstrando à comissão do concurso, os laudos dos exames solicitados no edital. Em seguida, serão submetidos aos testes de aptidão física, avaliação psicológica e social, demonstrando bons antecedentes e lisura em exames toxicológicos.

Após todas estas etapas, ocorre a entrega de documentos pessoais e a homologação da aprovação do concurso para início do curso de formação, que deverá iniciar em 19 março de 2018.

Somente após a conclusão do curso de formação, previsto para durar cerca de nove meses, é que são abertas as vagas de lotações e os aprovados no curso iniciam a atuação profissional como soldado do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina.

>>> Governo do Estado abre 2,5 mil vagas por meio de concursos públicos e processos seletivos em 2017

Informações adicionais para a imprensa
Krislei Oechsler
Assessoria de Imprensa 
Corpo de Bombeiros Militares de Santa Catarina - CBMSC
E-mail: ccs@cbm.sc.gov.br
Fone: (48) 3251-9614 / 98843-4427
Site: www.cbm.sc.gov.br


Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

O governador Raimundo Colombo inaugurou nesta sexta-feira, 25, em Chapecó, o segundo radar meteorológico fixo de Santa Catarina. Situado no Loteamento Desbravador, ele vai cobrir 42% do território Catarinense, abrangendo 138 municípios. O investimento no radar de Chapecó foi de R$ 14 milhões.

Colombo destacou a amplitude do novo serviço. "Teremos a informação com mais qualidade e segurança e com a antecedência que nos permite planejar ações diantes de determinadas situações climáticas e que interferem no dia a dia das pessoas e até mesmo na economia dos municípios. E o importante é que essa informação qualificada esteja na mão do cidadão sem custo, o que já estamos implantando através do envio de alertas por SMS", destacou Colombo. 

O governador Raimundo Colombo participa nesta sexta-feira, 25, da programação que marca o aniversário dos 100 anos de emancipação político-administrativa de Chapecó. Neste dia haverá transferência provisória e simbólica da capital do Estado para Chapecó, conforme Lei 17.162 de 5 de junho de 2017. O governador participa da inauguração do Radar Meteorológico do Oeste, do Monumento 100 Anos de Chapecó e assina termo de compromisso para ampliar Educação Integral. Também participa da capacitação sobre Regularização Fundiária e das festividades do município.

A agenda começa às 13h20, com a programação do aniversário do Centenário de Chapecó e da Rádio Chapecó, que completa 69 anos. Haverá apresentações artísticas, Rua do Lazer e atrações na Praça Coronel Bertaso. Na sequência, às 14h, Colombo inaugura o Monumento 100 Anos de Chapecó, no alto do Loteamento Avenida. O monumento é em homenagem a todas as pessoas que contribuíram com o progresso e o desenvolvimento da cidade, e está representado por três personalidades importantes da história: Plínio Arlindo de Nes, Ernesto Francisco Bertaso e Aury Luiz Bodanese.

Às 15h, o governador inaugura o Radar Meteorológico do Oeste, no Loteamento Desbravador. O radar irá cobrir 42% do território Catarinense, abrangendo 138 municípios. O investimento é de aproxidamente R$ 14 milhões do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Defesa Civil. Os recursos são do Fundo de Proteção de Defesa Civil (FUNPDEC) e do financiamento com Banco do Brasil, através do programa Pacto por SC.

O próximo compromisso será às 15h30, no Centro de Eventos de Chapecó, onde Colombo participa do evento “Educação Integral para o Século XXI”. O Governo do Estado, a Prefeitura de Chapecó e a Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) irão assinar um termo de compromisso com o Instituto Ayrton Senna, para instituir, em suas instâncias, política pública para consolidar a Educação Integral nas redes de ensino. Na sequência haverá palestra com Viviane Senna.

Às 16h, o governador participa, também no Centro de Eventos, da segunda etapa de capacitação sobre regularização fundiária, promovida pela Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST), por meio da Secretaria Executiva de Habitação e Regularização Fundiária, com a parceria da Assembleia Legislativa de SC e da Prefeitura de Chapecó.

Programação

25 de agosto – Chapecó

13h20 - Participação na festa de comemoração dos aniversários da Rádio Chapecó (69 anos) e município de Chapecó (100 anos).

Local: Praça Coronel Bertaso.

14h - Inauguração do Monumento 100 Anos de Chapecó – Realização: Prefeitura de Chapecó

Local: canteiro central da Av. Getúlio Vargas, no alto do Loteamento Avenida, bairro Bom Retiro (próximo ao Shopping Pátio Chapecó). 

15h - Inauguração do radar Meteorológico do Oeste.

Local: Loteamento Desbravador – Chapecó

15h30 - Evento “Educação Integral para o Século XXI”.

Local: Centro de Cultural e Eventos Plinio Arlindo de Nes.

16h - Segunda etapa de capacitação sobre regularização fundiária

Local: Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes

Mais informações para a imprensa:
Andréia Cristina Oliveira
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de Chapecó
Fone: (49) 2049-7427 / 99938-6966
E-mail: imprensasdrcco@gmail.com
Site: sc.gov.br/regionais/chapeco


Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

A rede de monitoramento meteorológico dá um grande passo em Santa Catarina. Nesta sexta-feira, 25, será inaugurado o Radar Meteorológico do Oeste, no Loteamento Desbravador, em Chapecó. O ato começa às 15h e contará com a presença do governador Raimundo Colombo. A inauguração também marca a programação de 100 anos de emancipação político-administrativa de Chapecó, comemorada no mesmo dia.

O radar meteorológico do Oeste irá cobrir 42% do território Catarinense, abrangendo 138 municípios. Somado ao radar do Vale (sede em Lontras, no Vale do Itajaí) e o novo radar móvel (que ficará em Araranguá, no Sul do Estado), Santa Catarina terá 100% de cobertura meteorológica de curtíssimo prazo. Além disso, o Estado também passa a contribuir com a rede de radares do Sul do Brasil. Com a inclusão do radar do Oeste, em Chapecó, a rede passar a contar com sete radares meteorológicos operacionais: Teixeira Soares e Cascavel no Paraná; Radar do Vale (em Lontras), do Oeste (em Chapecó) e outro Urubici em Santa Catarina; Santiago e Canguçu no Rio Grande do Sul.



>>> Mais fotos na galeria

Radar Oeste

A obra começou em novembro de 2016 e em julho deste ano os equipamentos entraram na fase de teste. Segundo o secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, toda a construção e a instalação dos equipamentos ficaram prontas em menos de um ano. "Para isso, ressalto o esforço de todos os envolvidos neste trabalho. Também, estive em Chapecó frequentemente para conferir de perto o andamento da obra junto com o coordenador Regional da Defesa Civil. Isso reforça o compromisso com a região", lembra.

O radar recebeu investimento total de mais de R$ 14 milhões do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Defesa Civil. Os recursos são do Fundo de Proteção de Defesa Civil (FUNPDEC) e do financiamento com Banco do Brasil, através do programa Pacto por SC. A torre e a infraestrutura representam cerca de 20% do investimento, e os equipamentos do radar 80%. O terreno foi doado pela Prefeitura de Chapecó.

Segundo o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, o radar é um importante investimento para o Estado e uma marca no Centenário de Chapecó. “Esse equipamento do Oeste vai ajudar o restante do Estado também. Fornecerá informações das frentes frias que vêm da Argentina, Paraguai e parte do Paraná, permitindo que nossa cidade se prepare com antecedência e alertando os outros municípios", diz.

A secretária Executiva da ADR Chapecó, Astrit Savaris Tozzo, destaca o esforço integrado do Estado para proporcionar mais segurança aos catarinenses. “O radar meteorológico do Oeste será um imprescindível reforço no sistema de prevenção, alerta e atuação diante de desastres naturais. É mais uma grande obra do governo do Estado”, salienta.

Cigerd

Além do radar do Oeste, a Defesa Civil SC também instalou o Centro Integrado de Gerenciamento de Risco e Desastres Regional (CIGERD) na mesma área, ao lado da torre do radar e faz parte da estruturação da Defesa Civil o Estado.

Os Centros Integrados de Gerenciamento de Risco e Desastres Regional ficam nos municípios sedes da Defesa Civil SC. Eles serão a base para os coordenadores de cada região no Estado. Contam com tecnologia de ponta (dado e voz) para os agentes se comunicarem direto com a base em Florianópolis, através de vídeo-conferência e gerador de energia próprio. Tudo isso faz parte da nova estruturação da secretaria de Estado da Defesa Civil para proteger os catarinenses. Isso possibilita diminuir o tempo de resposta ao evento adverso.

Mais informações para a imprensa:
Andréia Cristina Oliveira
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de Chapecó
Fone: (49) 2049-7427 / 99938-6966
E-mail: imprensasdrcco@gmail.com
Site: sc.gov.br/regionais/chapeco

 

 


Foto: Deise Silva / Ciasc

A competição de programação do Centro de Informática e Automação de Santa Catarina (Ciasc) premiou soluções tecnológicas para a área de Segurança Pública. Realizada no último fim de semana, o 2º Hackathon #DesenvolveSC contou com 150 participantes, entre estudantes, mentores e palestrantes. “Foi difícil escolher os melhores projetos, tínhamos 10 trabalhos concorrendo e contamos com um júri diversificado, com professores, empresários e equipe técnica”, explica o vice-presidente de Tecnologia do Ciasc, Luiz Antônio da Costa Silva.

A equipe Devoz ficou em primeiro lugar com o projeto WebZinhos, recebendo R$ 5 mil. Já o segundo colocado foi o dispositivo Geo, da equipe If- Else, premiada com R$ 3 mil. Foi realizada, ainda, uma menção honrosa para o time Guardiões pelo aplicativo Protetor.

O WebZinhos é uma plataforma para controle e gerenciamento da Rede de Vizinhos, programa da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC). “Hoje são mais de mil grupos de WhattsApp e fica difícil controlar e analisar as informações. Desenvolvemos um aplicativo mobile e um sistema web de controle e gerenciamento de toda a rede”, explica Sarah Pfaffenzeller Esquivel, da Devoz.

Já o dispositivo Geo é para medição de umidade e movimentação do solo, cujo objetivo é auxiliar a Defesa Civil no monitoramento de áreas de risco. “O Geo soluciona o problema da falta de dados concretos e granulares em regiões específicas, já que áreas remotas podem ficar à mercê da disponibilidade e localização de estações meteorológicas”, relata Pedro Von, do time If- Else.

O aplicativo Protetor visa garantir o cumprimento das medidas protetivas de urgência, facilitando o atendimento das mulheres que estão em situação de risco. A estudante Aline Subtil, da equipe Guardiões, conta que a solução possui um botão de emergência que comunicará diretamente como chamada prioritária no sistema de informações da Polícia Militar. “Assim é possível acelerar o chamado, sem precisar ligar para 190”, enfatiza.

“São ações como esta que aproximam o Governo do cidadão, promovendo e valorizando novas iniciativas e projetos que atendam as necessidades da sociedade catarinense”, reforça o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Carlos Chiodini. O 2º Hackathon #DesenvolveSC foi realizado com parceria da SDS, Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) e Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). 

Informações adicionais para a imprensa
Michelle Nunes
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável - SDS
E-mail: jornalistaminunes@gmail.com
Fone: (48) 3665-2261 / 99929-4998
Site: www.sds.sc.gov.br


Fotos: Cleiton Ferrasso/ Ascom Defesa Civil

A secretaria de Estado da Defesa Civil de Santa Catarina iniciou os testes com o radar meteorológico móvel. O aparelho está em Florianópolis, no Batalhão de Operações Aéreas do Corpo de Bombeiros. Até domingo, 20, técnicos da Defesa Civil SC e da fabricante Enterprise Electronics Corporation (E.E.C), com sede nos Estados Unidos, certificarão a parte física do produto conforme o edital de compra.

De acordo com o gerente de Monitoramento e Alerta, Frederico Rudorff, a equipe avaliou nesta quarta-feira, 16, o desempenho da antena do equipamento. "Hoje verificamos a precisão do radar meteorológico, especialmente a antena. Ela está dentro da potência e frequência indicada no edital. O giro máximo é de seis voltas por minutos. Trabalhamos com um alcance de 60km aqui em Florianópolis, sendo que, quanto menor a distância, mais detalhes podem ser captados", explica o gerente.

Na semana que vem, iniciam-se os testes de software (programa) do radar, que será feito na Epagri/Ciram. Devem participar desta etapa técnicos da Defesa Civil SC, meteorologistas da Epagri/Ciram, alunos de Meteorologia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC).

Após esse período, será realizada a operação assistida por um técnico da empresa para verificar o desempenho do equipamento adquirido pelo Estado. O radar meteorológico móvel será responsável pela cobertura do Extremo Sul de SC. Ele abrangerá cerca de 52 municípios da região. Em casos extremos de desastres, o aparelho também poderá ser deslocado para qualquer região por um reboque. O investimento do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Defesa Civil, é de R$ 3,4 milhões.

O coordenador regional de Defesa Civil na Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Araranguá, Sebastião Antônio de Souza, que participou dos testes, lembra que o radar móvel sul ficará posicionado em Araranguá, ao lado do Farol do Morro dos Conventos, dentro da área da Marinha, e que está sendo providenciado junto ao órgão a autorização para iniciar a infraestrutura para o recebimento do equipamento.

Informações adicionais para a imprensa
Cleiton Ferrasso
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Defesa Civil - SDS
Fone: (48) 3664-7009 / 99185-3889
E-mail: defesacivilsc@gmail.com
Site: www.defesacivil.sc.gov.br

Araranguá - Centro Regional de Defesa Civil
Foto: Leneza Della Krás/ ADR Araranguá

A empresa vencedora do processo licitatório realizado pela Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Araranguá já iniciou as obras de infraestrutura básica e adequação do terreno para instalação do Centro Regional de Gestão de Riscos e Desastres da Defesa Civil (Cigerd) de Araranguá.

Além disso, nesta quarta-feira, 16, também foi iniciada a fundação para a instalação do Centro Regional, realizada por outra empresa contratada pela Secretaria de Estado da Defesa Civil, sendo que a previsão é que a estrutura modular seja instalada no próximo sábado, 19.

O coordenador regional de Defesa Civil, sargento BM Sebastião Antônio de Souza, explica que, após a instalação da estrutura modular de 150 metros quadrados, o próximo passo será a colocação do piso, instalações elétricas, mobília, entre outras.

O Centro Regional de Defesa Civil ficará localizado no pátio do Deinfra, na Rua Coronel Apolinário Pereira, no Centro de Araranguá. O Cigerd contará com sala de videoconferência para a realização de reuniões e capacitações, com tecnologia e agilidade no repasse de dados para a base, em Florianópolis, possibilitando uma melhor resposta aos cidadãos.

Informações adicionais para a imprensa
Leneza Della Krás
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Araranguá
E-mail: imprensa@aru.adr.sc.gov.br
Telefones: (48) 3529-0084 / 99183-1799
Site: www.adrs.sc.gov.br/adrararangua
Facebook: www.facebook.com/regional.ararangua