Compartilhe


Fotos: James Tavares / Secom

A Associação dos Municípios do Meio-Oeste Catarinense (AMMOC) recebeu a visita do governador Raimundo Colombo na tarde desta sexta-feira, 28, para o balanço da primeira edição do Fundam na região e apresentação da segunda etapa do programa. No ano passado, os 13 municípios da AMMOC receberam mais de R$ 25,8 milhões, recursos que foram aplicados, principalmente, em aquisição de máquinas e equipamentos e pavimentação de vias.

Em Joaçaba por exemplo, o maior município da AMMOC, foram investidos mais de R$ 9,4 milhões na revitalização de um dos acessos ao município, o Adolfo Ziguelli, que liga sete bairros à BR-282, passando pela área industrial. "A autonomia que o município tem de decidir onde e como vai investir os recursos é uma das marcas do Fundam. Os gestores municipais, sabem melhor do que ninguém, o que é a prioridade local. Na segunda edição, o Estado vai manter essa condição de não interferir na escolha dos municípios", destacou o governador.

Colombo reforçou que o programa busca manter o modelo catarinense de boa distribuição demográfica, com foco na qualidade de vida da população, especialmente, nos pequenos municípios. "Esse é o nosso modelo de desenvolvimento econômico, que deu certo e que faz de Santa Catarina esse estado diferenciado, que mesmo diante da crise, se manteve fortalecido", salientou.



>>> Mais imagens na galeria

O conjunto das medidas de gestão como a renegociação da dívida, a reforma da previdência estadual e a decisão de não aumentar impostos foram citados como fundamentais para manter o equilíbrio fiscal do Estado. "Num primeiro momento, o Estado deixa de arrecadar mais, mas por outro lado, não penaliza a sociedade, e o dinheiro continua girando no mercado, para que o processo não pare", disse Colombo.

Sobre a primeira edição, o governador apresentou ações realizadas em todo o Estado, com a distribuição de mais de R$ 600 milhões. Entre elas, estão a aquisição de 976 equipamentos, construção de 56 obras físicas, e a pavimentação linear de 538 quilômetros. "É praticamente a distância entre São Miguel do Oeste e Florianópolis", pontuou o governador.

Os prefeitos da AMMOC destacaram o Fundam como um importante reforço para o orçamento. "Esse apoio que chega, nos ajuda muito, enquanto a retomada do crescimento e a capacidade de investimento das prefeituras não ocorrem no ritmo esperado", disse o vice-presidente da AMMOC, o prefeito de Luzerna, Moisés Diersmann.

Das 21 associações que o governador vai visitar, apresentando o Fundam 2, faltam apenas duas, nas regiões de Florianópolis e Joinville. Acompanharam o evento em Joaçaba, deputados estaduais, secretários de Estado e demais autoridades da região Meio-Oeste.

Informações adicionais para a imprensa
Francieli Dalpiaz 
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: francieli@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3018 / 98843-5676
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC