Compartilhe


Foto: James Tavares/Secom

O governador Raimundo Colombo e o vice Eduardo Pinho Moreira promoveram na manhã desta quarta-feira, 10, na Casa D’Agronômica, em Florianópolis, reunião com o colegiado pleno do Governo do Estado para tratar de ações que buscam dinamizar a economia catarinense ao longo deste ano. A confirmação da segunda edição do programa Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam) foi destacada como uma medida essencial para garantir a retomada econômica nos próximos meses.

O governador Colombo ressaltou que, mesmo diante do cenário de crise econômica no contexto nacional, o governo catarinense conseguiu manter as contas equilibradas e o bom ritmo dos investimentos. “Santa Catarina foi o último estado a entrar na crise e está sendo o primeiro a sair. É visível um princípio de retomada, mas ainda vivemos um momento que exige muita atenção e dedicação de todos”, afirmou Colombo para a plateia de secretários.

E diante deste contexto, o governador ressaltou a importância do Fundam 2 na promoção da economia catarinense em 2017. “Esse é um programa estratégico, que preserva e fortalece o nosso modelo de pequenos municípios. Queremos começar a dar curso a esta nova edição, o que vai se refletir em geração de emprego e renda em todo o Estado”, ressaltou Colombo. Na primeira edição, foram R$ 606 milhões destinados para investimentos nos municípios catarinenses, com gerenciamento e controle pela equipe do BRDE. Foram investimentos em diferentes áreas, especialmente saúde, educação, saneamento básico e infraestrutura. O destino do investimento é uma decisão de cada município, modelo que deve ser repetido nesta segunda edição.

“O Fundam é um programa que deu certo, porque atende exatamente quem entende das cidades, que são os prefeitos e as comunidades. E é claro que o Fundam 2 vem preencher uma lacuna que é a falta de recursos nos municípios para investimento. Será mais um sucesso, um movimento importante para o desenvolvimento de Santa Catarina", acrescentou o vice Eduardo Pinho Moreira.

O secretário de Estado da Casa Civil, Nelson Serpa, explicou que ainda nesta quarta, 10, será encaminhado pelo executivo projeto para a Assembleia Legislativa, em regime de urgência, pedindo a aprovação para que o estado realize os financiamentos dos recursos necessários. A proposta do Fundam 2 já tem o aval do governo federal e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O valor previsto para esta segunda edição é de R$ 700 milhões.

Nesta sexta-feira, 12, o governador reúne os secretários regionais para apresentar a proposta do Fundam 2. E ao longo das próximas semanas, serão realizadas reuniões, lideradas pelo governador Colombo, com diferentes associações de municípios para tratar da formatação do programa.

Informações adicionais para a imprensa:
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: lenzi@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3018 / 98843-4350
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC