Compartilhe


Foto de arquivo: Antonio Carlos Mafalda/SECOM

O mês de abril fechou com um saldo positivo de 1.839 novos empregos no mercado formal de trabalho em Santa Catarina, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta terça-feira, 16. Foram registradas 68.039 admissões contra 66.200 demissões no mês, fazendo com que o estado catarinense acompanhe o Brasil no desempenho geral onde foram abertos 59.856 postos de trabalho.

Entre os segmentos econômicos, os destaques do mês em Santa Catarina foram o setor de serviços (saldo de 1.226 vagas) e o de indústria da transformação (819 vagas). Na indústria da transformação, o bom resultado foi reflexo principalmente do desempenho dos subsetores têxtil do vestuário e artefatos de tecidos, com a abertura de 400 vagas, e do subsetor da indústria da borracha, do fumo, do couro, peles e similares, com 261 vagas. 

No ranking das cidades com mais de 30 mil habitantes, lideram a tabela de maiores saldos de emprego os municípios de São José (748 vagas), Joinville (664) e Lages (503). Em São José e Lages, foi registrado no setor de serviços o maior número de vagas. Em Joinville o setor de indústria de transformação foi o que mais abriu postos de trabalho.

O secretário de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação, Valmir Comin, destaca que o resultado no saldo acumulado do ano teve uma variação positiva de 313% quando comparado com o mesmo período do ano anterior. O saldo foi de 23.343 vagas geradas no primeiro quadrimestre de 2017, contra o resultado de 5.657 novas contratações no primeiro quadrimestre de 2016.

Mais informações para a imprensa:
Kênia Pacheco
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST)
Fone: (48) 3664-0916 / (48) 99984-1799
E-mail: ascom@sst.sc.gov.br
Site: www.sst.sc.gov.br