Compartilhe


Foto de arquivo: Jaqueline Noceti / Secom 

O primeiro semestre de 2017 apresentou saldo positivo na geração de emprego em Santa Catarina: foram registradas 21.183 novas vagas com carteira assinada. Os dados, que representam o saldo entre profissionais admitidos e desligados no período, foram divulgados nesta segunda-feira, 17, pelo Ministério do Trabalho. O setor com melhor resultado foi o da indústria de transformação (saldo de 20.470 vagas no semestre), seguido pelo segmento de serviços (4.350 vagas).

Os números representam também uma situação bem mais favorável do que a registrada no mesmo período do ano passado, quando o saldo acumulado dos seis primeiros meses fechou em -7.676.

Os indicadores de 2017 continuam positivos porque Santa Catarina apresentou bons resultados principalmente nos primeiros meses deste ano.

Considerando, contudo, exclusivamente o desempenho no mês de junho, o resultado foi negativo, com saldo de -1.546 postos de trabalho para o período. As quedas mais expressivas do mês foram nos setores de serviços (-523), comércio (-485) e indústria da transformação (-378). Apresentaram saldo positivo apenas as áreas da administração pública (164) e agropecuária (80).

Mesmo negativo, o saldo de junho de 2017 foi melhor do que o registrado no mesmo mês dos últimos anos. Por exemplo, em junho de 2016 o resultado foi de -8.290 vagas, e em junho de 2015 foi de -7.922.

Entre os municípios catarinenses com mais de 30 mil habitantes, os melhores resultados no mês de junho foram os de Jaraguá do Sul (195 vagas, sobretudo determinado pelo comércio), Fraiburgo (132 vagas, com influência positiva principalmente da agropecuária) e Indaial (109 vagas, com destaque para o setor de serviços).

Informações adicionais para a imprensa:
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: lenzi@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3018 / 98843-4350
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC