O prazo para pagamento das parcelas de IPVA para veículos com placas final 7, 8 e 9 é na próxima segunda-feira, 10 de setembro.

10 de setembro - IPVA - 1ª COTA Placa Final 9

10 de setembro - IPVA - 2ª COTA Placa Final 8

10 de setembro - IPVA - 3ª COTA Placa Final 7

A quitação do IPVA é um dos requisitos para licenciar o veículo. O não pagamento também implica em notificação fiscal, com multa de 50% do valor devido, mais juros SELIC ao mês ou fração.

Confira o calendário de pagamentos:

FINAL DE PLACA

COTA ÚNICA

PARCELAMENTO-COTAS

1

último dia do mês de janeiro

10.01

10.02

10.03

2

último dia do mês de fevereiro

10.02

10.03

10.04

3

último dia do mês de março

10.03

10.04

10.05

4

último dia do mês de abril

10.04

10.05

10.06

5

último dia do mês de maio

10.05

10.06

10.07

6

último dia do mês de junho

10.06

10.07

10.08

7

último dia do mês de julho

10.07

10.08

10.09

8

último dia do mês de agosto

10.08

10.09

10.10

9

último dia do mês de setembro

10.09

10.10

10.11

0

último dia do mês de outubro

10.10

10.11

10.12

Informações adicionais para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Michelle Nunes
Fone: (48) 3665-2575/ (48) 9929-4998
E-mail: jornalistaminunes@gmail.com
Sarah Goulart
E-mail: sgoulart@sef.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-2504/ (48) 98843-8553
Site: www.sef.sc.gov.br 
 

O entorno do Mercado Público foi palco para a apresentação de um game chamado “Bilro Rendeiro” desenvolvido pelo projeto Novos Talentos – SC Games, da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável. A apresentação ocorreu na edição do evento Renda-se à Moda que tem parceria da Prefeitura de Florianópolis.

No último workshop, em julho, os alunos do Novos Talentos foram desafiados a criar um jogo com o tema “Rendeiras” e a demonstração aconteceu na manhã desta sexta-feira, 31, no Mercado Público. Bilro Rendeiro é um boneco feito de rendas mágicas, que tem a missão de encontrar bilros perdidos no mundo das rendeiras e enfrentar inimigos, inclusive uma bruxa má muito poderosa.

Desenvolvido pelo Centro de Informática e Automação de Santa Catarina (Ciasc) e com apoio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), o projeto Novos Talentos – SC Games seleciona jovens de escolas públicas e ensina, gratuitamente, design e programação de jogos digitais. Para ser selecionado, o aluno precisa ter boas notas e realizar um teste. A iniciativa foi criada em 2009 e é coordenada pela professora Márcia Regina Battistella para preparar jovens para o mercado de games, cinema de animação.

Mais informações para a imprensa:
Mônica Foltran
Assessoria de Comunicação
Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável - SDS
Fone: (48) 3665-2261 / 99696-1366
E-mail: jornalistamonicafoltran@gmail.com
Site: www.sds.sc.gov.br

Capital catarinense sediou IV Encontro Latino Americano de Inovação

Florianópolis sediou a 4ª edição do Encontro Latino Americano de Inovação Social do Setor Público (ELIS). Realizado pela primeira vez na Colômbia, (2015), seguida da Costa Rica, (2016), e México, (2017), em 2018 foi a vez de Santa Catarina ser escolhida, pela sua referência nacional em inovação e tecnologia.

O ELIS trouxe palestrantes do Chile, México, Argentina, Colômbia, Estados Unidos e do Brasil que vieram a Florianópolis para debater as praticas e o uso da inovação no setor público.

“O Estado tem que buscar referência na prestação de serviços públicos e a inovação é o caminho para isso. Inovar significar também mudança de práticas para buscar conexão entre o gestor público e a sociedade. O setor tecnológico de SC já representa um faturamento de R$15,5 bilhões para o Estado. Apostamos em estratégias inovadoras como o Pacto pela Inovação que congrega 35 entidades e a implantação dos 13 Centros de Inovação. Não temos dúvida que SC é o Estado mais inovador de país”, destacou o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Adenilso Biasus.

Capital catarinense sediou IV Encontro Latino Americano de Inovação

Durante o encontro também foram apresentados 21 trabalhos selecionados de práticas de inovação da América Latina. O encontro reuniu também pesquisas acadêmicas, relatos de práticas em instituições públicas e casos inovadores de empreendedorismo social em governos.

Organizado pelo Observatório de Inovação Social de Florianópolis (Obisf), em parceria com o WeGov e a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável de Santa Catarina, o evento tem o objetivo de criar um espaço de diálogo e de construção participativa, sem divisões, entre o governo, a academia, setor privado e organizações da sociedade civil que estejam gerando conhecimento e soluções de inovação social de alto impacto para problemas enfrentados pelos países latino-americanos.

A programação também contou com uma feira de inovação.

O evento foi realizado entre os dias 29 e 30 de agosto, no prédio da Softplan, no Sapiens Parque, em Florianópolis.

Informações adicionais para a imprensa
Mônica Foltran
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável - SDS
E-mail: monica@sds.sc.gov.br / jornalistamonicafoltran@gmail.com
Fone: (48) 3665-2261 / 96961366
Site: www.sds.sc.gov.br 

 

A trajetória política do governador Eduardo Pinho Moreira, os serviços prestados à sociedade catarinense e o apoio e a valorização da radiodifusão regional foram reconhecidos em forma de homenagem pela Associação Catarinense de Rádio e Televisão (Acaert). Moreira foi agraciado com uma placa durante reunião da diretoria da entidade, com a participação de oito vice-presidentes regionais, na manhã desta sexta-feira, 31, em Florianópolis.

O governador destacou que “a atividade pública compensa por homenagens como esta: de reconhecimento”. Moreira reforçou ainda que é necessária a parceria em que o Governo informa a sociedade sobre ações e serviços, através da imprensa.

“É uma homenagem transparente e totalmente isenta como forma de enaltecer não só os serviços prestados pelo bem de Santa Catarina, mas ao apoio e valorização que Eduardo Pinho Moreira sempre dedicou ao trabalho da imprensa local, que resultou em um legado de referência para o fortalecimento da radiodifusão catarinense”, expressou o presidente da Acaert, Marcelo Petrelli.

Governador alerta sobre os números do Estado

Durante a homenagem, o governador Eduardo Pinho Moreira falou da decisão de se dedicar à gestão do Estado, o que vem exigindo completo rigor no controle dos gastos e uma busca incansável por oportunidades de incrementar a receita e honrar com os pagamentos dos salários e das dívidas. Só na Saúde, já foram desembolsados mais de R$ 200 milhões para pagar contas de 2017.

A situação do Estado, segundo o governador, é muito preocupante, destacando que, nos últimos sete anos, a dívida pública passou de R$ 11,8 bilhões para R$ 19,6 bilhões. “Santa Catarina tem um alto percentual de endividamento, mas uma hora a conta chega”, informou Moreira relatando impactos negativos, como a greve dos caminhoneiros, que casou perdas superiores a R$ 300 milhões; o crescimento vegetativo da folha dos servidores estaduais; e os impedimentos da Lei de Responsabilidade Fiscal, como comprometimentos reais que podem interferir no equilíbrio financeiro e na capacidade de investimentos do Estado.

Um dos exemplos citados pelo governador são dívidas de precatórios não pagas desde 2016. Recentemente, Santa Catarina vinha buscando acessar recursos junto ao Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES), para investimentos, principalmente, em obras de infraestrutura, como o acesso ao Aeroporto Hercílio Luz, as reformas das pontes de entrada e saída a Florianópolis, restauração da SC-401, entre outros. Por enquanto, segundo Eduardo Pinho Moreira, o Estado não poderá receber os valores (superiores a R$ 300 milhões). “Fomos informados pela secretaria do Tesouro Nacional que precisaríamos republicar todos balanços de 2015, porque foram feitos de forma equivocada”, explicou.

Diante do pleito eleitoral que se aproxima, Moreira defende a transparência dos números oficiais do Governo. “Isso obriga que ninguém prometa o que não possa cumprir”, alertou. Por outro lado, disse que o esforço do Governo em fazer mais com menos, em implantar medidas de redução, como o fechamento de agências regionais e de secretarias de Estado resultou em uma economia significativa. “Recebi o Governo em fevereiro de 2018, com um déficit de R$ 2 bilhões, vamos entregá-lo ao próximo governador com o déficit reduzida à metade”, finalizou.

O prazo para pagamento em cota única do IPVA para veículos com placa final 8 é nesta sexta-feira, 31 de agosto.

A quitação do IPVA é um dos requisitos para licenciar o veículo. O não pagamento também implica em notificação fiscal, com multa de 50% do valor devido, mais juros SELIC ao mês ou fração.

Confira o calendário de pagamentos:

FINAL DE PLACA

COTA ÚNICA

PARCELAMENTO-COTAS

1

último dia do mês de janeiro

10.01

10.02

10.03

2

último dia do mês de fevereiro

10.02

10.03

10.04

3

último dia do mês de março

10.03

10.04

10.05

4

último dia do mês de abril

10.04

10.05

10.06

5

último dia do mês de maio

10.05

10.06

10.07

6

último dia do mês de junho

10.06

10.07

10.08

7

último dia do mês de julho

10.07

10.08

10.09

8

último dia do mês de agosto

10.08

10.09

10.10

9

último dia do mês de setembro

10.09

10.10

10.11

0

último dia do mês de outubro

10.10

10.11

10.12

 

Informações adicionais para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Michelle Nunes
Fone: (48) 3665-2575/ (48) 9929-4998
E-mail: jornalistaminunes@gmail.com
Sarah Goulart
E-mail: sgoulart@sef.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-2504/ (48) 98843-8553
Site: www.sef.sc.gov.br 
 

Durante cinco dias, a Capital catarinense foi palco do maior fórum de debate sobre o futuro da água e os desafios da gestão hídrica do país. Considerado um dos mais importantes eventos do segmento, o XX Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas (Encob), teve este ano temas como o uso da inovação, transparência e gestão da água.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Entre os dias 20 e 24 de agosto, o XX Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas  recebeu representantes de 24 estados, 167 Comitês de Bacias Hidrográficas e mais de 1.300 inscritos. A abertura do evento contou com a presença do o Ministro do Meio Ambiente, Edson Duarte, que destacou a importância da atuação dos Comitês de Bacias Hidrográficas nos Estados. “Dados na ONU indicam crescimento de 1% da demanda de água no mundo por ano, enquanto nossos rios todos eles apresentam sinais muito preocupantes quanto as suas vazões, o que reforça que precisamos de uma política de gestão hídrica segura para o futuro. Temos um país com grande potencial hídrico, mas precisamos de uma gestão hídrica que passa pelos nossos Comitês de Bacias”, disse.

Estiveram presentes também a presidente da Agência Nacional de Águas (ANA), Christianne Dias, o Governador do Conselho Mundial da Água, Lupércio Ziroldo Antônio, e o Coordenador do Fórum Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas, Hideraldo Buch, além de autoridades e sociedade acadêmica.

“Com relação à cultura da água, aprendemos ser um recurso ilimitado e, não é. Mas, é difícil trabalhar esta mudança de paradigma. Este encontro enaltece essa intensa tarefa dos Comitês de Bacias de colocar em pauta a discussão sobre a gestão da água”, destacou a presidente da ANA.

Durante cinco dias, a Capital catarinense foi palco do maior fórum de debate sobre o futuro da água e os desafios da gestão hídrica do país. Considerado um dos mais importantes eventos do segmento, o XX Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas (Encob), teve este ano temas como o uso da inovação, transparência e gestão da água.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O secretário-adjunto da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Fábio Lima, que no evento representou o governador, Eduardo Pinho Moreira, destacou que em 2002 Santa Catarina sediou pela primeira vez o evento e de lá pra cá, muita coisa avançou.

“Em relação aos recursos hídricos de Santa Catarina, nestes 16 anos que se passaram praticamente todos os Planos de Bacias foram e estão sendo executados. O Plano Estadual de Recursos Hídricos, lançado neste ano, serve como um guia de para a gestão da água de SC nos próximos 10 anos”, disse.

Durante cinco dias, a Capital catarinense foi palco do maior fórum de debate sobre o futuro da água e os desafios da gestão hídrica do país. Considerado um dos mais importantes eventos do segmento, o XX Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas (Encob), teve este ano temas como o uso da inovação, transparência e gestão da água.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O diretor de Recursos Hídricos da SDS, Bruno Beifuss, destacou que o Encob em seus 20 anos de atuação, se consolida como o principal momento de integração, discussão e participação coletiva sobre o uso da água no Brasil. “O Encontro apontou os principais desafios e oportunidades para a gestão da água e reforça o papel dos comitês de bacias hidrográficas com intuito de melhorar a execução das políticas de recursos hídricos”, salienta.

O XX Encob é realizado pelo Fórum Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas Brasil em parceria com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), CASAN e Rede Brasil de Organismos de Bacias Hidrográficas. O evento conta com apoio da Agência Nacional de Águas (ANA) e o Governo Federal.

Mais informações para a imprensa:
Mônica Foltran
Assessoria de Comunicação
Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável - SDS
Fone: (48) 3665-2261 / 99696-1366
E-mail: jornalistamonicafoltran@gmail.com
Site: www.sds.sc.gov.br

Governo de SC fecha parceria com a Caixa para adoção de tecnologia BIM no país
Fotos: Mauren Rigo/SPG

Referência nacional em tecnologia BIM (Building Information Modeling), o Governo do Estado fechou parceria com a Caixa Econômica Federal (CEF) para adoção da plataforma na elaboração de projetos de engenharia e arquitetura e para melhoria da gestão de obras no Brasil.

O secretário de Estado do Planejamento (SPG), Francisco Cardoso de Camargo Filho, assinou nesta quarta-feira, 15, em Florianópolis, um termo de cooperação técnica com representantes da Caixa que prevê que o Estado compartilhe sua experiência em BIM. Em contrapartida, terá acesso ao Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (Sinapi), cuja gestão é responsabilidade da CEF e do IBGE.

Sinapi

O Sinapi estabelece regras e critérios para elaboração do preços de referência de obras e serviços de engenharia, contratados e executados com recursos dos orçamentos da União. Com o acesso ao sistema, a Secretaria de Planejamento poderá se basear na tabela do Sinapi para ter uma visão mais fiel dos custos com os projetos em BIM.

“Esta é uma oportunidade de melhorarmos ainda mais nosso serviço, que já é modelo para o país. Também temos satisfação em saber que o trabalho realizado aqui pode contribuir com os rumos da construção civil”, disse o secretário.

Governo de SC fecha parceria com a Caixa para adoção de tecnologia BIM no país

O engenheiro e coordenador do Laboratório BIM, Rafael Fernandes, explica que a SPG irá ajudar com o compartilhamento de conhecimento, capacitação de profissionais e apoio na elaboração de um caderno de especificações próprio da Caixa para mercado brasileiro. Com isso, a Caixa poderá usar a adoção da tecnologia BIM como critério para financiamento de obras.   

BIM - sigla em inglês para Modelagem da Informação da Construção - é um conceito moderno de projetos para construções, que usa modelos 3D mais fáceis de assimilar e mais fiéis ao produto final. É embasado, essencialmente, em uma metodologia de troca e compartilhamento de informações com todas as partes envolvidas e durante todas as fases do ciclo de vida de um empreendimento a partir de softwares específicos.

Além do secretário da SPG e do coordenador do Laboratório BIM, participaram da assinatura do termo de cooperação por parte da Caixa o gerente regional Eduardo Rockenbach, gerente executivo de Governo, Odirlei Sudatti, e o supervisor da Gerência de Governo, André Back.

Pioneirismo

Santa Catarina foi o primeiro estado brasileiro a lançar editais de projetos de obras públicas em BIM. A primeira licitação com uso da plataforma em SC foi o projeto do novo Instituto de Cardiologia de Santa Catarina. Também tiveram adoção de BIM os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).

 

Mais informações para a imprensa:
Mauren Rigo
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado do Planejamento - SPG
Fone: (48) 3665-3319 / 99186-9740
E-mail: mauren@spg.sc.gov.br
www.spg.sc.gov.br
www.facebook.com/PlanejamentoSC
@PlanejamentoSC

A arrecadação do Estado de Santa Catarina no mês de julho, conforme dados da secretaria da Fazenda (SEF), foi de pouco mais de R$ 2 bilhões. O valor é 12% maior se comparado ao mesmo período do ano passado e 14,2% superior ao mês de junho de 2018. A reação de setores que tiveram a atividade represada durante a greve dos caminhoneiros e a campanha Compre de SC, lançada pelo Governo do Estado, de estímulo ao consumo interno, contribuíram para os patamares positivos.

“A iniciativa deu resultado, a população e as entidades representativas do setor produtivo entenderam a importância e abraçaram a campanha Compre de SC. Esse movimento ajudou o estado superar os prejuízos severos causados pela paralisação nacional dos caminhoneiros”, avalia o governador Eduardo Pinho Moreira.

Além da valorização da mão de obra local, o incentivo ao consumo interno ajuda a economia catarinense com a arrecadação de impostos, e o ciclo se completa com o retorno para a sociedade em serviços públicos de melhor qualidade. “Quando o consumidor dá preferência para os produtos catarinenses, o imposto fica em Santa Catarina, do contrário, dois terços do imposto vai para o estado de origem da mercadoria”, explica o governador.

Recuperação

Com o fim da paralisação dos caminhoneiros, nos últimos três meses, Santa Catarina vem se recuperando de perdas que somaram R$ 347 milhões, segundo a SEF. Entre os meses de junho e julho, setores que foram extremamente impactados pela greve estão reagindo aos prejuízos, destaque para o agronegócio com 31,4% de aumento no consumo, seguido do setor de materiais de construção, com 20,4%.

Ainda de acordo com a secretaria de Estado da Fazenda, no primeiro semestre de 2018, com um crescimento de 5,8%, a arrecadação estadual ficou abaixo do que era esperado, mas o bom resultado de julho aumenta a expectativa para alcançar um crescimento de 9% até o final do ano. “Mantendo o rigor no controle do gasto público, com a população, incentivando o consumo interno para aumentar a receita, queremos garantir a todos os catarinenses um fim de ano mais promissor e tranquilo a todos os catarinenses”, conclui o governador Eduardo Pinho Moreira.

Informações adicionais para a imprensa
Francieli Dalpiaz 
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: francieli@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3018 / 98843-5676
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

A CASAN e a Prefeitura Municipal de Florianópolis comunicam que neste sábado a realização de manobras para a continuidade da obra de Balneabilidade da Beira-Mar Norte causará a interrupção da marginal da avenida e parte da pista na altura da Estação Elevatória, mais conhecida como Bolsão da CASAN, próximo ao Monumento ao Soldado.

A partir das 9h, até parte da tarde, horários em que a maré é mais baixa, será içada por caminhão-guindaste a primeira das estruturas de concreto que estão sendo construídas ao longo da avenida. Erguidas sobre o calçadão, a partir deste sábado começarão a ser enterradas uma a uma sob o passeio, em operações que serão realizadas até dezembro, sempre aos finais de semana

 

Casan - assinatura geral

Mais informações para a imprensa:
Gerência de Comunicação Social da Casan
Fones: (48) 3221-5034 | 3221-5035 | 3221-5036
Arley Reis 
E-mail: areis@casan.com.br
Suzete Antunes
E-mail: santunes@casan.com.br
Ricardo Stefanelli 
E-mail: ristefanelli@casan.com.br
Fone: (48) 9136-9345
www.casan.com.br

 

 

Discutir o futuro da água e o uso da inovação na gestão hídrica são temas do 20º Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas (Encob), que ocorre em Florianópolis, entre os dias 20 e 24 de agosto. Santa Catarina será palco desse encontro nacional que recebe gestores, governantes, comunidade acadêmica e sociedade civil de todos os Estados para debater o uso dos recursos hídricos no país.

A vigésima edição do evento, que ocorre no Centro de Eventos Governador Luiz Henrique da Silveira, em Canasvieiras, tem o objetivo de mapear desafios e oportunidades na gestão de recursos hídricos. As oficinas iniciam às 9h e a abertura solene está marcada para 19h30.

Encob 2018

Com o tema central "O Futuro da Água - Desafios dos Comitês na Terceira Década da Política Nacional de Recursos Hídricos", o Encob 2018 coloca em discussão temas imprescindíveis para o futuro sustentável das cidades brasileiras. Na programação,  palestras e oficinas que irão debater a mediação de conflitos relacionados à gestão da água nos Estados, a transparência com destaque para a atuação dos comitês em parceria com o Ministério Público, apontando os principais avanços e entraves, questões sobre segurança hídrica e o uso da inovação para a água.

O 20º Encob é realizado pelo Fórum Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas do Brasil, em parceria com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Casan e Rede Brasil de Organismos de Bacias Hidrográficas. O evento conta com apoio da Agência Nacional de Águas (ANA) e o Governo Federal. Para saber mais sobre o evento, basta acessar https://www.encob.org/encob2018.

 

Serviço
O quê: 20º Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas (Encob)
Quando: 20 a 24 de agosto de 2018;
Onde: Centro de Eventos Luiz Henrique da Silveira, Rd SC-401, Km 01, S/N – Trevo de Canasvieiras, Florianópolis;
Inscrições: http://encob2018.regg.co/

 

Informações adicionais para imprensa: 

Jornalista: Mônica Foltran 

E-mail: jornalistamonicafoltran@gmail.com

Telefone: (48) 99696 1366