Foto: Suderf

Um retrato da região metropolitana da Grande Florianópolis com informações socioeconômicas está no Atlas de Desenvolvimento Humano da Região Metropolitana de Florianópolis lançado nesta segunda-feira, 11, no auditório da Epagri, em Florianópolis. A publicação é fruto da parceria do Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Estado do Planejamento, Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Fundação João Pinheiro (FJP), Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Ministério da Fazenda e Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

>>> Galeria de fotos

O Atlas, também disponível na internet, reúne dados dos censos demográficos do IBGE de 1991, 2000 e 2010, o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) e mais de 200 indicadores de demografia, educação, renda, trabalho, habitação e vulnerabilidade. “Essa plataforma é fundamental para o desenvolvimento da região metropolitana da Grande Florianópolis, pois com essas informações é possível avaliar as condições de ocupação do território e definir as prioridades de investimentos", destacou o superintendente da Região Metropolitana da Grande Florianópolis Cassio Taniguchi.

Para identificar disparidades entre os bairros dentro das cidades e entre os municípios de uma região metropolitana foram criadas subdivisões espaciais chamadas de Unidades de Desenvolvimento Humano (UDH) que mostram, de forma resumida, os principais indicadores socioeconômicos das áreas de demografia e saúde, educação, habitação, renda, trabalho e vulnerabilidade, além do Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM). Assim um bairro pode estar dividido em duas UDHs conforme seu grau de desenvolvimento socioeconômico.

Na Grande Florianópolis, há 266 UDHs, sendo 170 na Capital. As unidades apresentam níveis muito alto, alto e médio de desenvolvimento. “É uma grande satisfação entregar esta plataforma, pois dá o ponto inicial que será útil não só ao planejamento da região metropolitana de Florianópolis, mas da própria gestão. É importante que as informações sejam rotineiramente atualizadas para os gestores públicos e para a sociedade acompanhar as ações públicas”, comentou o coordenador de Estudos Urbanos Federativos do Ipea, Constantino Cronemberger Mendes.

Durante o evento, também foi apresentada a Plataforma de Análise da Qualidade dos Gastos Públicos em Mudanças do Clima em Santa Catarina, desenvolvida pela Secretaria de Estado do Planejamento. Estiveram presentes o secretário de Planejamento Murilo Flores, o presidente da Fapesc, Sergio Luiz Gargioni, o presidente da fundação, João Pinheiro Roberto Nascimento, e a assistente de Ciências Sociais do PNUD, Vanessa Zanella.

Mais informações para a imprensa:
Rosália Dors Pessato
Assessoria de Comunicação
Superintendência de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Grande Florianópolis - Suderf
E-mail: rosalialdors@gmail.com
Fone: (48) 99150-1222
Site: www.spg.sc.gov.br/suderf


Comércio foi o setor que mais gerou vagas - Foto: Julio Cavalheiro / Secom

Santa Catarina manteve a quantidade de empregos gerados em outubro em relação ao mês anterior segundo balanço do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, divulgado na tarde desta segunda-feira, 20. Foram 8,6 mil novas vagas de trabalho com carteira assinada, ficando em quarto lugar no ranking brasileiro atrás de Alagoas, São Paulo e Pernambuco. No Brasil, foram 76.599 postos de trabalhos.

Entre os setores de destaque ficou em primeiro lugar o comércio (3.204), seguido da indústria (2.717) e de serviços (1.728). A agropecuária também ficou em destaque com a geração de 1.160 novas vagas. Em 2017 o Estado gerou 46.170 novas vagas com carteira assinada em todas as áreas.

O governador Raimundo Colombo comemorou mais uma vez a posição de Santa Catarina na geração de empregos. “Estamos no caminho certo do desenvolvimento e isso é reflexo da força dos catarinenses, que em apenas 1% do território nacional, mostra que é possível manter o crescimento e estar entre os primeiros do país”.

Na última sexta-feria, 17 a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), realizada pelo IBGE mostrou que Santa Catarina tem a menor taxa de desemprego do Brasil. De acordo com o estudo o índice de desemprego no Estado é de 6,7%. A pesquisa refere-se ao 3º trimestre de 2017.

Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo 
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: rafael@secom.sc.gov.br  
Telefone: (48)  3665-3018 / 99116-8992
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC



Começou nesta quinta-feira, 16, o 42º Encontro Nacional do Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Instituições Públicas de Educação Superior Brasileiras (Forproex), sediado e organizado pela Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Florianópolis.

O evento, que é semestral, irá até sábado, 18, com o tema "Os rumos da extensão universitária brasileira: 30 anos do Forproex". A programação do encontro no Morro das Pedras Clube Hotel conta com palestras, grupos de trabalho e apresentações culturais.

O vice-governador Eduardo Pinho Moreira e o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Carlos Chiodini, assinam em Jaguaruna nesta terça-feira, 14, o convênio de R$ 500 mil, referente à dragagem da Barra do Camacho. O evento será às 10h, no salão paroquial do Camacho.

“A dragagem é necessária para garantir a atividade pesqueira de mais de três mil famílias. Além disso, auxiliará o município no combate a enchentes. Estamos atendendo a uma reivindicação antiga da comunidade, afinal, esse recurso vai melhorar a vida dos moradores da cidade”, explica o secretário Chiodini.  

O repasse é referente à primeira etapa do desassoreamento do canal. Mais recursos estão sendo viabilizados pelo Governo Federal para poder finalizar a obra.

Informações adicionais para a imprensa:
Fabio Lima
Assessoria de Imprensa
Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável - SDS
Fones: (48) 3665-2255 / 99155-2727 / 99924-2644
E-mail: imprensachiodini@gmail.com
www.sds.sc.gov.br 

O domingo, 12, de sol foi o dia ideal para mais de 4 mil pessoas aproveitarem os serviços da 2ª edição do Celesc de Portas Abertas, evento que reuniu programação cultural, debates sobre assuntos em pauta na sociedade atual e prestação de serviço para a comunidade. Foram feitas 180 carteiras de identidade pelo IGP, sendo que as fotos foram pagas pela Celesc, 60 cortes de cabelo pelo Senac, além das diversas ações que movimentaram o dia na sede da concessionária, no Itacorubi.

A tenda de diálogos fez sucesso entre os presentes, que trocaram informações sobre inclusão social, representatividade e direitos humanos. As crianças também puderam aproveitar o dia durante o evento, com cama elástica, slackline, brinquedos infláveis, jogos de tabuleiro, contação de história e toda a programação cultural recheada de apresentações de dança e shows musicais.

De acordo com uma das organizadoras do evento e assessora de responsabilidade social da Celesc, Regina Schlickmann, o Celesc de Portas Abertas foi um sucesso, principalmente porque a comunidade pode aproveitar o momento para realizar serviços de cidadania e, ao mesmo tempo, desfrutar de ótimos momentos de entretenimento e cultura. “Além do acesso aos serviços, muitos funcionários da empresa puderam aproximar suas famílias com o nosso trabalho e essa aproximação é sempre muito importante”, finaliza. 

Informações adicionais para a imprensa
Assessoria de Imprensa 
Centrais Elétricas de Santa Catarina S.A. - Celesc 
E-mail: comunica@celesc.com.br
Atendimento 24h: 0800-480120
Site: www.celesc.com.br

 

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) realizará no ano que vem a segunda edição do Prêmio de Boas Práticas em Gestão Pública Udesc Esag, promovido por meio do Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas (Esag), com apoio de diversos parceiros.


Foto: Julio Cavalheiro/Secom

Com o objetivo de fomentar ainda mais o turismo na Serra Catarinense, a lei que institui a Rota Turística Caminhos da Neve foi sancionada pelo governador Raimundo Colombo nesta sexta-feira, 27, em São Joaquim. “O turismo é um dos setores econômicos com maiores condições de crescimento. Em Santa Catarina, já responde por 13% da nossa economia e temos potencial para crescer ainda mais. E hoje vivemos um momento importante para fortalecer o setor. A nova lei promove a região serrana, cria personalidade e proporciona um trabalho integrado para geração de emprego e renda para muita gente”, destacou o governador Colombo.

Autor da lei, o deputado estadual Milton Hobus, ressaltou o objetivo de trabalhar de forma integrada o potencial turístico da região como um todo. “A marca Caminhos da Neve vai ajudar a explorar cada vez mais este grande potencial e vai trazer para cada cidade que faz parte da rota toda uma nova cultura turística”, acrescentou. A lei prevê que a rota turística contemple os municípios de Bom Retiro, Rio Rufino, Urupema, Painel, Bocaína do Sul, Lages, São Joaquim, Urubici e Bom Jardim da Serra.

Os objetivos são, de acordo com o texto da lei, fomentar o turismo catarinense; promover a conservação dos ecossistemas existentes nos municípios abrangidos; valorizar o legado cultural e histórico característico da Serra Catarinense; motivar novos investimentos e novas estratégicas para agregar valor e competitividade aos serviços e produtos da cadeia produtiva local; e caracterizar a rota turística em razão de sua tipicidade climática, aspectos sociais, ambientais e culturais. 

>>> Mais imagens na galeria

A lei também prevê fortalecer os eventos turísticos constantes nos calendários oficiais dos municípios abrangidos; e articular ações conjuntas do poder público com o trade turístico regional e com os operadores estaduais, visando à qualificação das atividades turísticas típicas da região.

A secretária executiva da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de São Joaquim, Solange Scortegagna Pagani, o secretário executivo da ADR de Lages, João Alberto Duarte, o prefeito de São Joaquim, Giovani Nunes, deputados estaduais, entre outras lideranças locais, também acompanharam o ato.

“A Serra Catarinense precisa trabalhar de forma coletiva para defender e promover os interesses da região. E a criação oficial da nova marca vai contribuir neste sentido, demonstrando a maturidade dos municípios envolvidos”, avaliou o prefeito Giovani Nunes. 

A obra Caminhos da Neve

Para promover o turismo da região, o Governo do Estado também trabalha na obra de pavimentação da Rodovia Caminhos da Neve (SC-114), que liga as Serras de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul.

Do lado catarinense, equipes do 1º Batalhão Ferroviário trabalham atualmente em um trecho de cinco quilômetros, resultado de um convênio iniciado em maio deste ano e que vai garantir R$ 9 milhões em investimento. A obra está em fase de terraplanagem. O governador Colombo aproveitou o ato desta sexta para parabenizar o Exército pelo bom ritmo dos trabalhos.

O projeto completo prevê pavimentação de 29,4 quilômetros do lado catarinense. Destes, 14 já estão concluídos, resultado de um investimento de R$ 15,2 milhões.

Informações adicionais para a imprensa:
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: lenzi@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3018 / 98843-4350
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Fotos: Paula Darós/ADR Criciúma

O município de Cocal do Sul terá, em breve, um novo espaço para acolhimento do idoso. Foi assinada nesta quarta-feira, 2, a ordem de serviço para a construção do Centro Dia do Idoso. O Governo do Estado está investindo R$ 1 milhão para a obra, por meio da Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST). O convênio foi assinado no auditório do Colégio Maxmiliano Gaidzinski, no município.

Com uma área de aproximadamente 750 m², o Centro Dia do Idoso contará com piscina térmica coberta para atividades de hidroginástica, cancha de bocha oficial, salão de eventos, sala de jogos, cozinha, banheiros e vestiários com acessibilidade e sistema de geração de energia solar. “Feliz daquele que consegue envelhecer. Este equipamento certamente vai dar um suporte para estas pessoas chegarem e viverem a melhor idade com mais saúde e qualidade de vida”, comentou o secretário da SST, Valmir Comim.

Após a inauguração, Cocal do Sul será uma referência em atendimento ao idoso em Santa Catarina. O equipamento social é destinado especialmente para pessoas idosas e suas famílias, trabalhando diretamente na proteção social, cuidados pessoais, fortalecimento de vínculo e outros. “Estamos muito felizes e imensamente gratos. Este projeto era um sonho de muitos anos em nosso município, e hoje estamos vendo ele se tornar realidade”, comemorou a rainha da Terceira Idade de Cocal do Sul, Claudina Cesca Sartor.

O projeto foi desenvolvido pelo departamento de engenharia do município e aprovado pelo Governo do Estado. “O motivo de esta obra ter vindo para Cocal foi a dedicação e celeridade da nossa equipe de engenharia em entregar o projeto a tempo. O idoso precisa de conforto, e não tenho dúvida de que é um projeto de grande valia para nosso município. Estamos cumprindo com a responsabilidade social”, assegurou o prefeito Ademir Magagnin. 

Informações adicionais para a imprensa:
Paula Darós Darolt
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Criciúma
E-mail: imprensa@cua.adr.sc.gov.br
Telefone: (48) 3403-1018 / 99127-6838
Site: sc.gov.br/regionais/criciuma

O governador Raimundo Colombo estará no Sul do Estado, nesta quarta-feira, 25, para atos nos municípios de Cocal do Sul e Tubarão. A partir das 18h, em Cocal do Sul, o governador, junto do secretário de Assistência Social Trabalho e Habitação, Valmir Comin, assina a ordem de serviço para a construção do primeiro Centro Dia para Idoso em Santa Catarina. O ato será no auditório do Instituto Maximiliano Gaidzinski.

Em Tubarão, às 20h, o governador fará o lançamento do edital da nova etapa do Centro de Inovação do município e participa da solenidade onde será agraciado com a medalha Willy Zumblick. Os eventos vão ocorrer no Clube 7 de Julho. 

Informações adicionais para a imprensa
Francieli Dalpiaz 
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: francieli@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3018 / 98843-5676
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

A Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) anuncia que estão abertas as inscrições para o credenciamento de instituições especializadas em atendimento educacional de pessoas com deficiência, transtorno do espectro autista e com altas habilidades/superdotação em Santa Catarina em 2018.

O prazo para envio dos documentos necessários por via impressa e meio digital termina no dia 17 de novembro de 2017. Informações completas no Edital 004/2017, disponível no site da FCEE.

Informações adicionais para a imprensa:
Aline Buaes
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Educação Especial - FCCE
E-mail: imprensa@fcee.sc.gov.br
Fone: (48) 3381-1693 / 99115-8918
Site: www.fcee.sc.gov.br