Foto: Julio Cavalheiro / Secom

Os desafios da Segurança Pública e os investimentos do Governo do Estado, especialmente nos efetivos das forças de segurança, foram o tema central   na entrevista semanal do Com a Palavra, o Governador. Raimundo Colombo destacou o início da formação de quase um mil policiais militares que se apresentam na terça-feira, 2, em Florianópolis e que depois de terminar o curso estarão prontos para atuar em todas as regiões do Estado.

“É um momento especial e histórico para o Governo e para a sociedade catarinense. Desde 2011, já chamamos mais de sete mil policiais. Essa é uma atitude fundamental frente à criminalidade que nos desafia todos os dias. Neste momento, o Estado precisa ter a mão firme e forte para proteger a sociedade”, ressaltou o governador.

Para Colombo, o tráfico de drogas tem contribuído para agravar os índices de violência, principalmente nos grandes centros urbanos. “Quem consome, às vezes acha que o prazer ou a própria destruição acaba ali, mas ele alimenta toda uma cadeia que desestrutura a sociedade como um todo e aumenta a criminalidade”, acrescentou.

O governador encerrou a entrevista falando da inauguração do novo prédio dos cursos de engenharia da Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac). Para Colombo, o fortalecimento da educação e do ensino superior, em todas as regiões resulta no equilíbrio do desenvolvimento econômico e social do Estado.

“Se uma pessoa precisa deixar sua terra para estudar ou trabalhar, dificilmente esse capital intelectual retorna e aí acontece que uma região acaba se desenvolvendo melhor que a outra. Por isso é importante apoiar esse tipo de iniciativa que oferece oportunidades iguais para todos”, finalizou.

A íntegra do programa Com a Palavra, o Governador está disponível no Youtube e no Vimeo. Acesse o áudio da entrevista na Rádio Secom.

Informações adicionais para a imprensa
Francieli Dalpiaz 
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: francieli@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3018/8843-5676
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e  @GovSC


Foto: Edinéia Rauta/Ascom

Há mais de um ano a Secretaria de Estado da Educação (SED) e a Universidade Estadual de Santa Catarina (Udesc) trabalham juntas em busca de alternativas para reconstrução da EEB Deyse Werner Salles. A parceria foi oficializada nesta quinta-feira, 27, entre o secretário de Estado da Educação, Eduardo Deschamps, e o reitor da Udesc, Marcus Tomasi, com a presença do promotor de Justiça, Davi do Espirito Santo. Foi entregue à SED a proposta detalhada da Udesc e o cronograma de execução.

Após Audiência Pública promovida pela 25ª Promotoria de Justiça do Ministério Publico de Santa Catarina,  na terça-feira, 25, ficou acordado que a Secretaria de Estado da Educação passará o terreno da EEB Deyse Werner Salles para  a Universidade que, em contrapartida, fará a reconstrução da escola. Localizada no Bairro Capoeiras, na área Continental de Florianópolis, a escola possui amplo terreno que passará a abrigar a nova unidade escolar e o Centro de Ciências da Saúde e do Esporte (Cefid) da universidade.

A área de cerca de 30 mil metros quadrados terá espaços para uso compartilhado entre a instituição de ensino superior, a escola e a comunidade, como o ginásio e o auditório. Além disso, a Udesc Cefid beneficiará alunos e moradores com projetos nas áreas de saúde, esporte e lazer e ainda oferecerá apoio pedagógico, com auxílio do Centro de Ciências Humanas e da Educação (Faed) da Udesc, aos professores da unidade básica de ensino.

O plano de ocupação do espaço contempla piscina semiolímpica e terapêutica, três quadras poliesportivas, sala de lutas esportivas, sala de dança e ginásio de ginástica rítmica. Além disso, ganharão novas estruturas a Clínica Escola de Fisioterapia, todos os laboratórios atuais e as salas de aula e administrativas, além de auditório, biblioteca, restaurante, sala de reuniões e sala das representações estudantis. 

Para Deschamps, a parceria trará inúmeros benefícios à comunidade do entorno, pois além da escola ganharão um Centro universitário e a implantação de diferentes projetos e ações. “Temos a certeza que a comunidade escolar está muito feliz com o desfeche desta história. Além de uma nova escola terão ainda a possibilidade de desenvolverem outras atividades tanto de interesse dos alunos como dos professores e pais. O trabalho para chegar até aqui foi longo, mas teremos bom retorno”, destaca. A pedido do promotor o secretário assegurou que parte do recurso que seria usado na construção deste escola será utilizado para reforma da EEB Presidente Roosevelt, de Coqueiros, escola que acolheu os alunos da Dayse.

Segundo o reitor o momento é de trabalhar para fazer as ações necessárias e acompanhar a execução e o cronograma. “Queremos iniciar o quanto antes, pois tem muita coisa a ser feita. A previsão de entrega da nova escola é o primeiro semestre de 2020”, enfatiza.

O promotor de Justiça, Davi do Espirito Santo foi o responsável pela realização das audiências públicas junto à comunidade. “Sempre procuramos ouvir o que a comunidade quer. A última que realizamos foi de grande emoção, pois essa é uma comunidade muito engajada e com ampla participação. Este projeto vai além da estrutura física, atingindo o pedagógico, a aprendizagem. Outro ponto é que os alunos da Dayse poderão se espelhar nos universitários da Udesc”, comenta entusiamado.

Quem está feliz com o resultado é o diretor da escola, James Rafael Ribeiro Valle. “Teremos uma escola nova para atender toda a comunidade do entorno. Porém, os benefícios irão estrapolar os muros da escola. Temos boas perspectivas e o mais importante foi o envolvimento de toda a comunidade escolar, que participou ativamente do projeto da nossa nova escola”.

Informações adicionais para a imprensa
Edinéia Rauta
Assessoria de Imprensa SED
Secretaria de Estado da Educação  - SED
E-mail: edineiarauta@sed.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-0353 / 3664-0161 / 3664-0356 / 98843-5084
Site: www.sed.sc.gov.br

A  Secretaria de Estado da Educação (SED) e a Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) acertaram a transferência de um terreno de cerca de 30 mil metros quadrados no Bairro Capoeiras, em Florianópolis, que permitirá a construção do Novo Centro de Ciências da Saúde e do Esporte (Cefid) da universidade e a reativação da Escola Estadual de Educação Básica Deyse Werner Salles.

Centro de Ciências da Saúde e do Esporte (Cefid), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), fará o 2º Seminário de Formação e Atuação Profissional em Educação Física (Sefapef) em 19 de maio, no auditório da unidade, no Bairro Coqueiros, em Florianópolis.

O Centro de Ciências Tecnológicas (CCT),  da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Joinville, juntamente com a Sociedade Educacional de Santa Catarina (Unisociesc) vai realizar o 45° Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia (Cobenge). O evento acontecerá de 26 a 29 de setembro na Expoville. O tema dessa edição será Inovação no Ensino-Aprendizagem em Engenharia. A promoção é da Associação Brasileira de Educação em Engenharia (Abenge) e do Joinville e Região Convention & Visitors Bureau.


Foto: Neiva Daltrozo / Secom

Até as 23h59 da próxima quinta-feira, 4, a Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) receberá inscrições do Vestibular de Inverno em www.vestibular.udesc.br.



A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) informa que as aulas e o expediente serão mantidos, em todas os centros de ensino e na Reitoria, mesmo com a paralisação de trabalhadores prevista para ocorrer nesta sexta-feira, 28.

No entanto, a recomendação é de que os professores flexibilizem as atividades de ensino e não façam avaliações nesta sexta-feira para não prejudicar os estudantes. A medida é a mesma já adotada em ocasiões similares.

Em relação à reforma trabalhista e à reforma da previdência apresentadas pelo governo federal, motivos do movimento, o Conselho Universitário (Consuni), da Udesc, já se posicionou em abril, sendo contrário às propostas.

Entidades aderiram à paralisação

Nesta quarta-feira, 26, a Associação dos Professores da Udesc (Aprudesc) e o Sindicato dos Técnicos da Udesc (Sintudesc) decidiram aderir ao movimento contra as reformas. As duas entidades participarão de agenda de atividades programada para esta sexta-feira.

Assessoria de Comunicação da Udesc
E-mail: comunicacao@udesc.br
Telefones: (48) 3664-8006/8010

Crianças com idades entre 3 e 10 anos que tenham dificuldades de aprendizagem podem ser beneficiadas por uma iniciativa gratuita da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Florianópolis.


Foto: Suzana F. Ferrari / ADR Maravilha

Para acompanhar o trabalho desenvolvido pelos profissionais da educação nas escolas, a Gerência de Educação da Agência de Desenvolvimento Regional de Maravilha, visitou na última semana a Escola de Educação Básica Silvio Romero de Bom Jesus do Oeste.

O objetivo da Gered com as visitas é estar mais próxima da escola e dos educadores. Durante a visita foi acompanhado o trabalho dos profissionais, professores, direção e serventes e realizada reunião com os professores e direção para repassar informações da gerência da educação. Também foi acompanhada a entrega da merenda escolar aos alunos e assistido apresentação dos trabalhos em sala de aula.

A gerente de Educação Zenaide Borre Kunrath, destaca que foi possível com a visita na escola trocar idéias quanto ao planejamento e ao desenvolvimento das aulas, além de verificar as dificuldades enfrentadas. “É uma aproximação positiva, foi possível dar sugestões, repassar informações sobre a vida funcional dos professores, esclarecer dúvidas e acompanhar os alunos em sala”, explica.

Na oportunidade de acompanhar os alunos em sala de aula, despertou a atenção, o trabalho da disciplina de matemática, realizado pela professora Angelita Schmitt. Trabalho em que os alunos foram desafiados a construir maquetes em escala.

Despertando o aprendizado

Os alunos das turmas dos oitavos anos da Escola de Educação Básica Professor Sílvio Romero de Bom Jesus do Oeste, construíram maquetes sob a orientação da professora Angelita Schmitt na disciplina de Matemática.

As maquetes foram construídas em casa em escala e todas suas dimensões tiveram que conter proporções reais, isso incluindo desde as dimensões dos cômodos, portas, janelas até o mobiliário. Após a conclusão da montagem das maquetes, foram realizados todos os cálculos matemáticos pertinentes à área da base, área lateral, área total, volume e o trabalho foi apresentado na escola.

A professora Angelita explica que, “através da contextualização podemos despertar nos educandos a ânsia de aprender, mobilizando emoções no intuito de promover o desejo da participação, bem como explicitando as necessidades de tal saber”.

De acordo com a professora esta atividade proposta possibilitou-se inferir relações entre conceitos matemáticos de geometria, grandezas e medidas, números e operações, bem como entre a Matemática e outras áreas do conhecimento.

O trabalho foi relacionado com outras disciplinas, como por exemplo, a disciplina de Língua Estrangeira Inglesa que relacionou o conteúdo programático da disciplina com a maquete, nomenclatura dos cômodos, custos e levantamento de valorização imobiliária.

Informações adicionais para a imprensa
Suzana Francieli Ferrari
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Maravilha
E-mail: imprensa@mvh.adr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3664-6532 / (49) 8839-1117
Site: www.adrs.sc.gov.br/adrmaravilha
Facebook: https://www.facebook.com/regional.maravilha

 


Foto: Julio Cavalheiro/Secom

O governador Raimundo Colombo autorizou, nesta quarta-feira, 26, o lançamento imediato de novo edital de licitação para a reforma da EEB São Miguel de São Miguel do Oeste. Em reunião realizada em Florianópolis, foram apresentados os projetos revisados e atualizados da escola estadual que enfrenta a paralisação das obras após o encerramento do contrato com a empresa licitada.

“Tem coisas que fogem do nosso controle, como por exemplo, quando uma empresa não consegue fazer a obra andar. Mas estamos numa fase em que o Governo do Estado pode agir e resolver essa situação. Estamos com os projetos prontos, revisados e vamos contratar a nova empresa para encerrar a reforma da EEB São Miguel”, disse o governador.

A reforma iniciou em 2013 e era realizada pela empresa C2 Engenharia e Construções de Chapecó. Em setembro de 2016, o contrato não foi renovado devido o atraso na obra por parte da empreiteira. Os trabalhos foram paralisados prejudicando a comunidade escolar. Para a nova licitação, as Gerências de Infraestrutura da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de São Miguel do Oeste e da Secretaria de Estado da Educação (SED) realizaram o levantamento de alterações no layout da escola; a readequação dos projetos arquitetônicos e complementares; a aprovação nos órgãos competentes; o memorial descritivo, o cronograma e a atualização dos orçamentos.

“O setor de engenharia trabalhou de forma incessante para revisar os projetos e fazer alterações e aprovações necessárias. Alterações, inclusive, que foram sugeridas pela comunidade escolar, que também se mostrou empenhada para que os contratempos da paralisação causassem menor impacto possível”,menciona o secretário executivo da ADR, Volmir Giumbelli.

O edital deve ser lançado na próxima semana sendo na modalidade concorrência pública e será realizado pela Regional de São Miguel do Oeste. A obra foi orçada inicialmente em R$ 3,5 milhões. Foram executados e pagos até o encerramento do contrato R$ 1,8 milhão. A obra faz parte do pacote de ações do Programa Pacto pela Educação.

Participaram da reunião: o secretário de Estado da Casa Civil, Nelson Serpa; o prefeito de São Miguel do Oeste, Wilson Trevisan; a diretora de Infraestrutura da SED, Karen Lippi; o gerente de Infraestrutura da ADR, Leonardo Miola e o presidente do Deinfra, Wanderley Agostini.

Informações adicionais:
Gisele Vizzotto
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste
E-mail: imprensa@sge.sdr.sc.gov.br
Telefone: (49) 98837-7422