V.Conferência Infanto Juvenil 27

Boas práticas em prol do Meio Ambiente. Esse é o propósito da V Conferência Infantojuvenil pelo Meio Ambiente (CNIJMA) que nesta edição aborda o tema Vamos Cuidar do Brasil, Cuidando das Águas. Os (as) 19 delegados (as), escolhidos para representar a Educação catarinense na etapa nacional da CNIJMA, embarcaram nesta sexta-feira, 15, para a cidade de Sumaré, em São Paulo. Esta é a primeira edição em que a delegação catarinense tem representantes/delegados (as) quilombola e com deficiência.

Para a estudante Lilian Ramos, da EEB Titolivio Venâncio Rosa, de Araquari, Norte do Estado, além de ser uma experiência inesquecível participar e ser uma das delegadas escolhidas, a Conferência é uma forma de multiplicar boas ações para a comunidade. “Se não fosse ações que motivam a disciplina em relação ao meio ambiente, nós continuaríamos com hábitos errados. Esse é mais um processo de conscientização e é algo que precisamos mostrar a todos”, destaca. 

Na quinta-feira, 14, os alunos participaram da etapa preparatória em Florianópolis antes do embarque para São Paulo. No encontro foi abordado o histórico de todas as etapas da Conferência e também produzido pelos estudantes uma carta de responsabilidade com o compromisso do cuidado em relação ao tema da Vamos Cuidar do Brasil, Cuidando das Águas. 

Confira a programação da etapa nacional. 

Mais sobre a Conferência 

A V Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente (CNIJMA) é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) em conjunto com o Ministério do Meio Ambiente (MMA) e será realizada em junho de 2018. Esta edição o tema Vamos Cuidar do Brasil Cuidando das Águas teve como objetivo estimular os alunos e professores para a construção de ações em prol do meio ambiente quatro momentos: na escola, regional, estadual e nacional.

Em Santa Catarina, estudantes das 890 escolas das redes estadual, municipais e particulares promoveram ações por meio da Conferência. “Foi um período de fundamental importância para a nossa rede, conseguimos explorar ao máximo ações e envolver os estudantes. Estamos felizes com o resultado, completa a coordenadora Estadual da Conferência, Maria Benedita Prim.

Informações adicionais para a imprensa:

Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Educação (SED)
Rosane Felthaus (48) 99125-8513
Dafnée Canello (48) 99682-6562

Nesta sexta-feira, 15, a Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) divulgou o gabarito oficialdoVestibular de Inverno 2018. Das 100 questões das provas objetivas, três foram anuladas, após a fase de recursos.

A lista dos 1.048 candidatos aprovados na primeira chamada será anunciada até 2 de julho na Reitoria da Udesc, em Florianópolis, e na página da seleção. As matrículas ocorrerão em 16 e 17 de julho, e as aulas começarão em 30 de julho.

Candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano passado podem se inscrever até esta sexta-feira, 15, para a segunda edição de 2018 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O procedimento é feito gratuitamente no site do Ministério da Educação (MEC).

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) oferece 344 vagas em 35 graduações para o segundo semestre deste ano, em Balneário Camboriú, Chapecó, Florianópolis, Ibirama, Joinville, Lages, Laguna, Pinhalzinho e São Bento do Sul. Confira o edital.

Das vagas de cada curso da Udesc, 20% delas estão destinadas para candidatos que tenham feito integralmente o ensino médio na rede pública e 10% são oferecidas para candidatos negros.

Cada participante do Sisu terá duas opções de curso para escolher, conforme as notas de corte. Somente poderá concorrer quem fez todas as provas do Enem em 2017, conseguiu nota acima de zero na redação e tem certificado de conclusão do ensino médio.


Fotos: Divulgação/Polícia Civil

A operação Anjos da Lei, realizada nesta quarta-feira, 13, resultou na apreensão de 70,2 Kg de drogas (60 kg de maconha e 10 kg de cocaína) e na prisão de 108 pessoas por envolvimento com o tráfico de entorpecentes, em áreas próximas às escolas catarinenses. A Anjos da Lei é a primeira edição de uma operação conjunta entre as polícias civis de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. Trata-se de uma grande mobilização policial que envolve um trabalho de investigação para identificar criminosos que agem em áreas vizinhas a instituições de ensino.

Em Santa Catarina foram 100 mandados de busca, 84 de prisão preventiva e 403 policiais civis que atuaram em ações de repressão ao tráfico entre às 6h e 21h, em todas as regiões. Nas imediações das instituições de ensino foram abordadas 212 pessoas suspeitas. Dos 108 presos, 36 foram flagrantes (sendo 5 adolescentes apreendidos) e outros 72 em cumprimento de mandado de prisão. Com os detidos foram localizadas 20 armas (revólveres, pistola, espingardas).

Informações

De acordo com o delegado geral adjunto, Luiz Angelo Moreira, a ação envolvendo os três estados permite o intercâmbio de informações. “A polícia tem sua área de atuação delimitada mas o crime não tem, por isso a importância da troca de informações que a partir de agora será fortalecido com o Programa Anjos de Lei, que será contínuo”, destacou.

A titular da Delegacia Regional de de Joinville, delegada Tania Harada, reforçou a importância da participação da comunidade em denunciar a atuação de traficantes. “Estamos há mais de um ano mapeando os pontos de tráfico com informações que chegam por meio de denúncias feitas nas redes sociais da Delegacia. Em Joinville já estamos trabalhando o esclarecimento de crianças e adolescentes por meio de atividades lúdicas. Temos uma boa parceria com a ADR de Joinville”, observou.

A diretora adjunta da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC), delegada Eliane Chaves, disse que o Divisão Especializada de Combate ao Narcotráfico (Denarc) focou a investigação no entorno das escolas. “Trabalhamos em áreas mais sensíveis, onde identificamos não apenas a presença de traficantes que também os fornecedores droga”. A DEIC ontem apreendeu 10 quilos de cocaína.


>>> mais fotos na galeria

Parceria 

A Anjos da Lei marca a aproximação da Polícia Civil com a comunidade escolar e a Secretaria de Estado da Educação. Na próxima segunda-feira (18), Educação e Polícia Civil assinarão um termo de cooperação técnica, oficializando a parceria entre as secretarias e dando a largada ao trabalho preventivo também dentro das escolas estaduais. “O programa surge num momento muito significativo para a comunidade escolar, que hoje já tem o Nepre Online nas escolas, onde trabalhamos a prevenção e o combate a violência e o uso de drogas”, ressaltou a secretária da Estado da Educação, Simone Schramm.

A secretária observa ainda que ações e parcerias são bem-vindas e reforçam a Política de Educação, Prevenção, Atenção e Atendimento as Violências na Escola implementada desde 2011 nas 1.073 unidades estaduais. “O entorno das escolas livre de drogas e violência é importante para a segurança dos estudantes e profissionais da educação”, assinalou a secretária. “Os pais têm de estar abertos ao diálogo e atentos aos seus filhos para que não haja espaço para o traficante e nem para a droga”, observou.

Balanço dos três estados:

Total de ordens judiciais: 609
Paraná: 124
SC: 184
RS: 301 (DPI 202; Denarc 17; DPM 82)

Total de armas: 169 (armas de fogo e outras)
Paraná: 72
SC: 20
RS: 77 (DPI 69; Denarc 4; DPM 4)

Total de presos e adolescentes: 311 entre presos e adolescentes (277 presos e 34 adolescentes apreendidos) 
Paraná: 78 (69 + 9 adolescentes)
SC: 108 (103 + 5 adolescentes)
RS: 125 (105 + 20 adolescentes): DPI 50 presos + 11 adolesc; Denarc 24 presos + 5 adolesc; DPM 31 presos + 4 adolescentes

Total de drogas: 297 kg de maconha e 11,2 kg de cocaína
Paraná: 150 kg de maconha; 671 gramas de cocaína
SC: 60 kg de maconha e 10 kg de cocaína
RS: 87 kg de maconha e 560 gramas de cocaína (DPI 50 kg de maconha e 140 gr de cocaína; Denarc 33 kg de maconha e 250 gr de cocaína; DPM 4 kg de maconha e 170 gr de cocaína

 

Informações adicionais para a imprensa
Jacqueline Iensen 
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: jacqueline.iensen@gmail.com 
Fone: (48) 3665-3045 / 99147-6761
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

 



Para apresentar novos projetos, diretores da Fundação Getúlio Vargas estiveram nesta quarta-feira, 13, no gabinete da Secretaria de Estado da Educação, em Florianópolis. Em pouco mais de meia hora de conversa, os diretores Henrique Paim e Ricardo Simonen e o consultor Thiago Thobias e a secretária Simone Schramm falaram sobre uma possível parceria para a implantação de novas tecnologias na área de gestão educacional. A equipe da Diretoria de Tecnologias Educacionais também acompanhou o encontro. 

Para a secretária uso de ferramentas tecnológicas torna a escola mais dinâmica e moderna aos alunos e professores. “A ideia é que o ambiente escolar seja mais atrativo aos nossos estudantes. Com parceiros especializados, estamos levando mais qualidade ao ensino-aprendizagem”, enfatiza. 

Outro destaque da pauta foi a participação da secretária na implantação do curso de Gestão Educacional. O assunto será tratado em reunião no dia 20 de junho, em Brasília, com o Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed), União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e FGV. 

Investimento em tecnologia

Na última segunda-feira, 11, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação, anunciou planos de investir R$ 16,6 milhões em novos equipamentos de tecnologia, vídeo e áudio. A medida alcança inicialmente cerca de 98 mil estudantes de 116 escolas estaduais, que devem receber novos computadores, tablets, lousas digitais, aparelhos de som, TVs, telas de projeção, projetores e pendrives. O processo licitatório está em andamento. 

Informações adicionais para a imprensa:

Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Educação (SED)
Rosane Felthaus (48) 99125-8513
Dafnée Canello (48) 99682-6562

Na próxima quarta-feira, 20, às 9h, o Centro de Ciências da Saúde e do Esporte (Cefid), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), promove o 1º Fórum do Ensino Superior, com o tema “Docência universitária na Educação e na Saúde”, no auditório da unidade, no Bairro Coqueiros, em Florianópolis.

O evento é gratuito e aberto ao público, com inscrições pela internet.

Permitir aos alunos o aprendizado de diferentes culturas, por meio de troca de informações e atividades lúdicas é uma das abordagens do projeto Copa do Mundo na Escola. A ação promovida pelos gestores e professores da Escola de Aplicação (EDA), do Instituto Estadual de Educação (IEE), em Florianópolis, será nesta quarta-feira, 13, no Ginásio de Esportes Rozendo Lima, no período matutino, a partir das 7h30, e no período vespertino das 13h30 às 17h.

Cada turma deverá apresentar o nome do país em cartaz, confecção da bandeira, uniforme da seleção, nome dos jogadores, além da exposição do assunto em murais, mosaicos, exposição de fotografias, álbuns de figurinhas e a leitura de textos e poemas.

Segundo a diretora da EDA, Angela Zavarize, a ideia é que a Copa funcione também como um tema transversal, que são aqueles que permeiam as várias disciplinas ao mesmo tempo e fazem parte da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) desde 1997.

Os mais comuns, e que já são discutidos em grande parte dos conteúdos, são os relacionados à pluralidade cultural, ética, meio ambiente, orientação sexual e saúde, mas a proposta é que a escola traga para dentro da sala de aula todo tema importante, refletindo a história e aspectos culturais dos países participantes.

“O projeto abre um espaço pedagógico de pesquisa, com caráter reflexivo, permitindo explorar a linguagem oral e escrita, a interpretação, por meio de atividades e brincadeiras que envolvam conceitos matemáticos, históricos e geográficos”, destaca a diretora.     

A aluna Bárbara Faustino Nascimento, do 2º ano, diz que está gostando de representar a Rússia na Copa da Escola. “Li bastante sobre o país e aprendi que esta é a sétima vez que ele participa da competição”, ressalta. Para Lucas Cristiano da Silva, da mesma turma, esse ano “vai dar hexa”. “Vou fazer embaixadinhas na apresentação amanhã, imitando o Neymar, o melhor do time”, explica.     

Para a professora Melissa Silva, o projeto permitirá que as crianças descubram diferentes culturas, conheçam várias etnias, valorizando-as e respeitando-as. Também possam repudiar a discriminação baseada em diferenças de raça, religião, classe social, nacionalidade e sexo.

Informações adicionais para a imprensa:

Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Educação (SED)
Rosane Felthaus (48) 99125-8513
Dafnée Canello (48) 99682-6562

A implantação do Colégio Militar de Laguna está a apenas um passo de se tornar realidade. O governador Eduardo Pinho Moreira autorizou a liberação de R$ 5,3 milhões para obras de restauração e ampliação da EEB Jerônimo Coelho na noite do último sábado (9). E agora a secretária Simone Schramm cuida dos detalhes do investimento e do aval do Conselho Estadual de Educação para transformar a Jerônimo Coelho no Colégio Militar de Laguna.

"Restaurar essa estrutura é preservar e reconhecer a tradição de Laguna, entre outras tantas vocações, de formar um patrimônio intelectual que contribui e faz história em Santa Catarina", disse o governador. A expectativa é de que a licitação seja lançada pela Agência de Desenvolvimento Regional de Tubarão até primeiro de setembro. A obra deve ficar pronta em 720 dias.

O processo junto ao Conselho Estadual de Educação deve ser finalizado até 30 de setembro. “O bom andamento das atividades e os resultados obtidos nos quatro colégios militares até agora aumenta a expectativa de continuar alcançando bons números para a educação catarinense, de forma que agregue valores não somente aos jovens, mas aos cidadãos”, enaltece a secretária Simone Schramm.

Grande vencedora do Prêmio Gestão Escolar 2017, a Escola Estadual Mont' Alverne, de Ituporanga, será palco de ações educativas e culturais realizadas pela Fundação Roberto Marinho. A programação, que ocorre nesta quinta-feira (14), envolve professores, gestores e os próprios estudantes. Entre os temas abordados estão a tecnologia, o prazer da leitura, artes e produção audiovisual.

Apostando em uma gestão engajada e democrática, a diretora Viviane Rosa Bennert assumiu o cargo em 2015. De lá para cá, implementou uma série de ações, incentivando a participação de pais e responsáveis nas atividades e decisões de assuntos do dia a dia da escola, a chamada Gestão Pedagógica Participativa. "Uma gestão democrática e aberta ao diálogo, voltada à inclusão educacional e social, certamente irá refletir na aprendizagem dos estudantes. Nossos índices de aprovação, assiduidades e o resultado nas avaliações externas, como o Prova Brasil, comprovam que estamos no caminho certo", comemora a diretora.

Para a secretária Simone Schramm, que é professora e conhece a realidade das escolas estaduais, o trabalho de professoras como Viviane vem fazendo a diferença na Educação de Santa Catarina. "O Prêmio Gestão Escolar é muito mais do que o reconhecimento de um importante trabalho, é um importante incentivo aos educadores catarinenses ", observa a secretária.

Premiação

O Prêmio Gestão Escolar é realizado desde 1998 pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (CONSED) em parceria com o MEC e o FNDE. Em 2017, ao alcançar a 16ª edição, a premiação contemplou projetos inovadores e gestões competentes na Educação Básica da rede pública brasileira e elegeu o trabalho da diretora Viviane Rosa Bennert, da Escola Estadual Mont´ Alverne, como o grande vencedor nacional. O objetivo da premiação é estimular a melhoria da gestão das escolas públicas, reconhecendo boas práticas e ações que possibilitem a troca de experiências entre gestores, multiplicando boas estratégias.

"O Consed acredita que uma boa gestão faz a diferença no funcionamento da escola e na conquista de bons resultados no processo de ensino e aprendizagem. Portanto, essa iniciativa não apenas reconhece as boas práticas, mas estimula que toda a rede se movimente na direção de melhorar seus processos, por meio da autoavaliação e da aplicação do plano de ação construído em conjunto com a comunidade escolar", diz a presidente do Consed, Cecilia Motta, que também é Secretária de Estado da Educação do Mato Grosso do Sul.

O pensamento é compartilhado com a gerente-geral de Educação da Fundação Roberto Marinho, Vilma Guimarães. Para ela, “as escolas vencedoras do Prêmio Gestão Escolar inspiram a prática de um ensino público de qualidade, que faz os estudantes aprenderem de forma prazerosa, integrada e em pleno desenvolvimento de sua cidadania”.

 

Programação

14 de Junho de 2018 

Manhã: 8H – 9H  e Turno da Tarde: 13H30 – 14H30 - ABERTURA 
ATIVIDADE INTEGRADORA COM ESTUDANTES: Espetáculo de Contação de Histórias 
OFICINAS PARA PROFESSORES
OFICINA - “A aventura de ler” - 9H30 - 11H30 e 14H30 – 16H30
OFICINA – “Inspiração e expressão: um mergulho nas artes plásticas” - 9H30 -11H30 e 14H30 – 16H30

Escola Estadual Mont' Alverne
Endereço: R. Frei Manoel, 120 - Centro, Ituporanga, SC

Informações adicionais para a imprensa:

Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Educação (SED)
Rosane Felthaus (48) 99125-8513 
Dafnée Canello (48) 99682-6562


Foto: Arquivo/ADR Criciúma

A Secretaria de Estado da Educação (SED) está orientando as escolas estaduais sobre como proceder em dias de jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo. Para que alunos e professores possam acompanhar as partidas, a ideia é que cada escola organize uma programação dentro da própria unidade escolar.

"A orientação é que os professores tornem esse momento pedagógico, enriquecendo as aulas com uma abordagem interdisciplinar e envolvendo os alunos em atividades lúdicas", explica a diretora de Gestão da Rede Estadual, Marilene da Silva Pacheco.

Caso não seja possível organizar a programação em sala de aula, a SED observa que uma opção é dispensar as turmas no turno em que ocorrer o jogo (veja quadro abaixo). É importante lembrar que a unidade que optar pela dispensa das aulas deverá encaminhar à Gerência/Coordenadoria de Educação o cronograma de reposição das horas/aula.

Cronograma

22 DE JUNHO - 9 HORAS - BRASIL X COSTA RICA

O período matutino pode ser dispensado, mas as aulas devem voltar ao normal nos turnos vespertino e noturno

27 DE JUNHO - 15 HORAS - BRASIL X SÉRVIA

As aulas ocorrem normalmente nos períodos matutino e noturno. Apenas os alunos do período vespertino podem ser dispensados, de acordo com a programação da escola.

Informações adicionais à imprensa

Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Educação (SED)
Rosane Felthaus (48) 99125-8513 
Dafnée Canello (48) 99682-6562