Compartilhe

Mais de 220 funcionários da Celesc de todo o Estado participaram de maneira voluntária das ações da empresa para conscientizar a população sobre o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes, lembrado no dia 18 de maio. Foram feitas panfletagens nas rodovias e junto aos postos da Polícia Rodoviária Federal, que divulgam o Disque 100 como o canal oficial de denúncias sobre o assunto. Também houve ação de adesivagem dos carros que circulam por Santa Catarina e palestras em algumas regionais.

Os benefícios dessa divulgação podem ser observados na prática. De acordo com dados do programa “Na Mão Certa”, da Childhood Brasil, do qual a Celesc é signatária, houve um aumento significativo no número de denúncias de violações contra crianças e adolescente em 2017. Os registros de violência sexual, por exemplo, aumentaram de 15.707 para 20.330 em um ano, um aumento de quase 30%. Já a negligência, campeã das denúncias, aumentou 13% no período de um ano; enquanto os casos de violência psicológica e física foram 17% e 3,5% a mais, respectivamente.

A assessora de Responsabilidade Socioambiental da Celesc, Regina Schlickmann Luciano, destaca que ações como essa podem parecer pequenas isoladamente, mas quando se pensa no contexto geral – pessoas sensibilizadas, empregados engajados, conscientização promovida –, acaba sendo muito maior. “Vemos que o retorno vai muito além de números à medida que trabalhamos em prol dos Direitos Humanos", finaliza.

Informações adicionais para a imprensa
Assessoria de Imprensa 
Centrais Elétricas de Santa Catarina S.A. - Celesc 
E-mail: comunica@celesc.com.br
Atendimento 24h: 0800-480120
Site: www.celesc.com.br