Compartilhe

16 04 reunião BNCC Ensino Médio Jovelino 12












 

 

 


Um novo ciclo começa para o Ensino Médio catarinense com as discussões da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Para promover estudos coletivos, as equipes técnicas da Secretaria de Estado da Educação (SED), da Coordenadoria de Educação da Grande Florianópolis (CRGF), do Instituto Estadual de Educação (IEE) e da Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) começaram nesta segunda-feira, 16, a Formação Continuada BNCC do Ensino Médio.

A Base é um documento que define o conjunto de aprendizagens essenciais que todos os estudantes do território nacional devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da Educação Básica.

A formação, que será realizada ao longo dos dias 23, 30 de abril e 7 de maio, está dividida de acordo com cada área de conhecimento sendo: Ciências Humanas (Sociologia, Filosofia, História e Geografia), Ciências da Natureza (Química, Física e Biologia), Linguagens (Língua Portuguesa, Educação Física, Arte e Língua Inglesa) e Matemática.

Cada Grupo de Trabalho terá como propósito organizar pontos de atenção das áreas estudadas cujo documento final será entregue ao Secretário de Estado da Educação, Eduardo Deschamps. “Os pontos de atenção representam questões relevantes que serão sugeridas como melhorias na construção do documento”, explica a coordenadora Estadual da BNCC, Julia Siqueira da Rocha.

Sobre a BNCC do Ensino Médio e próximos passos

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do Ensino Médio foi entregue pelo Ministério da Educação ao Conselho Nacional de Educação (CNE) no dia 3 de abril. Os ajustes no texto serão feitos pelo MEC a partir dos apontamentos do CNE, após audiências públicas e também pelas contribuições na plataforma do MEC a ser aberta em 30 de abril para toda a sociedade na página do próprio ministério.

A primeira audiência pública do CNE será dia 11 de maio em Florianópolis. Na sequência, dia 8 de junho, em São Paulo (SP), em 6 de julho, em Fortaleza (CE), 10 de agosto, em Belém (PA) e 29 de agosto, em Brasília (DF).

Para avaliar coletivamente e compilar as informações do documento, o CNE fará cinco audiências públicas entre os meses de maio e agosto. A rodada é consultiva – o que significa que o conselho não tem obrigação de fazer todas as alterações sugeridas. 

Informações adicionais para a imprensa
Dafnée Canello
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Educação  - SED
E-mail: imprensa@sed.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-0347
Site: www.sed.sc.gov.br