Foto: Secom/Arquivo

A geração de empregos em Santa Catarina é destaque nacional mais uma vez. Pesquisa do IBGE divulgada nesta quinta-feira, 17, mostra que o estado registrou taxa de 7,5% de desocupação no segundo trimestre deste ano, o menor índice do país. Os dados revelam ainda uma melhora em relação ao primeiro trimestre, quando Santa Catarina já havia apresentado o melhor resultado, mas com taxa de 7,9% de desocupação.

“A geração e manutenção do emprego é uma das principais preocupações do governo, no sentido de proteger as famílias catarinenses contra a crise. É para garantir resultados como os comprovados agora pelo IBGE que Santa Catarina ousou e tomou decisões difíceis, mas necessárias, como não aumentar impostos mesmo diante da queda de arrecadação. Essa foi uma decisão que contribuiu para promover a competitividade das nossas empresas e para atrair novos investimentos”, destacou o governador Raimundo Colombo.

A média nacional no primeiro trimestre ficou em 13% de desocupação, revela a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua). No primeiro trimestre, o índice no país era de 13,7%.

Entre os estados, Santa Catarina manteve o melhor resultado no acumulado do segundo semestre, com índice de 7,5%, seguido por Rio Grande do Sul (8,4%) e Mato Grosso (8,6%). Os piores desempenhos no período foram registrados nos estados de Pernambuco (18,8%) e Alagoas (17,8%). “Trabalhar para evitar que estes números cresçam é um grande desafio que continuamos a enfrentar diariamente”, acrescentou Colombo.

>>> Confira a pesquisa completa

Informações adicionais para a imprensa:
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: lenzi@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3018 / 98843-4350
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Foto: Pâmela Simas Fogaça/ADR Itajai

A partir desta segunda-feira, 14, profissionais da educação que quiserem ingressar no magistério público estadual podem fazer suas inscrições no concurso público 2017. Neste primeiro momento, são mil vagas para início dos trabalhos em 2018. A inscrição pode ser feita até o dia 12 de setembro pelo site www.acafe.org.br/concurso/magisterio.

Estão abertas 600 vagas para professores do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) e do Ensino Médio, estas para as disciplinas de Artes, Biologia, Educação Física, Espanhol, Filosofia, Física, Geografia, História, Inglês, Língua Portuguesa e Literatura, Matemática, Química e Sociologia. As outas 400 vagas são para a área administrativa das escolas da rede pública estadual de ensino de Santa Catarina, sendo para: assistente de educação, supervisor escolar, administrador escolar e orientador educacional.

“O novo concurso é uma grande conquista, resultado de muito esforço e responsabilidade com o equilíbrio das contas da secretaria e de todo o governo”, afirma o secretário de Estado da Educação, Eduardo Deschamps. O concurso terá validade para dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois. Deschamps lembra que o último concurso para efetivos da educação foi realizado em 2012 com a chamada inicial de dois mil professores e, posteriormente, mais três mil.

A jornada de trabalho para o cargo de professor de Ensino Médio corresponde à carga horária de dez horas semanais, para o professor do Ensino Fundamental corresponde à carga horária de 20 horas semanais e para os cargos de assistente de educação, supervisor escolar, administrador escolar e orientador educacional corresponde à carga horária de 40 horas semanais.

O concurso prevê duas provas. A primeira fase com Prova Objetiva, que será no dia 8 de outubro, sendo eliminatória/classificatória, e a segunda fase com a Prova de Títulos, sendo classificatória. A primeira chamada dos aprovados está marcada para os dias 12, 13 e 14 de dezembro de 2017.

Certificação

Professor: Diploma e histórico escolar de conclusão de curso superior de Licenciatura Plena na disciplina que se candidatar.

Administrador escolar: Diploma e histórico escolar de conclusão de curso de Licenciatura Plena em Pedagogia com habilitação na área de Administração Escolar; ou diploma e histórico escolar de conclusão de curso superior de Pedagogia e certificado e histórico escolar de conclusão de Pós-Graduação Latu Sensu - especialização em Administração Escolar

Assistente de educação: Formação em nível superior em Pedagogia

Orientador educacional: Diploma e histórico escolar de conclusão de curso de Licenciatura Plena em Pedagogia com habilitação na área de Orientação Educacional; ou diploma e histórico escolar de conclusão de curso superior de Pedagogia e certificado e histórico escolar de conclusão de Pós-Graduação Latu Sensu - especialização em Orientação Educacional

Supervisor escolar: Diploma e histórico escolar de conclusão de curso de Licenciatura Plena em Pedagogia com habilitação na área de Supervisão Escolar; ou diploma e histórico escolar de conclusão de curso superior de Pedagogia e certificado e histórico escolar de conclusão de Pós-Graduação Latu Sensu - especialização em Supervisão Escolar

Escolas indígenas

Dentro destas mil vagas também estão previstas vagas para atendimento nas escolas indígenas da rede pública estadual de ensino de Santa Catarina. O concurso prevê contratação de professores do Ensino Fundamental (1º ao 9º ano) e do Ensino Médio e cargos administrativos como:  assistente de educação e assistente técnico-pedagógico.

Para os povos Guarani e Xokleng/Laklãnõ estão abertas vagas para professor de 1º ao 5º ano e para professores atuarem nas disciplinas de: Ciências Humanas e Sociais aplicadas (História, Geografia, Sociologia e Filosofia), Ciências da Natureza e suas tecnologias (Ciências, Biologia, Química e Física), Linguagens e suas tecnologias (Artes, Arte Indígena, Língua Portuguesa, Língua Materna, Educação Física, Língua Portuguesa/Literatura) e Matemática e suas tecnologias (Matemática).

Para o povo Kaingang, há vagas para professor de 1º ao 5º ano e para professores atuarem nas disciplinas de: Artes, Arte Kaingang, Biologia, Ciências, Cultura Indígena Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Língua Kaingang, Língua Portuguesa, Língua Portuguesa e Literatura, Matemática, Química e Sociologia.

As Gerências Regionais que oferecem vagas para escolas indígenas são: Chapecó, Xanxerê, Ibirama, Brusque, Grande Florianópolis, Laguna, Joinville, Canoinhas e Seara. 

O valor da inscrição é de R$ 100. Dúvidas e mais informações estão disponíveis em www.acafe.org.br/concurso/magisterio.

Retrospectiva últimos concursos para:

- Professor regular: 2012 com cerca de 5 mil profissionais efetivados;

- Professor indígena: 2003;

- Assistente educacional (AE): 2005;

- Administradores e supervisores escolares e orientador educacional: 1998.

Informações adicionais para a imprensa
Edinéia Rauta
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Educação  - SED
E-mail: edineiarauta@sed.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-0353 / 3664-0161 / 3664-0356 / 98843-5084
Site: www.sed.sc.gov.br

A Gerência de Educação da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Timbó informa que há vaga de professor bilíngue, com domínio em Libras, na EEB Domingos Sávio, do município de Ascurra. A vaga é oferecida diariamente desde o dia 24 de junho, para atuar na turma de 7º ano vespertino.

A Gered continua no aguardo de candidatos no esforço de garantir a inclusão social, conforme a Lei de Diretrizes Nacionais para a Educação Especial na Educação Básica. A vaga destina-se aos profissionais com licenciatura nas diferentes áreas do conhecimento com mais 200 horas de cursos em Educação Especial. Mais informações estão disponíveis em www.sed.sc.gov.br.

Informações adicionais para a imprensa:
Bruna Laline Ramos
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de Timbó
E-mail: comunicacao.adr34@tio.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3399-3023 / (47) 99240-5217
Site: sc.gov.br/regionais/timbo

 


Foto: Divulgação / FCEE

A Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) informa que estão abertas as inscrições para o curso Pessoa com deficiência no mercado de trabalho: conhecendo e convivendo, que será realizado no formato à distância (Ead) entre os dias 28 de agosto e 2 de outubro. Voltado para empresários, instituições especializadas em educação especial e instituições de formação profissional, o curso capacita os profissionais para garantir à pessoa com deficiência o acesso à formação profissional e ao mundo do trabalho.

As inscrições estão abertas até 27 de agosto. Mais informações pelo telefone (48) 3381-1657, pelo e-mail cetep@fcee.sc.gov.br ou na seção Cursos e Capacitações do site da FCEE.

O curso será coordenado pelo Centro de Educação e Trabalho (CENET) da FCEE, que desde 1981 promove a inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho através do Serviço de Colocação no Mercado de Trabalho. Desde 2012, o serviço promoveu a contratação de cerca de 600 pessoas com deficiência por empresas da Grande Florianópolis, sendo 80 apenas neste primeiro semestre de 2017.

O Serviço de Colocação no Mercado de Trabalho da FCEE encaminha e acompanha pessoas com deficiência (intelectual, mental, sensorial, física ou transtorno do espectro autista) para o mercado de trabalho. 

Além do encaminhamento e acompanhamento de pessoas com deficiência nos postos de trabalho, a equipe de profissionais do CENET/ FCEE também realiza sensibilizações nas empresas contratantes, abordando conteúdos relativos à conceituação e caracterização das deficiências, aspectos relacionais e potencial produtivo da pessoa com deficiência.

Serviço:

NOME DO EVENTO: Pessoa com deficiência no mercado de trabalho: conhecendo e convivendo 
MODALIDADE DO CURSO: À distância - Plataforma Moodle
PÚBLICO ALVO: Meio Empresarial, Instituições Conveniadas com a FCEE e Instituições de Formação Profissional do Estado de Santa Catarina.
PERÍODO: 28 de agosto a 2 de outubro de 2017
PRAZO DE INSCRIÇÃO: Até dia 27 de agosto às 23h55
INSCRIÇÕES: O link para inscrição e o tutorial estão disponíveis com a Integradora e/ou responsável pela educação especial na Gerência Regional de Educação ou diretamente com o CETEP/FCEE pelo telefone (48) 3381-1657 ou pelo e-mail cetep@fcee.sc.gov.br.

Mais informações: clique aqui

Informações adicionais para a imprensa:
Aline Buaes
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Educação Especial - FCCE
E-mail: imprensa@fcee.sc.gov.br
Fone: (48) 3381-1693 / 99115-8918
Site: www.fcee.sc.gov.br



Foto: Divulgação / CBMSC

O governador Raimundo Colombo determinou para este ano a abertura de 1,8 mil vagas por concurso público e mais 747 vagas por meio de processo seletivo. Estão contempladas as áreas da Segurança Pública, Educação, Agricultura, Saúde, além de oportunidades para trabalhar na Udesc e na Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST).

“Oferecer vagas de trabalho é uma ação importante, especialmente no momento delicado em que vive nossa economia. Os concursos são fundamentais para manter ativo o quadro funcional do Estado e, consequentemente, conseguir prestar um bom atendimento ao cidadão. No caso da Segurança Pública, por exemplo, vão nos ajudar a compensar o déficit em função das aposentadorias”, afirma Colombo.

O Corpo de Bombeiro Militar oferece 300 novas vagas para soldado militar, sendo 282 para o sexo masculino e 18 para o sexo feminino. As inscrições vão até 31 de agosto de 2017.

>>> Confira o edital para o Corpo de Bombeiros

A Educação terá mil novos profissionais, sendo 600 vagas para professores do ensino regular, da educação indígena e dos Centros de Educação Profissional (Cedup) e mais 400 para cargos administrativos das escolas, tais como assistente educacional (AE), administrador, supervisor escolar e orientador educacional. As inscrições começam no dia 14 de agosto e terminam em 12 de setembro de 2017. A prova será no dia 8 de outubro e os primeiros profissionais aprovados serão convocados ainda em dezembro deste ano. O edital estará disponível no site da Educação a partir do dia 14.

Na Saúde, as inscrições para o processo seletivo com 659 vagas terminam dia 11 de agosto e serão contratados médicos de diversas áreas, enfermeiros, técnicos em enfermagem, além de farmacêuticos, fisioterapeutas, nutricionistas e físico.

>>> Edital para vagas da Saúde  

A SST também oferece sete vagas para técnico de enfermagem que serão habilitados para atuar no Centro Educacional São Gabriel, em São José. A inscrição termina nesta sexta-feira, 4 de agosto, e pode ser realizada no site da secretaria.  

Também estão previstos concursos para a Polícia Civil e Instituto Geral de Perícias (IGP) para o ingresso de 200 agentes, 194 escrivães, 49 peritos e dois técnicos periciais. Ainda não há data para o lançamento do edital. 

Concursos e processos já realizados ou em andamento 

Para a defesa sanitária, a Cidasc realizou concurso em abril deste ano com 67 vagas para profissionais atuarem nas barreiras sanitárias que ficam nas divisas com os estados vizinhos e com a Argentina, e para 16 médicos veterinários. Os aprovados podem acompanhar as informações no site da Cidasc.

Já a Udesc está realizando um processo seletivo com 81 vagas de professor substituto nas 12 unidades em todo o Estado. As inscrições já estão encerradas e a prova será aplicada no próximo dia 22.

Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo 
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: rafael@secom.sc.gov.br  
Telefone: (48)  3665-3018 / 99116-8992
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

A Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) informa que estão abertas as inscrições para dois novos Processos Seletivos Simplificados para contratação de pessoal por prazo determinado para atuação no campus da instituição, no município de São José.

O Edital 004/2017 oferece vagas para médico neurologista e médico psiquiatra com carga horária de 20 horas semanais, enquanto o Edital 005/2017 oferece vagas para professor/interpretação de Libras e professor/revisão braille com carga horária de 40 horas semanais.

As inscrições são gratuitas e estão abertas de 2 a 25 de agosto de 2017. Mais informações estão nos editais disponíveis no site da FCEE na seção Editais/ Processos Seletivos

Informações adicionais para a imprensa:
Aline Buaes
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Educação Especial - FCCE
E-mail: imprensa@fcee.sc.gov.br
Fone: (48) 3381-1693 / 99115-8918
Site: www.fcee.sc.gov.br

 


Foto: Sabryna Sartott / GVG

O governador Raimundo Colombo determinou ao presidente da Celesc, Cleverson Siewert, e ao secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Sustentável, Carlos Chiodini, a realização de estudo para estimular o Governo Federal a implantar uma política industrial para o carvão. A decisão foi tomada na tarde desta segunda-feira, 19, em reunião em Florianópolis com o vice-governador, Eduardo Pinho Moreira; o secretário de Articulação Nacional, Acélio Casagrande; o presidente da Associação Brasileira do Carvão Mineral, Fernando Zancan, além de Chiodini e Siewert.

Zancan, responsável pelo projeto de extração de CO2 do carvão mineral, avaliou que o Estado tem reservas do minério para mais 50 anos e defendeu sua importância no sistema elétrico nacional. “Na Alemanha, por exemplo, (o carvão) é responsável por 42% da geração de energia, na Polônia, 82%; o Brasil também precisa do carvão e de um programa de incentivo ao seu consumo”, concluiu. O Laboratório de Captura de CO2, no Parque Tecnológico da Faculdade Satc, em Criciúma, deverá ser inaugurado neste ano.

Mais informações para a imprensa:
Vitor Hugo Louzado
Assessoria de Comunicação
Gabinete do Vice-Governador
Fone: (48) 3665-2283 / 99118-9821
E-mail: vhlouzado@hotmail.com 

 

Nesta terça-feira, 13, o governador Raimundo Colombo estará em Blumenau, no Teatro Carlos Gomes, às 10h, para a aula magna e cerimônia de apresentação dos novos profissionais que se formam pelo Programa Entra21-Blusoft na edição 2017. O Governo do Estado está repassando R$ 800 mil para a realização desta nova etapa do programa.

O Programa Entra21-Blusoft tem o objetivo de preparar os jovens para o mercado de trabalho através do treinamento em tecnologia da informação. O treinamento tem até 400 horas e é totalmente gratuito para o aluno, incluindo material didático e vale-transporte. O público-alvo são os jovens que estejam frequentando ou tenham concluído o ensino médio, residentes em Blumenau ou cidades vizinhas. O programa também reserva vagas para pessoas com deficiência.

Desde 2008, a iniciativa já beneficiou e encaminhou mais de dois mil jovens para empregos de qualidade. O programa é financiado pelo Governo do Estado através da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc).

Informações adicionais para a imprensa:
Ricardo Lunge
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Blumenau
E-mail: imprensa@bnu.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3378-8175 / 99232-6300
Site: sc.gov.br/regionais/blumenau

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) abriu inscrições nesta quinta-feira, 11, para um curso gratuito a distância de Especialização em Gestão Pública Municipal, com 150 vagas distribuídas por seis polos de apoio presencial em diferentes regiões catarinenses, nas cidades de Campos Novos, Concórdia, Indaial, Laguna, Palhoça e São Bento do Sul. São 25 vagas em cada polo.

A Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) promove no próximo dia 4 de maio, quarta-feira, o II Seminário Catarinense de Formação Profissional e Empregabilidade da Pessoa com Deficiência: Nos caminhos da inclusão. O evento reúne instituições de atendimento especializado e de formação profissional, órgãos de assistência social, órgãos reguladores e meio empresarial para discutir ações que garantam à pessoa com deficiência o acesso à formação profissional e ao mercado de trabalho. O Seminário ocorre no Auditório da FCEE, no campus da instituição em São José, das 8h30 às 16h30 e contará com palestras de profissionais da própria FCEE, da Apae de Itajaí, do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) e de empresas da Grande Florianópolis. As inscrições podem ser feitas pela internet neste link até o dia 2 de maio.

O acesso das pessoas com deficiência ao mercado de trabalho é um dos direitos fundamentais, em âmbito nacional e internacional, assegurado por legislação específica. A FCEE, referência em estudos, pesquisas e tecnologias na área de educação especial, promove a inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho desde 1981 por meio do Centro de Educação e Trabalho (CENET), que promove atividades tanto na área de qualificação profissional quanto na de colocação no mercado de trabalho. O serviço de colocação no mercado de Ttabalho, coordenado pelo CENET, promoveu, entre 2012 e 2016, a contratação de 520 pessoas com deficiência por empresas da Grande Florianópolis.

SERVIÇO
II Seminário Catarinense de Formação Profissional e Empregabilidade da Pessoa com Deficiência: Nos caminhos da inclusão
DATA: 04/05/2017
HORÁRIO: das 8h30 às 12 e das 13h30 as 16h30
LOCAL: Auditório da Fundação Catarinense de Educação Especial
Rua Paulino Pedro Hermes, 2785 - Bairro Nossa Senhora do Rosário - São José (SC)
PRAZO DE INSCRIÇÃO: até dia 02/05/17
Edital e inscrições neste link

Mais informações para imprensa: 

Aline Buaes -Assessoria de Comunicação FCEE
(048) 3381-1693 / 3381-1600
Rua Paulino Pedro Hermes, 2785 - Bairro Nossa Sra. do Rosário
São José / SC - CEP 88108-900
Email: imprensa@fcee.sc.gov.br