Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

Os desafios do Governo e da sociedade diante da maior crise econômica do país foi o tema central da palestra do governador Raimundo Colombo na noite desta terça-feira, 17, em Braço do Norte, no Sul do Estado. Colombo apresentou as medidas tomadas para que fosse possível cumprir o objetivo de Santa Catarina ser o último estado a entrar na crise e o primeiro a sair dela. Entre as ações, o governador citou a decisão de não aumentar impostos, o incentivo às exportações e a setores como o Turismo e o Agronegócio.

"Deixamos a nossa economia ativa, estimulamos setores que estavam mostrando um potencial, abrimos mão dos impostos para proteger os catarinenses e acima de tudo, fizemos bem a nossa lição de casa cortando gastos", disse o governador. Colombo destacou o fechamento de órgãos do Governo que, já para o ano que vem, vai gerar uma economia de mais de R$ 200 milhões e a reforma da previdência estadual.


Fotos: Jaqueline Noceti / Secom

O governador Raimundo Colombo recebeu na tarde desta terça-feira, 17, no Centro Administrativo, em Florianópolis, representantes dos estados membro da Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean), em missão diplomática no Brasil. O secretário executivo de Assuntos Internacionais, Carlos Adauto Virmond Vieira; o secretário de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação, Valmir Comin; e o embaixador do Escritório de Representação do Ministério das Relações Exteriores em Santa Catarina (Eresc), José Roberto de Almeida Pinto, também recepcionaram a comitiva.

“Somos um estado com seis portos em apenas 1,1% do território nacional. Isso nos traz um ganho muito grande para exportações da nossa produção. No Brasil estamos em primeiro lugar na produção de maçãs e suínos, por exemplo e alcançamos boas posições em produção de frango e soja”, destacou Colombo.

O secretário Carlos Adauto disse que a reunião foi estratégica para o Estado e pela primeira vez representante da Asean foram recebidos pelo governador de Santa Catarina. “Recebemos embaixadores de quatro países dos 10 que compõem o bloco econômico e nós entendemos que isso vai aproximar em muito as relações comerciais entre esses países asiáticos”.



>>> Mais imagens na galeria

“Eles são muito parceiros e têm grande interesse no agronegócio catarinense, principalmente os paíse como Vietnã, Tailândia e Singapura, que é um grande distribuidor de produtos catarinenses para o mundo. O mercado consumidor é muito grande e interessa muito Santa Catarina”, concluiu o secretário Adauto.

No lado esquerdo da mesa estava o cônsul das Filipinas, Eric Valenzuela; a chefe de missão de Singapura, Siew Fei Chin; o embaixador do Vietnã, Do Ba Khoa; e o embaixador da Tailândia, Surasak Suparat. Na direita o consultor geral da secretaria executiva de Assuntos Internacionais, Marcelo Trevisani; o embaixador do Eresc, José Roberto de Almeida Pinto; e o secretário executivo de Assuntos Internacionais, Carlos Adauto Virmond Vieira.

Asean

A Associação de Nações do Sudeste Asiático abrange uma área de 4,4 mil quilômetros quadrados e uma população de 601 milhões de habitantes e um PIB: US$ 888,3 bilhões. É composta pelos país: Tailândia, Filipinas, Malásia, Singapura, Indonésia, Brunei, Vietnã, Mianmar, Laos e Camboja. Foi criada em 8 de agosto de 1967 em Bangkok, Tailândia, com um dos objetivos de acelerar o crescimento econômico, o progresso social e o desenvolvimento cultural na região. 

Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo 
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: rafael@secom.sc.gov.br  
Telefone: (48)  3665-3018 / 99116-8992
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

As obras concluídas na área da Defesa Civil, as melhorias em andamento na infraestrutura e o projeto do Centro de Inovação foram algumas das ações do Governo do Estado destacadas pelo governador Raimundo Colombo, em palestra em Brusque, na noite desta segunda, 16. “Não parar as obras foi uma importante ação para enfrentamento do cenário de crise, contribuindo para geração de emprego e renda em diferentes regiões, ao mesmo tempo em que melhoramos a nossa infraestrutura”, afirmou. O governador também falou dos desafios do cenário econômico nacional, demonstrando otimismo para os próximos meses.

O governador Raimundo Colombo participa, nesta terça-feira, 17, às 10h, de entrevista coletiva no canteiro de obras da Ponte Hercílio Luz, com as presenças do secretário de Estado de Infraestrutura, Luiz Fernando Vampiro, do presidente do Deinfra, Wanderley Agostini, e dos engenheiros do grupo português Teixeira Duarte. O objetivo é fazer uma avaliação dos trabalhos de transferência de carga realizados na semana passada e destacar as próximas ações da obra de restauração. A entrevista será na cabeceira insular da ponte.

Transferência de Carga

O procedimento de transferência de carga é necessário para que o peso da obra original seja depositado gradativamente na estrutura provisória construída abaixo da ponte exclusivamente para a realização da restauração.

Na primeira operação, em fevereiro deste ano, foram içados 13 centímetros do vão central. E agora em outubro, nas quatro operações da semana passada, foram elevados mais 8,7 centímetros na segunda-feira (09/10), 11 centímetros na terça-feira (10/10), 10,9 centímetros na quinta-feira (12/10) e os últimos 10,7 centímetros na última sexta-feira (13/10). O trabalho foi realizado sempre à noite para evitar influências térmicas. 

A transferência de carga da Ponte Hercílio Luz foi concluída com sucesso e antes do tempo previsto. A projeção inicial era de que seriam necessários até 15 dias para o trabalho completo. A reação da estrutura dentro do previsto e o clima favorável durante os procedimentos foram alguns dos fatores que contribuíram para o ganho de tempo.

Serviço:

O quê: Entrevista coletiva, com a participação do governador Raimundo Colombo, sobre as obras de restauração na ponte Hercílio Luz, em Florianópolis.
Quando: Terça-feira, 17/10 às 10h
Onde: Cabeceira insular da Ponte Hercílio Luz
Participarão da entrevista: o secretário de Estado da Infraestrutura, Luiz Fernando Vampiro; o presidente do Deinfra, Wanderley Agostini e engenheiros da empresa Teixeira Duarte.

Informações adicionais para a imprensa
Francieli Dalpiaz 
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: francieli@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3018 / 98843-5676
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Foto: Reprodução

A entrega da última etapa de revitalização do SC-157, no Oeste do estado, a movimentação de containers no Porto de Imbituba, obras na ponte Hercílio Luz e a digitalização da Junta Comercial de Santa Catarina foram os temas da edição desta sexta-feira,13, do programa Com a Palavra, o Governador. Raimundo Colombo abriu a entrevista destacando a importância da SC-157. 

"É um dos maiores investimentos do Governo do Estado em infraetrutura. A obra foi feita em três etapas e, agora, a comunidade, os motoristas e os produtores podem contar com uma rodovia praticamente nova e que é um dos principais corredores de escoamento de produção entre Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul", destacou Colombo.

O governador falou também da movimentação de containers no Porto de Imbituba, depois da abertura da linha internacional para Ásia com a operação de navios de grande porte. "Em um mês essa movimentação já dobrou e o cenário projeta uma dinâmica ainda melhor. É muito bom quando um projeto se transforma em bons resultados. Nós batalhamos muito para que isso pudesse ocorrer no Porto de Imbituba e, realmente, a nossa expectativa se concretizou, trazendo novas alternativas de desenvolvimento para a região Sul e para o estado", avaliou.

As operações de transferência de carga da Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis foram outro assunto do programa. O governador salientou que tem acompanhado cada uma das etapas e está confiante de que, em breve, a ponte possa ser reaberta ao tráfego de veículos. "Estamos vencendo uma das etapas mais sensíveis da restauração e tudo está ocorrendo dentro do que os engenheiros esperavam. Isso nos dá muita segurança para avançar no trabalho e poder devolver às pessoas esse monumento cumprindo sua função na mobilidade", explicou.

Na entrevista, Colombo também destacou a digitalização da Junta Comercial de Santa Catarina. O programa Jucesc Digital é resultado de uma parceria com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável e vai simplificar a abertura de empresas e outros serviços empresariais feitos pela internet. "É um novo serviço, mais moderno, com agilidade. Estamos desburocratizando processos como a abertura e o fechamento de empresas", citou Colombo.

A entrevista completa está disponível nos canais oficiais do Governo de Santa Catarina, no Vimeo e no Youtube. O áudio pode ser acessado pela Rádio Secom.

Informações adicionais para a imprensa
Francieli Dalpiaz 
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: francieli@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3018 / 98843-5676
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Foto: Jaqueline Noceti / Secom

O governador Raimundo Colombo e os prefeitos dos municípios de Itá e Romelândia assinaram nesta terça-feira, 10, os convênios referentes à primeira edição do Fundam. O governador destacou a importância do programa, que promove realização de obras essenciais nos municípios. “Fortalece o nosso modelo de desenvolvimento com obras acontecendo ao mesmo tempo em todos os municípios, sobretudo nos menores que enfrentam com mais dificuldades um período de queda acentuada na arrecadação”, destacou Colombo.


Fotos: Jaqueline Noceti / Secom

O governador Raimundo Colombo recebeu, na tarde desta segunda-feira, 9, o embaixador do Reino Unido, Vijay Rangarajan. Durante o encontro no Centro Administrativo do Governo, em Florianópolis, foram discutidas as possibilidades de parcerias especialmente nas áreas da Saúde e Educação. “Nós estamos em busca de tecnologias para melhorar a qualidade dos nossos serviços, dos nossos modelos de gestão. Nesse sentindo, a parceria nos aproxima, nos permite discutir objetivos comuns e avançar no que possa trazer os melhores resultados”, disse o governador Raimundo Colombo.

Os secretários de Estado da Educação, Eduardo Deschamps, e da Saúde, Vicente Caropreso, acompanharam a reunião e reforçaram o interesse em parcerias com o Reino Unido. Na área da Educação, Deschamps informou que Santa Catarina tem um dos melhores indicadores do país no Ensino Fundamental e que no Ensino Médio está se desenhando um cenário também positivo para o Estado, a partir da implantação do modelo de Educação Integral.


Imagem / Reprodução 

A abertura do mercado sul coreano para a carne suína de Santa Catarina e a consolidação do Estado como o quarto maior produtor de leite do país, superando Goiás, foram os principais temas do programa Com a Palavra, o Governador, desta sexta-feira, 6. Raimundo Colombo destacou que as conquistas são resultado de muito trabalho e incentivo à produção e foram decisivas para o fortalecimento do Estado diante da crise no país.

“Foi um trabalho de muitos anos e que agora é coroado com essa notícia extraordinária. A Coreia do Sul é um grande importador e Santa Catarina tem um importante diferencial no mercado internacional que é o status sanitário livre de febre aftosa sem vacinação. Com a abertura desse mercado, a gente também consegue dinamizar o setor e valorizar o nosso produtor”, disse o governador.

Colombo também falou da consolidação de Santa Catarina como o quarto maior produtor de leite do país. “Temos um território pequeno, e mesmo assim estamos alcançando e ultrapassando grandes produtores. Isso é fruto de investimentos, de assistência técnica adequada, da qualidade da produção e do trabalho das famílias que estão conseguindo acrescentar componentes importantes para diversificar as propriedades”, destacou.

Para Colombo, esse modelo de produção é um dos principais diferenciais de Santa Catarina quando comparado a outros estados durante o período de crise. “Enfrentamos muitas dificuldades, mas estamos saindo da crise com resultados positivos. Um deles é a menor taxa de desemprego do país. E você conseguir preservar o emprego das pessoas, sobretudo nesse cenário desafiador, é uma das maiores ações sociais que um Governo pode promover”.

O governador também falou das expectativas para a temporada de verão 2017. Segundo Colombo, o Estado já está se preparando para reforçar a segurança e serviços como o abastecimento de água e fornecimento de energia. Colombo informou como parâmetro a quantidade de voos charters programados para o Estado que, segundo informou, passou de 160 para 425.

“No ano passado já tivemos uma excelente temporada, o que nos deu crédito para realizar uma maior ainda em 2017. Isso significa reforçar nossas estruturas para oferecer o melhor ao turista. O turismo também é um componente fundamental de crescimento econômico, geração de emprego e renda”. 

A íntegra do Com a Palavra, o Governador está disponível nos canais oficiais do Governo de Santa Catarina no Vimeo e também no Youtube. O áudio do programa pode ser acessado na Rádio Secom.

Informações adicionais para a imprensa
Francieli Dalpiaz 
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: francieli@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3018 / 98843-5676
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Foto: Jeferson Baldo / GVG

“Santa Catarina e o Brasil enfrentam desde de ontem (segunda-feira, 2) sentimentos que se misturam: inicialmente de perplexidade e, depois, de sofrimento, que se prolongará por muito tempo”, declarou o governador em exercício Eduardo Moreira na sessão solene, de corpo presente, do Conselho de Reitores da Universidade Federal de Santa Catarina, em homenagem ao reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo. A cerimônia ocorreu na manhã desta terça-feira, 3, na UFSC.

>>> Mais fotos

A nota de pesar divulgada pelo procurador-geral do Estado, João dos Passos Martins, também passou a ser considerada como oficial do Governo do Estado, anunciou o governador em exercício. Segue a íntegra:

Nota de Pesar do Governo do Estado de Santa Catarina

O Governo do Estado de Santa Catarina vem a público manifestar profundo pesar pelo falecimento do professor Luiz Carlos Cancellier de Olivo, Magnífico Reitor da Universidade Federal de Santa Catarina, bem como solidarizar-se com seus familiares e amigos.

A morte de Cancellier enluta Santa Catarina pela perda de um de seus filhos mais ilustres, um homem digno, de poucas posses, que devotou os últimos anos de sua rica trajetória profissional à nobre causa do ensino, da pesquisa e da extensão universitárias.

A tragédia de sua partida ocorre sob condições revoltantes. As informações disponíveis indicam que Cancellier padeceu sob o abuso de autoridade, seja em relação ao decreto de prisão temporária contra si expedido, seja em relação à imposição de afastamento do exercício do mandato, causas eficientes do dano psicológico que o levaram a tirar a própria vida.

Por isso, respeitado o devido processo legal, é indispensável a apuração das responsabilidades civis, criminais e administrativas das autoridades policiais e judiciárias envolvidas.

Que o legado do professor Luiz Carlos Cancellier de Olivo seja, em meio a tantos outros bens que nos deixou, também o de ter exposto ao país a perversidade de um sistema de justiça criminal sedento de luz e fama, especializado em antecipar penas e martirizar inocentes, sob o falso pretexto de garantir a eficácia de suas investigações.

Mais informações:
Gabinete do Governador em Exercício
Fone: (48) 3665-2283
www.sc.gov.br

O Governo do Estado lamenta o falecimento do reitor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Luiz Carlos Cancellier de Olivo, ocorrida na manhã desta segunda-feira, 2, em Florianópolis, e manifesta solidariedade à família e aos amigos do reitor e à toda a comunidade profissional da universidade catarinense.

O Governo do Estado decretou luto oficial de três dias a partir desta segunda-feira, 2.

Governo do Estado de Santa Catarina