Compartilhe


Foto: Denise Lacerda / SJC

A Defensora Pública de Santa Catarina, Ana Carolina Dihl Cavalin, fez uma visita institucional na tarde desta terça-feira, 12, na Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania (SJC) para encaminhamentos de uma parceria com o sistema penitenciário catarinense. “É importante atuarmos de forma sistemática para trabalharmos de forma conjunta”, destacou Ana Carolina que foi recebida pelo secretário de Estado da Justiça e Cidadania, Leandro Lima, e pelo diretor do Deap, Deiveison Querino Batista.

O secretário Leandro Lima expôs o atual quadro do sistema penitenciário envolvendo as portarias de interdição que limitam o número de presos em 48 das 50 unidades prisionais de Santa Catarina e ressaltou a necessidade de avançar nas políticas de alternativas penais e no uso de tornozeleiras eletrônicas no Estado. “Já adquirimos 987 equipamentos, com a possibilidade de ampliar este número para 2 mil, no entanto atualmente apenas 537 estão em uso, e precisamos continuar sensibilizando o Judiciário”, sublinhou.

Lima ainda enfatizou que hoje existe uma demanda de presos muito elevada em todo o Estado. Em 2017, o sistema registrou uma média de entrada de quatro presos diários, sendo que de janeiro a abril de 2018 este número aumentou para 10 presos por dia, fazendo com que a quantidade de pessoas presas em 2018 já ultrapassasse todo o ano de 2017. “Isso mostra que precisamos rever a postura das prefeituras municipais que se negam em conceder alvarás para a construção de novas unidades, representando um total de 2.608 vagas judicializadas”, concluiu.

Informações adicionais para a imprensa
Denise Lacerda
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania - SJC
E-mail: deniselacerda@sjc.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-5810 / 99152-6934
Site: www.sjc.sc.gov.br