Compartilhe


Fotos: Douglas Saviato / SAN

O secretário de Estado da Segurança Pública, Alceu de Oliveira Pinto, participou de palestras e debates sobre inovações, procedimentos e métodos a serem aplicados no setor durante o Seminário Nacional de Segurança Pública, nesta quarta-feira, 13, na Academia Nacional de Polícia Federal, em Brasília. Com a abertura do presidente da República, Michel Temer, o evento contou com a presença dos ministros de Segurança Pública e Justiça, Raul Jungmann e Torquato Jardim, respectivamente.

 “O seminário, que apresentou cases bem sucedidos em determinadas regiões do país, serve tanto para conhecer boas iniciativas de outras localidades quanto para trocar experiências e informações com outros especialistas, sempre visando em melhorias e incrementos na segurança pública dos catarinenses”, comenta o secretário.

O evento reuniu outros secretários de Estado e demais representantes de órgãos de segurança de Santa Catarina, como o comandante-geral da Polícia Militar, o coronel Araújo Gomes Júnior; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, o coronel João Valério Borges; além do delegado-geral da Polícia Civil, Marcos Ghizoni; e o diretor do Instituto Geral de Perícias (IGP), Giovani Eduardo Adriano.

UNIÃO DE POLÍCIAS 

Temer abriu o seminário ressaltando a importância da unificação das polícias com o Sistema Único de Segurança Pública (SUSP), medida provisória aprovada no Congresso Nacional e sancionada na última segunda-feira, 11, em ato realizado no Palácio do Planalto. “As forças de segurança de todo o país terão bases de dados padronizados, inteligência compartilhada e estratégias comuns. Com o crime cada vez mais sofisticado, precisamos que o combate à violência ocorra na mesma altura”, frisa.

Além da implantação do SUSP, no qual cada órgão atuará nos limites de suas competências de forma cooperativa, sistêmica e harmônica, o seminário abordou questões variadas, como: valorização e proteção policial, legítima defesa, rede integrada de bancos de perfis genéricos, registro de ocorrências, ronda integrada, papel da guarda municipal na segurança pública, bem como os sistemas Conecta e Alerta Brasil.

O evento continua nesta quinta-feira, 14, com uma programação mais voltada para grupos de trabalho. Serão discutidos a padronização bélica e o financiamento do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) para segurança pública e ainda o controle de armamentos. Logo após, serão realizados os grupos de trabalho.

Informações adicionais para a imprensa
Douglas Saviato
Assessoria de Imprensa 
Secretaria Executiva de Articulação Nacional
E-mail: douglas@san.sc.gov.br
Fone: (61) 3101-0900 / 99304-0198
Site: www.san.sc.gov.br