Foto: Divulgação / SSP

O Laboratório de Inovação em Segurança Pública – HUBSSP/SC - começou na última semana o ciclo de palestras que aborda as principais temáticas relacionadas à Inovação no Serviço Público. O objetivo principal dos encontros é contextualizar a servidores e convidados, as conhecidas “Tags da Inovação”, que podem ser definidas como temas, metodologias, procedimentos e abordagens, as quais influenciam diretamente na gestão e, consequentemente, na relação entre governo e sociedade.

A primeira palestra teve como tema “Internet de suas coisas e de todas as outras” e foi ministrada pelo coronel Luís Haroldo de Mattos, diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação da SSP e também Instrutor Certificado da CISCO System, uma das precursoras mundial da Internet das Coisas, que também é conhecida pela abreviação em inglês IoT (Internet of Things).

No último dia 6 de dezembro, a convidada a palestrar foi a Pós-Doutora em Design e Doutora em Engenharia de Produção pela UFSC, Profª Clarissa Stefani Teixeira, com o tema “Ambientes de Criatividade e Inovação em Governo: Chegaram para ficar?”. A palestra abordou aspectos envolvendo iniciativas governamentais e iniciativas privadas na corrida pela inovação, alavancada por um público cada vez mais exigente, que a cada dia faz questão de receber suas demandas através do mundo digital. Prova disso são desenhos realizados por crianças de 6 anos que indicam o estrondo que essa geração vai proporcionar.

Na sua explanação fez o convite para a SSP participar das ações e estudos que envolvem o tema “cidades inteligentes”, pois considera a segurança um pilar fundamental para que as cidades sejam realmente usufruídas por todos de maneira colaborativa. Foi ainda falado do Livro “As lições de Bogotá & Medelin - Do Caos à referência mundial", exemplificando como a sociedade em conjunto com governo, iniciativa privada e universidades podem colaborar para criar valor ao cidadão.

Participaram das palestras diretores, gerentes, servidores e terceirizados que atuam nas mais diversas áreas da secretaria, incluindo servidores das instituições vinculadas, e servidores do Ministério Público e Correios. Além dos diversos seguidores do Lab nas redes sociais, acompanhando os eventos que foram transmitidos ao vivo.

Informações adicionais para a imprensa
João Carlos Mendonça Santos
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Segurança Pública - SSP
E-mail: imprensa@ssp.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-8183 / 98843-7615
Site: www.ssp.sc.gov.br

 

 


Fotos: Nery Nader Jr/ADR Mafra

Raimundo Colombo visitou, na tarde desta quinta-feira, 7, o município de Monte Castelo, no Planalto Norte catarinense. Na Câmara Municipal, o governador foi recebido pelo prefeito Jean Carlo Medeiros de Souza, pelo vice-prefeito Adriano de Jesus Paulista Medeiros, pelo secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Mafra, Abel Schroeder, além de vereadores, secretários municipais, servidores, lideranças locais e estaduais.

>>> Galeria de fotos

Colombo ouviu as reivindicações locais, principalmente com relação à segurança pública, confirmando a ida de efetivo para o município e se prontificando a colocar Monte Castelo na lista dos próximos municípios a receber o sistema de monitoramento da Polícia Militar.

“Nós fizemos um esforço este ano e, embora com toda essa crise, fizemos uma contratação de agentes e delegados da Polícia Civil, foi feito um concurso e já foram liberados. E dia 15, a gente forma mais de 900 policiais militares”, destacou o governador para o público presente, que contava com o comandante-interino da Guarnição Especial PM de Mafra, major Marcelo Pereira, e o delegado regional de Mafra, Rafaello Ross.

Mais informações para a imprensa:
Nery Nader Jr.
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de Mafra
E-mail: imprensa@mfa.sdr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3647-0017 / 99240-5668
Site: sc.gov.br/regionais/mafra


Fotos: Julio Cavalheiro/Secom

Aluno da E.E.B. Frei Nicodemus, Eduardo Reitz dos Santos, 10 anos, chegou empolgado no Centro Serra, local escolhido para a formatura do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), realizada no início desta terça-feira, 5, em Lages. Ele era um dos 1,2 mil alunos das redes municipal, estadual e particular de ensino do município que receberam orientações de policiais militares ao longo do ano.

Eduardo chegou acompanhado da mãe, Samira Reitz dos Santos, que atestou a influência do Proerd na educação do filho. "Só acrescentou. Já havia conversado com ele sobre o assunto. Hoje em dia, acontece muita coisa na vida deles, então foi muito bom", elogiou Samira.

>>> Galeria de fotos

O Proerd chegou a Santa Catarina em 1998 e teve Lages como cidade pioneira. Em 2017, o programa promovido pela Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) chega a marca de 1,3 milhões de alunos formados. Só este ano, as duas formaturas realizadas no município da Serra catarinense totalizaram 2,2 mil alunos formados.

"Hoje é um grande dia para a comunidade escolar. É fantástico saber que este programa vai fazer 20 anos fazendo a diferença. Temos a comprovação de que, além de prevenir o uso de drogas, ele também melhora o relacionamento entre pais e filhos e diminiu o índice de bullying, outra situação trabalhada", ressaltou o sub-tenente PM Alcione Donisete Mota, que realiza trabalho de mentoria com a capacitação dos policiais militares que atuam no programa.

Os 1,2 mil alunos da 5ª série das redes municipal, estadual e particular participaram do programa ao longo de dez semanas, divididas em três etapas durante o ano. Aulas expositivas, vídeos educativos e dinâmicas de grupo foram desenvolvidas para tratar de temas como os efeitos e consequências do uso de drogas.

Para completar a formatura, o Proerd ganhou importante reforço em Lages com a doação de um veículo VW Gol, feita pela Câmara de Vereadores, a partir de recursos economizados pelo Legislativo ao longo do ano. "Educar os filhos não tem sido tarefa fácil, mas com o apoio dos policiais proerdianos e apoio de empresas, que reforçam o Proerd, não tem como não dar certo", declarou a professora e atual presidente da Câmara de Vereadores, Aida Hoffer.

O secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional de Lages, João Alberto Duarte, representou o governador Raimundo Colombo na formatura, e destacou o envolvimento dos pais, que lotaram o Centro Serra para acompanhar a formatura dos filhos. "Além de prevenir o uso de drogas, o programa mantém a família unida e, só assim, teremos uma sociedade forte para enfrentar os problemas do dia a dia, como a violência", completou. Para encerrar em clima de festa, o leão Daren, mascote do Proerd, subiu ao palco e divertiu a garotada.

Informações adicionais para Imprensa:
Cristiano Rigo Dalcin
Assessoria de Comunicação
ADR Lages
Fones: (49) 98839-1727 / (48) 99984-3619
E-mail: imprensa.sdrlages@gmail.com
Site: sc.gov.br/regionais/lages

 


Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

O governador Raimundo Colombo assinou nesta segunda-feira, 4, o acordo de cooperação entre o Governo do Estado e o Governo da Província de Misiones-Argentina e o convênio técnico para viabilizar a vinda de policiais argentinos para a próxima edição da Operação Veraneio 2017/2018, com lançamento oficial previsto para 15 de dezembro. Os atos foram realizados na Casa d'Agronômica, em Florianópolis, com honras militares ao governador da Província de Misiones, Hugo Passalacqua na presença do secretário de Estado da Segurança Pública, César Augusto Grubba, e cúpulas da Segurança Pública catarinense e argentina e do secretário executivo de Assuntos Internacionais, Carlos Adauto Virmond Vieira. 


Foto: Divulgação/PC

Em trabalho conjunto, a Polícia Civil, por meio da Divisão Especializada de Combate ao Narcotráfico (Denarc), a Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) e a Receita Federal do Brasil realizaram, na manhã desta segunda-feira, 4, a apreensão de 100Kg de substância semelhante a “cocaína”, com valor estimado em R$ 3 milhões.

O condutor de um veículo Renault Master foi abordado às margens da BR-101, no município de Camboriú. Após verificação, foi constatado que, no assoalho do carro, estavam ocultados 94 tabletes da substância, com os símbolos Mercedes Benz e Rolex.

Ele recebeu voz de prisão e foi conduzido até a sede da Deic, onde será autuado pelo crime de tráfico interestadual de drogas. O homem é natural e reside na cidade de Curitiba, no Paraná, e tem 40 anos de idade.

O trabalho de investigação durou cerca de quatro semanas e envolveu equipes da Polícia Civil - Denarc/Deic - e Receita Federal do Brasil.

Informações adicionais para a imprensa
Clarissa Margotti
Assessoria de Imprensa
Polícia Civil - PC
E-mail: imprensa@pc.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-2313 / 99968-9600
Site: www.policiacivil.sc.gov.br

projeto rumo 6

A busca incessante de ressocializar adolescentes em conflito com lei no município de Camboriú fez com que a Polícia Civil, através da Delegacia da Comarca, idealizasse o projeto Rumo Certo, para dar oportunidade e inserir estes jovens na sociedade, através de oficinas e qualificação profissional. Em parceria com outras instituições, foi buscado desenvolver habilidades dos jovens, para a construção de  projetos de vida, reduzindo a reincidência em atos infracionais.


Fotos: James Tavares/Secom

A Segurança Pública de Santa Catarina passa contar com um reforço de mais 195 novos profissionais. São 138 agentes de Polícia Civil e 57 delegados. O governador Raimundo Colombo, o vice Eduardo Pinho Moreira e o secretário de Segurança Pública, César Augusto Grubba, participaram na manhã desta segunda-feira, 27, em Florianópolis, da cerimônia de formatura no Teatro Pedro Ivo, em Florianópolis.

Os profissionais irão atuar nas 30 delegacias regionais e nas diretorias de polícia. Em 15 dias, devem começam a trabalhar em suas lotações, já para início da Operação Veraneio. As cidades de Florianópolis, Joinville, Blumenau e Chapecó receberão um contingente maior em função da criminalidade nestes municípios.

>>> Como ficou a distribuição dos profissionais nos municípios

>>> Mais imagens da galeria de fotos

“Estamos ampliando a nossa estrutura, efetivos, tecnologia e equipamentos de investigação para que possamos aumentar cada vez mais a eficiência e os nossos resultados. Nos próximos dias, também serão incorporados mais quase mil novos policiais militares. Todo este trabalho será continuado por alguns anos, para que possamos enfrentar com mais rigor e força a questão da falta de segurança, que é uma ameaça a todos nós e se agrava a cada dia no Brasil inteiro”, disse o governador.

O vice Eduardo Pinho Moreira salientou que Santa Catarina apresenta indicadores satisfatórios, mas ainda precisa melhorar na área da segurança. “Melhoria é o que buscamos todos os dias. Esse aporte de novos agentes e delegados dará mais força para repressão e vai auxiliar na diminuição da criminalidade em Santa Catarina”, explicou.

Desde 2011, foram efetivados pelo Governo do Estado 1.336 policiais civis. Com os 195 policiais que se formaram nesta segunda, a Polícia civil passa a contar com 3.282 policiais civis efetivos distribuídos nos cargos de delegados (442), agentes (2.248), escrivães (519) e psicólogos policiais (73).

O secretário de Segurança Pública destacou que a luta cotidiana do enfrentamento ao crime e à violência deve se dar em todas as frentes de ataques possíveis, de forma integrada entre instituições, pessoas, tecnologia e inteligência. “Hoje é um dia muito importante. Os novos profissionais vêm para somar esforços, para fortalecer e engrandecer a instituição. Eles vão fazer a diferença em resultados e em serviços de excelência à população catarinense”, disse Grubba.

Formação

Por cinco meses, os alunos passaram por treinamentos com aulas teóricas e práticas, distribuídas em 55 disciplinas, na Academia da Polícia Civil (Acadepol), em Florianópolis. Entre as disciplinas estão aulas específicas do cargo, como Investigação Criminal, Sobrevivência Policial, Tecnologias da Informação Policial, Direitos Humanos e Ética e Cidadania. O curso também comtemplou aulas de tiro e técnicas operacionais. Os novos profissionais ainda concluíram 160 horas de estágios em delegacias da Capital e cidades do interior.

“São 195 novos profissionais que estão ingressando na Polícia Civil e que possuem toda a especialização possível. São verdadeiros especialistas em investigação, que irão contribuir muito com a segurança pública”, disse o diretor da Acadepol, delegado Laurito Akira Sato.

O delegado geral da Polícia Civil, Artur Nitz, lembrou que os novos profissionais passaram por um processo seletivo rigoroso. “Eles concluíram com méritos todas as etapas. Peço que utilizem suas habilidades e os ensinamentos recebidos, sempre pensando no bem estar da sociedade. Sirvam a população com amor e carinho. Prestem um atendimento de qualidade e com prontidão”, solicitou.

Um dos delegados que acaba de se formar já tem em mente o dever e o caminho a ser traçado dentro da instituição. “Acredito que cada um de nós que se forma hoje saberá honrar e valorizar a Polícia Civil e proteger a sociedade catarinense”, afirmou Leonardo Ribeiro Zanbeli.

Informações adicionais para a imprensa:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: bety@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3014 / 98843-5460
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

Informações adicionais para a imprensa
João Carlos Mendonça Santos
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Segurança Pública - SSP
E-mail: imprensa@ssp.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-8183 / 98843-7615
Site: www.ssp.sc.gov.br


Foto: James Tavares/Secom

Neste sábado, 25, em Jaraguá do Sul, o governador Raimundo Colombo inaugurou 12,2 quilômetros de revitalização da Rodovia Wolfgang Weege (SC-110) com investimento de R$ 14 milhões e palestrou à comunidade sobre os avanços de Santa Catarina. Na oportunidade, Colombo e o secretário de Estado da Segurança Pública, Cesar Augusto Grubba, assinaram o decreto de criação da 12ª Região de Policia Militar. 

Com isso, a 12ª RPM, com sede em Jaraguá do Sul, vai absorver parte dos municípios - 14º e 23º batalhões - que atualmente integram a 5ª Região de Polícia Militar de Joinville. Dessa forma, o número de cidades e a abrangência territorial e operacional da 5ª RPM serão reduzidos e manterão o contingente de efetivo. O comandante da nova estrutura será o coronel Amarildo do Assis Alves. 

“É um avanço significativo porque fortalece Joinville, que permanecerá com o efetivo dos batalhões existentes mais voltados ao próprio município e às cidades do seu entorno. É onde estamos dando uma atenção para combater a criminalidade. E, com isso, ainda haverá mais autonomia para a região de Jaraguá do Sul até São Bento do Sul”, explicou. "O novo comandante tem um perfil operacional e é extremamente qualificado. Será anunciado nos próximos dias", disse o governador Colombo.

A secretária da Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville, Simone Schramm, acompanhou os anúncios. Na ocasião, o governador confirmou que, na segunda-feira, 27, começam a trabalhar mais 14 servidores na 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil, em Joinville, sendo seis novos delegados. E no dia 13 de dezembro, será a formatura dos soldados que passarão a integrar as corporações em todo o Estado, inclusive na 5ª e 12ªRPM.

Informações adicionais para a imprensa:
Ana Paula Keller
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville
E-mail: anakeller@jve.adr.sc.gov.br / imprensa@jve.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3461-1225 / 99240-8064
Site: sc.gov.br/regionais/joinville


Fotos: James Tavares / Secom

Santa Catarina ganha a partir de segunda-feira, 27, mais um reforço na área da Segurança Pública, com o ingresso de 195 novos profissionais (138 agentes de Polícia Civil e 57 delegados).  A cerimônia de formatura será realizada nesta segunda-feira, dia 27, no Teatro Pedro Ivo, às 10h,  em Florianópolis. Os profissionais irão atuar nas 30 delegacias regionais e nas diretorias de polícia. Em 15 dias os policiais começam a trabalhar em suas lotações, já para início da Operação Veraneio.

Desde 2011 foram efetivados pelo Governo do Estado 1.336 novos policiais civis. Com a formação destes policiais, a Instituição Polícia civil passa a contar com 3.282 policiais civis efetivos distribuídos nos cargos de delegados (442), agentes (2.248), escrivães (519) e psicólogos policiais (73).  

O governador Raimundo Colombo disse que o reforço vem ao encontro de um anseio da sociedade por mais segurança. “Santa Catarina recebe novos agentes, que agora treinados e habilitados estão prontos para proteger a população em todas as regiões do Estado. A inteligência destes novos profissionais nos quadros da polícia civil, que chegam às delegacias com uma formação diferenciada, serão fundamentais para atender às demandas da população”, destacou Colombo.

O grupo iniciou a formação há cinco meses e passou por treinamentos teóricos e práticos na Academia da Polícia Civil (Acadepol), em Florianópolis. O diretor da Acadepol, delegado Laurito Akira Sato informou que os novos profissionais receberam treinamento técnico, jurídico, operacional e tático.



>>> Mais imagens na galeria

“Com certeza, não só no contexto social, mas também da segurança pública, a contribuição deles será muito grande. Eles estão saindo com uma especialização nunca vista em relação às tecnologias aplicadas à investigação. Saem prontos para atuar em todas as demandas. É um marco para a história  da Polícia Civil, justamente por passar informações que anteriormente se achava de cunho específico e hoje foram abertas para todos os níveis de atuação e formação”, explicou Akira.

Para o secretário de Segurança Pública, César Augusto Grubba, a recomposição e a melhoria do contingente vem sendo feita no governo Colombo. “Nestes seis anos de gestão, a área da Segurança Pública recebeu um acréscimo de mais de 7 mil servidores distribuídos entre as instituições que compõem o sistema da SSP”, afirmou.

“No final do ano passado tivemos a formatura de 420 agentes e um grande número de delegados de polícia, que também já foram distribuídos nas 30 regiões. Estamos levando em consideração, critérios técnicos, como taxas de homicídio e dos índices de criminalidade para fim de que houvesse uma distribuição harmônica entre todas as regiões policiais desse efetivo que se formou no ano passado”, salientou o delegado geral da Polícia Civil, Artur Nitz.

Os formandos

Carolina Quintana Guedes, de Florianópolis, vai atuar como delegada de polícia e relatou que a formatura é a realização de um sonho. “Sempre almejei essa função. São muitos os atributos que me atraem na Polícia Civil, desde zelar pela qualidade de vida, garantir a segurança do cidadão catarinense. É uma missão nobre e acredito que posso fazer muito pelo Estado”.

“Minha vontade é de servir a população. Dentro da área da Segurança ser delegado sempre foi meu objetivo. Estes cinco meses na Acadepol foram intensos, as aulas foram muito boas. Estamos preparados e com muita vontade de prestar atendimento à população da melhor forma possível”, salientou Ricardo Maurino Melo, que terá o cargo de delegado.


Ricardo Maurino Melo

A nova agente de Polícia Civil, Rosemere Barros Cipriano, disse que os meses de treinamento na Acadepol foram muito bem aproveitados para fazer agora realizar os trabalhos, além de criar laços de amizades. “Na verdade formamos uma família entre professores e alunos e por isso hoje afirmamos, essa família começa na Acadepol”.

Priscila Vales Mesquita veio de Brasília e prestou concurso para agente. Ela contou que foi muito bem recebida e sai da academia sabendo do seu dever com a sociedade. “Aqui é a realização de um sonho, mas ainda pretendo continuar estudando e passar para delegada. Estou muito feliz em Santa Catarina”.


Priscila Mesquita 

Vinicius Ritterbuch lembrou que a vontade de atuar na Polícia Civil começou ainda quando era estagiário na delegacia de Frederico Westphalen, no Norte do Rio Grande do Sul. “Encerro aqui um ciclo, estudei e me qualifiquei. Após uma preparação árdua, deste concurso de alto nível, consegui realizar meu objetivo e vou trabalhar muito para proteger a população nesta área que tanto necessita”.


Formatura:
Quando: 27/11 
Horário: 10h
Local: Teatro Pedro Ivo, na SC-401, em Florianópolis

Informações adicionais para a imprensa:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: bety@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3014 / 98843-5460
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Informações adicionais para a imprensa
Clarissa Margotti
Assessoria de Imprensa
Polícia Civil - PC
E-mail: imprensa@pc.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-2313 / 99968-9600
Site: www.policiacivil.sc.gov.br


Foto: Eduardo Zabot/ADR Tubarão

O lançamento do projeto piloto que vai possibilitar que um policial de cada viatura esteja com câmeras pessoais para gravação das ocorrências aconteceu nesta quinta-feira, 23, no salão nobre da Unisul. Segundo o subcomandante geral da Polícia Militar de Santa Catarina, Coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior, que realizou o lançamento do equipamento, a tecnologia é de ponta e o Policial Militar vai portar uma câmera presa ao seu colete, sendo capaz de registrar as intervenções policiais.

“Esse projeto é desenvolvido em parceria com uma instituição não governamental, a Igarapé, com a colaboração de duas universidades internacionais, uma norte americana e outra inglesa. São muitos os ganhos dessa filmagem, primeiro melhora o comportamento do cidadão e do policial, segundo é a coleta de provas que vão servir de base para acusação e eventual condenação será mais técnica, mais precisa”, explica o coronel Araújo Gomes.

O sistema promete ser capaz de baixar as imagens num banco de dados, sendo possível fazer a busca através de um software próprio. As imagens capturas pelas câmeras poderão ser visualizadas, porém, não acessíveis ao policial ou qualquer outra pessoa. Essas imagens serão retiradas no berço que criptografado, indo direto para o servidor onde fica protegida. Tubarão inicia as atividades piloto com cinco equipamentos.

“Tubarão é uma cidade que possui um tamanho relevante para fazer uma experiência boa, mais índice de criminalidade sob controle, com um cenário mediano. Foi escolhido também pela qualidade dos relacionamentos locais entre as agências envolvidas na produção de segurança, e a cultura de inovação, suporte e apoio do batalhão local para esses tipos de projetos”, destaca o subcomandante.

No início de 2018 haverá mais investimentos para aquisição de 135 câmeras para expandir o projeto em ouras cidades do Estado, o objetivo é chegar em 2019 com pelo menos uma câmera para cada viatura em serviço.

Informações adicionais para a imprensa:
Eduardo Zabot
Agência de Desenvolvimento Regional de Tubarão
E-mail: imprensa@tro.sdr.sc.gov.br
Telefones: 48 3631-9106 / 98843-1702 / WhatsApp 98833-1471