A Polícia Civil, através do Setor de Investigação Criminal de Capinzal, cumpriu um mandado de prisão de uma jovem, de 22 anos, na manhã desta segunda-feira, 27, acusada de ser cúmplice do crime que vitimou seu bebê, de dois meses, na madrugada de sábado, 25, no Loteamento Parizotto, em Capinzal. O pai da criança, de 21 anos, foi preso quando se deslocava para o hospital. O menino foi encaminhado para o hospital pelos avós, ainda na madrugada, mas já chegou sem vida. A médica plantonista desconfiou das lesões aparentes no corpo do bebê, como hematomas e afundamento de crânio e acionou a polícia.

A Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC), de Itajaí prendeu cinco pessoas, integrantes de uma quadrilha que cometia roubos e receptações de cargas em Itajaí e região. As prisões foram em decorrência do cumprimento de cinco mandados de prisão preventiva, realizado no sábado, 25, nas cidades de Gaspar, Itapema, Ilhota, Itajaí e Biguaçu, na Grande Florianópolis. Foram apreendidos 48 quilos de cocaína, R$ 15 mil em espécie, 45 gramas de maconha e sete munições de calibre 380.

Com apoio da Câmara de Vereadores de Itajaí e da prefeitura de Itajaí, o secretário regional Gaspar Laus definiu que será feito trabalho conjunto para segurança da Escola de Educação Básica Elfrida Cristino da Silva, no bairro São Vicente. A guarda patrimonial do município fará a vigilância da unidade escolar a partir desta sexta-feira, 24, às 19h, e pelos próximos dez dias.

A Coordenadoria de Trânsito – Codetran- dará apoio na entrada e saída dos alunos. “A cooperação se dará até que seja feita a instalação das câmeras de vigilância e contratação de segurança pelo Governo do Estado”, diz Laus.

policia militar rodoviaria sera transferida para a via rapida 20170323 1544927986

Acompanhado do tenente Fabiano Marques, comandante da 2ª Companhia da Polícia Militar Rodoviária (PMRV), o secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional de Criciúma, João Fabris, visitou as obras da Via Rápida para definir o local que será instalado o posto policial da Polícia Militar Rodoviária. A proposta será encaminhada ao secretário de Estado da Infraestrutura, Luiz Fernando Vampiro.

 Após a inauguração da obra, a PMRV deixará o posto na SC-445, no Bairro Liri, e passará a ter cobertura na altura do KM 7,5 da Via Rápida. O local escolhido tem recuo nas laterais de aproximadamente 50 metros já indenizados. “Optamos por este local porque além de ter boa visibilidade tem um bom espaço nas laterais já indenizados pelo Estado. Assim evitamos mais gastos e uma eventual demora com a burocracia na escolha do local”, explica Fabris.

Além disso, o posto ficará em uma altura de linha reta da rodovia, facilitando possíveis operações e abordagens da PMRV. “Nosso atual posto não permite grandes operações e abordagens. Acreditamos que após a vinda da PMRV para a Via Rápida estaremos mais bem preparados para desempenhar o papel da polícia protegendo e orientando os motoristas que por ali trafegam”, complementa.

 

Informações adicionais para a imprensa:
Paula Darós Darolt
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Criciúma
E-mail:  imprensa@cua.sdr.sc.gov.br
Fone: (48) 3403-1018 / 99127-6838
Site: www.adrs.sc.gov.br/adrcriciuma

A Polícia Civil, através da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (Draco/Deic), com apoio da Divisão de Investigação Criminal de Joinville, por volta das 6h desta quarta-feira, 22, deflagrou a Operação Êxodo 22, para dar cumprimento de 10 mandados de busca e apreensão e ainda, cinco mandados de prisão preventiva.Da operação resultou no cumprimento de quatro Mandados de Prisão Preventiva, sendo um deles também autuado em flagrante por tráfico de drogas. Um indivíduo permanece foragido e está sendo procurado pela equipe da Draco.

A Polícia Civil, através da Divisão de Defraudações, deflagrou a operação Spam, para coibir fraudes de hackers contra instituições bancárias no Estado. Foi cumprido na manhã de terça-feira, 21, um Mandado de Busca e Apreensão na residência de um suspeito, de 25 anos, responsável pelo golpe, avaliado em R$ 400 mil, contra um banco. A ação policial ocorreu no Bairro Itoupava Norte, em Blumenau. O suspeito foi indiciado por furto mediante fraude e depois de interrogado, foi liberado.

A implantação do PMSC Mobile foi realizada nesta segunda, dia 20, em Dionísio Cerqueira. Com o programa cada viatura policial conta com um kit de tecnologia móvel composto por um tablet e uma impressora térmica portátil, adaptados ao veículo.

Com o PMSC Mobile, as informações de 11 formulários de papel estão sistematizadas agora em um aplicativo informatizado. Assim, o registro de ocorrências torna-se mais ágil e menos propenso a erros, e a etapa de inserção dos dados registrados nestes formulários será suprimida, liberando o efetivo para outras atividades e acelerando a oferta das informações para uso dos órgãos de segurança pública.

Um acordo de cooperação técnica entre a Secretaria de Estado da Segurança Pública e a Academia Nacional da Polícia Rodoviária Federal (ANPRF) foi assinado nesta quinta-feira, 16. Ele vai incentivar o intercâmbio técnico, científico, cultural, administrativo, de instalações físicas, equipamentos e de recursos humanos entre as instituições signatárias.

Ainda, no âmbito da capacitação e formação, o acordo busca estimular o desenvolvimento de pesquisas e extensão, cursos de pós-graduação, treinamentos, estágios e colaboração nos serviços correlatos e de interesse comum.

A Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de São Miguel do Oeste, deflagrou uma operação denominada Falsário. Na quinta-feira, 16, foram cumpridos três mandados de prisão preventiva, três mandados de prisão temporária, sete mandados de busca e apreensão e uma condução coercitiva, após uma investigação que durou 60 dias.

A polícia investigava uma associação criminosa, responsável pela comercialização e distribuição de documentos públicos falsos como (cheques, Carteira Nacional de Habilitação e documento de veículo).

Oito pessoas foram presas durante a Operação F7, realizada na manhã de quinta-feira, 16, por uma força-tarefa composta pela Polícia Civil, Secretaria da Fazenda de Santa Catarina e Receita Federal. Outras duas estão foragidas. Também foram cumpridos 18 mandados de busca e apreensão. Os detalhes da ação, que investiga organização criminosa responsável em desenvolver um software com o objetivo de sonegar impostos, foram concedidos nesta sexta-feira, 17, em coletiva à imprensa na sede da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic).