Foto: Deise Silva / Ciasc

A competição de programação do Centro de Informática e Automação de Santa Catarina (Ciasc) premiou soluções tecnológicas para a área de Segurança Pública. Realizada no último fim de semana, o 2º Hackathon #DesenvolveSC contou com 150 participantes, entre estudantes, mentores e palestrantes. “Foi difícil escolher os melhores projetos, tínhamos 10 trabalhos concorrendo e contamos com um júri diversificado, com professores, empresários e equipe técnica”, explica o vice-presidente de Tecnologia do Ciasc, Luiz Antônio da Costa Silva.

A equipe Devoz ficou em primeiro lugar com o projeto WebZinhos, recebendo R$ 5 mil. Já o segundo colocado foi o dispositivo Geo, da equipe If- Else, premiada com R$ 3 mil. Foi realizada, ainda, uma menção honrosa para o time Guardiões pelo aplicativo Protetor.

O WebZinhos é uma plataforma para controle e gerenciamento da Rede de Vizinhos, programa da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC). “Hoje são mais de mil grupos de WhattsApp e fica difícil controlar e analisar as informações. Desenvolvemos um aplicativo mobile e um sistema web de controle e gerenciamento de toda a rede”, explica Sarah Pfaffenzeller Esquivel, da Devoz.

Já o dispositivo Geo é para medição de umidade e movimentação do solo, cujo objetivo é auxiliar a Defesa Civil no monitoramento de áreas de risco. “O Geo soluciona o problema da falta de dados concretos e granulares em regiões específicas, já que áreas remotas podem ficar à mercê da disponibilidade e localização de estações meteorológicas”, relata Pedro Von, do time If- Else.

O aplicativo Protetor visa garantir o cumprimento das medidas protetivas de urgência, facilitando o atendimento das mulheres que estão em situação de risco. A estudante Aline Subtil, da equipe Guardiões, conta que a solução possui um botão de emergência que comunicará diretamente como chamada prioritária no sistema de informações da Polícia Militar. “Assim é possível acelerar o chamado, sem precisar ligar para 190”, enfatiza.

“São ações como esta que aproximam o Governo do cidadão, promovendo e valorizando novas iniciativas e projetos que atendam as necessidades da sociedade catarinense”, reforça o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Carlos Chiodini. O 2º Hackathon #DesenvolveSC foi realizado com parceria da SDS, Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) e Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). 

Informações adicionais para a imprensa
Michelle Nunes
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável - SDS
E-mail: jornalistaminunes@gmail.com
Fone: (48) 3665-2261 / 99929-4998
Site: www.sds.sc.gov.br

Três equipes representantes da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) foram classificadas na 2ª Edição do Hackathon #DesenvolveSC, realizado de 18 a 20 de agosto nas dependências do Centro de Informática e Automação de Santa Catarina (Ciasc).

O concurso teve como temática segurança pública, envolvendo as instituições que compõem o sistema de Segurança Pública - Polícia Militar, a Polícia Civil, o Corpo de Bombeiros Militares e o Instituto Geral de Perícias.

O evento tem por objetivo o desenvolvimento de solução de tecnológica de código aberto na área de segurança pública.

Visa promover um ambiente de inovação e colaboração entre o Governo e a comunidade universitária, mesclando conhecimentos acadêmicos com práticas do mercado profissional, estimulando a criação de solução tecnológica na área de segurança pública, visando a transferência dessas tecnologias para a sociedade.

Segue um breve histórico dos projetos vencedores. As equipes, agora,  têm prazo para concluir os trabalhos e encaminhar às instituições que deverão viabilizá-los ao público.

O evento foi prestigiado pelo secretário adjunto da Segurança Pública, delegado Aldo Pinheiro D’Ávila; diretor de Formação e Capacitação Profissional, Adilson Porto, e o diretor da Divisão de Tecnologia da Informação e Comunicações, Coronel BM Luiz Haroldo de Mattos.

Equipe 1° Lugar 

Nome da equipe: Devoz

Nossa solução foi desenvolver uma plataforma para controle e gerenciamento da Rede de Vizinhos, programa da Polícia Militar.

É um programa que serve para aproximar a comunidade da PM através de grupos no whatsapp. Porém, hoje, temos mais de 1000 grupos em SC. E fica difícil para a PM controlar e gerenciar todos esses grupos. Hoje o cadastro dessas pessoas e o controle desses grupos são feitos no Google forms e muitas vezes até em papéis. Desenvolvemos um aplicativo mobile para a comunidade baixar e se cadastrar para participar do programa. E desenvolvemos também um sistema Web de controle e gerenciamento de toda a Rede de Vizinhos de SC, onde os Policiais podem gerenciar todos os grupos da rede, e as pessoas que participam, além de visualizar estatísticas.

Os nomes dos participantes

Sarah Izabel Pfaffenzeller Esquivel
Matheus Medeiros Gentil
José Raupp
Christian Osta
Pedro Ivo

Equipe 2°Lugar

Nome da equipe:Geo

Nossa solução é um dispositivo de medição de umidade e movimentação do solo que tem por objetivo auxiliar a defesa civil no monitoramento de áreas de risco. O problema que ele resolve é o da falta de dados concretos e granulares em regiões específicas, já que áreas remotas podem ficar à mercê da disponibilidade e localização de estações meteorológicas.

Os membros da equipe são Pedro von Hertwig, o Rodolfo Schiavi e o Gustavo Martins da Silva. Equipe Menção Honrosa (equipe destaque,escolhida pelos mentores)

Equipe 3° Lugar 

Nome do equipe : Guardiões

Nosso aplicativo visa garantir o cumprimento das medidas protetivas de urgência de forma a facilitar o atendimento das mulheres que estão sob essa proteção. Caso a mulher se encontre novamente em situação de risco ou ameaça, poderá utilizar o aplicativo com o botão de emergência, que comunicará diretamente como chamada prioritária o sistema de informação da Polícia Militar, sem precisar passar pelo 190. Essa informação passará direto para o despachante, no caso o policial, que dará prioridade no atendimento.
Participantes.

-Maurício Jacques Gomes
- Carol Hening
- Greici Kelen Zilli
- Aline Subtil
- Fabiane Nunes

Informações adicionais para a imprensa
João Carlos Mendonça Santos
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Segurança Pública - SSP
E-mail: imprensa@ssp.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-8183 / 98843-7615
Site: www.ssp.sc.gov.br

 

 

 

 

 

 


Fotos: Julio Cavalheiro/Secom

A Polícia Militar Ambiental apresentou ao governador Raimundo Colombo, nesta quinta-feira, 17, em Lages, o aplicativo Ambiental SC, desenvolvido pelo Centro de Informática e Automação de Santa Catarina (Ciasc) e que vai ajudar no trabalho de controle dos javalis, especialmente nas plantações de propriedades rurais da Serra catarinene. O animal é considerado pela União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) como uma das cem espécies invasoras mais perigosas do mundo e tem causado prejuízos no meio rural.

>>> Galeria de fotos

“Esse é um exemplo da ação do Estado em que, muito pontualmente, a Polícia Ambiental fez o estudo de caso e definiu a melhor forma de atuar, enfrentar o problema e dar à população a resposta mais eficiente e adequada”, destacou o governador Raimundo Colombo.

A ferramenta, desenvolvida pelo Ciasc, possibilita a interação com proprietários rurais, controladores, órgãos públicos e Polícia Militar Ambiental, e deve desburocratizar a expedição de permissões para o abate de javalis em Santa Catarina, além de fornecer dados em tempo real sobre capturas, abates, danos e visualizações dos animais. O aplicativo pode ser baixado no celular ou tablet através das lojas dos sistemas operacionais de cada aparelho. 

Visitas ao Colégio Militar e à obra do Hospital Tereza Ramos

Durante a agenda em Lages, o governador Raimundo Colombo visitou a unidade de Lages do Colégio Militar Feliciano Nunes Pires. Durante as atividades da turma da 6ª série, o governador conheceu a lousa digital que está entre os materiais que foram doados à unidade de ensino pelo Terminal Graneleiro da Babitonga. A lousa permite o aprendizado multimídia com acesso à internet. O colégio também recebeu projetor, tela para projeção e computadores.

A unidade de ensino militar de Lages conta com 140 alunos divididos em duas turmas do sexto ano e outras duas do sétimo ano, vindos de 27 bairros diferentes da cidade. Para o ano que vem, a escola deverá dobrar a capacidade de atendimento.

Nas obras de ampliação do Hospital Tereza Ramos de Lages, 80% concluídas, o governador Raimundo Colombo reforçou que a unidade será uma das maiores, mais modernas e completas do Sul do país. O novo prédio praticamente dobra a capacidade do hospital, com 120 novos leitos. A conclusão da obra está prevista para o mês de novembro deste ano.

Informações adicionais para a imprensa
Francieli Dalpiaz 
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: francieli@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3018 / 98843-5676
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

 


Foto: Divulgação / Polícia Civil 

Uma Operação Conjunta da Polícia Civil, por meio da Divisão Especializada de Combate ao Narcotráfico da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Denarc/Deic), Receita Federal, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar, apreendeu na noite de quarta-feira, 16, na BR-101 na cidade de Barra Velha 440 quilos de maconha e 970 gramas de haxixe. A droga estava em Peugeot 408. 


Curitibanos. Foto: James Tavares/Arquivo Secom

O programa Bem-te-vi de Videomonitoramento Urbano, projeto elaborado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), está presente em 115 cidades catarinenses com a instalação de 2.432 câmeras em funcionamento. O projeto, que começou em 2012, já investiu mais de R$ 14 milhões na compra de equipamentos e colocação dos pontos. Para este ano, outras 20 cidades vão receber o programa Bem-te-vi. A iniciativa começou em 2010, em 12 cidades, com 369 câmeras.

Para o secretário César Augusto Grubba, o projeto é importante, mas não é a solução milagrosa para os problemas de segurança. Segundo ele, trata-se de uma ferramenta de apoio ao trabalho policial, potencializando as ações de vigilância. “O sistema funciona como uma importante ferramenta de apoio ao policiamento, que agrega tecnologia e modernidade”, destaca. Uma das novidades do sistema é que ele permite um trabalho com foco na investigação policial, uma vez que as imagens monitoradas são compartilhadas com as delegacias de polícia.

Grubba também enfatiza as parcerias com as prefeituras municipais, através de contrapartidas financeiras e integração de esforços. “Santa Catarina segue uma tendência mundial. Estamos investindo forte também para um redimensionamento da infraestrutura com a utilização de redes multimídia, em fibra óptica e câmeras de alta definição, e tudo a um menor custo operacional”, afirma o secretário da SSP.

Informações adicionais para a imprensa
João Carlos Mendonça Santos
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Segurança Pública - SSP
E-mail: imprensa@ssp.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-8183 / 98843-7615
Site: www.ssp.sc.gov.br

O Centro de Informática e Automação de Santa Catarina (Ciasc) realizará a partir da próxima sexta-feira, 18, às 18h30, a 2ª edição do Hackathon #DesenvolveSC. Com o tema segurança pública, a competição tem como objetivo promover o desenvolvimento de soluções tecnológicas em versões mobile, web e Internet of Things (IoT), estreitando o relacionamento do setor público com o cidadão.

“Tivemos êxito na primeira edição, realizada em 2016, e este é mais um desafio que estamos lançando, com intuito de ampliar e aprimorar a política de transparência, valorizando projetos que contribuam para a sociedade catarinense”, diz o presidente do Ciasc, Ivan Ranzolin. Serão premiados os dois melhores projetos com R$ 5 mil e R$ 3 mil, respectivamente.

As equipes serão compostas na abertura do evento, com no mínimo três e no máximo cinco participantes, e terão até às 15h de domingo, 20, para apresentar um produto mínimo viável à comissão julgadora.  “Durante este período serão realizadas mentorias, brainstorming, além de intercâmbio de experiências e ideias que ajudarão os participantes no desafio de desenvolver o planejamento da solução”, revela o vice-presidente de Tecnologia do Ciasc, Luiz Antônio da Costa Silva.

O evento é realizado por meio do Ciasc, com parceria das Secretarias de Estado de Segurança Pública (SSP) e do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS) e Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Além da competição, serão realizados workshops sobre modelos de negócios, licenças open source e usabilidade.

O Hackathon conta com patrocínio da Keyrus, Amazon e RW3, e apoio da Secretaria de Estado da Defesa Civil (SDC), Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate), Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc), Code Floripa, WeGov, Departamento de Engenharia do Conhecimento (EGC), Laboratório de Empreendedorismo e Inovação da Estácio de Sá, Laboratório de Orientação da Gênese Organizacional (Logo) e Neuron Consultoria.

Informações adicionais para a imprensa
Michelle Nunes
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável - SDS
E-mail: michelle@sds.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-2266 / 99929-4998
Site: www.sds.sc.gov.br


Fotos: Jaqueline Noceti / Secom

O governador em exercício de Santa Catarina, Eduardo Pinho Moreira, acompanhado do chefe da Polícia Civil do Estado, delegado Artur Nitz, inaugurou a delegacia do município de Pescaria Brava, e no mesmo ato autorizou a liberação de recursos, via Secretaria de Estado da Infraestrutura, para a elaboração do projeto de engenharia para as obras de pavimentação do acesso rodoviário entre as localidades de Estiva e Siqueiro, no valor de R$ 483,7 mil.

"Segurança é essencial, assim como o investimento em infraestrutura que vai ajudar a comunidade, especialmente, as famílias que trabalham na agricultura. O Estado vai continuar sendo um parceiro para as obras que tragam mais conforto e qualidade de vida para as pessoas", destacou Moreira.


Fotos: James Tavares/Secom

O governador Raimundo Colombo e o vice Eduardo Pinho Moreira inauguraram na manhã desta terça-feira, 8, em Florianópolis, o Centro Administrativo da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP). Com o complexo, o Governo do Estado fará uma economia anual de R$ 2,8 milhões, valor hoje pago em aluguéis das salas ocupadas pela SSP em 19 pontos da cidade. O secretário de Estado da Segurança Pública (SSP), César Augusto Grubba, e diversas outras autoridades também participaram da cerimônia.

>>> Galeria de fotos

"A nossa busca é unir todos os órgãos de segurança em um mesmo espaço físico, convivendo diariamente, ganhamos em eficiência e integração. Sem falar na redução de custos, que é bem significativa. Praticamente se paga o financiamento desse prédio com o que vamos economizar em aluguel e custos indiretos provenientes da má distribuição física”, destacou Colombo.

Para o vice-governador, o desafio de Santa Catarina é enfrentar a criminalidade, dando instrumentos às polícias Militar e Civil, que são exemplos do Brasil. “O Governo de SC e as forças de segurança não conseguirão sozinhos. É necessário que nos unamos para enfrentar essa praga que envergonha o Brasil. Os diferentes setores e, principalmente, as prefeituras precisam somar esforços para que Santa Catarina continue sendo exemplo. As necessidades são infinitas e os recursos finitos. Por isso, a boa administração faz toda a diferença. A inauguração do novo Centro Administrativo de Segurança Pública, no Continente, é um avanço importante nessa caminhada”, disse.

A estrutura vai abrigar o Corpo de Bombeiros Militar, a Polícia Militar, o Instituto Geral de Perícias (IGP), a Polícia Civil, o Detran e todas as diretorias e gerências da SSP. O prédio, com três torres, ocupadas pelas instituições que formam o Sistema de Segurança Pública, foi construído em uma área de 30 mil metros quadrados pela construtora Hoepcke, vencedora do processo de licitação. Recebeu investimento de R$ 89 milhões, sendo R$ 65 milhões do Pacto por Santa Catarina e R$ 24 milhões de verba própria da Secretaria da Segurança Pública.

“Estamos confirmando a realização de um sonho acalentado há décadas pelos servidores da Segurança Pública, que é a inauguração e a efetiva ocupação de sua sede administrativa própria”, destacou o secretário da SSP.

Grubba disse ainda que a obra é apenas parte de um portfólio maior de construções, reformas e ampliações. “Um conjunto amplo de obras de grande, médio e pequeno porte, previstas no plano de gestão, viabilizadas pelo Programa Pacto por Santa Catarina e por recursos próprios dos fundos de melhoria da SSP”, informou.

O Centro Administrativo da SSP funciona na Avenida Governador Ivo Silveira, no Bairro Capoeiras, em Florianópolis. Conta com 359 vagas para automóveis, 38 para motocicletas, um auditório com 150 lugares e heliponto.

Homenagem

Durante cerimônia, o governador, o vice e mais dez autoridades foram homenageadas com a medalha Mérito da Segurança Pública. Na lista dos homenageados, estava o filho do ex-secretário Luis Carlos Schmidt de Carvalho, que morreu prematuramente em 1999, aos 46 anos, no exercício do cargo num acidente aéreo em Tijuca. 

“A memória é nesta data duplamente eternizada. Regozijamo-nos pelo reconhecimento à memória da dedicação que empreendeu durante toda sua vida, precocemente ceifada em trágico acidente aéreo, que o levou justamente durante o exercício da honrosa função de secretário de Segurança Pública, 18 anos atrás”, pronunciou Luis Carlos Schmidt de Carvalho Filho.

Na ocasião, também foi reativada a galeria de ex-secretários estaduais da Segurança Pública. O painel traz 37 fotos de autoridades que comandaram a pasta entre 1936 e 2010.

Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo 
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: rafael@secom.sc.gov.br  
Telefone: (48)  3665-3018 / 99116-8992
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

A Delegacia de Polícia Virtual chegou à marca dos 100 mil registros de Boletim de Ocorrência no ano, nesta segunda-feira, 7, realizados via internet, no site www.pc.sc.gov.br. São 11 tipificações de crimes e fatos como: acidentes de trânsito sem vítima, perda de documentos, ameaça, entre outros, disponibilizados ao cidadão 24 horas por dia e sete dias na semana.

Até às 15h30 desta segunda-feira, a Polícia Civil registrou no Estado 704.098 BOs, contando com todas as tipificações disponibilizadas, nas mais de 400 unidades que fazem registro. Destes, 100.020 foram registrados na Delegacia de Polícia Virtual, o que representa 14,20% de todos os registros do Estado, numa única unidade policial. São 457 registros diários pela Delegacia de Polícia Virtual, ou mais de 19 registros por hora todo dia. 

Isso mostra que o cidadão catarinense busca no dia a dia uma maior agilidade e confiabilidade no registro de ocorrências, via internet, do conforto de seu ambiente doméstico ou profissional, sem a necessidade de deslocamento até uma delegacia física. “Após o registro ser concluído na internet, em poucos minutos, o boletim é encaminhado para a delegacia da área, onde ocorreu o fato, para que o delegado inicie os procedimentos investigativos”, explica o gerente da Diretoria de Inteligência, delegado Alfeu Orben.

"Isso nos incentiva a implementar outras tipificações de registros, que estão em fase de estudo, e que serão inseridas gradualmente. Somente será ignorado automaticamente os registros realizados por menores de 18 anos, o local onde ocorreu o fato, a residência e o documento do comunicante forem de outros Estados da Federação. Estamos em constante aperfeiçoamento para melhorar cada vez mais o nosso atendimento na busca incessante na qualidade e eficácia”, concluiu o delegado.

Informações adicionais para a imprensa
Clarissa Margotti
Assessoria de Imprensa
Polícia Civil - PC
E-mail: imprensa@pc.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-2313 / 99968-9600
Site: www.policiacivil.sc.gov.br

 

 

 

 

O Centro Administrativo da Secretaria de Estado da Segurança Pública será inaugurado nesta terça-feira, 8. A cerimônia está marcada para as 10h, com a presença do governador Raimundo Colombo. Serão homenageadas 12 autoridades com a medalha Mérito da Segurança Pública. Uma delas o ex-secretário Luis Carlos Schmidt de Carvalho, que morreu em 1999, aos 46 anos, no exercício do cargo num acidente aéreo em Tijucas.

Para o secretário da Segurança Pública, César Augusto Grubba, esta é uma obra para o futuro. Ele lembra que desde 1941, quando foi criada a Secretaria de Negócios da Segurança, a SSP nunca ocupou um espaço próprio, sempre funcionando em prédio alugado.

"É uma obra esperada por décadas. Trata-se de um dos maiores investimentos realizados em Santa Catarina na área da Segurança Pública”, destaca o secretário. O prédio foi construído numa área de 30 mil metros quadrados pela construtora Hoepcke, vencedora do processo de licitação. O Centro Administrativo da SSP funciona na Avenida Governador Ivo Silveira, Bairro Capoeiras.

São três torres, ocupadas pelas instituições que formam o Sistema de Segurança Pública. No Bloco A, funcionam Corpo de Bombeiros Militar e Polícia Militar; no Bloco B, Instituto Geral de Perícias (IGP), Polícia Civil e Detran, e no Bloco C, as diretorias e as gerências da SSP. O Centro Administrativo tem 359 vagas para automóveis, 38 para motocicletas e conta com auditório com 150 lugares e heliponto.

Recursos

Os investimentos na nova sede somam R$ 89 milhões, sendo R$ 65 milhões recursos do Pacto por Santa Catarina e R$ 24 milhões verba própria da Secretaria da Segurança Pública. Com o novo espaço, o Governo do Estado fará uma economia anual de R$ 2,8 milhões, valor hoje pago aos aluguéis das salas ocupadas pela SSP em 19 pontos da cidade.

O valor do investimento deve ser pago em no máximo oito anos. Desde a década de 1980 está é a quinta mudança organizada pela SSP, que já teve como sede o prédio do atual 4º Batalhão da Polícia Militar, na rua Nereu Ramos; na rua Esteves Júnior (atual prédio da Justiça Eleitoral), Avenida Mauro Ramos e a última na rua Artista Bittencourt.

Planejamento e mais segurança no entorno

A segurança do entorno do complexo também foi planejada. A área é de circunscrição de unidades operacionais tanto da PM quanto da Polícia Civil. Ali atuam a 4ª DP e o 22º BPM, contando com apoio e reforço de unidades especializadas das aduas as corporações. Com a ativação do Complexo da SSP, aumentará bastante a circulação de viaturas e policiais.

Para a segurança física das instalações do Centro Administrativo a SSP empregou Policiais Militares do Corpo Temporário de Inativos (CTISP), os quais atuarão também em atividades de policiamento ao entorno. Na nova sede do complexo será implementada uma Central de Videomonitoramento, que fará o acompanhamento das câmeras de segurança internas e externas, recebendo também as imagens geradas pelas demais câmeras do entorno e acessos.

Serviço:
O que: Inauguração do Centro Administrativo da SSP
Onde: Avenida Governador Ivo Silveira, 1.521, Bairro Capoeiras, Florianópolis, CEP 88085-800. Telefone é (48)3665-8100
Horário: 10h

Informações adicionais para a imprensa
João Carlos Mendonça Santos
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Segurança Pública - SSP
E-mail: imprensa@ssp.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-8183 / 98843-7615
Site: www.ssp.sc.gov.br