Foto: Divulgação/Detran

O programa de descontaminação e prensagem de veículos com restrições judiciais, realizado pela Comissão Estadual de Leilão do Detran/SC chega a sua oitava edição, em Canelinha. Nesta etapa serão compactados 130 veículos inservíveis, - dentre carros e motos. O objetivo é dar uma destinação ecologicamente correta aos veículos que estão no pátio da delegacia do município, causando problemas de saúde pública e ao meio ambiente, dentre outros fatores sociais e econômicos. A descontaminação acontece nesta sexta-feira, 28, e a prensagem, está prevista para a próxima sexta-feira, 5.

A etapa inicial consiste na retirada do combustível, óleo do motor, extintor de incêndio, bateria e cilindro de gás natural de cada item, individualmente. Feito isso, a ação é concretizada com o amassamento dos veículos, que é realizado por uma empresa licitada, através de contrato de prestação de serviços firmado com a Secretaria de Estado da Segurança Pública.

Coordenador dos ferrosos e integrante da Comissão de Leilão, o delegado Adalberto Safanelli ressalta a importância da ação para toda a sociedade, garantindo o reaproveitamento, na indústria metalúrgica, dos veículos considerados inservíveis, além de contribuir para a eliminação de focos de mosquitos e animais que proliferam doenças.

“A cada edição ganhamos mais visibilidade e credibilidade. Nesse sentido chegamos a Canelinha. As autoridades locais, presenciando o trabalho realizado na cidade vizinha, Tijucas, nos procurou e, juntos, conseguimos incluir a município na sequência. Em Tijucas tivemos a descontaminação de mais de 300 veículos, onde também foram incluídos veículos de Garopaba, a pedido da juíza de direito daquela comarca. É muito gratificante ver nosso trabalho gerando bons frutos. Queremos levar essa ação para todas as regiões do estado”, frisou Safanelli.

A execução do programa, que já passou por Ituporanga, Joinville, Lages, São José, Garopaba e Tijucas, é possível através da implementação da Lei nº 13.281/16.

Informações adicionais para a imprensa:
Janaina Guliato- Comissão Estadual de Leilão - Detran/SC
janainaguliato@detran.sc.gov.br
(48) 3381-2209

Foto: Secom/SC

O movimento frequente no Aeroporto Regional Sul Humberto Ghizzo Bortoluzzi, em Jaguaruna, em dois anos de operação projeta um crescimento ainda maior em relação a infraestrutura e movimentação de pessoas. Hoje são duas empresas aéreas, Latam e Azul, atendendo quase 15 mil pessoas ao mês. Segundo o gerente geral da RDL Aeroportos, Fernando de Castro, que administra o aeroporto, o trabalho incansável da equipe de Governo do Estado para atender as pessoas está valendo a pena.

“Este é um resultado de uma parceria que em Santa Catarina vem dando certo que é a parceria público-privada. Chegamos em Jaguaruna em 2014 e agora com dois anos de operação vendo esse movimento, não podemos deixar de pensar e planejar o futuro. O Aeroporto é um diferencial para a região”, afirma Fernando. Hoje os passageiros tem a disposição quatro voos diários com ligação direta à São Paulo, Aeroporto de Campinas e Congonhas, e indiretas com aeroportos do mundo inteiro.

Para o secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Tubarão, Nilton de Campos, o investimento e aposta no empreendimento feita pelo Governo do Estado mostra que o Sul ainda vai evoluir muito. “Para se ter uma ideia já existe o planejamento de aumentar a pista e o terminal, e futuramente preparar para o transporte de carga, o que vai revolucionar a demanda comercial do Sul do Estado. O Aeroporto já grande e ficará maior”, ressalta.

 

Informações adicionais para a imprensa:
Eduardo Zabot
Agência de Desenvolvimento Regional de Tubarão
E-mail: imprensa@tro.sdr.sc.gov.br
Telefones: 48 3631-9106 / 8843-1702 / WhatsApp 8833-1471

A concessão de algumas rodovias estaduais será integrada às rodovias federais. O grupo de estudo do Governo do Estado, formado por técnicos da Secretaria de Estado do Planejamento e SC Parcerias com assessoramento do Deinfra, recebeu nesta quinta-feira, 20, sugestões da Polícia Militar Rodoviária de itens que devem constar no contrato de concessão.

Algumas estradas estaduais, ainda em análise, entrarão na concessão federal para terem o mesmo investimento do que as BRs. É o caso, por exemplo, da Rodovia do Arroz (SC-108) e da Serra Dona Francisca (SC-418) que estão no entorno da BR-280 cuja concessão está prevista para 2018. A Polícia Rodoviária fará um diagnóstico das condições de sinalização, iluminação e das necessidades dessas estradas estaduais.

“A concessão das rodovias é a alternativa reconhecida mundialmente como a solução para manter as estradas com alto padrão. Não vamos federalizar as SCs, mas garantir a manutenção e qualidade delas. O Governo do Estado investiu R$ 4 bilhões em duplicação, restauração e construção de novas estradas pelo Pacto por Santa Catarina”, destacou o secretário de Estado do Planejamento Murilo Flores.

Os estudos do Ministério dos Transportes, resultado de uma Proposta de Manifestação de Interesse (PMI), abrangem também a BR-101 sul, BR-470 no Vale do Itajaí, BR-282 no Planalto, Meio-Oeste e Extremo Oeste. As análises incluem estudos de tráfego, de engenharia, ambientais e econômico-financeiros, além de Programa de Manutenção Periódica e Conservação, Programa de Investimento (Melhorias e Ampliação de Capacidade, modelo operacional e Programa de Exploração da Rodovia – PER.

Rodovias estaduais

Com apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o grupo de trabalho do Governo do Estado fez um diagnóstico da malha rodoviária de Santa Catarina. Até o final do ano, o estudo vai indicar a melhor alternativa para viabilizar a conservação das rodovias.

Informações adicionais para a imprensa:
Rosália Dors Pessato
Assessoria Secretaria de Estado do Planejamento
E-mail: rosalia@spg.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3319/ 99186-9740


Foto: Murilo Roso/ADR Caçador.

O secretário estadual de Infraestrutura, Luís Fernando Vampiro, esteve em Caçador na tarde desta segunda-feira, 17, para vistoriar obras do Governo de Santa Catarina na região. Acompanhado do secretário executivo da 10ª ADR, Imar Rocha, do deputado estadual Valdir Cobalchini e outras lideranças, Vampiro esteve no aeroporto de Caçador e na nova ponte que está sendo construída em Rio das Antas.

No aeroporto o secretário de Infraestrutura conheceu o novo terminal de passageiros e vistoriou a construção da cerca ao redor da pista. Segundo Vampiro, ao fim do conjunto de obras previstas, o aeroporto de Caçador estará apto a receber voos comerciais. “Essa obra é prioritária para o governador, o vice e para nossa secretaria. Existe uma demanda das lideranças e da empresa Azul que deseja operar aqui, então precisamos agilizar os trabalhos em prol do desenvolvimento da região”, afirma.

Para concluir a totalidade da adequação do aeroporto ainda é preciso vencer as seguintes etapas: pavimentação do pátio de aeronaves, pavimentação do acesso e estacionamento de veículos até o novo terminal e um elevador. “Ao assumir a secretaria recebi essa demanda e por isso estou fazendo uma vistoria, conhecendo o local e o projeto. Agora é preciso montar um plano estratégico para avançar com agilidade nas etapas que faltam”, explica Vampiro.

Em Rio das Antas o secretário de Infraestrutura visitou a maior obra do Governo do Estado na região: o novo contorno viário que vai desviar o trânsito de caminhões pesados do centro da cidade. A obra inclui uma ponte 210 metros que está quase concluída. “O objetivo da nossa visita foi discutir alguns detalhes do projeto com relação aos acessos em cada um dos lados da ponte, para que a obra ofereça segurança a motoristas e pedestres”, resume Vampiro.

Caçador - Secretário estadual de Infraestrutura, Luis Fernando Vampiro vistoria obras na região

Acompanharam a visita ainda o secretário executivo da ADR, Imar Rocha e o gerente regional de Infraestrutura, Newtom Marçal Santos, engenheiro da Secretaria de Estado da Infraestrutura, José Abel da Silva, vice prefeito de Rio das Antas, Jairo Biramar de Oliveira, além do engenheiro da empresa responsável pela obra.

“A ponte em Rio das Antas é a principal obra do governo do Estado na região e está com 70% das obras finalizada. Na próxima semana irei a Florianópolis com o prefeito municipal para definir alguns detalhes de desapropriações nos acessos. É importante  ajustar essas questões para que possamos inaugurar a obra e que ela traga de fato um benefício para a população”, afirma o secretário Imar.

Rodovia entre Matos Costa e Porto União será recuperada

Na viagem à região, Vampiro também garantiu a revitalização da SC-135 entre Matos Costa e Porto União. Após levantamento técnico do trecho, o secretário afirma que o edital da licitação deve ser lançado em breve.

“Já está aprovado pelo grupo gestor do governo o valor de R$ 10 milhões para essa obra. Vamos recuperar por exemplo quatro quilômetros seguidos da serra com a troca da camada asfáltica, e outros pontos específicos que apresentam desnível e buracos profundos. E vamos fazer uma melhoria significativa da sinalização para melhorar a trafegabilidade e a segurança da rodovia”, finaliza Vampiro.

Informações adicionais para a imprensa:
Murilo Rosso
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Caçador
E-mail: comunicacao@cdr.sdr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3561-5905 / 99173-3024
Site: www.adrs.sc.gov.br/adrcacador


Foto: Elenise Melo Nunes/ADR São Joaquim

Foi realizada na manhã desta segunda-feira, 17, uma reunião para discutir a proposta de Federalização da Rodovia Caminhos da Neve, que Liga Bom Jesus (RS) passando por São Joaquim, Urubici até a BR-282 em Bom Retiro. Proposta pela deputada federal Carmen Zanotto, a reunião contou com do secretário de Estado do Planejamento, Murilo Flores; a secretária executiva da ADR São Joaquim, Solange Scortegagna Pagani; do senador Dalírio Beber; do prefeito de São Joaquim Giovani Nunes e demais autoridades.

O projeto, de autoria do deputado gaúcho Alceu Moreira, que prevê a federalização da Rodovia está tramitando no Senado Federal, tendo em vista a dificuldade do Rio Grande do Sul em executar o trecho gaúcho, além da Ponte da Goiabeira, divisa entre os estados.  

O secretário de Estado do Planejamento Murilo Flores explicou que Santa Catarina fez diversos investimentos das rodovias catarinenses, incluindo a obra no trecho entre São Joaquim e a divisa com Rio Grande do Sul. O Governo do Estado de SC investiu nos últimos cinco anos mais de R$ 15 milhões na pavimentação de aproximadamente 15 quilômetros da Rodovia Caminhos da Neve. Um terceiro convênio já está assinado para execução de mais cinco quilômetros, com um investimento de mais de R$ 9 milhões. “Em um momento que estamos investindo, a federalização preocupa o Estado de Santa Catarina porque o Governo Federal está cancelando contratos de obras da BR-282, BR-470 e BR-280 e pretende partir para concessões. Nossa dúvida é se o Governo Federal irá realizar investimentos em um momento que está se ausentando de obras em importantes rodovias federais”, alertou o secretário.

O senador Dalírio Beber ressaltou que em um curto prazo de tempo não vê perspectivas da União investir nessa Rodovia tendo em vista que importantes rodovias federais não recebem investimentos por falta de recursos. “Não temos nenhuma garantia de que a federalização vai realmente proporcionar a realização dessa obra. Por isso a necessidade de realizarmos encontros e reuniões para encontrarmos o melhor caminho para a Rodovia Caminhos da Neve”, destacou.

Como encaminhamento, Murilo Flores irá agendar uma reunião entre os departamentos técnicos das Secretarias de Estado do Planejamento e da Infraestrutura dos dois estados estudarem essa proposta de federalização proposta pelo Rio Grande do Sul. Outra tratativa entre o senador Dalírio Beber e a deputada Federal Carmen Zanotto é que eles se comprometeram de promover um encontro entre as bancadas catarinense e gaúcha para avaliar a viabilidade de federalizar a Rodovia.  

Informações adicionais para Imprensa:                  
Elenise Melo Nunes
Assessoria de Comunicação                                            
Agência de Desenvolvimento Regional – ADR São Joaquim
E-mail: sdrsaojoaquim@spg.sc.gov.br
Telefone: (49) 3233-8301 – 991025054 – 991481016

 


Foto: Julio Cavalheiro / Secom

O governador Raimundo Colombo assinou nesta segunda-feira, 10, em Joinville, a autorização para licitar as obras de duplicação do acesso ao Distrito Industrial, rota de escoamento da produção de indústrias com tráfego diário de aproximadamente 20 mil veículos. Para realização da obra serão investidos R$ 50,3 milhões do Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura.

“O Distrito Industrial de Joinville é o maior de Santa Catarina. Temos um setor industrial de muita produção e extremamente comprometido na mobilidade. Aquela é uma rodovia estadual e que liga todo o setor produtivo com a BR-101. Vamos ter um ganho de mobilidade extraordinário, de eficiência, de produtividade, de escoamento e de segurança”, disse Colombo.

O trecho com 5,7 quilômetros compreende o eixo das avenidas Hans Dieter Schmidt e Edgar Nelson Meister. O projeto, concluído em 2016, pela Secretaria de Estado da Infraestrutura, prevê o aumento da capacidade da rodovia, além de serviços de drenagem, melhoria dos acessos, 11 interseções, travessias urbanas, faixas adicionais, passeio para pedestre, ciclovia, sinalizações vertical e horizontal e instalação de semáforos. Para o entroncamento com a Rua Dona Francisca, os estudos apontaram a construção de uma rotatória em vez de um elevado.



>>> Imagens na galeria

O secretário de Estado da Infraestrutura, Luiz Fernando Vampiro, explica que o prazo para conclusão será de 24 meses a partir da entrega da ordem de serviço. “A partir dessa autorização será enviado, em caráter de urgência, ao comitê gestor e em uma semana lançamos o edital. O prazo para homologar a empresa vencedora cerca de 30 a 50 dias. Então acreditamos que em julho já teremos obras em andamento nesse acesso importante”, explicou o secretário.

Ele ainda apresentou as obras que estão sendo realizadas na Região Norte entre elas a duplicação da duplicação da Avenida Santos Dumont, com 65% do contrato executado e do elevado da Rua Tuiuti com 71% da obra concluída. Essas duas obras juntas chegam a R$ 70 milhões em investimentos.

O presidente da Associação Empresarial de Joinville (Acij), Moacir Thomazi, falou da importância da obra e os benefícios para a população e a indústria. “Além dos milhares de veículos que trafegam por ali temos 200 empresas, gigantes inclusive, que recebem sua matéria prima e por onde escoa sua produção. Também serve para o trânsito dos alunos da Udesc e Univille, e a população que mora naquela região”.

Posse da diretoria da CDL

Em seguida o governador participou da solenidade de posse da diretoria que estará à frente da entidade na gestão 2017/2018 da Câmara de Dirigentes Lojistas de Joinville (CDL). O evento foi realizado no Centro de Convenções e Exposições Expoville. Também foram apresentados os novos coordenadores das oito câmaras setoriais e da CDL Jovem, que assumem mandato de um ano, e foi etregue o Prêmio Mérito Lojista 2017 para Emir Amin Ghanem, Cleusa Coral-Ghanem e Álvaro Cauduro.



“O comerciante é um líder que exerce uma atividade humana e um trabalho de influência sobre a sociedade. É uma atividade de colaboração, de entrega para servir ao próximo. Tivemos cinco meses de geração positiva no emprego em Santa Catarina e o comércio tem sua parcela de contribuição nesses índices”, destacou Colombo.

A entidade possui 1,6 mil lojistas e empresas de serviço associados. A diretoria para o período de dois anos terá como presidente o empresário Frederico Cardoso dos Santos, reeleito, e como vice-presidente o empresário José Manoel Ramos.

Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo 
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: rafael@secom.sc.gov.br  
Telefone: (48)  3665-3018 / 99116-8992
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e  @GovSC


Elevado da Santos Dumont. Foto: Ana Paula Keller/ADRJoinville

O governador Raimundo Colombo inicia a agenda em Joinville nesta terça-feira, 11, pela manhã com roteiro de entrevistas para rádios da cidade. Às 9h30 estará na Escola do Teatro Bolshoi no Brasil acompanhado da secretária executiva da Agência de Desenvolvimento Regional, Simone Schramm, para assinar o repasse de R$ 1,6 milhão. Na instituição, há 228 estudantes de 22 estados brasileiros e dois países. 

Com 17 anos de implantação no Brasil, a primeira Escola do Teatro Bolshoi fora da Rússia tem a missão de formar artistas cidadãos e difundir a arte. A instituição concede 100% de bolsas de estudo para todos os alunos do curso técnico. É mantida pelo Governo do Estado de Santa Catarina e por “Amigos do Bolshoi”, empresas e pessoas que apoiam por meio de patrocínios e de leis de incentivo à cultura.

Às 10h40, Raimundo Colombo repassa R$ 4,5 milhões para a Associação dos Bombeiros Voluntários no Estado de Santa Catarina (Abvesc). Os recursos do governo estadual são destinados à manutenção do trabalho e compra de equipamentos. A entidade engloba 29 corporações de Santa Catarina e é presidida pelo empresário Moacir Tomazi. Cada município recebe valor proporcional à população. A solenidade será na nova sede do Corpo de Bombeiros de Joinville.

A agenda do governador em Joinville continua com visita à Maternidade Darcy Vargas, às 16h40. Inaugurada em 16 de abril de 1947 para prestar serviços obstétricos e neonatológicos, a unidade registrou até o mês de março deste ano 245.085 mil nascimentos desde a fundação. O Governo do Estado está ampliando quatro leitos da sala pós-anestésica. Também entrou em funcionamento no mês passado a nova central de ar condicionado e está em fabricação a estrutura metálica do novo telhado do hospital. Os três investimentos totalizam R$ 2 milhões. A instituição é referência estadual para o Ministério da Saúde no atendimento especializado de mãe, filho e família.

O último compromisso do governador é conferir, às 17h30, as obras de duplicação da Avenida Santos Dumont, com 65% do contrato executado. Há frentes de trabalho no eixo central com serviços de terraplanagem, pavimentação e drenagem. Também iniciou a realocação dos postes. A obra está sendo executada pela empresa Infrasul Estrutura e Empreendimentos com investimento de R$ 48 milhões do Governo do Estado. Também na Santos Dumont, entroncamento com a Rua Tuiuti, há obras do primeiro elevado da cidade. Foi concluída a terra armada de ambos os lados e está sendo feita a escavação e concretagem do cruzamento. A previsão da empresa Traçado Engenharia é liberar as marginais laterais para trânsito em três meses. A obra está 71% concluída e totaliza R$ 22 milhões de investimentos.

>>> Governador Raimundo Colombo autoriza edital para obra de R$ 50 milhões em Joinville e participa da posse da CDL na segunda-feira

Informações adicionais para a imprensa:
Ana Paula Keller
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville
E-mail: anakeller@jve.sdr.sc.gov.br / imprensa@jve.sdr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3461-1225 / 99240-8064
Site: www.adrs.sc.gov.br/adrjoinville

O governador Raimundo Colombo autoriza nesta segunda-feira, 10, o edital de licitação para duplicação do acesso ao Distrito Industrial, em Joinville. Com 5,7 quilômetros, a rodovia compreende o eixo das avenidas Hans Dieter Schmidt e Edgar Nelson Meister, rota de escoamento da produção de indústrias e por onde trafegam 20 mil veículos diariamente. O investimento previsto pelo Governo do Estado é R$ 50.395.295,94. A solenidade será às 18h30, na Associação Empresarial de Joinville (Acij). 

Concluído no ano passado pela Secretaria de Estado de Infraestrutura, o projeto de duplicação para aumento da capacidade da rodovia prevê serviços de drenagem, melhoria dos acessos, 11 interseções, travessias urbanas, faixas adicionais, escala de pedestre, ciclovia, sinalizações vertical e horizontal e instalação de semáforos. No entroncamento com a Rua Dona Francisca, os estudos apontaram uma rotatória em vez de um elevado. 

Depois, às 20h, o governador Raimundo Colombo participa do jantar de posse da nova diretoria da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), no Centro de Convenções e Exposições Expoville. A entidade possui 1,6 mil lojistas e empresas de serviço associados. A diretoria para o período de dois anos terá como presidente o empresário Frederico Cardoso dos Santos, reeleito, e como vice-presidente o empresário José Manoel Ramos.

 >>> Governador Colombo repassa recursos para entidades de Joinville e visita obras na cidade nesta terça-feira

 

Informações adicionais para a imprensa:
Ana Paula Keller
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville
E-mail: anakeller@jve.sdr.sc.gov.br / imprensa@jve.sdr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3461-1225 / 99240-8064
Site: www.adrs.sc.gov.br/adrjoinville


Foto: Secretaria de Estado da Infraestrutura

O secretário de Estado da Infraestrutura, Luiz Fernando Vampiro, acompanhado do secretário executivo da ADR Taió, Jardel Fronza e da prefeita de Salete, Solange Aparecida Bitencourt Schlichting, assinou nesta quinta-feira, 6, a ordem de serviço para recuperação de trechos da SC-114, que liga Salete a Taió. O investimento do Governo do Estado será de R$ 1,2 milhão. A empresa vencedora da licitação é a LZK Construtora, de Pouso Redondo.

Conforme o secretário Jardel Fronza, os trechos danificados da rodovia vão receber melhorias. “São três pontos que serão recuperados e que vão oferecer segurança aos motoristas. A assinatura da ordem de serviço foi uma conquista conjunta da ADR, prefeitura, vereadores e deputados”, destacou.  

Estavam também presentes no ato o vice-prefeito Adroaldo Brocardo; o vereador Genoir Kniss; o deputado estadual Mauricio Escudlarck e o deputado federal Jorginho Mello. 

Informações adicionais:
Estela Stange Purnhagen
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Taió
E-mail: informacao@tao.sdr.sc.gov.br
Telefone: (49) 98801-6642

 
Fotos: Nery Nader Jr./ADR Mafra

Na última terça-feira, 4, o secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Mafra, Abel Schroeder, visitou as obras da rodovia SC-477, percorrendo os 27 quilômetros do trecho compreendido entre Papanduva até o entroncamento com a SC-114, em Itaiópolis. Ele pôde constatar que quase todo o traçado já recebeu a sub-base com pedras e brita graduada. Desta forma, a maior parte do trecho já está pronta para receber a pavimentação asfáltica.