Compartilhe


Foto: ADR Joinville

A Serra Dona Francisca, uma importante rodovia para o desenvolvimento econômico e turístico e um dos principais acessos ao Planalto Norte catarinense, receberá do Governo do Estado o investimento de R$ 1,3 milhão. O recurso será aplicado na correção da superelevação no Km 42,60 da rodovia SC-418, com o preenchimento em concreto asfáltico, execução de sarjetas de concreto para a coleta e condução adequada das águas e manutenção da sinalização existente. O edital da licitação internacional para a obra foi publicado na última semana.

O secretário da Infraestrutura, Paulo França, destacou que a obra vai melhorar a trafegabilidade na região. “Estamos trabalhando para garantir a segurança de todos. Este é o nosso principal foco. Também estamos investindo na limpeza, roçada e na melhoria da sinalização”, destacou, ao acrescentar que o Governo do Estado está atendendo a demanda do setor produtivo e turístico.

O secretário informou que o prazo de entrega das propostas é no dia 17 de julho. Depois da abertura, os documentos serão analisados e o Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra) tem um prazo de 45 a 60 dias para publicar o resultado da licitação.

Mais investimentos

Esse recurso de R$ 1,3 milhão para a Serra Dona Francisca integra os investimentos de R$ 27 milhões financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Os recursos vão atender 15 pontos críticos e 65 passivos ambientais em todas as regiões do Estado.

Planejamento

O secretário também informou que o Governo do Estado está tratando junto ao Ministério do Turismo recursos para a iluminação, sinalização e o mirante na Serra Dona Francisca. O valor previsto é de 1,5 milhão.

A Secretaria de Estado da Infraestrutura, por meio do Deinfra, planeja para 2018 investimentos na manutenção viária catarinense, com a revitalização de rodovias e manutenção. As revitalizações consistem na correção de deficiências funcionais, manutenção corretiva do pavimento (tapa buracos), limpeza da plataforma, bueiros, caixas, sarjetas, roçada, sinalização vertical e horizontal e conservação estrutural.