Foto: Arquivo/Elenise Melo Nunes/SDR São Joaquim

As baixas temperaturas que chegam ao Estado e as previsões da ocorrência de neve movimentam os municípios da Serra Catarinense. As cidades de Urubici, São Joaquim, Urupema e Bom Jardim da Serra, as mais procuradas por serem as mais frias do Estado, já estão com quase 100% das hospedagens esgotadas para o próximo fim de semana. São cerca de quatro mil leitos reservados, 75% deles em Urubici, segundo a Amures - Associação de Municípios da Serra Catarinense.

 Aquecimento na economia regional

O secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Tufi Michreff Neto, está otimista quanto ao movimento, já que é uma garantia de emprego e renda não só na região litorânea, mas também no oeste. “A SOL, em conjunto com a Santur, tem feito forte trabalho de promoção dos atrativos de Santa Catarina, incluindo os destinos de inverno. É um trabalho contínuo, assim como os municípios estão promovendo constantes melhorias e qualificando os serviços para receber os visitantes cada vez melhor”, destaca.

Para capacitar as Instâncias de Governança Regional, nesse segundo semestre serão realizados pela SOL, com apoio do Ministério do Turismo, 18 encontros envolvendo gestores públicos e representantes do trade. De acordo com o secretário também está programado para o mês de junho um whorkshop sobre identidade cultural e turismo, em Lages.

 Caminho das Neves

 A SC 114, conhecida como Caminho das Neves, via importante para o desenvolvimento do turismo na região serrana, está recebendo pavimentação asfáltica entre São Joaquim e a divisa com o Rio Grande do Sul. Para esta obra de infraestrutura rodoviária, a SOL está investindo perto de R$ 16 milhões. A descentralização de recursos do Funturismo ao Deinfra começou em 2014, com R$ 3 milhões, mais R$ 4,9 milhões em 2015 e R$ 4,8 milhões em 2017. Para este ano, serão repassados mais R$ 3 milhões.

Informações adicionais para a imprensa:

Carla Coloniese
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte
imprensa@sol.sc.gov.br
Fone: (48)-3665-7435 / 99924-7590


Fotos: Márcio Martins/FCC

Nesta sexta-feira (18), é comemorado o Dia Internacional dos Museus e até domingo muitas atrações acontecem pelo Estado.  Mais do que comemorar a data, o objetivo é valorizar ainda mais esses espaços tão importantes para a preservação da memória e desenvolvimento da cultura.

Com o tema “Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos”, a Semana Nacional dos Museus deste ano busca aproximar as instituições e os visitantes por meio da tecnologia, em todo o país.

Tecnologia

Aqui em Santa Catarina um exemplo é a Casa de Campo do ex-governador Hercílio Luz, em Rancho Queimado, que a partir de agora apresenta uma novidade: o acervo está disponível para consulta online em smartphones com conexão 3G e 4G, trazendo mais informações para os visitantes. A partir de um código QR Code, quem passa por lá poderá conferir detalhes a respeito de 10 itens entre objetos, mobílias e ambientes. Para verificar as informações basta posicionar a câmera do smarthphone sobre o código impresso. O espaço funciona de terça a sexta-feira, das 13h às 18h, e nos finais de semana, das 10h às 17h. A entrada é gratuita.

A tecnologia também está presente no Museu Histórico de Santa Catarina, que fica em Florianópolis. Por lá é possível fazer um tour virtual com auxílio de áudio guia. Essa ferramenta traz informações sobre as principais obras em texto e áudio, em cinco línguas: português, inglês, espanhol, francês e italiano. O horário de funcionamento do espaço é de segunda a sexta, das 10h às 18h e nos fins de semana das 10h às 16h. Os ingressos custam R$ 5,00 e a meia-entrada  R$ 2,00.

Museus catarinenses usam a tecnologia para aproximar os visitantes

Uma boa dica para esse final de semana é visitar o espaço mais próximo e conhecer um pouco mais da história catarinense. A programação completa dos museus pode ser conferida pelo site da Fundação Catarinense de Cultura.


SERVIÇO

Casa de Campo
R. Romanos Goedert, 428, Rancho Queimado  
(48) 3275-145 

Museu Histórico de Santa Catarina

Palácio Cruz e Sousa - Praça XV de Novembro, 227 - Centro, Florianópolis - 
(48) 3665-6363  

Assessoria de Comunicação: Fundação Catarinense de Cultura (FCC)
Fone: (48) 3664-2571 / 3664-2572 
Email: imprensa@fcc.sc.gov.br
Site: www.cultura.sc.gov.br

Florianópolis -  Governo federal libera recursos para Santa Catarina durante evento
Fotos: Jeferson  Baldo / Secom

Em visita a Florianópolis para a abertura da 90ª edição do Encontro Nacional da Indústria da Construção (Enic), o presidente Michel Temer liberou verbas federais para a conclusão do Centro de Eventos de Balneário Camboriú e  crédito para o programa Avançar Cidades, que beneficiará oito municípios catarinenses. 

O envio de R$15,6 milhões para finalização das obras do Centro de Eventos atende uma solicitação do governador Eduardo Pinheiro Moreira, que em março esteve no local com o ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun.  O governo de Santa Catarina entrará com contrapartida de quatro milhões. O recurso, oriundo do Ministério Turismo, também será utilizado para mobiliar e climatizar a estrutura.

Ainda durante o evento, o presidente Michel Temer assinou uma autorização para que os municípios contratem créditos para a qualificação viária junto ao Banco Regional do Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), como parte do programa Avançar Cidades. Em Santa Catarina, as cidades beneficiadas são: Balneário Gaivota (R$ 5 milhões), Concórdia (R$1,2 milhão), Indaial (R$ 20 milhões), Nova Veneza (R$ 4,4 milhões), Três Palmeiras (R$ 2,5 milhões), Rio Fortuna (R$ 3 milhões), Sangão (R$ 4,5 milhões) e São Ludgero (R$ 3,5 milhões).

Florianópolis -  Governo federal libera recursos para Santa Catarina durante evento
Mais fotos na galeria

Governador

Ao falar para os participantes do Encontro, Eduardo Pinho Moreira lembrou as medidas que tomou desde que assumiu o governo do Estado, como o enxugamento da máquina pública. “Estou no cargo há três meses e identifiquei que é preciso cortar”, afirmou, ressaltando a redução dos cargos comissionados na esfera estadual. 

O governador também falou de sua ida à Argentina nos dois últimos dias e citou que as autoridades dos países vizinhos aguardam com expectativa a retomada da economia brasileira, considerada fundamental para o desenvolvimento de todo o continente.

Encontro

O presidente Temer elogiou o tema escolhido  — a inovação técnica, de gestão e política — e recordou a importância do setor da construção civil para o país, como gerador de renda e crescimento econômico. No caso de Santa Catarina, o segmento representa quase 6% do PIB e gera mais de 100 mil empregos.

“É uma satisfação vir a Florianópolis para esse tradicionalíssimo evento. Volto para Brasília animadíssimo”, disse Temer.

 Os ministros Vinicius Lummertz (Turismo) Alexandre Baldy (Cidades), Esteves Colnago (Planejamento), Marcos Jorges (Indústria, Comércio Exterior e Serviços) e Helton Yomura (Trabalho) e o presidente do BNDES Dyogo Oliveira integraram a comitiva do presidente e participaram do Encontro, que contou ainda com a presença do prefeito da Capital, Gean Loureiro. 

Informações adicionais para a imprensa
Leonardo Gorges
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Fone: (48) 3665-3045
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Fotos: Airton Fernandes / Secom

O governador Eduardo Pinho Moreira representou o Brasil, na manhã desta quarta-feira, 16, no encontro que reuniu seis países do Centro-Oeste da América do Sul, e cerca de 50 estados, na cidade de Tucamán, na Argentina. Na abertura do evento da Zona de Integração do Centro-Oeste da América do Sul (Zicosur), o governador destacou o potencial turístico e econômico de Santa Catarina e defendeu uma maior integração entre os países.

“Representamos o Brasil, notadamente os estados do Codesul, e discutimos ações voltadas a turismo e outras aéreas, com destaque para infraestrutura, priorizando a necessidade de avançar com o corredor bioceânico, uma reivindicação antiga extremamente importante para integrar o Atlântico e o Pacífico”, disse Moreira.

Pesquisa traça perfil do viajante

Paulistas com idade entre 30 e 39 anos que permaneceram em torno de oito dias no destino e tiveram um gasto médio de R$ 372 por dia. Esses são alguns dos números que ajudam a traçar o perfil do viajante que visitou Santa Catarina de dezembro a fevereiro e que pernoitaram pelo menos uma noite no Estado. A pesquisa, contratada pela Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL) e Santur, foi realizada na sala de embarque do Aeroporto Internacional Hercílio Luz, em Florianópolis, a partir da entrevista com 500 visitantes.

Os dados foram apresentados ao Conselho Estadual de Turismo pela equipe do Observatório de Turismo da SOL durante reunião realizada na sede da Secretaria, na Capital, na terça-feira, 8. “Embora seja a primeira pesquisa e não temos ainda uma série histórica, esses indicadores já nos auxiliam a conhecer quem é o nosso visitante e a focar no que pode ser melhorado”, destaca o secretário Tufi Michreff Neto.

Além de uma ferramenta útil para o planejamento de ações voltadas ao recebimento do turista, o estudo traz informações estratégicas para trabalhar o posicionamento de Santa Catarina como destino para esse público. “Esse diagnóstico é crucial para qualificar os serviços ofertados, para que o turista não apenas retorne, mas divulgue a experiência”, acrescenta a analista de turismo da SOL, Luana Emmendoerfer.

Dos entrevistados, 88,6% são brasileiros e 11,4% estrangeiros. Do público brasileiro, 61,6% são da região sudeste do país, sendo que um terço é paulistano.

Quanto à faixa etária, 28,4% dos visitantes têm entre 30 e 39 anos e 17,8% entre 40 e 49 anos, totalizando 46,2% dos entrevistados. O nível de escolaridade compreendeu 46,2% com superior completo e 21,4% com pós-graduação, mestrado e/ou doutorado.

Com relação à renda mensal, a média individual ficou em R$ 6,8 mil. Já a renda mensal familiar foi de R$ 9,8 mil, em média. As maiores parcelas ficaram entre 5,1 a 10 salários mínimos para 27,6% dos entrevistados e 10,1 a 20 salários mínimos para 21,6%, totalizando 49,2%. A média de dependentes dessa renda familiar foi de duas pessoas.

Com relação ao grupo da viagem, 35,2% viajaram em família e 30% sozinhos. Para os entrevistados, o que mais atrai em Santa Catarina são: sol e praia (71,2 %); natureza, ecoturismo e aventura (34,6%); e cultura (29,4%), sendo que, dentre as opções, 25,2% foram visita familiar, gastronomia e visita a amigos.

O tempo médio de permanência no destino foi de oito dias. Quanto ao meio de hospedagem, 56% dos visitantes ficaram em hotel ou pousada, 25,8% hospedaram-se em casas de amigos ou parentes e 12,2% preferiram imóvel alugado.

Do grupo entrevistado, 34% vieram pela primeira vez ao Estado, e 66% afirmou que já havia visitado Santa Catarina de três a quatro vezes. Durante essa viagem, 11,6% se hospedou na região do Vale do Itajaí e 80,4% na Grande Florianópolis, sendo que 73,2% na Capital.

Com relação aos itens mais bem avaliados, o destaque foi o acolhimento da população, com 51,4%, seguido por alojamento/hospedagem, com 37,8% e limpeza pública, com 26,8%. Para 64,2% dos entrevistados, a segurança pública teve conceito “bom”, assim como o segmento restaurantes/gastronomia (55,4%) e diversões noturnas (37,6%). Foram avaliados com o conceito “ruim” o aeroporto (23,6%), a mobilidade (13,8%) e o preço dos serviços (9,6%).

Informações adicionais para a imprensa

Carla Coloniese
Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte - SOL
Fone: (48) 3665-7436
E-mail: imprensa@sol.sc.gov.br
Site: www.sol.sc.gov.br


Foto: Saul Oliveira / SOL

O secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Tufi Michreff Neto, representando o Governo do Estado, e o diretor-geral do Departamento Esportes da província chinesa de Shanxi, Zhao Xiaochun, assinaram nesta sexta-feira, 4, o protocolo de cooperação para o desenvolvimento de ações na área esportiva, em especial nas modalidades futebol, artes marciais, judô e tênis de mesa. O ato de assinatura foi realizado na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, na Capital.

A aproximação entre os governos dos dois estados tem como finalidade promover ações envolvendo treinamento esportivo em geral e de jovens talentos, incentivar a realização de eventos internacionais, assim como de projetos esportivos, promoção comercial e intercâmbio de voluntários por meio de clubes. “É uma grande satisfação firmar esta parceria que começou a ser construída em 2015 e agora dá um passo importante para o seu fortalecimento. Esperamos que muito em breve seja possível desenvolver ações e que sejam profícuas para ambas partes”, destacou o secretário Tufi Michreff Neto.

Zhao Xiaochun reforçou o interesse nessa aproximação. “Acredito que será uma longa parceria e uma relação de amizade entre Shanxi e Santa Catarina, uma cooperação que poderá se aprofundar e crescer”, disse.

Após o ato de assinatura, o secretário Tufi apresentou uma síntese de projetos e ações desenvolvidos pela Secretaria e pela Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), representada no evento pela presidente Natália Petry.

Além do esporte, turismo e cultura também estão na pauta de cooperação entre os dois estados. O diretor da Comissão de Desenvolvimento do Turismo, Sheng Dianqing, antecipou o convite para que Santa Catarina seja representada no 1º Fórum Internacional sobre Rios que será realizado em setembro deste ano, em Shanxi.

A delegação chinesa também contou com o vice-governador da província de Shanxi, Zhang Fuming, o presidente da Associação de Esportes, Su Yajun, o diretor adjunto da província de Shanxi, Han Ruiyong e o tradutor do escritório de Assuntos Internacionais, Li Yixuan. O grupo foi acompanhado pelo diretor do China Trade Center, Mario Wang.

Informações adicionais para a imprensa

Carla Coloniese
Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte - SOL
Fone: (48) 3665-7436
E-mail: imprensa@sol.sc.gov.br
Site: www.sol.sc.gov.br 

 

Quatro vezes maior será o novo terminal do Aeroporto de Florianópolis em relação ao atual em operação. O governador Eduardo Pinho Moreira acompanhou as obras de ampliação nesta sexta-feira, 27. O aeroporto tem previsão de ficar pronto em 15 meses. O ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, e o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, também visitaram as futuras instalações.

“Só teremos condições de receber mais voos e de pleitear voos internacionais com o novo terminal. O atual não comporta mais novos destinos dentro do Brasil e nem os internacionais, que agregam muito valor. Por isso, precisamos do novo terminal. O Governo será parceiro no que for preciso para termos condições de buscar novas rotas para Portugal, Panamá e Estados Unidos”, destacou o governador.

41 MIL METROS QUADRADOS

A nova estrutura terá 41 mil metros quadrados de área construída com dois andares, um para embarque e outro para desembarque. A área de check-in vai contar com 40 guichês e no desembarque serão oito esteiras, sendo duas internacionais, cinco domésticas e uma reversível. Ao todo serão 14 portões de embarque, sendo três internacionais e 11 domésticos.

“Com o novo terminal, Santa Catarina vai se conectar com o mundo. E além de ser importante para o turismo é para a indústria, para os negócios, para a área tecnológica e para todos os campos da atividade humana na era criativa, porque transporta pessoas e ideias. E o turismo é a atividade que mais gerou emprego no mundo, que no ano passado foi de 20%”, enfatizou o ministro do Turismo.

O investimento está sendo realizado pela empresa suíça Zurich Airports, que ganhou a concessão por 30 anos a administração do Aeroporto Hercílio Luz. Serão investidos R$ 550 milhões. “Estamos investindo R$ 50 milhões por mês, ou seja, mais de R$ 1 milhão por dia. Metade dos trabalhadores é catarinense e o material usado na construção é de Santa Catarina. Isso é geração de recursos para o Estado”, destacou o presidente da Floripa Airport, Tobias Markert.

NOVO ACESSO

Para se chegar ao aeroporto, o Governo do Estado está construindo o novo acesso em lotes, sendo que um liga a interseção da SC-405 (Trevo da Seta) até o acesso ao Bairro Carianos (Estádio da Ressacada). O outro vai do Viaduto Carianos até o Rio Fazendinha e o terceiro vai do Rio Fazendinha até a Rodovia Aparício Ramos Cordeiro. Foram investidos R$ 229 milhões com recursos do Governo do Estado.

“Esperamos vencer etapas burocráticas e ambientais, para colocarmos em licitação a última etapa, em torno de um quilômetro e meio. Isso que precisamos e o Governo não medirá esforços para dar ritmo e entregarmos o acesso no aeroporto no mesmo tempo da entrega do novo prédio”, enfatizou o governador.

Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo 
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: rafael@secom.sc.gov.br  
Telefone: (48)  3665-3018 / 99116-8992
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

Com um fluxo de turistas que chegou aos 4,2 milhões em 2017, Balneário Camboriú está a poucos passos de uma obra inédita para atrair ainda mais visitantes. O governador Eduardo Pinho Moreira, acompanhado do ministro do Turismo Vinicius Lummertz, entregou ao prefeito, Fabrício Oliveira, a Licença Ambiental Prévia para a obra de alargamento da faixa de areia da Praia Central. O evento nesta sexta-feira, 27, contou também com a presença do secretário de Estado da Cultura, Turismo e Esportes, Tufi Michreff Neto e do presidente Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA), Alexandre Waltrick Rates.

“O turismo de Balneário Camboriú é reconhecido em todo o mundo. Agora, esta obra vai permitir a vinda de ainda mais turistas. O alargamento da faixa de areia e conclusão do centro de eventos em breve, são duas grandes conquistas, que vão contribuir muito para o município e para Santa Catarina” , afirmou o governador.


Foto: James Tavares/Secom

O governador Eduardo Pinho Moreira participou, na noite desta quinta-feira, 26, em Camboriú, da abertura da 36ª edição do Congresso Internacional dos Gideões Missionários da Última Hora. O evento, que teve o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, deve reunir cerca de 150 mil pessoas de todo Brasil e de mais de 40 países até a segunda-feira, 30, com cultos e pregações.

“Este congresso já se consolida como um dos maiores do nosso país e traz milhares de pessoas para Camboriú. Aqui mostram e propagam a fé e a esperança. O congresso também contribui para o aumento da movimentação econômica do município e de toda a região fora da temporada de Verão, além de fomentar o turismo religioso. Eu saio deste local energizado, ciente de que meu trabalho como governador de Santa Catarina é fazer o bem aos sete milhões de catarinenses”, afirmou Eduardo Pinho Moreira.

>>> Galeria de fotos

Além desse congresso anual, que é considerado um dos eventos mais importantes para o povo pentecostal, os Gideões Missionários da Última Hora possuem projetos missionários em várias partes do mundo, como Índia, Cuba, Colômbia, Peru, Portugal, Iraque e Egito. “É tudo muito bem organizado. É um orgulho para todos nós, catarinenses, receber um congresso desta magnitude e que une as pessoas e fortalece a fé” , disse o secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Tufi Michreff Neto.

Movimentação hoteleira

Para o município, o congresso representa a visibilidade de Camboriú com o turismo religioso, além de movimentar a economia. “No último ano, a arrecadação da prefeitura com os alvarás do comércio temporário foi de mais de R$ 500 mil. A movimentação da rede hoteleira de Camboriú e Balneário Camboriú aumenta em torno de 60% neste período. Nos sentimos honrados com este grande evento da nossa cidade”, informou o prefeito de Camboriú, Elcio Rogério Kuhnen.

O presidente dos Gideões Missionários da Última Hora, pastor Reuel Bernardino, fez a abertura do evento e agradeceu o apoio do Governo do Estado. Até segunda-feira, os cultos iniciam às 7h e seguem até 23h, no Ginásio Irineu Bornhausen, em Camboriú. A entrada é gratuita.

Informações adicionais para a imprensa:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: bety@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3014 / 98843-5460
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Fotos: Jeferson Baldo/Secom

O novo secretário de Turismo, Cultura e Esporte (SOL), Tufi Michreff Neto, assumiu oficialmente o cargo nesta segunda-feira, 23. A cerimônia realizada no auditório da SOL, em Florianópolis, contou com a presença do governador Eduardo Pinho Moreira, que assinou o termo de posse. O cargo era ocupado por Leonel Pavan, que ficou à frente da pasta por 15 meses. Eduardo Pinho Moreira ressaltou a importância do Turismo para o Estado, sendo responsável por 13% da movimentação econômica.

“O setor apresentou números extremamente positivos nessa temporada, gerando cerca de R$ 10,1 bilhões para a economia. É um momento especial. Precisamos desenvolver ainda mais este setor fundamental para o desenvolvimento, geração de empregos e renda. Temos que nos organizar, especialmente agora, que temos Vinicius Lummertz como ministro do Turismo e que conhece muito bem Santa Catarina. Vamos trabalhar em conjunto para promover ainda mais o Estado”, relatou o governador, ao lembrar que SC é considerado o melhor destino turístico do Brasil há 10 anos.

>>> Acesse a galeria de fotos

Ao agradecer a oportunidade de assumir a pasta, o secretário Tufi Michreff Neto disse que as prioridades serão definidas juntamente com os conselhos estaduais da Cultura, Turismo e Esporte. “Temos muitos desafios em um curto espaço de tempo, mas tenho a certeza que vamos conseguir desempenhar um excelente trabalho, com muito foco, empenho, otimizando recursos e executando o que o governador nos pede: fazer mais com menos”, disse.

O ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, que está em compromisso na Itália, enviou um vídeo parabenizando e desejando um bom trabalho ao novo secretário. “Tufi Michreff Neto trabalhou comigo na Embratur e realizou um ótimo trabalho. O Turismo deve ser prioridade para o desenvolvimento econômico e social do Brasil e deve ser ainda mais para o Estado mais turístico do país, que é Santa Catarina. Estaremos trabalhando juntos para alavancar ainda mais este setor”, afirmou.

Parcerias

O novo secretário informou ainda que, no esporte, por meio da Fesporte, vai fomentar os Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc), Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti), Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc), Olimpíada Estudantil Catarinense (Olesc) e diversas outras ações. Na cultura, conforme ele, a Fundação Catarinense de Cultura (FCC) tem papel fundamental no fortalecimento da área, na gestão de museus e no apoio às organizações governamentais e sociedade civil. “Hoje inicia a inscrição para o Prêmio Catarinense de Cinema, com recursos de R$ 8,4 milhões. Além disso, temos a missão de viabilizar o Edital Elizabete Anderle neste ano”, explicou.

No turismo, junto com a Santur, devem ser fortalecidas as ações de promoção das belezas de Santa Catarina, tanto na participação de feiras e eventos como na capacitação das 12 regiões turísticas, em parceria com o Ministério do Turismo.

Também participaram do ato, os presidentes da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), Ozeas Mafra Filho; da Fesporte, Erivaldo Caetano Júnior; da Santur, Valdir Rubens Walendowsky, prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, presidente da Câmara de Vereadores, Guilherme Pereira de Paulo; deputados estaduais e federais e outras autoridades.

O turismo em SC

O setor em Santa Catarina cresceu 6,7% em 2017 e abriu mais de mil novas vagas de emprego no período. Os dados de crescimento são da Pesquisa Mensal de Serviços do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) e referem-se à evolução do volume de vendas do setor em relação aos 12 meses de 2016. O desempenho foi o terceiro melhor do país, atrás apenas de Goiás (11,1%) e de Pernambuco (8,2%). No mesmo período, o segmento no Brasil encolheu 6,5%.

O novo secretário

Pós-graduado em Economia e Gestão, com foco em planejamento, orçamento e gestão pública, pela Fundação Getúlio Vargas e bacharel em Administração pela Faculdade Estácio de Sá de São José, em Santa Catarina, Tufi Michreff Neto foi diretor de Administração e Finanças da Embratur, de 2012 a 2017, foi também diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento e Urbanização (Conurb) de Joinville de 2009 a 2011.

Durante quatro anos (2005 a 2009), Tufi esteve no Governo do Estado de Santa Catarina, ocupando cargos no Departamento de Transportes e Terminais da Secretaria de Estado da Infraestrutura. Lá foi gerente de Administração e Recursos Humanos, diretor administrativo e financeiro, gerente de Administração, Finanças e Contabilidade e, por fim, diretor de Transportes.

Informações adicionais para a imprensa:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: bety@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3014 / 98843-5460
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC