A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) finalizará as inscrições do Processo Seletivo n° 09/2013, que oferece duas vagas de professor substituto, na sexta-feira, 13. Uma das vagas é para a área de Estatística Básica e Matemática Aplicada à Zootecnia, no Centro Educação Superior do Oeste (CEO), em Chapecó, enquanto a outra é para a área de Psicologia, no Centro de Ciências Humanas e da Educação (Faed), em Florianópolis.

Para se inscrever, os interessados devem comparecer nos centros, enviar um procurador legalmente constituído ou encaminhar os documentos pelo correio até o fim do prazo. Os endereços e os horários estão no edital.

Entre 23 e 25 de setembro, os candidatos passarão por avaliação de títulos e farão prova escrita de conhecimento, além de teste de didática ou prática experimental.

Quem for aprovado será contratado em caráter temporário, por prazo não superior a quatro anos. O número de horas de trabalho varia conforme a área de conhecimento.

Mais informações podem ser obtidas por telefone e e-mail com as direções de Ensino da Udesc Oeste e da Udesc Faed.

>>> Confira o boletim da Rádio Secom e faça download

  Baixar áudio

 

Assessoria de Comunicação da Udesc
Jornalista Rodrigo Brüning Schmitt
E-mail: rodrigo.schmitt@udesc.br
Telefones: (48) 3321-8142/8143

Luiz Schmidt atua com a família na agroindústria de Santa Rosa de Lima e investe na produção de geleia, doce e suco de maçã e de outras variedades frutíferas. Com o apoio do Programa SC Rural, ele colocou em prática o empreendedorismo e já pensa em investir em papinha de nenê orgânica. Além disso, transformou sua antiga casa em pousada e conseguiu recursos para um novo prédio, ampliando a capacidade de hóspedes, que pode receber até 12 pessoas, divididas em dois grupos.



Foto: Saul Oliveira/SOL/ASCOM

Luiz é coordenador do Sindicato de Agricultura Familiar da cidade e foi um dos produtores rurais que participaram na tarde desta segunda-feira, 9, da apresentação do SC Rural. O evento reuniu algumas famílias envolvidas na iniciativa e apresentou os resultados conquistados pela maior política pública para o meio rural do Estado. Os participantes do programa demonstraram aos presentes os produtos gastronômicos e artesanais resultantes de suas atividades, como vinhos, licores, queijos, frutas, geleias e pães.

Famílias e jovens da região turística da Serra (Urubici) e dos Encantos do Sul (Santa Rosa de Lima) apresentaram seus produtos e serviços voltados, sobretudo, ao desenvolvimento do empreededorismo no turismo rural, como o Acolhida na Colônia. O projeto em Santa Rosa de Lima é coordenado por Rosângela B. Vanderlinde, que destaca o potencial do programa de fixar as famílias agricultoras no meio rural: “É um desafio para o agricultor desenvolver uma visão mais ampla do seu negócio e de complementar a renda por meio do turismo rural”, considera.

De acordo com Elisa de Liz, diretora de Políticas Integradas do Lazer (PDIL), em cada região turística do Estado, cerca de 60 famílias terão seus projetos turísticos melhorados e novos projetos implantados, com integração da comunidade e aproveitamento da produção local/regional. Urubici é um dos exemplos: apesar de já ter vocação turística consolidada, sobretudo durante o inverno, a cidade recebeu recursos do programa para criar um centro de informações e para pavimentar e sinalizar 13 km de estradas de acesso às propriedades rurais.

Para diversificar a economia local e regional, o programa tem um público prioritário: os jovens. Eles recebem capacitação sobre empreededorismo e inclusão digital para estimularem a permanência das famílias na terra. Andrei D. Topanoti é um exemplo disso. O jovem de 20 anos mora em Bom Jardim da Serra com os pais, que trabalham na produção de maçã e outras culturas frutíferas: “Nós aprendemos a procurar aspectos diferenciados do potencial turístico e a preservar nossos costumes culturais”, afirma.

Santa Catarina é referência em agricultura familiar e orgânica e conta, desde 2010, com o programa, que deve investir, até 2016, cerca de US$ 189 milhões para ampliar a competitividade da agricultura familiar catarinense. Desse total, 90 milhões serão financiados pelo Banco Mundial. O Secretário Beto Martins destaca o potencial do SC Rural de agregar renda às famílias por meio da cooperação para o desenvolvimento rural: “O programa ajuda as famílias a permanecerem no meio rural e a terem orgulho da vida no campo”, destaca.

O programa, que é coordenado pela Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca, é executado de maneira conjunta por sete instituições do Governo Estadual (Epagri, Cidasc, Fatma, Polícia Militar Ambiental, Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Secretaria de Infraestrutura e Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte), em parceria com as prefeituras municipais.

Mais informações:
Ana Paula Flores
ASCOM - Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte
Fone: (48) 3665-7435

 

A terça-feira, 10, começa com nevoeiros densos no Litoral, pela manhã. No decorrer do dia, tempo firme com predomínio de sol em Santa Catarina, ar seco e temperatura elevada para época do ano. Ventos de nordeste, fraco a moderado com rajadas à tarde.

No final da tarde de segunda-feira, 9, os aeroportos de Florianópolis e Navegantes cancelaram pousos e decolagens devido a neblina forte que dificulta a visibilidade. Agora pela manhã os aeroportos continuam fechados sem previsão para normalizar.

Para o resto da semana, quarta, quinta e sexta-feira, o tempo fica seco com sol entre poucas nuvens e calor no estado com as temperaturas altas.

REGIÃO: LITORAL NORTE  33ºC
 15ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
NE 10 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Céu com algumas nuvens
Manhã: Sol com algumas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: PLANALTO NORTE  27ºC
 13ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Sem ocorrência
NE 10 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Céu com algumas nuvens
Manhã: Sol com algumas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: GRANDE FLORIANÓPOLIS LITORÂNEA  28ºC
 16ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
NE 15 Km/h 45 Km/h
Madrugada: Céu com algumas nuvens
Manhã: Sol com algumas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: GRANDE FLORIANÓPOLIS SERRANA  26ºC
 13ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
NE 10 Km/h 30 Km/h
Madrugada: Céu com algumas nuvens
Manhã: Sol com algumas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: VALE DO ITAJAÍ  29ºC
 14ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
NE 10 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Céu com algumas nuvens
Manhã: Sol com algumas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: LITORAL SUL  30ºC
 14ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
NE 10 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Céu com algumas nuvens
Manhã: Sol com algumas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: PLANALTO SUL  28ºC
 11ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Sem ocorrência
NE 10 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Céu com algumas nuvens
Manhã: Sol com algumas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu estrelado
REGIÃO: MEIO OESTE  28ºC
 14ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Sem ocorrência
NE 10 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Céu com algumas nuvens
Manhã: Sol com algumas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu estrelado
REGIÃO: OESTE  29ºC
 16ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Sem ocorrência
NE 10 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Céu com algumas nuvens
Manhã: Sol com algumas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu estrelado
REGIÃO: EXTREMO OESTE  29ºC
 14ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Sem ocorrência
NE 10 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Céu com algumas nuvens
Manhã: Sol com algumas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
 
 

Os sites do Governo do Estado de Santa Catarina, incluindo o portal www.sc.gov.br e as páginas das secretarias e demais órgãos estaduais, estarão fora do ar entre as 20h desta segunda-feira, dia 9, e as 4h de terça-feira, dia 10. O motivo é o trabalho de manutenção da rede pela equipe do Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (Ciasc).

O governador em exercício Eduardo Pinho Moreira assinou, nesta segunda-feira, 9, em Siderópolis, convênios, por meio da Secretária de Estado da Saúde, no valor de R$ 203 mil, para a compra de equipamento do Pronto Atendimento 24h e um veículo para transporte de pacientes. “Estamos atendendo um pedido importante do prefeito Alemão, que é equipar a sala de estabilização do Pronto Atendimento 24h. Visto que o município não possui hospital e desloca seus pacientes para Criciúma, a unidade precisa estar apta para o atendimento de pacientes emergenciais e transporta-los com uma maior segurança”, destacou Moreira.

convenio saude 20130909 1125999697
Foto: Neiva Daltrozo / Secom. Mais imagens na galeria

Os recursos serão destinados para a compra de um respirador mecânico (R$ 50 mil), bomba de infusão (R$ 13 mil), foco cirúrgico (R$7 mil), e um desfibrilador (R$ 13 mil), que irão equipar a sala de estabilização do Pronto Atendimento 24h, de Siderópolis, além de um veículo para transporte de pacientes intermunicipal (R$ 120 mil). Segundo o prefeito, Hélio Roberto Cesa, com a aquisição destes equipamentos e veículo o atendimento terá mais qualidade. “Teremos maior eficácia e agilidade no atendimento ao cidadão. Mesmo sendo engenheiro, serei o prefeito da Saúde”.

Estavam presentes durante assinatura o secretário adjunto da Saúde, Acélio Casagrande; secretária de Justiça e Cidadania, Ada Faraco De Luca; deputado estadual Mota; secretário Regional de Criciúma, Luiz Fernando Cardoso; a secretária municipal de Saúde, Luana Bez; o presidente da Câmara de Vereadores de Siderópolis, Romildo Soares; e demais vereadores.

Leia mais
>>>Governo libera R$ 940 mil para municípios da região Carbonífera
>>>Governador em exercício vistoria obras da Via Rápida em Criciúma
>>>Governador em exercício assina convênios e inaugura obras no Sul do Estado nesta terça
>>>Governador em exercício autoriza investimentos de R$ 3,3 milhões para Urussanga

 

Mais informações
Sabryna Sartott
Gabinete vice-governador
Fone: (48) 9138-8722

O governador em exercício Eduardo Pinho Moreira esteve na cidade de Criciúma, na tarde desta segunda-feira, 9, e liberou recursos na ordem de R$ 940 mil através de convênios firmados com os municípios de Criciúma, Balneário Rincão e Morro da Fumaça. A solenidade foi realizada nas dependências do Asilo São Vicente de Paula e contou com a presença do secretário de Desenvolvimento Regional de Criciúma, Luiz Fernando Cardoso, do secretário adjunto de Saúde, Acélio Casagrande, e da secretária de Justiça e Cidadania, Ada de Luca.

recursos para regiao carbonifera 20130909 1224748838
Foto: Jeferson Baldo/GVG. Mais imagens na galeria

Com a prefeitura de Criciúma, foram firmados dois convênios, totalizando R$ 457 mil, sendo R$ 357 mil para o Banco de Olhos e Tecidos e R$ 100 mil para o Asilo São Vicente de Paula, que usará os recursos para a manutenção e melhorias em sua estrutura física. “É uma luta diária superar as demandas de Saúde em Santa Catarina. Assim como estamos ajudando o Hospital São Donato, o Hospital São José, a Casa de Saúde Rio Maina, entre tantas outras unidades da Região. É com muita alegria que hoje liberamos recursos para estas duas importantes instituições criciumenses”, destacou Moreira.

A prefeitura de Morro da Fumaça recebeu R$ 375 mil destinados à compra de equipamentos para o Hospital de Caridade São Roque e mais R$ 30 mil a ser utilizado na compra de um veículo para área de Segurança Pública no município. O governo do Estado liberou ainda um convênio de R$ 75 mil para a prefeitura de Balneário Rincão, destinados à compra de uma ambulância.


Leia mais
>>> Governador em exercício assina convênio da Saúde no valor de R$ 203 mil para Siderópolis
>>> Governador em exercício vistoria obras da Via Rápida em Criciúma
>>> Governador em exercício assina convênios e inaugura obras no Sul do Estado nesta terça
>>> Governador em exercício autoriza investimentos de R$ 3,3 milhões para Urussanga

 

{text}

Os 41 empreendimentos produtivos coletivos pré-selecionados pelo programa Economia Verde e Solidária, do Governo do Estado, têm até o dia 30 de setembro para entregarem a documentação exigida. “Inicialmente recebemos 145 propostas que passaram por várias etapas, como habilitações jurídicas e técnicas, além de visitas até chegar ao número de classificados”, explica a secretária em exercício do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Lúcia Dellagnelo. A lista dos aprovados está no site www.evs.sc.gov.br .

O programa é direcionado a cooperativas e associações de produção coletiva que utilizem resíduos industriais ou sólidos para produção de uma nova cadeia produtiva, que vise à geração de trabalho e renda. Serão disponibilizados R$ 20 milhões, dos quais R$ 10 milhões são do Governo do Estado, em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina (Sebrae/SC), para diagnósticos setoriais, estudos, consultorias e participações em feiras e rodadas de negócios. Os outros R$ 10 milhões são de financiamento a fundo perdido com o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para execução dos projetos, onde cada empreendimento poderá receber até R$ 300 mil.

A documentação necessária para a formalização do convênio do Economia Verde e Solidária deverá ser entregue na Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc). É necessário apresentar cópia do estatuto da associação, ata com nomeação da atual diretoria, comprovante de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), certidões negativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), de débitos com a Fazenda Pública Federal e Estadual, situação de regularidade do seu representante ou dirigente perante o Tribunal de Contas do Estado (TCE), licenciamento ambiental e regularização do imóvel. “Caso algum dos documentos não seja entregue, temos ainda 11 empreendimentos na lista de espera para assinarem o convênio do programa”, esclarece Lúcia.

{text}

Finalizando as discussões e os trabalhos da II Conferência Estadual de Educação de Santa Catarina (Conae/SC), os diferentes segmentos da sociedade se reuniram na Plenária Final, realizada na manhã desta segunda-feira, 9, para as homologações das propostas e escolhas dos 87 delegados que irão representar o Estado na Conferência Nacional de Educação (Conae), que será realizada em fevereiro de 2014, em Brasília.

As propostas dos sete eixos discutidas no domingo, 8, e aprovadas com mais de 50% da votação foram homologadas. As demais propostas, que não alcançaram o número mínimo dos votos, foram levadas à Plenária Final para a aprovação ou rejeição. Após as deliberações foram definidas efetivamente as propostas que irão compor o Documento Final que representará os desejos de SC na Conae 2014.

Durante os três dias de eventos profissionais da educação, membros do Fórum Estadual e lideranças municipais e estaduais estiveram reunidos para debater as deliberações de todos os encontros realizados no Estado, nas conferências municipais e intermunicipais. A abertura do evento foi marcada pela palestra da professora e doutora da Universidade de São Paulo (USP), Lizete Regina Gomes, abordando o Plano Nacional de Educação (PNE).

“O PNE não é um documento simplesmente, e sim é este processo de reunião que está sendo realizado por meio das Conferências, nas quais os vários segmentos da sociedade se reúnem para discutir qual a política educacional que deveria ser realizada no Brasil. Podemos dizer que é um processo de formação ao chamar a todos para estas discussões, até que um dia a população brasileira realmente consiga colocar como prioridade nacional a educação brasileira”, destaca Lizete.

No segundo dia do evento, delegados e observadores acompanharam os 30 conferencistas que ministraram palestras sobre os sete eixos, que serviram de embasamento para que os 469 delegados confrontassem o conteúdo norteador do Documento Referência, criado pelo Fórum Nacional de Educação (FNE), com tudo que foi discutido, alinhando com as propostas que serão representadas por Santa Catarina.

“O documento gerado por meio das discussões desta conferência representa a voz de diferentes camadas da população catarinense, na construção de novas políticas públicas para um sistema educacional democrático e de qualidade”, afirma a coordenadora do Fórum Estadual de Educação, Elza Marina Moretto.

A partir de agora a equipe técnica irá se reunir para organizar o Documento Final com as propostas aprovadas durante a Conae Estadual. O material deve estar pronto até novembro.

{text}

Em roteiro pela Região Sul, o governador em exercício, Eduardo Pinho Moreira, acompanhado do secretário de desenvolvimento regional de Criciúma, Luiz Fernando Cardoso, e do presidente do Deinfra, Paulo Meller, realizou vistoria nas obras da Via Rápida de Criciúma na tarde desta segunda-feira, 9. A obra avaliada em mais de R$ 80 milhões tem 12 quilômetros de extensão e fará o escoamento do tráfego da região Carbonífera até a BR 101. “Suas características particulares tornam a Via Rápida uma rodovia pioneira no Estado, com grande capacidade estrutural, de qualidade e segurança, permitindo um limite de velocidade de 110 km/h”, destacou Eduardo Moreira.

via rapida criciuma 20130909 2079082297
Foto: Jeferson Baldo/SECOM. Mais imagens na galeria

A rodovia, em sua maior, parte está localizada em área rural, contando com apenas um trecho no acesso urbano. Por isso, toda a extensão de 12 quilômetros será murada dos dois lados, evitando, assim, a morte de animais na pista. Com quatro pistas construídas estrategicamente com um largo canteiro entre os sentidos, a rodovia estará pronta para futuras duplicações utilizando suas dimensões já estabelecidas. São 17 viadutos em seu trajeto e em toda sua extensão será acompanhada de calçada e ciclovia.

De acordo com o presidente do Deinfra, Paulo Meller, mais de 90% das desapropriações de terras já estão concluídas, sendo que o restante que falta não interferirá no cronograma já estipulado.  “Mesmo no período das chuvas a obra não parou, por isso, entregaremos o Anel de Contorno Viário em outubro de 2014, e a Via Rápida, prevista para 2015, poderá ter alguns trechos liberados para o tráfego também no final de 2014”, conclui Meller.

Confira o boletim da Rádio Secom com entrevista do governador em exercício:

  Baixar áudio

Leia mais
>>>Governo libera R$ 940 mil para municípios da região Carbonífera
>>> Governador em exercício assina convênio da Saúde no valor de R$ 203 mil para Siderópolis
>>>Governador em exercício assina convênios e inaugura obras no Sul do Estado nesta terça
>>>Governador em exercício autoriza investimentos de R$ 3,3 milhões para Urussanga

{text}

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) deve relançar, esta semana, o processo seletivo simplificado para contratação de profissionais para o Hospital Regional Hans Dieter Schmidt, de Joinville. A informação foi dada pela secretária Tânia Eberhardt, durante reunião na Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) de Joinville, nesta segunda-feira, 9. Na última seleção, foram abertas 37 vagas para médicos intensivistas e clínicos gerais, mas apenas 12 candidatos foram classificados. Os servidores atuarão no setor de emergência da unidade e nos 10 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), que devem ser abertos após a admissão dos mesmos.

Os selecionados no primeiro processo devem ser chamados pelo Hospital Regional de Joinville após esta quarta-feira, 11, quando termina o prazo legal para recurso. Na mesma data, a Secretaria de Estado da Saúde republicará o edital para preenchimento das vagas remanescentes. Com o ingresso dos profissionais e a abertura dos novos leitos de UTI, o hospital passará a contar com 30 leitos de terapia intensiva.

A secretária Tânia também anunciou que em breve será lançado o processo licitatório para obras nas alas A, B e C do Hospital Regional Hans Dieter Schmidt. A reforma geral contemplará também o centro cirúrgico, a central de materiais esterilizados e parte do pronto-socorro da unidade. Conforme os projetos executivos forem sendo finalizados, serão publicadas as demais concorrências. A intenção é formar uma comissão, que se reunirá quinzenalmente para discutir o cronograma e o andamento das ações.

As ações no local vão possibilitar a reativação de quatro salas do centro cirúrgico, a reabertura de 52 leitos, além da implementação de mais 10 de UTI. O hospital atualmente opera com 192 leitos de internação e 20 de terapia intensiva. Por mês, a unidade de saúde presta aproximadamente 2,5 mil atendimentos e realiza 400 cirurgias.

O encontro contou com a presença da secretária regional Simone Schramm, do gerente regional da Saúde, Henrique Deckmann, do diretor do Hospital Regional, Hercilio Fronza Junior, e demais gestores do hospital.

{text}