Os representantes das sete Secretarias de Desenvolvimento Regional que compõem a mesorregião de São Miguel do Oeste estarão reunidos nos próximos dias 16 e 17 de setembro, no parque de exposições Rineu Gransotto, para definir as prioridades que devem integrar o Plano Catarinense de Políticas Públicas sobre Drogas. O Plano será baseado no trabalho intersetorial das instituições que participam do evento e possuem ações diretas ou indiretas relacionadas à questão das drogas.
 
Outras oficinas estão previstas até o final do ano. A próxima será realizada em Chapecó, nos dias 19 e 20 de setembro, na Unoesc, e, na sequência, nos municípios de Criciúma, Joaçaba e Lages. A expectativa é reunir 700 profissionais por encontro, com público estimado total de 4,9 mil profissionais.  “O objetivo é mapear os serviços e as ações regionalizadas numa parceria entre governo, os conselhos e o terceiro setor”, destaca o Secretário de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST), João José Cândido da Silva.
 
Os participantes serão distribuídos em grupos de acordo com os eixos: saúde intersetorial; segurança pública; cidadania e justiça; educação e prevenção intersetorial; assistência social e trabalho intersetorial; e controle social e comunidades terapêuticas. O objetivo destes eventos é debater propostas para a região que devem integrar o Plano Catarinense de Políticas Públicas sobre Drogas. O Plano será baseado no trabalho intersetorial das instituições que participam do evento e possuem ações diretas ou indiretas relacionadas à questão das drogas.
 
Participam das oficinas técnicos das Secretarias de Estado da Assistência Social; Saúde; Justiça e Cidadania; Educação; Segurança Pública; Casa Civil; conselhos tutelares, conselhos de segurança, conselhos municipais antidrogas (Comads); fundações; comunidades terapêuticas; Ministério Público; Tribunal de Justiça; representantes de escolas particulares e de entidades socioeducativas e prisionais; além da Comissão de Combate e Prevenção às Drogas da Assembleia Legislativa (Alesc).
 
Como iniciou
 
A ideia de elaboração do Plano Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas surgiu a partir da adesão do Estado ao programa federal Crack, é Possível Vencer, conforme decreto 991, de 25 de maio de 2012. A Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST) coordena o programa em Santa Catarina e paralelamente trabalha a elaboração e implantação do Plano num grupo intersetorial.
 
Como resultado da criação do colegiado gestor estadual, foi realizado, no ano passado, o 1º Encontro Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas. O objetivo do encontro foi alcançar a intersetorialidade na efetivação das políticas públicas para a superação dos problemas decorrentes do álcool, tabaco e outras drogas, além de elaborar propostas para o Plano Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas.
 
Os detalhes sobre as oficinas regionais de políticas públicas sobre drogas e outros assuntos relacionados ao tema podem ser acessados em www.vencerasdrogas.sc.gov.br
 
 
Serviço:
SDRs participantes: SDR São Miguel do Oeste, Maravilha, Quilombo, Itapiranga, Dionísio Cerqueira, Palmitos, São Lourenço do Oeste.
O quê: Oficina de Mobilização Intersetorial de Políticas Públicas sobre Drogas da mesorregião de São Miguel do Oeste
Quando: 16 e 17 de setembro
Onde: Parque de exposições Rineu Gransotto, localizado na rua rodovia SC 386, próxima ao aeroporto municipal.
 
Programação:
16/09
16h30min - Credenciamento
18h – Coffee break
18h30m – Abertura
19h – Posse do Colegiado Gestor
20h – Palestra
 
17/09
Manhã
8h30m – Apresentação da metodologia
9h – Estudo de caso: Eixo 1: Saúde Intersetorial; Eixo 2: Segurança Pública; Eixo 3: Cidadania e Justiça; Eixo4: Educação e Prevenção Intersetorial; Eixo 5: Assistência Social e Trabalho Intersetorial; Eixo 6: Controle Social
12h30min – Almoço
Tarde
14h - Apresentação dos Grupos
16h30min- Encerramento
17h –  Coffee break 
{text}

A Justiça atendeu aos argumentos da Procuradoria Geral do Estado (PGE) e negou pedido de indenização de um homem por suposta prisão ilegal e uso de algemas de forma arbitrária. Ele era apontado como o mandante do assassinato de seu pai, numa comunidade rural de São Miguel do Oeste, em 2008. Foi preso por solicitação do Ministério Público Estadual e ficou na cadeia pública da cidade por 32 dias.

O autor da ação alegou haver sido preso ilegalmente e disse que a utilização de algemas teria lhe causado grande humilhação frente à comunidade e à família. Por isso, requereu a condenação do Estado ao pagamento de R$ 32 mil.

A Procuradoria Regional de São Miguel do Oeste sustentou que a prisão preventiva baseou-se nos abundantes indícios coletados durante a investigação criminal, que indicavam o envolvimento do autor no homicídio e na intimidação de testemunhas, além do grande clamor popular causado na comunidade onde ocorreu o fato. Ao mesmo tempo, deixou claro que não houve excesso por parte dos policiais que efetuaram a prisão cumprindo estritamente seu dever legal.

O juiz de Direito Juliano Serpa, da comarca local, aceitou as alegações da PGE e entendeu que não houve qualquer abuso na decretação da prisão, pois o homem era apontado como mandante do crime. Para ele, a medida foi necessária para garantir a ordem pública, bem como para não influir na coleta de provas.

Ele justificou o uso das algemas para assegurar a integridade do detido, dos outros denunciados que seriam conduzidos na viatura e também dos policiais. “Por isso, entendo que não houve lesão à dignidade ou incolumidade física do autor, capaz de ensejar a responsabilização do Estado no dever de indenizar”, afirmou ao considerar improcedente o pedido do homem, que não foi condenado pelo crime. 

(Ação Nº 067.10.00.004073-6)

{text}

A Secretaria de Estado da Saúde informa, a seguir, a situação das emergências dos hospitais Celso Ramos e Regional de São José, nesta quinta-feira, 12 de setembro.

Nesta quinta-feira, 12, até o final da manhã, a emergência do Hospital Celso Ramos, em Florianópolis, estava atendendo 35 pessoas. A situação é de normalidade. Segundo informações da instituição, havia quatro pessoas em estado grave. Nas últimas 24 horas, o Celso Ramos recebeu, na Emergência, 320 pessoas. Deste total de atendimentos, 120 são do setor de ortopedia, que, em geral, envolve pessoas que sofreram acidentes de trânsito.

No Hospital Regional de São José havia, na emergência geral, 151 pacientes até o final da manhã desta quinta-feira. A emergência está lotada, com 47 pessoas aguardando consulta. O atendimento é feito de acordo com a gravidade dos casos, a partir da classificação de risco que é feita com cada paciente que chega.

Nas últimas 24 horas, de acordo com as informações da direção do Hospital Regional de São José, o setor de emergência atendeu 314 pacientes. Na emergência pediátrica, 165 crianças foram atendidas. O quadro geral do Hospital Regional de São José é de 335 pacientes internados. Ao todo, 35 internações foram feitas nas últimas 24 horas.

No Hospital Regional de São José, cerca de 80% dos casos que chegam à Emergência são ambulatoriais, ou seja, são situações que podem ser resolvidas nos postos de saúde. Por isso, a Secretaria de Estado da Saúde orienta a população a primeiro procurar os centros de saúde dos seus municípios. Os postos de saúde e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) estão aptos a atender situações de urgência, que são aqueles em que a pessoa não corre riscos. São casos, por exemplo, de febre e dores generalizadas. Os casos mais graves serão encaminhados para os hospitais.

Informações adicionais:
Ana Paula Bandeira
Secretaria de Estado da Saúde
E-mail:  anap@saude.sc.gov.br
Telefone: (48) 9113-6065

As 44 vagas disponíveis no concurso público da Secretaria de Estado da Administração de Santa Catarina serão disputadas por 4.349 pessoas. O número ainda tende a crescer, já que ainda não foram contabilizados os doadores de sangue, isentos da taxa de inscrição. A prova marcada para 29 de setembro será realizada em Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Joinville e Lages.

Até o momento, o cargo com mais inscritos foi o de Técnico em Atividades Administrativas, com 1.592 participantes, que exige graduação em nível médio e oferece quatro vagas. Em segundo lugar, foi o de Analista Técnico Administrativo II, com 1.342 pessoas, que solicita graduação em nível superior em qualquer curso e tem duas vagas disponíveis. O cargo que menos recebeu inscrições foi o de Médico Ortopedista. Apenas sete profissionais vão disputar as duas vagas disponíveis.

Das 44 vagas disponíveis, 39 são para a Perícia Médica e vão suprir a demanda aberta nos últimos anos com aposentadorias e para a manutenção na qualidade dos serviços. Há vagas em Araranguá, Blumenau, Brusque, Chapecó, Concórdia, Criciúma, Florianópolis, Ibirama , Itajaí, Ituporanga, Jaraguá do Sul, Joaçaba, Joinville, Lages, Rio do Sul, São Miguel do Oeste e Xanxerê. “Os números estão sendo finalizados pela Fepese, organizadora do concurso e, por isso, ainda não podemos dizer quantos são os inscritos conforme a região onde são oferecidas as vagas”, explica a gerente da Perícia Médica, Rosana Driessen.

Veja os números de candidatos para as vagas disponíveis (sem contar os isentos de pagamento de inscrição):

Analista de Informática - 97
Analista Técnica Administrativo II - 1342
Assistente Social - 468
Enfermeiro - 285
Médico Cardiologista - 8
Médico Clínico Geral - 104
Médico Ortopedista - 7
Médico Psiquiatra - 11
Psicólogo - 435
Técnico em Atividades Administrativas - 1592

Informações adicionais:
Claudia De Conto
Secretaria de Estado da Administração
E-mail: comunicacao@sea.sc.gov.br

 

Avançam as obras de infraestrutura realizadas pelo Governo do Estado, em parceria com a empresa Votorantim Cimentos, com antecipação de ICMS, na região de Ituporanga, no Alto Vale do Itajaí.

São duas frentes de trabalho. A primeira vai de Vidal Ramos até o trevo de acesso a Imbuia. O trabalho no trecho consiste em repavimentação e revitalização, com construção de terceira faixa. O investimento é de R$ 29 milhões.

Em outra frente de trabalho, são 10 quilômetros de extensão e R$ 28 milhões em investimentos para abertura e pavimentação de novo trecho, de Imbuia até a SC-110 (antiga SC-302), ligando Vidal Ramos e Ituporanga. O trecho está 90% pavimentando, faltando apenas pavimentar cerca de 700 metros da região conhecida como Serrinha (foto), pertencente à cidade de Imbuia.

obras no alto vale do itajai 20130912 2071097867
Foto: Antonio Carlos Mafalda/Secom

>>> Confira mais imagens na Galeria de Fotos

Segundo o engenheiro do Deinfra Nelson Picanço, fiscal das obras, o cronograma atual prevê a conclusão dos trabalhos ainda neste ano. Com tempo bom, os trabalhos podem ser concluídos em cerca de 60 dias. A obra será um importante trecho para o escoamento da produção do Oeste Catarinense em direção ao Vale do Itajaí.

Restauração da SC-110

No mês de agosto, o governador Raimundo Colombo também entregou a ordem de serviço para restauração da SC-110, dentro do programa Pacto por SC. A obra inclui o trecho de Ituporanga até o entroncamento com a SC-281. Serão 16 quilômetros de restauração do pavimento, construção de terceiras faixas e eliminação de pontos críticos. O investimento é de R$ 26,4 milhões e o prazo estimado para a execução do projeto é de cerca de 18 meses.

{text}

O dia começa com nevoeiros entre a Serra  e o Litoral de Santa Catarina. No decorrer desta quinta-feira, tempo permanece seco, com sol em todo o Estado. A temperatura é alta para esta época do ano. O vento de nordeste, fraco pela manhã, passa a moderado, com rajadas, no decorrer do dia.

Próximos dias 

Para sexta-feira e no sábado, a previsão da Epagri/Ciram é de tempo seco com sol entre poucas nuvens e calor em Santa Catarina. Haverá nevoeiros, especialmente, na madrugada e amanhecer. A temperatura permanecerá alta. O vento será de nordeste a noroeste, fraco a moderado com rajadas.

REGIÃO: LITORAL NORTE  33ºC
 15ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
NE 10 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Céu estrelado
Manhã: Ensolarado
Tarde: Ensolarado
Noite: Céu estrelado
REGIÃO: PLANALTO NORTE  28ºC
 10ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
NE 10 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Céu estrelado
Manhã: Ensolarado
Tarde: Ensolarado
Noite: Céu estrelado
REGIÃO: GRANDE FLORIANÓPOLIS LITORÂNEA  30ºC
 16ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
NE 15 Km/h 40 Km/h
Madrugada: Céu estrelado
Manhã: Ensolarado
Tarde: Ensolarado
Noite: Céu estrelado
REGIÃO: GRANDE FLORIANÓPOLIS SERRANA  28ºC
 12ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
NE 10 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Céu estrelado
Manhã: Ensolarado
Tarde: Ensolarado
Noite: Céu estrelado
REGIÃO: VALE DO ITAJAÍ  30ºC
 12ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
NE 10 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Céu estrelado
Manhã: Ensolarado
Tarde: Ensolarado
Noite: Céu estrelado
REGIÃO: LITORAL SUL  32ºC
 12ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
NE 15 Km/h 40 Km/h
Madrugada: Céu estrelado
Manhã: Ensolarado
Tarde: Ensolarado
Noite: Céu estrelado
REGIÃO: PLANALTO SUL  28ºC
 10ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Sem ocorrência
NE 10 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Céu estrelado
Manhã: Ensolarado
Tarde: Ensolarado
Noite: Céu estrelado
REGIÃO: MEIO OESTE  30ºC
 14ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Sem ocorrência
NE 10 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Céu estrelado
Manhã: Ensolarado
Tarde: Ensolarado
Noite: Céu estrelado
REGIÃO: OESTE  32ºC
 16ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Sem ocorrência
NE 15 Km/h 40 Km/h
Madrugada: Céu estrelado
Manhã: Ensolarado
Tarde: Ensolarado
Noite: Céu estrelado
REGIÃO: EXTREMO OESTE  32ºC
 18ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
NE 15 Km/h 40 Km/h
Madrugada: Céu estrelado
Manhã: Ensolarado
Tarde: Ensolarado
Noite: Céu estrelado

Informações adicionais:
Epagri/Ciram
Fone: (48) 3665-5006

O governador em exercício Eduardo Pinho Moreira assinou, na tarde desta quarta-feira, 11, a autorização para o lançamento do edital de licitação para instalação de nova iluminação em LED e câmeras de vigilância na Serra do Rio do Rastro. O investimento será de R$ 1,130 milhão, sendo R$ 630 mil da Secretaria de Estado da Cultura, Turismo e Esporte (Sol), através do Funturismo, e R$ 500 mil do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra).

rio do rastro 20130911 1422782390
Foto: Jeferson Baldo / GVG. Mais imagens na galeria.

Segundo Moreira, o Estado que ganhou pela sétima vez consecutiva o título de Melhor Destino Turístico do Brasil precisa preservar as suas belezas naturais e dar segurança a quem transita nas rodovias catarinenses. “A Serra do Rio do Rastro é uma importante rodovia turística e de integração, por isso, esta obra de iluminação de LED e câmeras de monitoramento, que estarão conectadas à Polícia Militar, permitirão mais segurança, benefícios turísticos e conforto aos usuários”, disse.

O projeto prevê instalação de lâmpadas de LED e ainda câmeras de monitoramento para utilização da Polícia Militar. As imagens, segundo o secretário de Cultura, Turismo e Esporte, Beto Martins, posteriormente, serão disponibilizadas pelo Deinfra na internet. “Os usuários poderão acompanhar online a movimentação do trafego e condições da pista”, informou Martins. A execução de serviços de iluminação da Rodovia SC 390/438 serão entre os trechos de Bom Jardim da Serra - Lauro Müller, no segmento entre o km 129+072 e o 136+718 (Serra do Rio do Rastro). 

Acompanharam a audiência o presidente do Deinfra Paulo Meller, o prefeito de Bom Jardim da Serra Vanio Topanotti e o presidente do Conselho Estadual de Turismo Ivan Cascaes.

{text}

A Secretaria de Estado da Defesa Civil (SDC) e a Federação Catarinense de Municípios (Fecam) promovem, nesta sexta-feira (13), a partir das 8h, no Teatro Alfredo Sigwalt, em Joaçaba, a décima edição do Seminário Regional da Defesa Civil: Prevenção para um Futuro Melhor. O evento terá a participação do secretário de Estado da Defesa Civil, Milton Hobus, que ministra a palestra de abertura.

O objetivo do encontro é sensibilizar os gestores públicos municipais e os profissionais da área de Defesa Civil, Assistência Social, Saúde, Educação, Psicologia, Direito e áreas afins sobre a gestão de risco e desastre, visando aumentar a resiliência local e minimizar os efeitos adversos. Participam representantes dos 30 municípios das associações dos municípios do Meio Oeste Catarinense (Ammoc) e do Alto Uruguai Catarinense (Amauc).

No seminário serão abordados procedimentos administrativos e jurídicos para que gestores e cidadãos saibam como solicitar ajuda e quais as fontes de recursos disponíveis. Além do treinamento, cada município vai receber um kit composto por um microcomputador, impressora, televisor e GPS – Sistema Global de Posicionamento, itens que vão interligar o município ao Centro de Monitoramento e Alerta do Estado. Também será entregue uma câmera fotográfica, trenas, capas de chuva e pranchetas para auxiliar nos trabalhos de identificação e mapeamento de áreas de risco de desastres.

No total são 12 encontros em todo o Estado. Já foram realizados seminários em São Miguel do Oeste, Xanxerê, Chapecó, Criciúma, Tubarão, Florianópolis, Lages e Rio do Sul. Nesta quinta-feira (12) o evento acontece em Videira, e nos dias 19 e 20 de setembro em Itajaí e Joinville, respectivamente.

{text}

Uma reunião com representantes da Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST), Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), instituições ofertantes e de oito municípios do Norte do Estado está prevista para o final de setembro. O objetivo é definir os cursos de qualificação profissional do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) Social, do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), para a região.

Na ocasião será debatida a demanda de profissionais, especialmente para a instalação da fábrica da BMW, no município de Araquari, e também do entorno, e quais os cursos devem ser ofertados. Esse foi o resultado de um encontro realizado nesta quarta, 11, no auditório da Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST).

A BMW informou que há necessidade de profissionais nas áreas de processos, solda, elétrica, automação e controle de qualidade. Além disso, serão necessários trabalhadores para o entorno da fábrica em setores como serviços, alimentação, comércio e construção civil. A expectativa é de que a BMW empregue 1.150 pessoas na empresa - 850 delas até 2014.

De acordo com Antônio Ricardo Valença, representante do MDS, os cursos do Pronatec devem conciliar a necessidade da mão de obra do município com a necessidade das empresas. “O objetivo do Pronatec é capacitar e inserir os trabalhadores no mercado”, explica. Oito milhões de vagas estão previstas para as várias modalidades do Pronatec no Brasil até 2014, sendo que 1 milhão delas serão voltadas para o Brasil sem miséria/Pronatec social. “A qualificação possibilita a inserção no mercado de trabalho e contribui para a geração de renda e inclusão social das pessoas”, destacou o secretário da SST, João José Cândido da Silva.

Participaram da primeira reunião os representantes dos municípios de Joinville, Araquari, Balneário Barra do Sul, Barra Velha, São João do Itaperiú, Itapoá; além de técnicos da SST, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), e das instituições que oferecem cursos do Pronatec: o Sistema S (Senai, Senac, Senar e Senat) e instituições federais de educação (IFSC e IFC). 

Pronatec Social – O Pronatec Social é oferecido às pessoas inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal e, no Estado, os cursos estão sendo articulados pela Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST) em parceria com o Sistema S (Senai, Senac e Senat), e mais o IFSC e IFC. Dos 295 municípios catarinenses, 273 aderiram ao programa e oferecem cursos de qualificação profissional.

São oferecidos ainda transporte e lanche durante o período de duração das aulas. A carga horária varia de 160h/aula a 350h/aula e os alunos são de uma faixa etária entre 16 e 59 anos. A participação nos cursos não suspende o recebimento de qualquer outro benefício do Governo Federal. 

Para este ano, estão previstas 69,1 mil vagas das quais 34,8 mil pessoas estão matriculadas em 270 diferentes cursos, com mais de R$ 100 milhões de investimentos do governo federal.

{text}

Diagnóstico da infecção pelo HIV em crianças e terapia antirretroviral estão entre os temas que serão abordados na Oficina Regional Sul - Atualização do Consenso de Tratamento Antirretroviral em Crianças e Adolescentes. Promovido pelo Ministério da Saúde, o encontro será realizado no Castelmar Hotel, em Florianópolis, quinta, 12, e sexta-feira,13, com apoio da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE), órgão da Secretaria de Estado da Saúde.

Participarão da oficina aproximadamente 60 médicos de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul que atendem crianças e adolescentes em tratamento antirretroviral. A capacitação será organizada em palestras ministradas por integrantes e assessores do Ministério da Saúde.

"Será uma oportunidade de revisão do tratamento adotado no caso das crianças e adolescentes", explica Vanessa Vieira da Silva, da Gerência de DST-AIDS da DIVE. Segundo a profissional, a AIDS se mantém como uma grave problema de saúde pública em Santa Catarina, que ocupa hoje o segundo lugar em incidência da doença no país.

Desde a primeira notificação no Estado, em 1984, quase 27 mil casos foram diagnosticados, a maioria em adultos. Em menores de 13 anos estão notificados 941 casos. Em relação ao público infantil e adolescente, o diagnóstico precoce da doença na mãe, a terapia antirretroviral durante a gravidez e a sequencia do tratamento na infância e adolescência têm sido importantes ações no sentido de barrar o desenvolvimento da AIDS.

Serviço:
Oficina Regional Sul - Atualização do Consenso de Tratamento Antirretroviral em Crianças e Adolescentes
Onde: Castelmar Hotel
Quando: 12 e 13 de setembro


Programação
Quinta-feira 12/09/2013

9h30min - Sessão Interativa 1: Manejo das crianças expostas ao HIV     
Palestrante: Doris Sztutman Bergmann

11h - Sessão Interativa 2: Diagnóstico da infecção pelo HIV em crianças
Palestrante: Marinella Della Negra

13h30min - Sessão Interativa 3: Manejo ARV ? Terapia Inicial
Palestrante: Marinella Della Negra

15h30min - Sessão 4: Manejo da Falha Terapêutica
Palestrante: Rodrigo Zilli Haanwinckel

17h - Encerramento

Sexta-feira 13/09/2013

9h - Sessão Interativa 5: Manejo da Toxicidade à Terapia Antirretroviral
Palestrante: Carmem Lúcia Oliveira da Silva

10h30min - Sessão Interativa 6: Coinfecções com o HIV
Palestrante: Aroldo Prohmann de Carvalho

13h30min - Sessão Interativa 7: Infecções Oportunistas
Palestrante: Aroldo Prohmann de Carvalho

15h - Encerramento

{text}