A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) finalizará nesta sexta-feira, 13, as inscrições do Processo Seletivo n° 09/2013, com duas vagas de professor substituto.

Uma das vagas é para a área de Estatística Básica e Matemática Aplicada à Zootecnia, no Centro Educação Superior do Oeste (CEO), em Chapecó, enquanto a outra é para a área de Psicologia, no Centro de Ciências Humanas e da Educação (Faed), em Florianópolis.

Para se inscrever, os interessados devem comparecer nos centros, enviar um procurador legalmente constituído ou encaminhar os documentos pelo correio até sexta-feira. Os endereços e os horários estão no edital.

Entre 23 e 25 de setembro, os candidatos passarão por avaliação de títulos e farão prova escrita de conhecimento, além de teste de didática ou prática experimental.

Quem for aprovado será contratado em caráter temporário, por prazo não superior a quatro anos. O número de horas de trabalho varia conforme a área de conhecimento.

Mais informações podem ser obtidas por telefone e e-mail com as direções de Ensino da Udesc Oeste e da Udesc Faed.

Assessoria de Comunicação da Udesc
Jornalista Rodrigo Brüning Schmitt
E-mail: rodrigo.schmitt@udesc.br
Telefones: (48) 3321-8142/8143

Nesta terça-feira, 10, foi publicada no Diário Oficial a Portaria que oficializa a criação da Delegacia de Polícia de Pessoas Desaparecidas (DPPD). O texto estabelece a estrutura, organização e funcionamento desta especializada. A inauguração da Delegacia será no dia 24 de setembro, às 10h, na Rua Ademar da Silva, 1135 – 2.° andar, em São José (na mesma edificação da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso de São José). A portaria foi assinada pelo Secretário de Estado da Segurança Pública, César Augusto Grubba.

De acordo com o Delegado Geral, Aldo Pinheiro D’Ávila, a nova unidade policial terá estrutura para atender à demanda de desaparecidos do estado de Santa Catarina, além de estar direcionada à possível identificação de cadáveres, para evitar o sepultamento de indigentes.  

Estimativas apontam que, em Santa Catarina, cerca de 50% dos registros são referentes a desaparecimentos de adolescentes, o que demandaria auxílio das Delegacias de Proteção à Criança ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMIs), nos procedimentos investigativos.  

De acordo com o delegado Wanderley Redondo, que é o titular da nova unidade policial no estado, no ano passado, foram registrados em Santa Catarina, 3.319 desaparecimentos. Destes, apenas 1.372 fizeram um novo Boletim de Ocorrência registrando o reaparecimento da pessoa. O que significa que há 1.947 ocorrências abertas ainda, ou seja, que continuam sendo investigadas para saber se houve o reaparecimento da pessoa ou não.  

Desta forma, para amenizar o número de ocorrências em aberto sobre desaparecimentos, a unidade especializada também faria a gestão de um mecanismo de alerta, que seria implantado no atual sistema de informações usado pela Polícia Civil de Santa Catarina, o Sistema Integrado de Segurança Pública (SISP), e acessível a todos os policiais.  “Assim, toda vez que uma pessoa que possua registro de desaparecimento for identificada numa unidade policial, o sistema emitirá um alerta para o policial civil, para que o registro de reaparecimento seja feito”, explica Redondo.  

Para acessar a Portaria, clique aqui e acesse as páginas 18 e 19.

>>> Confira o boletim da Rádio Secom e faça download

  Baixar áudio

{text}

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) e a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) promovem de 16 a 20 de setembro, em Florianópolis, a 10ª edição do Seminário Internacional Fazendo Gênero, que terá como tema “Desafios Atuais dos Feminismos”.

O evento receberá cinco mil participantes vinculados a diferentes instituições nacionais e estrangeiras, além de várias gerações de pesquisadores. O objetivo do seminário é promover um espaço de discussões no campo dos estudos feministas e de gênero.

A programação contará com oficinas, minicursos, conferências, mesas redondas, simpósios temáticos, lançamento de livros, exposição de pôsteres e mostra audiovisual e de fotografias. O encontro também terá várias reuniões de grupos, núcleos e redes de pesquisa nacionais e internacionais.

“Os cinco mil participantes poderão debater as principais questões dos feminismos atuais, que incluem temas como baixa participação das mulheres nas instâncias de poder político; as desigualdades de gênero no âmbito do trabalho e da distribuição de renda; as dificuldades enfrentadas nas lutas pelo direito ao aborto; violências domésticas e institucionais de gênero; a grave situação das mulheres, principalmente as de baixa renda, nos contextos pós-coloniais e transmodernos; iniquidades em saúde; as contramarchas nas lutas pelos direitos LGBT e contra os efeitos de subordinação das interseções de gênero, classe, gerações, raça, etnia e deficiência, entre outros”, salienta Gláucia de Oliveira Assis, uma das coordenadoras do evento.

A conferência de abertura será ministrada pela escritora Sara Beatriz Guardia, fundadora e diretora do Centro de Estudios La Mujer em la Historia de America Latina e professora da Universidade de San Martin de Porres, em Lima, no Peru. Ela abordará o tema “Exclusion y Genero en los Procesos de Independencia de los Paises Latino-americanos”.

A escritora e ativista norte americana, Sarah Schulman, falará sobre o tema “Amigos Diante da Família, Sociedade Diante do Governo” na conferência de encerramento do evento. A conferencista é professora de Humanidades na City University of New York.

“Mais uma vez, o evento pretende trazer uma grande contribuição para os estudos feministas e de gênero, e para os movimentos sociais e políticos a eles relacionados”, ressalta a coordenadora.

O Fazendo Gênero 10 é promovido pelo Ciências Humanas e da Educação (Faed) da Udesc, em parceria com o Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH), Centro de Comunicação e Expressão (CCE) e outros centros da UFSC.

Mais informações na página do evento.

Assessoria de Comunicação da Udesc Faed
Jornalista Carolina Hommerding
E-mail: imprensa.faed@udesc.br
Telefone: (48) 3321-8512

A Secretaria de Estado da Saúde informa, a seguir, a situação das emergências dos hospitais Celso Ramos e Regional de São José, nesta quarta-feira, 11 de setembro.

 Nesta quarta-feira, 11, até o final da manhã, a emergência do Hospital Celso Ramos, em Florianópolis, estava atendendo 21 pessoas. A situação é de normalidade. Segundo informações da instituição, havia três pessoas em estado grave. Nas últimas 24 horas, o Celso Ramos recebeu, na Emergência, 320 pessoas. Deste total de atendimentos, 173 são do setor de ortopedia, que, em geral, envolve pessoas que sofreram acidentes de trânsito.

No Hospital Regional de São José havia, na emergência geral, 151 pacientes até o final da manhã desta terça-feira. A emergência está lotada, com 38 pessoas aguardando consulta. O atendimento é feito de acordo com a gravidade dos casos, a partir da classificação de risco que é feita com cada paciente que chega.

Nas últimas 24 horas, de acordo com as informações da direção do Hospital Regional de São José, o setor de emergência atendeu 292 pacientes. Na emergência pediátrica, 152 crianças foram atendidas. O quadro geral do Hospital Regional de São José é de 345 pacientes internados. Ao todo, 48 internações foram feitas nas últimas 24 horas.

No Hospital Regional de São José, cerca de 80% dos casos que chegam à Emergência são ambulatoriais, ou seja, são situações que podem ser resolvidas nos postos de saúde. Por isso, a Secretaria de Estado da Saúde orienta a população a primeiro procurar os centros de saúde dos seus municípios. Os postos de saúde e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) estão aptos a atender situações de urgência, que são aqueles em que a pessoa não corre riscos. São casos, por exemplo, de febre e dores generalizadas. Os casos mais graves serão encaminhados para os hospitais.

>>> Confira o boletim da Rádio Secom e faça download

  Baixar áudio


Informações adicionais:
Ana Paula Bandeira
Secretaria de Estado da Saúde
E-mail:  anap@saude.sc.gov.br
Telefone: (48) 9113-6065

A partir de outubro, a Maternidade Darcy Vargas, em Joinville, será a primeira maternidade pública, fora da Grande Florianópolis, a ter coleta de sangue pelo cordão umbilical. Enfermeiras da instituição estão se preparando para coletar sangue do cordão umbilical e da placenta. O sangue coletado ficará disponível para a população no Banco Público de Sangue de Cordão Umbilical e Placentário do Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (Hemosc), em Florianópolis.

Atualmente, apenas a Maternidade Carmela Dutra, em Florianópolis, e o Hospital Regional de São José realizam a coleta de sangue do cordão umbilical. Por isso, as enfermeiras da maternidade Darcy Vargas estão sendo capacitadas em coleta de sangue com controle de qualidade e segurança no Regional, como primeira etapa do treinamento.

A segunda fase será no Hemosc de Joinville, de 17 a 19 de setembro, com a realização de entrevistas com as gestantes. “Para doar sangue ao banco público, a gestante deve ser considerada de baixo risco, ou seja, não pode ter patologia prévia e ter feito no mínimo duas consultas de pré-natal”, destaca a gerente de enfermagem da Darcy Vargas, Lis Elena Westphal.      

O Banco Público de Sangue de Cordão Umbilical e Placentário do Hemosc existe desde 2009 e já ajudou muitos pacientes que precisaram de transplante de medula óssea e não tinham um doador familiar. “A médio e a longo prazo, todos os catarinenses terão acesso ao sangue do cordão umbilical, de forma gratuita, não precisando pagar como acontece nos bancos privados”, destaca Denise Linhares Gerent, diretora do Hemosc.

Informações adicionais:
Ana Paula Bandeira
Secretaria de Estado da Saúde
E-mail:  anap@saude.sc.gov.br
Telefone: (48) 9113-6065

Os dados dos últimos seis meses do Juro Zero para Microempreendedores Individuais (MEIs) apontam crescimento de 48% em relação ao mesmo período no ano passado. A média entre março e agosto de 2013 foi de 990 concessões de crédito, contra 668 em 2012. Somente em agosto, foram realizadas 952 operações, que correspondem a mais de R$ 2,6 milhões. “Este programa é emblemático dentro da nova economia catarinense. Ele beneficia o elo mais frágil da cadeia produtiva, que é o microempreendedor individual, o pintor de parede, a costureira, a vendedora de roupa”, elucida o secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Paulo Bornhausen.

O programa busca incentivar o crescimento do empreendedorismo catarinense por meio de empréstimos de até R$ 3 mil. Este valor pode ser financiado em até oito parcelas e, caso as sete primeiras sejam pagas em dia, a última correspondente aos juros é quitada pelo Governo do Estado. Para participar, o MEIs deve ser formalizado. A receita bruta anual de até R$ 60 mil.

Desde que foi lançado, em novembro de 2011, foram concedidos 16.818 empréstimos, totalizando R$ 47,3 milhões.  O Juro Zero para MEIs é realizado em parceria da Agência de Fomento de Santa Catarina (Badesc), responsável pela engenharia financeira; do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Santa Catarina (Sebrae/SC), que dá consultoria de gestão e inovação; e da Associação das Organizações de Microcrédito de Santa Catarina (Amcred/SC). “O Juro Zero oferece ao MEI a possibilidade de se tornar um empresário. E não é pelo dinheiro apenas, mas, sobretudo, pela consultoria que é dada pelo Sebrae de Santa Catarina", declara Bornhausen.

Os créditos são disponibilizados por meio de 18 Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscips) no Estado. Com unidades em Florianópolis, Biguaçu, São José, Palhoça, Brusque, Tijucas e São João Batista, o Banco do Empreendedor foi o que mais realizou operações do Juro Zero. Foram 2.897. Somente em agosto foram 216, concedeu aproximadamente R$ 600 mil.

>>> Confira o boletim da Rádio Secom e faça download

  Baixar áudio

{text}

Os cursos de qualificação profissional do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) Social do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) para oito municípios da região Norte do Estado serão discutidos nesta quarta-feira, 11, no auditório da Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST), a partir das 13h30min. O objetivo é o de debater sobre a demanda de profissionais para a região, especialmente para a instalação da fábrica da BMW, prevista para o município de Araquari, e quais os cursos que devem ser ofertados.

Foram convidados a participar da reunião os representantes da SST, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), da BMW e das instituições que oferecem cursos do Pronatec: o Sistema S (Senai, Senac, Senar e Senat) e instituições federais de educação (IFSC e IFC). Está prevista ainda a participação dos oitos municípios da região Norte do Estado: Joinville, Araquari, São Francisco do Sul, Balneário Barra do Sul, Barra Velha, São João do Itaperiú, Garuva e Itapoá.

Pronatec Social – O Pronatec Social é oferecido às pessoas inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal e, no Estado, os cursos estão sendo articulados pela Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST) em parceria com o Sistema S (Senai, Senac e Senat), e mais o IFSC e IFC. Dos 293 municípios catarinenses 273 aderiram ao programa e oferecem cursos de qualificação profissional.

São oferecidos ainda transporte e lanche durante o período de duração das aulas. A carga horária varia de 160h/aula a 350h/aula e os alunos são de uma faixa etária entre 16 e 59 anos.  A participação nos cursos não suspende o recebimento de qualquer outro benefício do Governo Federal.

Para este ano, estão previstas 69,1 mil vagas das quais 34,8 mil pessoas estão matriculadas em 270 diferentes cursos, com mais de R$ 100 milhões de investimentos do governo federal. No ano passado, 232 municípios aderiram ao Pronatec Social, que formou 13 mil alunos em 237 diferentes cursos com investimentos de R$ 31 milhões. Em 2012, Santa Catarina foi considerado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) o segundo melhor estado em matrículas, com 22 mil alunos.

O secretário de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST), João José Cândido da Silva, ressaltou que o governo do Estado está preocupado em ampliar a oferta de qualificação da mão de obra, que é tão exigida pelo mercado. “Este grande esforço que estamos fazendo só pôde ser alcançado com parcerias e se destacam o governo federal/MDS; o governo do Estado/SST e SDS; os institutos federais de ensino superior (IFSC e IFC); as federações; empresários e o Sistema S”, ressaltou.

“Se o governo do Estado não tivesse colocado como prioridade a qualificação para termos mão de obra para o mercado empresarial este volume de vagas não existiria em SC”, completou Cândido da Silva.

Informações adicionais: 
Cláudia Marcelo de Lima  
Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação  
E-mail:   ascom@sst.sc.gov.br 
Telefone: (48) 9181-2626

 

O secretário de Desenvolvimento Regional de Videira, Evandro Colle, entregou nesta terça-feira, 10, a ordem de serviço para a reforma da Delegacia da Comarca de Videira. O investimento na obra é de R$ 157 mil e o prazo para conclusão é de 90 dias.  

O projeto da reforma prevê os serviços de pintura interna e externa, troca do telhado, do piso e melhorias nas instalações elétricas. O delegado regional, Ighor Siqueira de Araújo, disse que a  delegacia de Videira enfrenta vários problemas devido ao precário estado de conservação. “O piso está deteriorado e as abas do telhado estão caindo, causando infiltração, entre outros problemas. Com a reforma, serão solucionados alguns problemas além de oferecer melhores condições de atendimento à população”, declarou.

Conforme o secretário regional Evandro Colle, a verba para a reforma é proveniente do Fundo de Melhoria da Polícia Civil (FMPC). Colle destacou que a obra é o resultado de diversas articulações de lideranças locais com a Polícia Civil e Governo do Estado. “Toda a mobilização valeu a pena e, em breve, Videira terá a delegacia reformada”. 

delegacia de videira 20130911 1678308881
Foto: Josiane Ugolini/SDR Videira

Mais obras

Foi publicado no Diário Oficial, na segunda-feira, 9, a licitação para contratação de empresa para reformar o telhado, o forro e a parte elétrica da Escola de Educação Básica Frei Evaristo, de Iomerê. A abertura da documentação e das propostas será no dia 26 de setembro. Segundo a gerente de Educação, Roberta Martinez, a escola, com mais de 62 anos, enfrenta problemas em sua estrutura. “Com a reforma, estaremos oferecendo aos alunos melhores condições para estudar”, afirmou. O edital da licitação pode ser visto no site ou na recepção da SDR Videira.

“As obras são de extrema importância para a região e são solicitações da comunidade. O Governo do Estado está preocupado com a nossa região e está atendendo aos anseios da população”, finalizou Colle.

Informações adicionais:
Josiane Ugolini
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Videira
E-mail: imprensa@vii.sdr.sc.gov.br
Telefone: (49) 8839-1506

A quarta-feira, 11, será de tempo seco, com sol e calor em Santa Catarina. Nevoeiros no início da manhã e novamente no período noturno no Litoral. Temperaturas altas. Vento de nordeste a noroeste, fraco a moderado com rajadas.

Para quinta, sexta e sábado, o tempo permanecerá seco com sol entre poucas nuvens.

Entre os dias 15 e 23 está prevista uma nova frente fria com atenção para a chuva que será persistente. 

 

REGIÃO: LITORAL NORTE  33ºC
 15ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
NE 10 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Céu com algumas nuvens
Manhã: Sol com algumas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: PLANALTO NORTE  27ºC
 10ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Sem ocorrência
NE 10 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Céu com algumas nuvens
Manhã: Sol com algumas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: GRANDE FLORIANÓPOLIS LITORÂNEA  28ºC
 15ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
NE 15 Km/h 40 Km/h
Madrugada: Céu com algumas nuvens
Manhã: Sol com algumas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: GRANDE FLORIANÓPOLIS SERRANA  26ºC
 14ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
NE 10 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Céu com algumas nuvens
Manhã: Sol com algumas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: VALE DO ITAJAÍ  29ºC
 13ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
NE 10 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Céu com algumas nuvens
Manhã: Sol com algumas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: LITORAL SUL  30ºC
 14ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Nevoeiro
NE 15 Km/h 45 Km/h
Madrugada: Céu com algumas nuvens
Manhã: Sol com algumas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: PLANALTO SUL  28ºC
 12ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Sem ocorrência
NE 10 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Céu com algumas nuvens
Manhã: Sol com algumas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: MEIO OESTE  29ºC
 13ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Sem ocorrência
NE 10 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Céu com algumas nuvens
Manhã: Sol com algumas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: OESTE  29ºC
 15ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Sem ocorrência
NE 10 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Céu com algumas nuvens
Manhã: Sol com algumas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
REGIÃO: EXTREMO OESTE  30ºC
 15ºC
Fenômenos Vento
Direção Médio Rajada
  Sem ocorrência
NE 10 Km/h 35 Km/h
Madrugada: Céu com algumas nuvens
Manhã: Sol com algumas nuvens
Tarde: Sol com algumas nuvens
Noite: Céu com algumas nuvens
 
 

A Secretaria de Desenvolvimento Regional de Braço do Norte assinou na tarde desta terça-feira, 10, convênio com Armazém no valor de R$ 267 mil para compra de tubos para drenagem da vala central do município.

Conforme o prefeito, Jaime Wensing, a comunidade há mais de 50 anos solicita a drenagem pluvial do córrego que corta a cidade. “Há nove meses esse recurso estava disponível para nós, mas como houve o período eleitoral demorou um pouco para ser liberado,dentro de 40 dias deveremos iniciar as obras, pois ainda deve ser licitado o serviço”, destaca.

O secretário Regional, Roberto Kuerten Marcelino, afirma que mais convênios devem ser assinados nas próximas semanas com os municípios da regional. “Muitas são as descentralizações que estão chegando, com isso mais obras devem ser anunciadas”, explica.