A Organização Internacional do Trabalho, formada por 15 membros da delegação de cinco países de língua portuguesa, reuniu-se com diretores da Secretaria de Estado da Administração para troca de experiências. O encontro foi organizado pela Consultoria de Planejamento (CPlan).

Durante o evento com os representantes de Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique e Timor Leste, foram repassadas práticas relacionadas a uma administração mais moderna, participativa, democrática, transparente e inclusiva. “Os participantes da delegação puderam ter uma panorâmica geral das principais políticas e atividades desenvolvidas pela Secretaria”, comenta a analista técnica da CPlan, Karen Bayerstoff.

Os pontos mais discutidos foram as atividades da Ouvidoria Geral do Estado e as aulas de ensino a distância. Como a prática da ouvidoria catarinense está mais avançada, o ouvidor-geral, Dejair Vicente, vai verificar a viabilidade da implantação do sistema nos países dos membros da delegação.

Outro assunto bastante comentado foi a tecnologia adotada pelo Governo de Santa Catarina para a capacitação dos servidores estaduais. Após a apresentação do sistema, a delegação mostrou interesse em realizar parceria para utilização da plataforma de ensino a distância. “Mostramos os benefícios do sistema, como ter um custo muito mais baixo se comparado a forma presencial, e eles gostaram muito do modelo”, comenta o diretor da Escola de Administração Pública, Sérgio Machado.

Os candidatos classificados na primeira chamada do Vestibular de Inverno 2013 e do processo seletivo de Pedagogia a Distância da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) começaram a se matricular nesta terça-feira, 23.

udesc 20130723 1392484044
Foto: Gustavo Cabral Vaz/Ascom Udesc

A Udesc realizou as provas das duas seleções em 7 de julho e divulgou o resultado de ambas na quarta-feira passada, 17.

Matrícula do vestibular
Os 1.345 candidatos aprovados no vestibular precisam fazer a matrícula até esta quarta-feira, 24. Eles devem comparecer no centro do curso escolhido, ou enviar um procurador legalmente constituído, com todos os documentos exigidos no edital, disponíveis a partir da página 16.

Os classificados pelas cotas para negros estão passando por entrevista nesta terça-feira à tarde, nas comissões de verificação, para obter documento para a matrícula.

Quem deixar de comparecer à matrícula ou não apresentar toda a documentação perderá o direito à vaga e será substituído pelos próximos nomes da lista de espera, que observará o Programa de Ações Afirmativas.

"A segunda chamada do vestibular será publicada nesta quinta-feira, 25. O candidato tem que ficar atento à página oficial da seleção", destaca a coordenadora de Vestibulares e Concursos da Udesc, Rosângela Machado.

As chamadas seguintes serão agendadas e divulgadas na internet conforme as vagas restantes. A última chamada será até o 25º dia corrido a contar do início das aulas, marcado para 29 de julho.

Mais informações podem ser obtidas com a coordenadoria pelos telefones (48) 3321-8098 e 8147, das 13h às 19h, e pelo e-mail vestiba@udesc.br, e com as secretarias de Ensino dos centros.

Matrícula da Pedagogia a Distância
Os mil candidatos classificados na seleção de Pedagogia a Distância devem se matricular até esta quinta-feira. É preciso inicialmente acessar a página da seleção para imprimir o requerimento específico de solicitação de matrícula e preenchê-lo.

Até o último dia do prazo, esse formulário e os demais documentos exigidos pelo edital (a partir da página 11) terão de ser entregues diretamente ou encaminhados via Sedex para a Secretaria de Ensino de Graduação do Centro de Educação a Distância (Cead), da Udesc, na Avenida Madre Benvenuta, nº 2.007, Bairro Itacorubi, Florianópolis, CEP 88035-001.

Quem não enviar toda a documentação ou mandá-la fora do prazo perderá a vaga, sendo substituído pelo próximo candidato da lista de espera. Novas chamadas ainda não tiveram datas agendadas.

Mais informações podem ser obtidas com a Secretaria de Ensino de Graduação da Udesc Cead pelos telefones (48) 3321-8402, 8432 e 8408, das 8h às 19h, e pelo e-mail seceg.cead@gmail.com.

Leia mais:
19/7/2013 - Classificados para Pedagogia a Distância da Udesc precisam fazer matrícula entre terça e quinta

19/7/2013 - Aprovados no Vestibular de Inverno 2013 da Udesc devem se matricular na terça e na quarta

Assessoria de Comunicação da Udesc
Jornalista Rodrigo Brüning Schmitt
E-mail: rodrigo.schmitt@udesc.br
Telefones: (48) 3321-8142/8143

Foi assinada na tarde desta terça-feira, 23, a ordem de serviço para elaboração de projetos de regularização do Presídio Regional de Jaraguá do Sul. Os projetos de prevenção de incêndio, projetos hidráulico e arquitetônico são necessários para que o presídio possa receber outros investimentos, como uma nova ala e ambulatório.

A juíza Anna Finke Suszek, da Vara Criminal, e o Promotor de Justiça, Márcio Cota, da comarca de Jaraguá do Sul, participaram da assinatura e agradeceram a equipe da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Regional pela agilidade no processo. "Agradeço a agilidade porque este é o primeiro passo para tantos outros que virão", falou a juíza.

O secretário de Estado do Desenvolvimento Regional de Jaraguá do Sul, Lio Tironi, destacou que esta assinatura significa o início das melhorias no local. "Sem este início não poderíamos pensar em ampliação ou qualquer outra obra."

O diretor do Presídio, Cleverson Henrique Drechsler, falou sobre a atual situação do local. "Jaraguá do Sul cresceu e consequentemente aumentou o número de presos, mas o presídio ficou esquecido e nenhuma ampliação foi feita. Esta assinatura representa um excelente começo", afirmou.

O presídio foi projetado para abrigar 168 presos, mas atualmente tem mais de 300.

O governador Raimundo Colombo recebeu na tarde desta terça-feira, 23, em Florianópolis, uma comitiva do governo da província argentina do Chaco para tratar de iniciativas para integração na América do Sul. O governador do Chaco, Jorge Capitanich, também é presidente da Zona Centro-Oeste da América do Sul (Zicosul) e entregou à Colombo a proposta para inclusão de Santa Catarina à instituição, defendendo que os catarinenses são parceiros “estratégicos e naturais” nesta iniciativa. Até hoje, o único estado brasileiro que faz parte da Zicosul é o Mato Grosso do Sul.

integracao na america do sul 20130723 1480453560

O mesmo convite foi feito aos estados do Paraná e do Rio Grande do Sul. Colombo, atual presidente do Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul), elogiou a iniciativa e propôs que Capitanich participe da próxima reunião dos governadores do Codesul para detalhar a parceria. “É uma proposta muito interessante, o Mercosul não está mantendo a representatividade que esperávamos e precisamos dessa integração”, avaliou Colombo. O próximo encontro do Codesul deve ser realizado no Mato Grosso do Sul, mas a data ainda não está confirmada.

O objetivo principal da Zicosul, que atua desde 1997 mantida por governos e empresários, é promover a inserção das regiões representadas no cenário internacional, desenvolvendo o comércio exterior, além de incentivar a integração social e cultural entre os estados. Hoje, seis países participam do bloco. São nove províncias da Argentina, oito departamentos da Bolívia, quatro regiões do Chile, todos os departamentos do Paraguai, quatro departamentos do Peru e o estado de Mato Grosso do Sul como único representante brasileiro.

Capitanich diz que a Zicosul também trabalha para fortalecer a integração regional impulsionando projetos de obras de infraestrutura, identificando fontes de financiamentos com organismos internacionais.

O encontro desta terça foi realizado na Casa D’Agronômica e contou com a presença do consultor geral da secretaria executiva de Assuntos Internacionais, Marcelo Trevisani; do ministro da Indústria e Emprego do Chaco, Sebastián Agostoni; da secretária de Investimentos e Assuntos Internacionais do Chaco, Thereza Durnbeck; e do cônsul argentino em Santa Catarina, Emilio Julio Neffa.

Mais informações
Qualquer informação adicional pode ser obtida por meio do telefone da redação da Secom/SC no (48) 3665-3006 ou com o assessor Alexandre Lenzi, que acompanhou o governador no evento. O celular do assessor é (48) 8843-4350. Outros contatos e informações do Governo estão disponíveis na página Sala de Imprensa

As fotos também estão disponíveis na página Galeria de Fotos e são de uso livre da imprensa. Para pedidos de fotos ou outro material de imagens, favor enviar no fotografia@secom.sc.gov.brou diretamente pelo telefone (48) 3665-3013.

Estamos à disposição.

A 31ª edição dos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc) reunirá, a partir desta quarta-feira, 24, em São Miguel do Oeste, 1.566 estudantes de 12 a 14 anos. Os alunos de 441 escolas disputarão até sábado, 27, as modalidades de atletismo, futsal, handebol, vôlei, basquete, natação, badminton, tênis de mesa, judô, xadrez, ciclismo e ginástica rítmica.  Os Jesc são uma realização do Governo de Santa Catarina por meio da Fesporte em parceria com a prefeitura de São Miguel do Oeste e Secretarias de Desenvolvimento Regional. O cerimonial de abertura será nesta quarta-feira,  às 10h, na Pista de Atletismo do 14º Regimento de Cavalaria Mecanizado (RCMec).

jesc 20130723 1748110037
Foto: Divulgação Fesporte

Nesta terça-feira, 23, a delegação de natação e judô de Blumenau chegaram a São Miguel do Oeste. Foram 426 quilômetros em 9 horas e meia de viagem, mas nem isso tirou o ânimo da galera, que fez festa no ônibus. Em todas as suas fases classificatórias – escolar, micro, regional e estadual –  os Jesc têm a participação de 149.544  pessoas, incluindo alunos-atletas e professores-técnicos de 1.251 escolas catarinenses de 280 municípios. Nesta quarta-feira, além da cerimônia de abertura, estão programados as competições de atletismo, ciclismo, judô e natação.

Na manhã desta terça-feira, uma das funções dos organizadores foi tranquilizar os pais dos atletas, que estavam preocupados com a realização da natação por conta do frio que faz na região. “Muitos nos ligaram com receio pela natação. Quero tranquilizá-los, pois tudo está sendo feito para termos uma grande competição, sem prejuízo aos participantes”, informa Ademar Silva, técnico da gerência de esporte de base e inclusão da Fesporte. A natação será realizada em Itapiranga, na Escola Estadual Porto Novo. “A temperatura ambiente do local de competição é de 30 graus, por isso não haverá problemas para os atletas, já que a água é aquecida”, garante.

Em sua mensagem aos participantes, o presidente da Fesporte, Erivaldo Caetano Júnior, lembrou que os Jesc já revelaram talentos olímpicos como Sérgio Galdino, da marcha atlética, e Márcia Narloch, da maratona. “A essência desse evento é descobrir novos valores escolares, fazer girar a engrenagem essencial do esporte de base e, principalmente, fomentar o esporte de base, uma tradição que está enraizada em Santa Catarina. A Fesporte acredita nisso há 20 anos”, destaca o dirigente.

Informações adicionais
Antonio Prado
(48)9696-3045

 

Agricultores familiares da Região do Extremo-Sul participaram nesta terça-feira, 23, no Centro de Treinamento da Epagri, em Araranguá, da aula inaugural do curso de qualificação do Pronacampo – Programa Nacional de Educação no Campo, com ênfase em Turismo Rural. Este primeiro módulo terá ainda um encontro nesta quarta-feira, 24.

Participaram da solenidade de abertura do curso o diretor geral da Secretaria do Desenvolvimento Regional de Araranguá, Marcos Leone de Oliveira; o gerente Regional da Epagri, Clódis Odacyr Ramos de Brito; o diretor geral do Instituto Federal Catarinense - campus Sombrio, Carlos Antônio Krause; a coordenadora de Turismo e Meio Ambiente da Associação de Municípios do Extremo-Sul Catarinense (Amesc), Cristiane Tonetto Biléssimo e a gerente de agricultura e desenvolvimento econômico e sustentável da 22ª SDR, Marizete de Oliveira.

A primeira capacitação do curso foi ministrada, ainda na manhã desta terça-feira, 23, pela professora do IFC - Campus Sombrio, Carolina Braghirolli Stoll, Mestre em Turismo e Hotelaria, coordenadora do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo.

O objetivo da qualificação é promover a sustentabilidade e o desenvolvimento sócioeconômico da agricultura familiar através de uma nova alternativa de renda na região turística denominada Caminho dos Canyons. Entre os temas abordados nos encontros estão Turismo e Hospitalidade; Cultura e Patrimônio; Meio Ambiente e Sustentabilidade; Serviços de Alimentos, de Recepção, de Hospedagem; Arquitetura; Paisagismo; Serviços de Guiamento Turístico; Marketing; Elaboração de Projetos; entre outros, além de aulas práticas e visitas técnicas.

No total, a qualificação terá 200 horas, com previsão de encerramento em 2014. Os cinco módulos de qualificação inseridos na matriz curricular são: Conscientização e envolvimento da Comunidade Rural (32h); Qualificação para a Estruturação dos Serviços Turísticos na Agricultura Familiar (32h); Qualificação para a Estruturação dos Equipamentos Turísticos na Agricultura Familiar (48h); Noções de Elaboração de Produtos Turísticos (32h) e Noções de Elaboração de Produto Turístico Direcionado (56h).

O Programa Pronacampo é uma ação do Governo Federal, com parceria da Secretaria do Desenvolvimento Regional de Araranguá, Associação de Municípios do Extremo-Sul Catarinense (Amesc), Gerência Regional da Epagri de Araranguá e Instituto Federal Catarinense (IFC), campus Sombrio.

A 4ª Conferência Regional do Meio Ambiente, que tem como tema a “Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS)”, acontece em Joinville, nesta quarta-feira, 24. Cerca de 150 representantes do poder público, sociedade civil e setor empresarial de 13 municípios discutirão os problemas ambientais, sociais e econômicos decorrentes do manejo inadequado dos resíduos sólidos. O evento ocorre das 7h30 às 21h, na Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) Joinville.

Também haverá a escolha dos 16 membros da delegação que levará as propostas da região para a etapa estadual. A conferência está programada para o mês de agosto, em Florianópolis. A ação antecede a 4ª Conferência Nacional do Meio Ambiente (Cema), que será no mês de outubro, em Brasília. Os debates acontecem em quatro eixos: produção e consumos sustentáveis, redução dos impactos ambientais, educação ambiental e geração de emprego e renda.

As conferências visam recolher sugestões de todos os estados brasileiros para inserção em um plano nacional. Entre outras deliberações, devem constar no documento alternativas de prevenção e redução na geração de resíduos sólidos, bem como práticas de consumo sustentável e instrumentos de incentivo ao hábito da reciclagem e da reutilização dos materiais.

Municípios envolvidos: Araquari, Balneário Barra do Sul, Barra Velha, Corupá, Garuva, Guaramirim, Itapoá, Jaraguá do Sul, Joinville, Massaranduba, São Francisco do Sul, São João do Itaperiú e Schroeder.

{text}

O governador João Raimundo Colombo estará em Chapecó nesta quarta-feira, 24, quando assinará a ordem de serviço para a obra de ampliação do Hospital Regional do Oeste (HRO). O ato será realizado no canteiro de obras, às 10h30. São mais de R$ 31 milhões garantidos através do Pacto Por Santa Catarina, sendo que R$ 6 milhões serão utilizados na compra dos equipamentos. O prazo para conclusão é de 24 meses. Depois de pronto, o HRO se tornará o maior hospital público de Santa Catarina, com estrutura para atender a demanda nos próximos 20 anos.

hospital regional do oeste 20130723 2007924031
Foto: Douglas Dorneles/SDR Chapecó

O canteiro de obras já foi montado pela Macodesc, empresa de São Miguel do Oeste, que venceu o processo licitatório. A terraplenagem do local também já está concluída, aguardando o início dos serviços de fundação. No começo da obra, serão 30 operários, número que deve chegar a 50 funcionários.

Com a obra, o número de leitos no hospital, que hoje é de 319, passará para 475, aumentando a capacidade em mais 156 leitos. O projeto para a ampliação prevê a construção de um prédio com nove pavimentos, contendo 20 leitos para a UTI geral (passando de 16 para 36); 10 novos leitos para UTI pediátrica; sete leitos para o novo setor de coronária e mais 12 salas cirúrgicas (aumentando de 7 para 19).

No setor de Alta Complexidade, a obra vai contemplar 37 leitos para tratamento intensivo; 56 leitos na Oncologia longa duração; 36 leitos para Quimioterapia curta duração e mais 27 leitos para recuperação pós-cirúrgica. No último pavimento, também será construído um heliponto.

“Esta é uma obra muito esperada pelo governador e é a principal bandeira da nossa secretaria. Será um avanço para toda a população e para a grande região, que terá um atendimento ainda melhor nas especialidades de alta complexidade”, destaca o secretário de Desenvolvimento Regional de Chapecó, Eldimar Jagnow.

O HRO é administrado pela Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira. Atende atualmente 92 municípios da região Oeste e 26 municípios do Paraná e do Rio Grande do Sul, num total de aproximadamente 1,2 milhões de habitantes, o dobro da população atendida na época da sua fundação, em 1986.

Informações adicionais:
Douglas Dorneles
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Chapecó
E-mail:  imprensa@cco.sdr.sc.gov.br
Telefone: (49) 8835-0089

O Governo do Estado definiu o cronograma dos encontros regionais para esclarecimentos e orientações sobre o Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam) que destinará mais de R$ 500 milhões em investimentos às prefeituras catarinenses. As reuniões serão realizadas nos dias 25, 26, 29 e 30 de julho, em oito regiões do Estado: São Miguel do Oeste, Chapecó, Joaçaba, Lages, Blumenau, Joinville, Criciúma e Grande Florianópolis.

Os municípios da abrangência da Secretaria de Desenvolvimento Regional de Concórdia (SDR) participam da reunião na próxima sexta-feira, 26, às 8h, no Auditório Jurídico da Unoesc em Joaçaba, que contará também com a participação das Regionais de Joaçaba, Campos Novos, Caçador e Videira, totalizando 42 prefeituras municipais.

De acordo com o secretário da Casa Civil, Nelson Serpa, o objetivo dos encontros será apresentar detalhes do fundo, esclarecer procedimentos e repassar orientações a todos os 295 municípios catarinenses para o envio dos projetos a partir do mês de agosto. Além da Casa Civil, estão envolvidas na organização dos encontros as SDRs a Secretaria da Fazenda, gestora do Fundam, e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), que assinou contrato junto ao Governo do Estado para atuar como agente do fundo.

O Fundam
Criado pela lei 16.037 e regulamentado pelo decreto 1.621, o Fundo de Apoio aos Municípios destinará R$ 500 milhões exclusivamente para investimentos nas cidades catarinenses. O principal critério para a distribuição dos recursos será o número de habitantes por município. A intenção do Governo do Estado é que as prefeituras recebam, no mínimo, R$ 700 mil e que municípios com mais de 50 mil habitantes possam pleitear cerca de R$ 3 milhões.

Os recursos poderão ser utilizados nas áreas de infraestrutura referente à logística e mobilidade urbana; construção e ampliação de prédios nas áreas de Educação, Saúde e Assistência Social; construção de centros integrados nas áreas de desporto e lazer; saneamento básico; aquisição de equipamentos e veículos novos, fabricados no território nacional, destinados às atividades finalísticas dos serviços de saúde e educação públicas; e para a compra de máquinas e equipamentos rodoviários novos, fabricados no país, destinados às atividades operacionais das prefeituras.

Para receber o dinheiro, os municípios deverão cadastrar os planos de trabalho no portal SCtransferências novo modelo de transferência voluntária de recursos adotado pelo Governo do Estado em 2013, e também apresentar a documentação ao BRDE que fará a análise das propostas e emitirá parecer técnico. Cada município poderá apresentar duas propostas de trabalho.

{text}


O Museu de Arte de Santa Catarina, no Centro Integrado de Cultura, na Capital, abre o segundo semestre de 2013 com um recorte de seu acervo retratado pela mostra “Gravar”, de 14 de agosto a 29 de setembro. Com curadoria de Onor Filomeno e Carlos Roberto de Oliveira (Bebeto), a mostra traz 111 obras de 111 artistas. “Ela tem caráter didático, pois trará diferentes técnicas de gravura”, revela a administradora do Masc, Lygia Roussenq Neves.

exposicao gravar 20130723 1524247065

Durante a exposição também haverá oficina gratuita. “O aprendizado da gravura, invariavelmente, dá-se em ambientes coletivos: as oficinas, com suas prensas, equipamentos e instrumentos, que normalmente são compartilhados”, justifica Onor Filomeno. “A Oficina de Gravuras existe no Centro Integrado de Cultura desde a sua criação, em 1981, com muita procura e aceitação”, conta Carlos Roberto de Oliveira, o Bebeto, que ministra a oficina.

O acervo do Masc possui atualmente cerca de 1.800 obras  de artistas nacionais e internacionais.

O que dizem os curadores 

Onor Filomeno - Nomes significativos da arte brasileira estão impressos nos papéis em nosso acervo, assinando e numerando em cada prova, em seu processo individual, manual e alquímico de impressão e reprodução. Procuramos dar um caráter didático à mostra, buscando ressaltar as diferentes técnicas e expressões, ligadas apenas por um fio condutor: o ato de gravar. Nesta mostra montaremos uma pequena oficina, para que a fruição também possa de dar em forma coletiva, em torno de uma prensa e seus materiais. 

Carlos Roberto de Oliveira - Chamamos de gravura o múltiplo de uma imagem, reproduzida a partir de uma matriz, ou seja, reprodução numerada e assinada uma a uma, compondo desta forma uma edição restrita. Um carimbo pode ser a matriz de uma gravura, grosso modo, mas quando este carimbo é fruto de elaboração e manipulação minuciosa de um artista, temos um original - urna matriz - de onde surgirão as imagens que levarão um título, uma assinatura, a data e a numeração que a identifiquem dentro da produção desse artista.

Técnicas de Gravuras 

Xilogravura - Do grego xilos (madeira), é a técnica que se origina de um trabalho de incisão manual feito diretamente sobre uma matriz de madeira. Utilizando instrumentos de corte apropriados (goiva, facas, formões e buris), a matéria é retirada do suporte, deixando visível um contorno de altos e baixos relevos.

Litografia - Do grego Lithos (pedra) e graféin (grafia, escrita), é um tipo de gravura. Essa técnica de gravura envolve a criação de marcas (ou desenhos) sobre uma matriz (pedra calcária), com um lápis gorduroso. A base dessa técnica é o princípio da repulsão entre água e óleo. Ao contrário de outras técnicas de gravura, a Litografia é planográfica, ou seja, o desenho é feito através do acumulo de gordura sobre a superfície da matriz, e não através das fendas e sulcos na matriz como ocorre na xilogravura e na gravura em metal. Seu primeiro nome foi manuscritos e desenhos originais.

Gravura em Metal - É a técnica que utiliza tanto os métodos diretos como indiretos para incorporar à matriz (em geral) de cobre, latão (ou zinco) uma imagem com características nitidamente peculiares a esse processo de gravura. Nos chamados métodos, a mão e instrumentos atuam sulcando a superfície. Nos métodos indiretos, além dos instrumentos (atuam sulcando) são utilizados intermediários, tais como, mordentes mais seu tempo de atuação, ceras, vernizes, redutores.

Monotipia - A monotipia é uma técnica de impressão muito simples. A impressão obtida é única quando a pintura é feita diretamente sobre a superfície lisa e, após, transferida para o papel ou tecido, permitindo também que se crie mais de uma impressão. Para que isso seja possível, utiliza-se um desenho como gabarito, o qual é colocado sob a placa de impressão. Nesse caso deve ser transparente. As partes a serem impressas são cobertas com tinta e transferidas para o papel ou tecido.

Serviço:

Gravar

Museu de Arte de Santa Catarina

De 14 de agosto a 29 de setembro

Abertura: 14 de agosto, às 19h,

Conversa com artista: 14 de agosto, às 17h30min

Oficina de gravura: todas as terças e quintas-feiras, das 14h às 19h, enquanto durar a exposição.

Vagas limitadas (13 participantes).

Inscrições: 39532312/39532314

 

{text}