Será realizada na próxima terça-feira, 3, no espaço expositivo Juarez Machado, em Joinville, a abertura da exposição de Arte Digital: “A causa do caso”, do artista italiano Gianfranco Campana, conhecido como Gibell. O evento é promovido pela Escola Livre de Artes (ELA) da Udesc, com o apoio da Fundação Cultural de Joinville e do Circolo Italiano di Joinville.

scarpetta rossa 20130829 1887198189
Foto do quadro Scarpetta Rossa, que integrará a exposição

A exposição traz 16 quadros pintados digitalmente, com técnicas únicas na Itália, já expostas em diversas mostras e galerias internacionais.  

A abertura da exposição está prevista para 19h30 e contará com a apresentação instrumental de Beto Dunker, Bruno Moritz e Calinho Luminoso. O evento é gratuito e aberto à comunidade em geral. As obras ficarão expostas no local até 26 de setembro.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (47) 4009-7908.

{text}

A Associação de Produtores Agrícolas do bairro João Pessoa, em Guaramirim, fará uma colheita histórica no próximo fim de semana. Serão 20 mil unidades de folhosas (alface crespa e americana, repolho, chicória, rúcula e almeirão). A produção acima do normal é resultado de uma parceria entre os produtores, a Secretaria de Desenvolvimento Regional de Jaraguá do Sul, a Epagri, Senar e prefeitura de Guaramirim.

guaramirim 20130830 1485880651
Imagem cedida pela Jornal Folha SC

“A ideia da parceria surgiu de uma visita, acompanhada pela representante da Epagri, onde a SDR foi até comunidade para conhecer as instalações da Associação de Moradores, hoje Associação de Produtores Agrícolas, que utiliza as instalações de uma antiga escola isolada, de propriedade do Estado. Foi neste momento que iniciamos uma conversa para mobilizar a comunidade e darmos início a um projeto inovador. Inclusive conseguimos, por meio formalizado, que o governo do Estado cedesse o espaço da escola para uso comunitário e iniciarmos o desenvolvimento do território”, explica a gerente de Assistência Social, Trabalho e Habitação da SDR, Tânia Dantas.

A prefeitura de Guaramirim deu suporte técnico e disponibilizou as máquinas e equipamentos agrícolas para as famílias que tinham interesse no projeto.

O Senar levou o técnico agrícola que capacitou e desenvolveu técnicas inovadoras de plantio com foco na agricultura familiar e desenvolvimento de territórios que possuem vocação rural.

Na segunda etapa, a colheita será de leguminosas e está prevista para daqui 60 dias.

“Mesmo com as baixas temperaturas, o grupo de agricultores não perdeu nenhuma muda. O capricho e a dedicação que tiveram em cobrir muda por muda com garrafas pet recortadas recompensou agora na colheita farta”, conta Tânia.

Aproximadamente 4 mil produtores de leite de Braço do Norte, Criciúma, Laguna e Tubarão serão beneficiados pelo novo programa do governo do Estado - Um Milhão de Litros de Leite. Por meio da Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca, em parceria com a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), o governo vai lançar o programa no próximo sábado, dia 31, a partir das 10h, no CTG Estância do Vale, em Braço do Norte. O Um Milhão de Litros de Leite vai melhorar a pastagem e, consequentemente, dobrar a produção atual de 500 mil litros/dia para 1 milhão de litros/dia, no período de cinco anos.

Segundo o secretário da Agricultura e da Pesca, João Rodrigues, uma das metas do programa é promover a qualidade do pasto para os bovinos. Para isso, as cotas do programa Terra Boa serão ampliadas para os municípios participantes. De acordo com Rodrigues, cada produtor irá receber mais calcário, kits forrageiras, além da ampliação da cota do programa Juro Zero Agricultura/Piscicultura para investimentos em sistemas de irrigação. A Epagri vai fornecer orientação técnica, por meio dos seus engenheiros agrônomos, veterinários e técnicos agrícolas. “O projeto tem um baixo custo de produção e aumenta a qualidade e quantidade da pastagem dos bovinos”.

programa um milhao de litros de leite 20130829 1041242491
Foto: Secretaria de Estado da Agricultura/Divulgação

Na região beneficiada, já existem 19 laticínios instalados e mais dois em fase de implantação. Na avaliação do secretário Regional de Braço do Norte, Roberto Kuerten Marcelino, a região Sul deve se consolidar na produção de leite e sustentabilidade. “Não é um projeto pequeno e nem simples. Vamos ter que trabalhar muito, mas tenho certeza que no final valerá a pena”, completa Marcelino.

O gerente regional da Epagri em Tubarão, Luiz Marcos Bora, avalia que o aumento na produção ocorrerá de forma gradativa. “Os municípios do Vale, especialmente Braço do Norte e Rio Fortuna fazem parte de uma bacia leiteira significativa. Esperamos que o aumento na produção ocorra de forma gradativa, a expectativa é de que em 2014 tenhamos 600 mil litros de leite/ dia e assim por diante”. O programa Um Milhão de Litros de Leite contará com apoio das cooperativas agrícolas e dos laticínios das regiões envolvidas.

Com uma taxa de crescimento médio de 8,6% ao ano, Santa Catarina se destaca como o quinto produtor nacional de leite, responsável por 7,9% da produção do Brasil. Com 80 mil famílias rurais envolvidas, a produção de leite está localizada, principalmente, em pequenas propriedades de agricultores familiares, ou seja, mais de 60% das propriedades tem área total menor que 20 hectares. A produção total do Estado em 2012 foi de 2,5 bilhões de litros, sendo que a expectativa é de que até o final de 2013 a produção seja de 2,7 bilhões de litros, um aumento de 8%.

O secretário João Rodrigues destaca que a produção de leite em Santa Catarina está se especializando e cada vez mais produtores estão ligados a indústrias inspecionadas em nível municipal, estadual e federal. “Nos últimos quatro anos, a captação de leite entregue às indústrias cresceu 12,8%”. Ele ressalta que o impulso na atividade se deve a uma mudança de gestão nas propriedades e o fato que o governo estadual incentivou pequenos produtores a investirem em melhoria do rebanho e pastagens para que a pecuária se tornasse uma alternativa eficaz à avicultura e suinocultura do Estado. A principal região produtora do estado é o Oeste, responsável por 73% da produção catarinense. A indústria do leite tem capacidade instalada para 10 milhões de litros/dia, mas processa apenas 6 milhões.

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) receberá em 7 de setembro os Floripa Diversity Games 2013 (8ª edição dos Jogos da Diversidade), no Centro de Ciências da Saúde e do Esporte (Cefid), em Coqueiros, Florianópolis. Organizado pela Associação de Empreendedores GLBT-SC (AEGLBT-SC), com apoio da Udesc Cefid, o torneio amistoso terá competições de voleibol, futsal, futebol e atletismo voltadas ao público GLBT (gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros) e a apoiadores da ideia de respeito à diversidade de gênero.

Os jogos são abertos a qualquer pessoa, atleta ou não, que apoie a causa. Não é cobrada taxa de inscrição, mas a doação de cinco litros de leite longa vida dá direito a um kit com camiseta, toalha de rosto, garrafa de água (squeeze) e sacola. O leite arrecadado será doado ao Lar Recanto do Carinho e ao Asilo Irmão Joaquim, instituições filantrópicas tradicionais de Florianópolis que abrigam crianças e idosos em situação de vulnerabilidade.

Veja a programação dos jogos

A programação começa às 10 horas, com os jogos de voleibol e futsal. A partir das 14 horas, estão previstas as competições de futebol e atletismo. A organização recomenda que os participantes cheguem à Udesc Cefid pelo menos uma hora antes do início dos jogos, evitando atropelos. As inscrições são realizadas na hora. Os jogos contarão com a arbitragem de estudantes da graduação em Educação Física da Udesc Cefid. Os alunos dos cursos de bacharelado e licenciatura ainda podem se inscrever como voluntários.

Os Floripa Diversity Games foram criados pelo professor de educação física, atleta e técnico de judô Dulcimar Grando. Egresso da Udesc Cefid, onde concluiu a Especialização em Educação Física Escolar em 1989, Grando buscou a parceria do centro para a primeira edição dos jogos, em 2006, e desde então a competição vem sendo realizada anualmente nas instalações esportivas da universidade em Coqueiros. “Desde seu início, os jogos contaram com o apoio da instituição, de seus professores, alunos, colaboradores e voluntários”, afirma Grando.

Mais informações com a Direção de Extensão da Udesc Cefid, pelo e-mail extensao.cefid@udesc.br ou pelo telefone (48) 3321-8657.

Assessoria de Comunicação da Udesc Cefid
Jornalista Carlito Costa
E-mail: comunicacao.cefid@udesc.br
Telefones: (48) 3321-8622

Jovens e adultos que queiram trabalhar com Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) podem ser inscrever no processo seletivo do Geração TEC até o dia 6 de setembro pelo site www.geracaotec.sc.gov.br . São 320 vagas distribuídas nas cidades de Florianópolis, Brusque, Chapecó, Joinville, São Bento do Sul, Lages e Nova Veneza. “Queremos preparar jovens para uma área que está gerando boas oportunidades de trabalho e que é fundamental na nova economia catarinense”, aponta o secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Paulo Bornhausen.

Os cursos são gratuitos, destinados a jovens acima de 17 anos, com ensino médio completo ou que estejam cursando o último ano. Serão 12 turmas de Delphi, C++, .NET, Java, Suporte/Help Desk, Progress, Teste de Software e Básico de Programação. As aulas têm previsão de início ainda em setembro, com turmas nos períodos matutino, vespertino e noturno.

O Geração TEC é um programa da SDS, realizado por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), em parceria com o Instituto Internacional de Inovação (i3), com a Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate) e com instituições do setor de tecnologia das cidades atendidas. Desde que foi lançado, há dois anos, 1.480 pessoas receberam certificados em 12 municípios de Santa Catarina.

Confira o vídeo da campanha publicitária do programa:

http://youtu.be/doDfIkSPaKI

Informações adicionais
Michelle Nunes de Oliveira
Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável
E-mail: michelle@sds.sc.gov.br
Telefone: (48) 9929-4998

Nesta sexta-feira, 30, o município de Modelo receberá a 3ª edição 2013 do projeto itinerante Rota Cultural. O evento promovido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Maravilha, por meio da Gerência de Cultura, Turismo e Esporte, conta com a colaboração das prefeituras através dos departamentos de Cultura e secretarias municipais de Educação.

Nesta edição, os municípios de abrangência da Regional apresentarão suas culturas, tradições e evidenciarão os talentos regionais no Ginásio de Esportes de Modelo, com início a partir das 19h30. Para o gerente de Turismo, Cultura e Esporte da SDR Maravilha, Genuir Bassani, a Rota Cultural é uma grande obra do Estado, um incentivo à participação dos 14 municípios em um evento que valoriza os artistas locais.

Segundo o secretário Regional em exercício, Vilson Warmling, esse evento tem como objetivos principais resgatar e preservar a identidade cultural local, incentivar a participação de crianças, jovens, adultos e idosos nas atividades culturais, prestigiar e valorizar os trabalhos realizados pelos municípios na área cultural.

Donos de veículos com placa final 8 que não optaram pelo pagamento parcelado do IPVA 2013 tem até a próxima segunda-feira para quitar o imposto em cota única sem cobrança de multa. O prazo para parcelamento terminou no dia 10 de agosto. A Secretaria de Estado da Fazenda (SEF), responsável pelo recolhimento do imposto, lembra que os vencimentos do IPVA dependem do final da placa do veículo, mas os contribuintes podem antecipar o pagamento do imposto a qualquer momento. 

A guia de pagamento do IPVA, taxas, multas e seguro DPVAT pode ser tirada na internet e paga nas agências bancárias conveniadas: Banco do Brasil, Bradesco, Itaú, Santander, Caixa Econômica Federal, Unibanco, Sistema Bancoob/Sicoob, HSBC, Sicred e Cecred. A quitação do IPVA é um dos requisitos para que o proprietário possa licenciar o veículo. O não pagamento também implica em Notificação Fiscal, com multa de 50% do valor devido, mais juros SELIC ao mês ou fração. Se a Notificação Fiscal não for quitada, a mesma será inscrita em dívida ativa do Estado.

Santa Catarina ultrapassou em abril a marca de 4 milhões de veículos, tornando-se a sexta maior frota do Brasil. A arrecadação do IPVA é de competência dos Estados e do Distrito Federal, mas 50% são repassados ao município em que o veículo estiver licenciado. A receita do imposto é utilizada para investimentos em áreas como saúde, educação, segurança e saneamento, ou seja, não é exclusiva para obras viárias. 

Mais informações e calendário com vencimentos estão disponíveis no site

Como gerar a guia de pagamento

- Acesse o site da Fazenda

- Na barra lateral direita, clique no link IPVA no campo Serviços Mais Acessados

- No campo Serviços Relacionados, à direita, clique em Consulta Valor de IPVA e digite o número da placa e Renavan do veículo

- Em seguida, clique sobre o item que deseja pagar (exemplo: Licenciamento Anual 2012, IPVA cota única 2013)

- Imprima o boleto e faça o pagamento em qualquer agência bancária conveniada

- Após o pagamento e compensação, vá até o Ciretran mais próximo e retire o documento novo 

Mais informações:

Calendário com vencimentos está disponível no site

CAF – CENTRAL DE ATENDIMENTO FAZENDÁRIA

0300-645-15-15

Das 8 às 18 horas

Confira o boletim produzido pela Rádio Secom:

  Baixar áudio

Assessoria de Comunicação SEF

Aline Cabral Vaz/Cléia Schmitz

avaz@sef.sc.gov.br/ cschmitz@sef.sc.gov.br

www.sef.sc.gov.br

Twitter: @fazenda_sc

O governador Raimundo Colombo e o presidente do Badesc, João Paulo Kleinübing, assinaram na manhã desta quinta, dia 29, convênio que vai disponibilizar uma linha de financiamento para atender as instituições de saúde do Estado, o Badesc Saúde. O ato foi realizado durante a abertura dos trabalhos do 35º Encontro Catarinense de Hospitais e 6ª Conferência de Gestão Hospitalar dos Países de Língua Portuguesa, em Florianópolis. 

Colombo afirmou que a medida beneficia os cerca de 200 hospitais filantrópicos do Estado, que desempenham um grande papel no atendimento da comunidade catarinense. “Os hospitais filantrópicos do país todo passam por uma dificuldade muito grande. A remuneração que o SUS paga está bem abaixo do que custam os procedimentos realizados, então chega o final do mês e as contas não fecham e perde-se a capacidade de investir. Eles contam com recursos públicos e fazem uma série de eventos comunitários, mas é uma atividade muito difícil. Agora, estamos refinanciando todas as dívidas, limpando essa situação e reativando todo o processo de trabalho dos hospitais”, explicou.

O governador ressaltou a importância do convênio ao lembrar que quando os hospitais filantrópicos ficam inadimplentes, eles não podem mais receber recursos públicos, o que agrava a situação. O presidente da Federação das Santas Casas, Hospitais e Entidades Filantrópicas do Estado de Santa Catarina, Hilário Dalmann, estima em R$ 200 milhões a atual dívida dos hospitais filantrópicos do Estado, valor que será refinanciado pelo Badesc.

credito para hospitais 20130829 1901220704
Fotos: Jaqueline Noceti/Secom

>>> Confira mais imagens na Galeria de Fotos

O presidente da Agência de Fomento de Santa Catarina (Badesc), João Paulo Kleinübing, explicou que a parceria garante juros menores (8,5% ao ano para renegociação de dívidas e 7,9% ao ano para investimentos) e maior prazo para pagamento (10 anos, no caso dos refinanciamentos de dívidas). “É uma parceria importante para o fortalecimento dos hospitais e melhoria da gestão, contribuindo com o grande trabalho comunitário e filantrópico dessas instituições. O Badesc foi o único agente financeiro que aceitou trabalhar com o spread (diferença entre o que os bancos pagam na captação de recursos e o que eles cobram ao conceder o empréstimo) mínimo fixado pelo BNDES, que é de 2%. Isso reforça nosso papel social e o nosso trabalho pelo desenvolvimento de Santa Catarina ”, destacou.

O crédito do Badesc Saúde poderá ser utilizado para reestruturação de até 100% do endividamento bancário e com fornecedores. Também financiará até 100% de projetos de investimento, como obras civis, montagens, instalações, máquinas, equipamentos e capital de giro associado, de acordo com o porte da empresa e a modalidade do investimento. Para ter acesso ao Badesc Saúde, que vai disponibilizar recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a instituição de saúde precisa ter o Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social e ter pelo menos 60% dos serviços ofertados via Sistema Único de Saúde – SUS, entre outros requisitos. Mais informações no site www.badesc.gov.br.

A assinatura do convênio nesta quinta também contou com a presença da secretária da Saúde, Tânia Eberhard; e do presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Saúde Catarinense, deputado José Milton Scheffer; além de autoridades do setor hospitalar.

Confira o boletim produzido pela Rádio Secom:

  Baixar áudio

{text}

Em sua palestra no Seminário de Economia e Desenvolvimento Empresarial da Serra Catarinense, na noite desta quarta-feira, 28, em Lages, o governador Raimundo Colombo destacou as parcerias firmadas entre o Estado e a iniciativa privada para gerar emprego e renda à população. “Nos últimos dois anos, mostramos o potencial da região a várias empresas, oferecendo incentivos para atraí-las, e os resultados estão começando a aparecer.”

O governador usou o Lages Garden Shopping como exemplo para falar que a região vem sendo alvo de investidores. Algumas horas antes da palestra, ele visitou o empreendimento, cuja maior parte do controle acionista pertence a um grupo de São Paulo, e o incluiu no programa Pró-Emprego. A obra está orçada em R$ 90 milhões, e irá gerar aproximadamente 2 mil postos de trabalho.

Ao falar sobre a Sinotruk, fábrica chinesa de caminhões, Colombo ressaltou que a burocracia atrapalha o andamento das ações. “Perdeu-se quase um ano com a questão do terreno. Nesse meio tempo, o governo federal aumentou a taxa de importação de veículos, e a empresa pediu para ser incluída no regime automotivo diferenciado. Isso só aconteceu na semana passada”, explicou o governador, que em setembro irá à China para criar uma joint venture (associação de empresas para explorar o negócio sem perder personalidade jurídica) para o novo projeto.

Colombo citou a consolidação da Flex Contact Center e a ampliação da Ambev como ações consolidadas, que já estão gerando benefícios diretos à região. Hoje, a empresa de telemarketing, Flex Contact Center, emprega 987 pessoas, e esse número aumentará para 1.200, já que a empresa venceu a licitação correspondente às demandas da Celesc. A Ambev, por sua vez, está ampliando a unidade de Lages para aumentar a produção, e o Governo prorrogou o prazo de pagamento do ICMS correspondente ao valor do investimento (R$ 140 milhões). Mais de cem funcionários estão envolvidos nas obras.

Colombo informou que a construção da fábrica da Novaer Craft começará em dezembro, próximo ao aeroporto federal Correia Pinto, em Lages. O Estado é parceiro do empreendimento. “Santa Catarina se tornará referência na construção de aeronaves”, explicou.

O setor de Tecnologia da Informação também foi citado. O governador ressaltou que a NDDigital é referência para o mercado nacional e falou sobre a importância do Parque Tecnológico (Órion Parque). “A estrutura dará condições para a região se desenvolver em uma das áreas que mais gera receita”, disse ele.

Leia também:

>>> Governo e Lages Garden Shopping firmam parceria para gerar empregos

{text}

Vinte e dois cursos de graduação da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) foram bem avaliados na edição 2013 do Guia do Estudante da Editora Abril. Os cursos de Administração, Educação Física e Moda receberam a nota máxima (cinco estrelas).

Outros 13 cursos - Administração Pública, Agronomia, Biblioteconomia, Design, Engenharias (Civil, Elétrica, Florestal, Mecânica e Produção), Fisioterapia, Medicina Veterinária, Música e Pedagogia- foram considerados muito bons (quatro estrelas).

O Guia do Estudante Abril também premiou com três estrelas (bom) os cursos de Ciências Contábeis, Ciência da Computação, Ciências Econômicas, Enfermagem, Sistemas de Informação e Zootecnia.

“A avaliação foi excelente, principalmente em relação ao ano passado, já que mantivemos três cursos com o conceito máximo e ampliamos o número de cursos quatro estrelas”, diz o pró-reitor de Ensino da Udesc, Luciano Hack.

A publicação, que existe há 20 anos, é uma das mais tradicionais da área voltada à orientação de estudantes em fase de escolha de um curso superior e da profissão a seguir. O ranking será publicado na edição GE Profissões Vestibular 2014, com previsão de chegar às bancas em 11 de outubro.

O pró-reitor de Ensino ressalta que a avaliação não foi realizada em todos os cursos de graduação da Udesc – ao todo são 48, pois para participar é necessário ter a titulação de bacharelado (com exceção de Pedagogia e Educação Física, em que são consideradas prioritariamente as licenciaturas); ter a primeira turma concluída até 2010; entre outros critérios.

"O Guia faz uma avaliação diferente do Enade, por exemplo, e que também tem o seu valor. A avaliação é o resultado de um questionário respondido pelos coordenadores dos cursos”, afirma Hack.

19ª do Brasil

No ano passado, a Udesc alcançou conceito 4 no Índice Geral de Cursos (IGC), que considera o desempenho no Enade, a qualificação docente, a estrutura, entre outros itens. O resultado classificou a universidade na 19ª colocação, entre 227 universidades do Brasil.

Assessoria de Comunicação da Udesc
Jornalista Thiago Augusto
E-mail: thiago.augusto@udesc.br
Telefones: (48) 3321-8142/8143