A Secretaria de Desenvolvimento Regional de Videira (SDR), por meio da Gerência Regional de Educação (Gered), informa que seguem abertas, até o dia 28 de junho, as matrículas para o Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja). De acordo com a gerente regional de Educação, Roberta Martinez, estão sendo oferecidas vagas para o Ensino Fundamental, séries iniciais e finais, e Ensino Médio.

Para realizar a matrícula, os interessados devem comparecer ao Ceja, localizado na Rua Veneriano dos Passos, 430 (ao lado do Casarão das Noivas), portando CPF, Carteira de Identidade e histórico escolar. “A idade mínima para ingressar no Ensino Fundamental é 15 anos, já no Ensino Médio é 18”, alerta a diretora da instituição, Margarete Salvadori. O início das aulas está marcado para o dia 5 de agosto.

A diretora explica ainda que há mais vagas disponíveis para o turno diurno, contudo são oferecidas vagas para o turno da noite também. “As vagas noturnas são preferencialmente para as pessoas que trabalham de dia, com carteira assinada”, declarou.

Para o secretário regional Evandro Colle está é uma ótima oportunidade para aqueles jovens e adultos que não tiveram acesso ou oportunidade de concluir os estudos. “O Ceja tem uma metodologia diferenciada, voltada para o fácil entendimento do seu público alvo, que são jovens e adultos. Além disso, permite conciliar estudo e trabalho. É uma oportunidade de crescimento pessoal e transformação social”.  

Informações adicionais:
Josiane Ugolini 
Secretaria de Estado de Des Reg Videira 
E-mail: imprensa@vii.sdr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3533-5417

A reforma do Casarão Bayer foi entregue, nesta quinta-feira, 13, no dia em que Tijucas comemora 153 anos de emancipação político-administrativa. A solenidade de inauguração ocorreu no período da manhã, com a presença do presidente da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), Joceli de Souza. O Governo do Estado investiu R$ 135 mil na restauração do museu por meio do Funcultural.

O casarão, localizado na Rua João Bayer, 103, abriga um espaço destinado à memória dos Bayer. A família teve forte participação na política e na economia de Santa Catarina. O museu também reúne o acervo da Academia Tijuquense de Letras e da Orquestra da Câmara de Tijucas. A estrutura conta com um centro de inclusão digital e um auditório. O primeiro andar é preenchido pelas obras sociais e culturais do Instituto Mathilde Bayer e o segundo é ocupado pela família de Lélia Souza Bayer, atual proprietária do espaço e administradora da entidade.

Chamada originalmente de São Sebastião de Tijucas, o município de Tijucas está localizado na região da Grande Florianópolis e tem uma população de 30.960 habitantes, de acordo com o Censo 2010 do IBGE. A programação de aniversário deste ano começou no dia 1º de junho e vai até o dia 15, com atrações musicais, inaugurações e campeonatos esportivos.

casarao tijucas 20130613 1109267033

(Crédito: James Tavares/Secom)

Informações adicionais:
Fundação Catarinense de Cultura (FCC)
Telefone: (48) 3953-2387

Tempo estável com nevoeiros no início do dia nesta quinta-feira, 13. No decorrer do período, o sol predomina entre algumas nuvens e todas as regiões de Santa Catarina devido a presença de uma massa de ar seco. Temperatura em elevação durante dia.

Máxima de 24ºC no Litoral Sul. Mínima de 10ºC no Litoral Sul e no Planalto Sul. Vento de nordeste e noroeste, fraco moderado. 

As informações são da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Epagri), por meio do Centro de Informações e Recursos Ambientais Hidrometeologia (Ciram). Mais detalhes no site da Epagri/Ciram

Informações adicionais:
Cláudia Menezes 
Secretaria de Estado de Comunicação 
E-mail: claudia@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3014

 

A 53ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) terá a participação de 177 municípios, incluindo as fases microrregionais, regionais e estadual. O número equivale a 60% do total de municípios do Estado. A briga pela classificação entre os municípios começa no período de 2 a 7 de julho com a disputa micro em Lages, sede de uma classificatória do Centro-Oeste. Em seguida virão as etapas microrregionais Oeste, Leste-Norte e Sul. Depois, a partir de setembro, a competição entra nas etapas regionais, e por fim, de 20 a 30 de novembro, em Blumenau, ocorrerá a fase estadual.

“Ainda não temos o número exato de atletas em todas as etapas em função de o prazo para inscrições dos competidores por cidades ainda estar aberto”, explica Marcelo Scharf, técnico da gerência de rendimento da Fesporte.

Os Jasc são uma promoção do Governo de Santa Catarina, com realização da Fesporte e apoio das secretarias de Desenvolvimento Regional (SDRs) e prefeituras das cidades-sedes das etapas.  Cerca de 5 mil atletas deverão disputar na fase estadual as modalidades de atletismo, basquetebol, bocha rafa vollo, bolão 16, bolão 23, futebol, futsal, ginástica artística, ginástica rítmica, ciclismo, handebol, judô, futebol, karatê, natação, taekwondo, tênis, tênis de mesa, triatlo, voleibol, vôlei de praia, tiro e xadrez, punhobol e remo

De acordo com o regulamento dos Jasc de cada micro se classifica para a etapa regional os  três primeiros classificados, além do quarto colocado da microrregional que tiver o maior número de municípios participantes em um total de 12. As disputas das fases regionais começam no período de 17 a 22 de setembro, com a etapa regional Oeste, cuja sede será em São Miguel do Oeste. No mesmo período ocorrerá a etapa Centro-Oestre nos municípios de Joaçaba, Herval D’Oeste e Luzerna.

Criciúma será a sede da etapa Sul entre 20 a 30 de novembro, enquanto que a etapa Norte, a ser realizada de 8 a 13 setembro, aguarda a definição da cidade-sede. Para garantir classificação à etapa estadual dos Jasc o município tem que ser campeão ou vice de uma modalidade na etapa regional que disputou. De acordo com o regulamento da competição, o campeão dos Jasc do ano anterior e a cidade-sede tem direito assegurado em participar da etapa estadual dos Jasc. Os atuais campeões estaduais dos Jasc são Florianópolis, que conquistou o troféu no ano passado em Caçador.

Informações adicionais
Antonio Prado
(48) 3665-6126
(48) 9696-3045

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) recebe inscrições até a próxima terça-feira, 18, para o processo seletivo que preencherá mil vagas do curso gratuito de Pedagogia a Distância. Os interessados devem se inscrever por meio do site www.udesc.br/eadpedagogia. A inscrição é R$ 50, mas quem comprovar que é doador de sangue fica isento da taxa.

As mil vagas são distribuídas em dez polos de apoio presencial (cada um com 100 vagas). Os candidatos devem optar por um dos polos nas cidades de Araranguá, Braço do Norte, Campos Novos, Concórdia, Florianópolis, Indaial, Itapema, Pouso Redondo, Ponta Serrada e Praia Grande. “O curso tem 20% da sua carga horária obrigatoriamente presencial”, diz a coordenadora de Vestibulares e Concursos da Udesc, Rosângela de Souza Machado.

O curso de Pedagogia a Distância é uma parceira com a Universidade Aberta do Brasil (UAB) para atender o Plano de Formação de Professores de Educação Básica, do Ministério da Educação (MEC). “Terão prioridade os professores em exercício das redes públicas municipais e estadual sem formação adequada à Lei de Diretrizes e Bases (LDB)”, explica Rosângela.

As vagas que não forem preenchidas serão ocupadas por candidatos que tenham concluído ou que concluirão o ensino médio até a data da matrícula, prevista para o segundo semestre deste ano.

Provas

O processo seletivo terá 30 questões objetivas (12 de Português, 10 de Geografia e História e 8 de Matemática), além de uma prova de redação. A prova será aplicada em 7 de julho, das 9h às 12h30, nas cidades de Florianópolis, Joinville, Lages, Ibirama, São Bento do Sul, Chapecó, Laguna e Balneário Camboriú.

O programa das disciplinas está no site www.udesc.br/eadpedagogia.

Outras informações sobre o processo seletivo do curso de Pedagogia a Distância estão no edital ou no telefone 48. 3321-8147.

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), por meio do Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV), de Lages, está com inscrições abertas para o Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal. São dois cursos oferecidos gratuitamente, um mestrado e um doutorado, com 25 e seis vagas, respectivamente. As inscrições seguem até 3 de julho.

Para participar do processo de seleção o candidato deverá ter diploma de graduação em curso de Graduação em Ciências Agrárias ou áreas relacionadas às linhas de pesquisa do curso. “Para o curso de doutorado serão admitidos os portadores de diploma de graduação em curso de nível superior, reconhecidos pelo MEC e de diploma de curso de mestrado stricto sensu, recomendado pela Capes, na área de Ciência Animal ou área afim às áreas de concentração pretendida no curso”, explica o coordenador do programa, Nilson Oleskovicz.

O Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal da Udesc está estruturado em duas áreas de concentração e quatro linhas de pesquisa, que o candidato deverá escolher. Uma delas é em Saúde Animal, que conta com as linhas de pesquisa em "Sanidade e Patologia Animal" e "Clínica e Cirurgia Veterinária". A outra área de concentração é em Produção Animal, a qual possui duas linhas de pesquisa: "Nutrição, Manejo Animal e Forragicultura" e "Genética, Melhoramento e Reprodução Animal".

Inscrição
Para fazer a inscrição o interessado deve preencher o formulário anexo ao edital e enviar os documentos exigidos no item 1. Entre a documentação exigida o candidato deverá apresentar um projeto de pesquisa vinculado a uma das linhas do curso e cartas de apresentação. A documentação deverá ser entregue pessoalmente na Secretaria de Pós-Graduação da Udesc Lages ou via Correios com a data limite de postagem sendo 3 de julho. O endereço é Avenida Luiz de Camões, 2090, Caixa Postal 281 e CEP 88.520-000, bairro Conta Dinheiro, Lages – SC.

Seleção
De acordo com o coordenador do curso a seleção será realizada entre os dias 10 e 12 de julho e será baseada nos critérios do item 3 do edital. “Serão feitas análise do currículo, do desempenho escolar do candidato; análise das cartas de apresentação; do potencial do candidato para atividades de pesquisa; pelos testes de conhecimento teóricos e práticos; e também pela compatibilidade entre o tema que o candidato pretende desenvolver com as linhas de pesquisa do curso, e do orientador pretendido; além da disponibilidade de professor orientador”, completa Oleskovicz.

Acesse o edital completo e a página do programa.

Mais informações pelos telefones (49) 2101-9169 e (49) 2101-9241, ou ainda pelo e-mail cienciaanimal@cav.udesc.br.

Assessoria de Comunicação da Udesc
Jornalista Heloíse Guesser
E-mail: heloise.guesser@udesc.br
Telefone: (48) 3321-8142 / 3321-8143

Apoio a programas de prevenção existentes como Programa Saúde Escolar, formação de grupos intergestores municipais; fiscalização rigorosa das entidades que atuam com dependência química; e criação de fluxograma de atendimento ao usuário para a construção de protocolo de acompanhamento. Estas foram algumas das propostas regionais elaboradas pelos técnicos que participaram da 1ª Oficina de Mobilização Intersetorial de Políticas Públicas sobre Drogas, encerrada na tarde desta terça-feira, 11, no Hotel Oceania, nos Ingleses, em Florianópolis.

A síntese das observações trabalhadas em grupos técnicos foi exposta ao final da oficina regional e o resultado será encaminhado para o Colegiado Gestor da Mesorregião de Florianópolis para análise e posterior aprovação, elaboração do plano operativo e a execução conjunta com o Governo do Estado.

Os participantes foram distribuídos de acordo com os seguintes eixos: saúde intersetorial; segurança pública; cidadania e justiça; educação e prevenção intersetorial; assistência social e trabalho intersetorial; e controle social e comunidades terapêuticas.

A oficina regional de Florianópolis foi a primeira de sete oficinas que serão realizadas no Estado até o final de 2013. Estão previstas ainda oficinas regionais em Jaraguá do Sul, em 25 e 26 de junho; e em Chapecó, em 23 e 24 de julho. As oficinas de São Miguel do Oeste, Joaçaba, Criciúma e Lages ainda terão as datas definidas.

O objetivo destes eventos é debater propostas para a região que devem integrar o Plano Catarinense de Políticas Públicas sobre Drogas. O Plano será baseado no trabalho intersetorial das instituições que participam do evento e possuem ações diretas ou indiretas relacionadas à questão das drogas.

Participam das oficinas técnicos das Secretarias de Estado da Assistência Social; Saúde; Justiça e Cidadania; Educação; Segurança Pública; Casa Civil; conselhos tutelares, conselhos de segurança, conselhos municipais antidrogas (Comads); fundações; comunidades terapêuticas; Ministério Público; Tribunal de Justiça; representantes de escolas particulares e de entidades socioeducativas e prisionais; além da Comissão de Combate e Prevenção às Drogas da Assembleia Legislativa (Alesc).

O governador Raimundo Colombo cumpre agenda no Oeste do Estado, nesta quinta e sexta-feira e sábado, dias 13, 14 e 15. Os atos de governo começam, nesta quinta-feira, 13, às 14 horas, no município de Anchieta, e seguem por São José do Cedro, Princesa, Guarujá do Sul, Dionísio Cerqueira. Na sexta-feira, 14, o roteiro inicia às 10h, em Campo Erê, passando por São Bernardino, Novo Horizonte, Coronel Martins, Nova Erechim, Águas Frias e Nova Itaberaba. E no sábado Colombo estará em Coronel Freitas, Cordilheira Alta e Chapecó.

Na agenda, uma série de visitas às prefeituras para conhecer as demandas do município, além de anúncios de melhorias para as cidades com a assinatura de convênios, entrega de obras e reuniões com lideranças locais. No sábado, em Chapecó o governador vai entregar a ordem de serviço para o início das obras de restauração e aumento da capacidade de tráfego da SC-480, no trecho Chapecó ao distrito de Goio-Ên, na divisa com o Rio Grande do Sul. O trecho é de 19,8 quilômetros e terá um custo de R$ 34 milhões.

Veja os principais atos do governador nos próximos dias, no Oeste do Estado:

Quinta-feira, 13
14h – Anchieta
Reunião com lideranças na Prefeitura
15h20 – São José do Cedro
Reunião com lideranças na Prefeitura
16h20 – Princesa
Reunião com lideranças na Prefeitura
17h30 – Guarujá do Sul
Reunião com lideranças na prefeitura
18h30 – Dionísio Cerqueira
Reunião com lideranças na SDR Dionísio Cerqueira

Sexta-feira, 14
10h – Campo Erê
Reunião com lideranças na Prefeitura
11h – São Bernardino
Reunião com lideranças na Prefeitura
13h30 – Novo Horizonte
Reunião com lideranças na Prefeitura
15h10 – Coronel Martins
Reunião com lideranças na Prefeitura
16h10 – Nova Erechim
Entrega das obras de ampliação da Unidade de Saúde
17h40 – Águas Frias
Entrega das obras da Sede do Esporte Clube Ipiranga
19h30 –Nova Itaberaba
Atos de entrega de obras e assinatura de convênio para a construção de tratamento de água– Local: Centro de Multiuso

Sábado, 15
9h – Coronel Freitas
Apresentação pela Secretaria da Infraestrutura o projeto de recuperação da SC-157 – Trecho Chapecó – São Lourenço do Oeste. Local: Ginásio de Esportes da EEF Edvino Huppes
10h30 – Cordilheira Alta
Reunião com lideranças na Prefeitura
14h – Chapecó
Entrega da ordem de serviço da SC-480. Local: Trevo de acesso ao Distrito de Marechal Bormann

 

Qualquer informação adicional pode ser obtida por meio do telefone da redação da Secom/SC no(48) 3665-3006. Outros contatos e informações do Governo estão disponíveis na página Sala de Imprensa, no Portal do Governo do Estado. As fotos também estão disponíveis na página Galeria de Fotos e são de uso livre da imprensa. Para pedidos de fotos ou outro material de imagens, favor enviar no fotografia@secom.sc.gov.br ou diretamente pelo telefone (48) 3665-3013. Estamos à disposição.

O governador Raimundo Colombo recebeu na tarde desta quarta-feira, dia 12, em Florianópolis, a diretoria da Federação dos Trabalhadores na Agricultura em Santa Catarina (Fetaesc), que entregou o documento “Grito da Terra Brasil – 2013 – Etapa estadual”, que traz reivindicações da categoria para este ano.

fetaesc 20130612 1372584694

Colombo ressaltou a importância dos trabalhadores rurais e determinou a realização de uma nova reunião interna do governo, na próxima semana, com representantes das pastas de Agricultura, Saúde, Educação e Habitação para tratar de cada ponto da pauta. O secretário da Agricultura, João Rodrigues, vai organizar o novo encontro e explica que o cenário é bastante positivo.

“É bem provável que boa parte daquilo que está sendo solicitado será atendido pelo Governo do Estado. Alguns dos itens já estão sendo atendidos, até porque o Governo Catarinense tem uma atenção especial com a agricultura familiar, que é uma prioridade de Santa Catarina”, explicou o secretário Rodrigues. A previsão é de que o governador Raimundo Colombo apresente o resultado da reunião do governo em evento comemorativo do aniversário de 45 anos da Fetaesc, no próximo dia 2 de julho.

Entre os pedidos da entidade, estão medidas de incentivo ao associativismo/cooperativismo, construção de armazéns comunitários para grãos e investimentos em obras de infraestrutura em escolas e rodovias no meio rural de SC. O governador informou que estão avançadas as negociações para projetos habitacionais voltados à população do campo e destacou as obras já em andamento nas estradas do Oeste Catarinense.

O presidente da Fetaesc, José Walter Dresch, considerou o encontro com o governador muito positivo. “Saímos daqui com um balanço muito positivo desse encontro, que encaminhou pontos importantes para toda a agricultura familiar catarinense”, avaliou.

A Fetaesc representa mais de 180 mil famílias de agricultores rurais catarinenses. São famílias que, apensar de ocuparem 41% da área dos estabelecimentos agrícolas, são responsáveis por 71,3% do valor da produção agrícola e pesqueira do Estado, segundo dados divulgados pela Fetaesc.

Mais informações

Qualquer informação adicional pode ser obtida por meio do telefone da redação da Secom/SC no (48) 3665-3006 ou com o jornalista Alexandre Lenzi, que acompanhou o evento, no (48) 8843-4350. Outros contatos e informações do Governo estão disponíveis na página Sala de Imprensa.
As fotos também estão disponíveis na página Galeria de Fotos e são de uso livre da imprensa. Para pedidos de fotos ou outro material de imagens, favor enviar no fotografia@secom.sc.gov.br ou diretamente pelo telefone (48) 3665-3013.
Estamos à disposição.

O Governo do Estado, representado pelo presidente da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), Joceli de Souza, inaugura nesta quinta-feira, 13, as obras de restauração do Casarão Bayer, em Tijucas. Para a realização dos trabalhos de restauração do museu foram aplicados R$ 135 mil do Funcultural. O ato será às 10h, na Rua João Bayer, 103, no Centro.

O casarão da família vai abrigar, além de um espaço destinado à memória dos Bayer, a Academia Tijuquense de Letras, a Orquestra de Câmara de Tijucas, um centro de inclusão digital e um pequeno auditório. O primeiro andar será ocupado pelas obras sociais e culturais do Instituto Mathilde Bayer e o segundo continuará servindo de habitação para a família de Lélia Souza Bayer, atual proprietária do espaço e administradora da entidade.

A fachada possui diversos elementos neoclássicos e frisos típicos do final do século 19 e no frontão triangular, a decoração é com formas geométricas. No telhado, os vasos de plantas, que na época da construção possuíam folhagens e flores, foram substituídos por plantas de alvenaria, para manter as características originais.

“Aquilo que estava destruído, agora terá um objetivo social com a finalidade de resgatar a história da família e de Santa Catarina. Construída por meu avô João Bayer, já foi uma pousada e até uma espécie de loja de departamentos que vendia desde chapéus, utensílios para casa, tecidos e até sapatos”, explicou o professor Ernani Bayer.

O Casarão
As disputas entre as famílias Bayer e Gallotti, no final do século 19 e começo do século 20, renderam a Tijucas, na Grande Florianópolis, forte participação na política e na economia do Estado. De um lado, os Gallotti defendendo o antigo PSD. De outro, os Bayer com a extinta UDN. Ambos construíram frotas de navios e mantiveram indústrias, casas de comércio e cargos políticos estratégicos. Os embates não tiveram fim nem quando João Bayer Filho se apaixonou por Catarina Gallotti e teve que “roubá-la” três vezes para poder consumar o casamento. A memória dos Gallotti está preservada no casarão da família, que fica no centro da cidade e se transformou em centro cultural, administrado pelo município. A dos Bayer seguirá o mesmo caminho.

Mais informações
Rafael Vieira
Secretaria de Comunicação 
(48) 9116-8998