A Escola de Educação Básica Gertrudes Muller, de Canoinhas, estará representando toda região na etapa final Nacional da Olimpíada Mind Lab, que acontece no dia 10 de agosto, em São Paulo. A escola foi campeã na etapa regional da quinta edição da Olimpíada de Raciocínio MenteInovadora (do 4º ao 7º ano), realizada em outubro de 2012, na cidade de Lages. A escola de Canoinhas é uma das três representantes do Estado nesta etapa.

Participam da etapa nacional os alunos Alisson Batista, Luciano Hartmann, Juliano Batista Machado e Andrei Medeiros, acompanhados do professor de Matemática da instituição, Alexandre de Lima. Durante a competição na Olimpíada, os competidores serão divididos em duas categorias distintas, que obedecem as mesmas regras e utilizam os mesmos jogos: Abalone, Damas Olípimcas, Octi e Quoridor. O evento em São Paulo classifica a equipe (de 4º ao 7º ano) que representará o país na Etapa Internacional, que ocorre neste ano, na Turquia.

Segundo o professor, foi observada uma gradativa melhora em meio a conceitos sociais e educacionais. “Os pais dos alunos também enfatizam que, em casa, foi apresentada grande melhora no convívio”. Alexandre de Lima explica que os jogos estimulam não só a parte lúdica como também o raciocínio em meio a sociedade, onde os alunos param e pensam antes de agir, tornando-os pessoas mais críticas.

O que é o Projeto MenteInovadora

As Olimpíadas Mind Lab é um evento educativo e reúne educadores, alunos e família de todo Brasil que adotam o Programa MenteInovadora, em torno do cativantes universos dos jogos de raciocínio, que visam desenvolver habilidade matemáticas.

O Projeto MenteInovadora foi adotado em 2012 pela Secretaria de Estado da Educação e conta com 72 escolas participantes no Estado. Por meio dele, diversos jogos de estímulo, raciocínio e dinâmica estão à disposição dos alunos e professores, que recebem treinamentos mensalmente e acompanhamento para a aplicação do mesmo.

Todo o projeto no Estado está sendo implantado e desenvolvido nas aulas de Matemática. Além do material disponibilizado na escola, todos os alunos participantes do projeto, também receberam kit com jogo e livro orientador, que pode ser utilizado fora do ambiente escolar.

O governador Raimundo Colombo liberou, nesta quinta-feira, 8, cerca de R$ 3 milhões para o município de Ilhota para a construção da ponte sobre o Rio Itajaí-Açú e pavimentação de ruas. Colombo confirmou, ainda, apoio para a criação do Parque Natural Municipal Morro do Baú e também para a construção do acesso ao Parque. “Estou feliz com o andamento das obras de construção da ponte e a nossa ideia é antecipar o cronograma de entrega de julho para abril de 2014”, afirmou Colombo.

Somente para a ponte sobre o Rio Itajaí-Açu foram liberados R$ 1 milhão. Com extensão de 485 metros e investimentos de R$ 32 milhões, o trecho ligará a Rodovia Jorge Lacerda (SC-470) à BR-470. A obra é uma parceria entre Governo do Estado  e Governo Federal. O consórcio responsável pela ponte é o TEC/SETEP. O secretário de Estado da Infraestrutura, Valdir Cobalchini, explica que as vigas estão totalmente prontas, o que equivale a 55% do total da obra já concluída.

ponte de ilhota 20130808 1408547675
Ponte sobre o Rio Itajaí-Açu.Foto: James Tavares/Secom. Mais imagens na galeria

Para atender às necessidades do município de ilhota, o governador liberou mais R$ 2 milhões para investimentos na pavimentação de ruas e estradas. Esses recursos do Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam) fazem parte do Pacto por Santa Catarina e são provenientes de financiamentos obtidos pelo Estado junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O repasse será feito de forma não reembolsável e sem necessidade de contrapartida dos municípios. “Vamos aplicar esses recursos na pavimentação e drenagem de ruas. Ficamos surpresos e muito contentes com o apoio do governador no município. Essa foi a primeira vez que ele visita nossa Prefeitura e escuta nossas dificuldades”, disse o prefeito de Ilhota, Daniel Christian Bosi.

Parque Natural Municipal Morro do Baú
Com apoio do Governo do Estado por meio da Fundação do Meio Ambiente (Fatma), o município pretende criar o Parque Natural Municipal Morro do Baú. Localizado na comunidade Alto Baú, nos municípios de Ilhota e Luiz Alves. Segundo o prefeito Daniel Bosi, o local possui uma área aproximada de 750 hectares de floresta ombrófila densa da encosta atlântica em bom estado de conservação.

Também estiveram presentes o secretário-executivo de Articulação Nacional, João Matos; o presidente do Badesc, João Paulo Kleinübing  e os deputados estaduais Darci de Matos, Ismael dos Santos e Jean Kuhlmann.

Ouça a entrevista com o governador Raimundo Colombo 

  Baixar áudio

{text}

O Departamento de Administração Prisional (DEAP) de Santa Catarina concluiu na tarde desta quinta-feira, 8, a transferência dos detentos do antigo Presídio Regional de Chapecó para o novo prédio, junto à Penitenciária Agrícola, no Bairro Efapi, em Chapecó. Cerca de 100 homens, entre policiais civis, agentes prisionais e Guarda Municipal participaram da operação que iniciou ainda de madrugada, por volta das 5h30, encerrando às 15h30. Os trabalhos foram coordenados pelo diretor do DEAP, Leandro Soares de Lima.

Ao todo foram transferidos 406 presos, sendo 90 mulheres. O setor foi construído e adequado à obra para atender uma exigência do Ministério Público, para que homens e mulheres ficassem em espaços separados. O Governo do Estado investiu mais de R$ 9 milhões na obra.

O novo Presídio Regional de Chapecó tem uma área total de 14 mil metros quadrados, sendo 6.861,16 m² de área construída. São 40 celas coletivas para oito presos e 16 para dois presos em cada. A antiga estrutura, no Bairro Santa Maria, região central da cidade, tinha capacidade para abrigar 135 pessoas. A área do antigo presídio será doada, em termo do comodato por 20 anos, para o Centro de Atividades Psicofísicas Patrick (CAPP) de Chapecó, que irá construir no local a sua sede própria.

O espaço do novo presídio está dividido em alas carcerárias e solários, setor de triagem, consultórios médico e odontológico, setor de encontros íntimos, além de parlatórios e área de visitas para familiares, implantado com as mais modernas técnicas de segurança para os estabelecimentos desta natureza. O governo do Estado também já tem o projeto para construção de um presídio feminino, com capacidade para 280 detentas, na mesma área da Penitenciária Agrícola.

Confira o boletim produzido pela Rádio Secom

  Baixar áudio

A Coordenadoria Regional da Defesa Civil Estadual (Coredesc) será instalada em Caçador na próxima semana. Ao todo, 14 municípios da região serão beneficiados. As coordenadorias regionais da Defesa Civil são responsáveis por executar os programas descentralizados da Secretaria Estadual, relacionados à prevenção, preparação e resposta aos desastres, além de orientar, de acordo com as normas e a legislação em vigor, a correta utilização dos recursos materiais e financeiros disponibilizados pela Secretaria a municípios atingidos por desastres.

O coordenador regional também terá de promover e fomentar a discussão dos assuntos relacionados à proteção e defesa civil no âmbito de sua respectiva área de abrangência. Em Caçador, o coordenador será Anderson Carlos Veíssimo.

“Iremos auxiliar todos os municípios das duas regionais (Caçador e Videira) na questão de levantamento de dados, áreas de risco, emissão de alertas e ações preventivas”, completou Anderson.

{text}

Com o objetivo de debater assuntos relacionados às questões que envolvem o Direito Humano à Alimentação Adequada, a Secretaria de Estado da Casa Civil, através da Diretoria de Direitos Humanos, recebeu na última quarta-feira, 7, a reunião da Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional de Santa Catarina (Caisan/SC).

A Diretora de Direitos Humanos, Dirlei Maria Kafer Gonçalves, destaca a importância das reuniões itinerantes. “Esses encontros favorecem a proximidade dos Secretários e Diretores do Governo do Estado com a Câmara Intersetorial, conhecendo o trabalho e esclarecendo dúvidas do grupo”, disse. O encontro contou ainda com a presença da Diretora de Assuntos Legislativos da Casa Civil, Dra. Jocélia Aparecida Lulek, que esclareceu questões relacionadas a mudança na legislação do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional.

Na reunião, a Caisan discutiu a realização, no dia 3 de outubro, de uma exposição em comemoração ao Dia Mundial da Alimentação, com o tema Sistemas Alimentares Saudáveis. Outro assunto discutido foi a visita técnica no dia 5 de setembro na Comunidade Chico Mendes para conhecer o projeto Revolução dos Baldinhos, e em Balneário Camboriu para conhecer o Projeto Agricultura Urbana e Periurbana. As questões debatidas no encontro serão apresentadas na próxima plenária do Conselho de Segurança Alimentar de Santa Catarina, que acontecerá no dia 14 de Agosto de 2014, na Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação.

A Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional é composta por representantes das Secretarias de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação, Casa Civil, Educação, Saúde, Agricultura e Política Rural, Fazenda, Planejamento, além da Universidade Federal de Santa Catarina.

Assessoria de comunicação
Secretaria de Estado da Casa Civil
E-mail: comunicacao@scc.sc.gov.br
Telefone: (48) 8843-3497

Unificar o calendário escolar 2014 da rede pública de Santa Catarina foi o objetivo da reunião entre o secretário de Estado da Educação, Eduardo Deschamps, e a presidente da União dos Dirigentes Municipais de Educação de Santa Catarina (Undime/SC), Astrit Tozzo. O assessor do Sindicato das Escolas Particulares de Santa Catarina (Sinepe), Claudio Moreira, também participou apresentando a proposta repassada, no mês de abril deste ano, para as escolas particulares do Estado.

calendario escolar 2014 20130808 1249578320
Foto: Jonathas Cesário / SED

De acordo com o diretor de Apoio ao Estudante, Osmar Matiola, um calendário único traz grandes benefícios para a sociedade. “As famílias podem fazer o seu planejamento de férias e recesso antecipadamente, já que muitas têm filhos em escolas diferentes; o transporte escolar dos alunos da rede pública, executado em parceria entre o Estado e os municípios, não precisa ser adaptado, o que aumentaria os custos operacionais, e os educadores que trabalham nas duas redes terão o mesmo período de descanso”, afirma. Para ele, outra vantagem é o Estado e os municípios poderem articular outras ações de forma conjunta, como por exemplo, a formação continuada dos professores.

O calendário não será alterado em função da Copa do Mundo. Nos dias de jogos do Brasil, as escolas funcionarão no período da manhã, pois os jogos normalmente são no final da tarde. As escolas são responsáveis pela reposição das aulas perdidas nesses dias, pois tem a obrigação de cumprir os 200 dias letivos e as 800 horas.

Para a presidente da Undime, Astrit Tozzo, este é o início de um amplo processo de colaboração entre as redes públicas de Santa Catarina. “Estamos pensando na educação do Estado como um todo e a união é fundamental para o sucesso do trabalho”, comenta.

A sugestão apresentada pelo Sinepe tem algumas diferenças, como início das aulas e o recesso escolar. “Entendemos a importância de participar desta discussão e a unificação dos calendários, porém já enviamos as sugestões para as escolas. Elas têm livre arbítrio para decidir qual seguir. Por isso, a sugestão da rede pública também será oferecida para as escolas particulares”, explica o assessor do Sinepe.

Calendário Escolar Rede Pública para 2014
Início do ano letivo: 13 de fevereiro
Recesso escolar: 20 de julho a 3 de agosto
Término do ano letivo: 19 de dezembro

{text}

Prefeitos dos municípios vinculados à Associação dos Municípios do Alto Uruguai (Amauc) receberam, nesta quinta-feira, 8, os discos rígidos com os dados do Levantamento Aerofotogramétrico -- produto elaborado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS). "A intenção do Governo do Estado é ampliar o auxílio na gestão e planejamento das cidades catarinenses para que possam atingir seus objetivos de desenvolvimento", disse o chefe de gabinete da SDS, Christiano Lopes de Oliveira, que representou o secretário da SDS, Paulo Bornhausen no evento ocorrido em Concórdia. Ainda na manhã de hoje, os prefeitos do Meio Oeste também receberam os dados.

Iniciado em 2008, o Levantamento Aerofotogramétrico foi acelerado há dois anos, pela necessidade de atualização da rede hidrográfica estadual. Os dados geoespaciais poderão ser utilizados para várias finalidades, entre elas, planejamento urbano, expansão da rede viária, uso e ocupação do solo, além de estudos socioeconômicos. O serviço, que teve custo de aproximadamente R$ 12 milhões, resultou em mais de 70 mil aerofotos em alta resolução de todo o território catarinense.

"Havia uma grande expectativa dos gestores públicos das região por este mapeamento", revelou o secretário do Desenvolvimento Regional de Concórdia, Paulo Eduardo Pastore. De acordo Pastore, os dados geoespaciais são importantes o desenvolvimento local e ajudará em várias das ações regionais, a exemplo do Plano de Diretor Rural de Concórdia.

levantamento aerofotogrametrico 20130808 1741845666
Imagem da cidade de Concórdia

O prefeito e exercício do Concórdia, Neuri Santhier, confirmou a utilização do Levantamento Aerofotogramétrico na elaboração do Plano de Diretor Rural da cidade. "Os dados chegam num bom momento e representará uma economia do mais de R$ 200 mil para o município", apontou Santhier, referindo-se ao custo de aquisição de um produto similar para o mapeamento da zona rural do município.

A SDS trabalha agora no desenvolvimento de uma ferramenta online para que as secretarias regionais, as secretarias da Administração Direta, e outros órgãos públicos, como Ministério Publico de Santa Catarina, tenha acesso aos dados. Segundo Christiano Lopes, a SDS trabalha para liberar o acesso online ainda este ano.

Receberam os dados nesta quinta-feira, prefeito em exercício de Concórdia, Neuri Antonio Santhier; o prefeito de Piratuba e presidente e, exercício da Amauc, Claudirlei Dorini; os prefeitos de Alto Bela Vista, Catia Tessmann Reichert; de Arvoredo, Janete Paravizi Bianchin; de Ipira, Emerson Ari Reichert; de Ipumirim, Valdir Zanella; de Irani, Mauri Ricardo De Lima; de Itá, Leide Mara Bender; de Jaborá, Kleber Mercio Nora; de Lindóia do Sul, Pedro Ari Parizotto; de Paial, Aldair Antonio Rigo; de Peritiba, Neusa Klein Maraschini; de Presidente Castello Branco, Claudio Sartori; e de Seara, Laci Grigolo; além dos representantes de Arabutã e Xavantina.

Também participaram do evento a secretária do Desenvolvimento Regional de Seara, Gládis Regina Bizolo dos Santos; a procuradora de Justiça da Comarca de Concórdia do Ministério Público de Santa Catana, Roberta Meireles; e o presidente da Câmara de Vereadores de Concórdia, Rogério Pacheco.

O Levantamento Aerofotogramétrico foi lançado dia 14 de junho, em São José, e já foi entregue para as cidades que fazem parte da Associação dos Municípios da Grande Florianópolis (Granfpolis), da Associação dos Municípios do Vale do Itapocu (Amvali), da Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí (Ammvi), da Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí (Amfri), da Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense (Amesc), da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec), da Associação de Municípios da Região de Laguna (Amurel), da Associação dos Municípios da Região Serrana (Amures), da Associação dos Municípios do Planalto Sul de Santa Catarina (Amplasc), da Associação dos Municípios do Alto Vale do Rio do Peixe (Amarp), da Associação dos Municípios da Região do Contestado (Amurc), da Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí (Amavi), e da Associação dos Municípios do Meio Oeste Catarinense (Ammoc).

Assessoria de Comunicação
SDS - Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável
www.sds.sc.gov.br - www.facebook.com/SustentavelSC - www.twitter/SustentavelSC
Rodovia SC 401, KM 5, nº 4600, Centro Administrativo, bl. 3, 1º andar - Saco Grande II - Florianópolis/SC - CEP 88032-000 Telefone: (48) 3665-2257


O governador Raimundo Colombo estará em Joinville nesta segunda-feira, dia 12. Na programação, estão atos de apoio e promoção da inovação em Santa Catarina.

Às 17h, Colombo reúne-se com o prefeito Udo Döhler na sede da prefeitura, na Avenida Herman August Lepper, 10, Centro.

Às 18, participa de audiência na Associação Empresarial de Joinville (Acij), na Avenida Aluísio Pires Condeixa, 2.550, bairro Saguaçu. Está programa a presença do Ministro da Ciência Tecnologia e Inovação, Marco Antônio Raupp; do secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Paulo Bornhausen; do presidente da SC Parcerias, Paulo César da Costa; do presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), Sérgio Gargioni; e do diretor de Ciência e Tecnologia da SDS, José Roberto Provesi.

Às 18h30, ainda na Acij, ocorre o lançamento de editais de programas da Fapesc destinados a projetos inovadores. Entre os anúncios, estão o lançamento de três chamadas públicas para concessão de bolsas, além da edição 2013 do Prêmio Stemmer de Inovação Catarinense, que desta vez contemplará apenas micro e pequenas e médias empresas. A Fapesc selecionará até 75 empresas para receber entre R$ 180 mil e R$ 600 mil, cada uma. Serão investidos R$ 22,5 milhões, sendo R$ 7,5 milhões do governo estadual e R$ 15 milhões da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).


{text}

O governador Raimundo Colombo e o secretário de Estado de Segurança Pública, César Augusto Grubba, participam na próxima segunda-feira, dia 12, de cerimônia do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina que vai oficializar o maior repasse da história para a Operação Veraneio – cerca de R$ 11 milhões. No evento, também serão entregues homenagens e oficializadas promoções de praças e oficiais.

O repasse de R$ 11 milhões em investimentos para a Operação Veraneio 2013/2014 é o maior aporte de recursos para a compra de equipamentos e materiais desde o início do serviço de salvamento aquático na corporação, em 1962. O valor é quatro vezes maior do que o realizado na operação passada, quando foram aplicados R$ 2,4 milhões.

A previsão é de compra de uma embarcação especializada para combate a incêndio (a primeira da corporação); uma embarcação média para busca e resgate; 16 embarcações equipadas com motores de 90 hp para operações no mar; 10 barcos equipados com motores de 25 hp para atividades em rios, lagoas e represas; 26 quadriciclos; 26 motonáuticas (jet-ski); 26 veículos de ronda; e três micro-ônibus para o transporte de tropa.

O comandante-geral dos Bombeiros, Coronel Marcos de Oliveira, diz que a proposta é realizar as licitações para as compras em setembro, garantindo o uso dos equipamentos já nesta temporada. “Além de ter os profissionais nas praias, é preciso oferecer os instrumentos necessários para um socorro eficiente. Com o esse apoio do Governo do Estado, vamos instrumentalizar tecnologicamente nossa equipe com o que há de melhor, garantindo uma temporada muito segura”, destaca.

Operação Veraneio

A Operação Veraneio é a maior operação do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina, realizada anualmente durante a temporada em praias e balneários em diferentes regiões do Estado. A última edição alcançou 142 praias e balneários de 32 municípios catarinenses, totalizando mais de 445 quilômetros de extensão de áreas protegidas para banho. Foram contratados 1.200 guarda-vidas civis, que atuaram sob a coordenação de 300 guarda-vidas militares. Além dos homens e mulheres diretamente relacionados com o trabalho nos balneários, aproximadamente 400 bombeiros militares de serviço nas unidades dos bombeiros no Litoral trabalharam em reforço às equipes da Operação Veraneio 2012/2013. No auge da temporada, do dia 1º de dezembro até o Carnaval, são 800 guarda-vidas trabalhando por dia nas praias catarinenses.

Graças ao empenho e dedicação de militares e civis, a edição 2012/2013 registrou um dos menores índices de mortes por afogamento em praias monitoradas da história. Foram 10 óbitos, frente às 12 mortes da temporada anterior e outros 17 óbitos da operação em 2010/2011.

Homenagens

No evento desta segunda-feira, serão entregues medalhas alusivas aos 25 anos do Serviço de Atendimento Pré-Hospitalar do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina para 16 homenageados, entre eles o governador Raimundo Colombo e o secretário César Grubba. O serviço pré-hospitalar consiste no atendimento clínico realizado pelos bombeiros com o uso de ambulâncias no local das ocorrências, uma etapa importante para que as vítimas sejam transportadas com segurança até os hospitais. Os bombeiros começaram a receber treinamento especializado para esse tipo de atendimento na década de 80 e a iniciativa foi oficializada em dezembro de 1987, em Blumenau, e ampliada para todo o Estado nos anos seguintes. Representantes das primeiras equipes estão entre os homenageados.

Também serão entregues as medalhas Dom Pedro II para o secretário adjunto de Segurança Pública, coronel Fernando Rodrigues de Menezes; e para o chefe da secretaria executiva da Casa Militar, tenente-coronel Nildo Otávio Teixeira. A medalha Dom Pedro II é a maior honraria oferecida pelos bombeiros. Em edições passadas, o governador Colombo e o secretário Grubba receberam a comenda.

SERVIÇO
O quê: assinatura do governador Raimundo Colombo para autorização de repasse de R$ 11 milhões para a Operação Veraneio 2013/2014 e solenidade de promoção de oficiais e entrega de medalhas
Quando: segunda-feira, dia 12, a partir das 10h
Onde: Centro de Ensino Bombeiro Militar (CEBM), Rua Lauro Linhares, 1213, no bairro Trindade, em Florianópolis - (48) 3239-7300

Ouça a entrevista com o comandante-geral dos Bombeiros, Coronel Marcos de Oliveira 

  Baixar áudio

{text}

O secretário de Estado da Educação, Eduardo Deschamps, participou da abertura do Educasul 2013, no Centrosul, em Florianópolis. O maior evento do país sobre ensino médio e profissionalizante segue até sábado e, nesta quinta, discutiu o abandono escolar. Em 2012, a taxa de evasão nas escolas públicas chegou a 10,4%, de acordo com o último censo escolar divulgado pelo IBGE.

educasul 20130808 1366125739
Foto: Patrícia Rodrigues/Divulgação

Na avaliação do secretário, o verdadeiro papel do ensino médio no Brasil não está bem definido, exceto para aqueles que pretender entrar para uma universidade. “Este é um dos motivos dos índices de desistência nas escolas. Este debate surge num momento importante e vem para contribuir com as discussões relacionadas com a reformulação da grade curricular do ensino médio”, disse.

De acordo com o professor Juarez Dayrell, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o Brasil tem hoje 8,3 milhões de alunos no ensino médio, sendo que apenas 1,2 % estão nos institutos federais, 1,1 % nas municipais, 11,8% estão nas escolas particulares e a maioria, 85,9%, nas escolas do Estado.  “De acordo com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) o ideal seria um investimento de U$ 4 mil ano, por aluno, para um ensino de qualidade que promova o interesse dos jovens, uma realidade próxima dos institutos federais, mas muito distante da rede pública”, disse Dayrell.

Outra referência em educação no país, o professor Gaudêncio Frigotto, autor de mais de 20 livros e professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) falou sobre as redes sociais, uma das ferramentas mais utilizadas pelos jovens. “Estas tecnologias precisam ser parceiras dos educadores e não serem vistas como um problema, precisamos saber lidar com este fato”.

Paralelo ao Educasul 2013 acontece também o Engeduc, congresso Sul Brasileiro de Educação Infantil e a Fequalit, feira aberta ao público, que apresenta novidades em softwares de projetos educacionais, móveis desenhados especialmente para escolas e lançamentos de livros de literatura infantil, infanto-juvenil e pedagógica.

Patrícia Rodrigues
imprensa@capacitareventos.com.br