A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) realizará a partir desta quarta-feira, 10, a Operação Integração, do Núcleo Extensionista Rondon (NER). A ação envolverá 10 municípios da Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) da Grande Florianópolis e seguirá até 20 de julho. Além das cidades da Grande Florianópolis, uma equipe de extensionistas também realizará ações na cidade serrana de São Joaquim, no mesmo período. A abertura oficial do evento acontecerá em Rancho Queimado, às 17h, na Sociedade Amigos de Rancho Queimado, próximo à Praça Eduardo Sell.

A Operação Integração é a quinta realizada pelo NER Udesc e acontecerá simultaneamente em Palhoça, Biguaçu, Santo Amaro da Imperatriz, Angelina, Rancho Queimado, São Pedro de Alcântara, Antônio Carlos, Anitápolis, São Bonifácio e Governador Celso Ramos. “A cidade de São Joaquim também se interessou pelo trabalho e solicitou uma equipe, onde também trabalharemos durante esses dias”, explica o coordenador do NER Udesc, Alfredo Balduíno Santos, que afirmou que será enviado um grupo em torno de 15 pessoas.

Para realizar todas as oficinas participarão mais de 140 extensionistas da universidade, os quais são estudantes de graduação e pós-graduação dos 12 centros da Udesc. Além dos alunos da Udesc, a operação contará ainda com a participação de cerca de 60 extensionistas de instituições parceiras, como da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), da Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac), Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), da Faculdade Municipal de Palhoça (FMP) e da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA).

As ações que envolvem as atividades das oficinas da operação contemplam oito áreas, que fazem parte da extensão universitária no Brasil, são elas: comunicação, cultura, direitos humanos e justiça, educação, meio ambiente, saúde, trabalho e tecnologia de produção.

“A extensão universitária enquanto política educacional permite a inserção dos acadêmicos em diferentes cenários. Experiência que favorece o desvelamento das necessidades locais e implementação de ações que poderão guiar a formulação de políticas públicas locais em vista ao enfrentamento das demandadas da comunidade”, explica o pró-reitor de Extensão, Cultura e Comunidade, Mayco Moraes Nunes.

Para o coordenador do NER Udesc, Alfredo Balduíno Santos, essas atividades possibilitam o intercâmbio entre os acadêmicos e a inserção da Udesc em diferentes comunidades. O núcleo já realizou, quatro operações próprias: Operação Contestado, em dezembro de 2010; Operação Fronteira, em julho de 2011; Operação Caminho dos Tropeiros, em dezembro de 2011; e a Operação Serra & Mar, entre julho e agosto de 2012.

“As ações do NER Udesc levam o conhecimento de dentro da universidade para fora, buscando principalmente o desenvolvimento regional de onde o núcleo passa”, complementa o coordenador. “Buscamos com as ações, a garantia da interdisciplinaridade, da interação entre a Udesc e a sociedade, da qualidade e do impacto das ações de extensão, reforçando a missão da universidade diante a realidade social”, finaliza Santos.


Informações adicionais:
Heloíse Guesser
Universidade do Estado de Santa Catarina
E-mail: heloise.guesser@udesc.br
Telefone: (48) 3321-8142

Com o retorno do deputado estadual Renato Hinnig à Assembleia Legislativa, a Secretaria de Desenvolvimento Regional da Grande Florianópolis passa a ser comandada a partir desta terça-feira, 9, pelo diretor geral, Flávio Antônio Bernardes. Ele ficará no cargo até que assuma o novo secretário regional, ainda sem data definida.

A Diretoria da Celesc divulgou, na última quinta-feira, 4, em comunicado a todos os empregados, novas mudanças na estrutura organizacional da Empresa, em cumprimento às diretrizes estabelecidas pelo Plano Diretor da Companhia, denominado Celesc 2030, e pelo programa de eficiência operacional, chamado Eficiência Máxima Celesc.

Em sua primeira etapa, o processo de otimização da estrutura está acontecendo na Administração Central da Companhia e inclui a redução de duas Diretorias (passando de dez para oito); a extinção, em até 18 meses, de quatro cargos comissionados de Assistentes da Presidência (passando de oito para quatro); e a extinção de 48 funções gratificadas. A medida significa redução de 30% dos cargos gerenciais e representa economia de R$ 3,55 milhões/ano.

O processo de otimização da estrutura organizacional teve início há dois meses, em 1º de abril, com a redução de 15 funções gratificadas. Em junho, no dia 20, o Conselho de Administração decidiu pela extinção das duas diretorias e dos quatro cargos comissionados. Na última quinta-feira, dia 4, foi anunciada a extinção de mais 33 funções gratificadas a partir de 1º de agosto. Nessa mesma data, será iniciada a revisão e análise contínua do desempenho da estrutura organizacional, para expandir o processo para as áreas descentralizadas.

Segundo o presidente da Celesc, Cleverson Siewert, o foco será a observação das oportunidades de readequação de outras áreas, visando novas otimizações: “Com base nas iniciativas desenhadas pelas equipes de otimização, serão feitas readequações nas estruturas das Agências Regionais”. Para Siewert, a mudança posiciona a Companhia em novo patamar de gestão: “O eixo de todo processo é a eficiência e melhoria contínua do grupo Celesc”, afirma.

Para definição da nova estrutura organizacional da Celesc, foram definidos nove princípios: cultura orientada para resultados, maior eficiência organizacional, captação de sinergias funcionais, otimização de processos de gestão, simplificação da estrutura, configuração de regionais otimizadas, reforço da massa crítica competente, foco em gestão por processos e estrutura de cultura financeira.

Informações adicionais:
Maria Alaucir Macarini
Centrais Elétricas de SC SA
E-mail: laumacarini@celesc.com.br
Telefone: (48) 3231-6225

Atendendo solicitação do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde (SES), a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Dionísio Cerqueira e os órgãos de vigilância estão preparando atividades e atendimentos especiais para recepcionar os participantes da Jornada Mundial da Juventude, que acontece nos dias 23 a 28 de julho, no Rio de Janeiro (RJ).

Eila Labres, gerente de saúde da SDR, explica que o município de Dionísio Cerqueira é a porta de entrada dos turistas do Mercosul, principalmente argentinos e chilenos. Na manhã desta terça-feira, 9, foi realizado na sede da SDR um encontro de trabalho para o repasse de orientações e a organização dos atendimentos, que terão coordenação da vigilância sanitária, vigilância epidemiológica, prefeitura de Dionísio Cerqueira, entre outros órgãos de saúde. “Nos dias que antecedem a chegada e a partida dos turistas que vão participar da Jornada Mundial da Juventude, a Fronteira catarinense terá uma programação de atendimentos e vistorias na área da saúde diferenciada e reforçada”, enfatiza Eila. O Papa Francisco é aguardado para participar da Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro.

Informações Adicionais
Jornalista Lucas Maraschim Matias
ASCOM – Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional
Dionísio Cerqueira (SC). Fones - (49) 9145 7142 e (49) 3644-3300


O Centro de Artes (Ceart), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), lançou recentemente edital para o processo seletivo do Programa de Pós-Graduação em Música (PPGMUS) – Mestrado Acadêmico, para ingresso no primeiro semestre de 2014. As inscrições iniciam no dia 02 de agosto e seguem até 30 de setembro.

O PPGMUS é estruturado em três subáreas distintas: Educação Musical; Musicologia-Etnomusicologia e Práticas Interpretativas (piano e violino). Além disso, o programa também oferece três linhas de pesquisa: Formação, processos e práticas em educação musical; A música no contexto histórico e sócio-cultural e Teoria e prática da interpretação musical.

Ao todo, serão oferecidas até 30 vagas, distribuídas entre as três subáreas do programa. O processo de seleção envolverá análise do projeto de pesquisa e do currículo do candidato (etapa eliminatória), prova escrita, prova de música (consistindo de uma prova escrita e uma prova prática), e entrevista.

As inscrições poderão ser feitas pessoalmente ou por procuração simples na secretaria do PPGMUS, no Centro de Artes da Udesc, ou via Encomenda Expressa da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (SEDEX), conforme especifica o edital.

Confira todas as informações no edital de processo seletivo.

Sobre o PPGMUS
O programa teve sua primeira turma no ano de 2007 e desde seu início, até o final de 2012, já teve 40 dissertações defendidas. Dez professores atuam no mestrado em música, nas subáreas de Musicologia-Etnomusicologia, Práticas Interpretativas e Educação Musical. Saiba mais sobre o PPGMUShttp://www.ceart.udesc.br/ppgmus/apresentacao.htm


Informações adicionais:
Lais Campos Moser 
Universidade do Estado de Santa Catarina 
E-mail: lais.moser@udesc.br 
Telefone: 33218350

O Conselho Universitário (Consuni) aprovou na quinta-feira, 4, a alteração do curso de Bacharelado em Sistemas de Informação, oferecido pelo Centro de Educação do Alto Vale do Itajaí (Ceavi), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Ibirama, para Bacharelado em Engenharia de Software, que abrirá vagas no Vestibular de Verão de 2014 e será o primeiro de SC.

Segundo o chefe do Departamento de Sistemas de Informação e autor da proposta encaminhada ao Consuni para alteração do curso, professor Carlos Alberto Barth, a grade curricular do Bacharelado em Engenharia de Software será direcionada à formação do analista de sistema.

"O atual curso também prepara o profissional para atuar nessa área, mas de uma forma mais geral", explica. Barth calcula que cerca de 60% da atual grade curricular do curso será mantida. "Os outros 40% serão direcionados para preparar o profissional em Engenharia de Software", ressalta.

Ele informa que o aluno que se formar em Bacharelado em Sistemas de Informação poderá concluir Engenharia de Software em apenas dois anos, com a eliminação de 60% das disciplinas cursadas.

O professor da Udesc Ibirama lembra que o Departamento de Sistemas de Informação vinha tentando há mais de três anos a mudança do curso, que é oferecido desde 2007. Atualmente há 197 alunos distribuídos nas oito fases, com aulas à noite. 

Barth diz que a mudança atende às necessidades da região do Alto Vale do Itajaí na área de software. "Nessa região, tem surgido muitas empresas em desenvolvimento de programas de computador, principalmente em Blumenau e Rio do Sul, que se transformaram em polos nesse campo", constata. 

Ele espera uma demanda maior de alunos pelo curso com a mudança. "A alteração foi sugerida justamente para ficar mais apropriada com o publico-alvo da região do Alto Vale do Itajaí", justifica.

O analista de sistema
O analista de sistema tem a função de estudar o melhor caminho racional para que a informação possa ser processada. Os profissionais da área geram software (programas), que são executados em hardwares (equipamentos) para serem operados por usuários.

O analista de sistema atua como tradutor entre as necessidades do usuário e o programa a ser desenvolvido.

A Secretaria de Estado da Saúde informa, a seguir, a situação das emergências dos hospitais Celso Ramos e Regional de São José nesta terça-feira, 09.

Nesta terça-feira, 09, até o final da manhã, a emergência do Hospital Celso Ramos, em Florianópolis, estava atendendo 30 pessoas. Havia 15 pacientes aguardando atendimento. Segundo informações da direção geral da unidade de saúde, dois pacientes atendidos na Emergência estão em estado grave. Nas últimas 24 horas, o Celso Ramos recebeu, na Emergência, 223 pessoas. Deste total de atendimentos, 121 são do setor de ortopedia.

No Hospital Regional de São José havia, na emergência geral, 146 pacientes até o final da manhã desta terça-feira, com 38 pessoas aguardando consulta. Nas últimas 24 horas, de acordo com as informações da direção do Hospital Regional de São José, o setor de emergência atendeu 296 pacientes. Na emergência pediátrica, 180 crianças foram atendidas.

O quadro geral do Hospital Regional de São José é de 345 pacientes internados. Ao todo, 46 internações foram feitas nas últimas 24 horas.

A Secretaria de Estado da Saúde orienta a população a primeiro procurar os centros de saúde dos seus municípios. Os postos de saúde e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) estão aptos a atender situações de urgência, que são aqueles em que a pessoa não corre riscos. São casos, por exemplo, de febre e dores generalizadas. Os casos mais graves serão encaminhados para os hospitais.

{text}

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) realiza nesta terça-feira, 9, às 19h, a cerimônia de lançamento do maior evento de esporte, os Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc).

O auditório Antonieta de Barros será o palco para a apresentação oficial da 53°edição dos Jogos. Este ano o Jasc será realizado na cidade de Blumenau, de 20 a 30 de novembro.

O evento na Alesc contará com a presença de expoentes do esporte catarinense que já passaram pelos Jasc. E também reserva o anúncio de uma série de novidades que farão parte da edição desse ano dos Jogos.

Os Jogos Abertos de Santa Catarina 2013 são uma promoção da Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte, da Secretaria de Desenvolvimento Regional de Blumenau, da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) e da Prefeitura Municipal de Blumenau. 

Informações adicionais
Rodrigo Braga
Fundação Catarinense de Esporte
E-mail: imprensa@fesporte.sc.gov.br
Telefone: (48) 8802-7742

Nesta terça-feira, 9, uma massa de ar seco no Sul do Brasil mantém variação de nuvens com aberturas de sol em Santa Catarina. No início da manhã nevoeiros na maior parte do estado. Temperatura baixa pela manhã e em pequena elevação durante o dia.  

Máxima de 23ºC no Extremo-Oeste. Mínima de 3ºC no Planalto Sul. Vento de sudeste a nordeste, fraco a moderado com rajadas a partir da tarde. 

As informações são da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Epagri), por meio do Centro de Informações e Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia (Ciram). Mais detalhes no site da Epagri/Ciram.    

Informações adicionais:
Cláudia Menezes 
Secretaria de Estado de Comunicação 
E-mail:  claudia@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3014 

 

O Ministério da Educação (MEC) divulgou os 826 programas e projetos de instituições públicas de educação superior que receberão recursos para a edição de 2014 do Programa de Extensão Universitária (Proext), sendo dez deles da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc).

O valor total obtido pela universidade é de R$ 998.063,60, cerca de 9% a mais do que ela recebeu na edição deste ano do Proext (R$ 915 mil) e 25% maior na comparação com os recursos repassados pelo programa federal em 2012 (R$ 796 mil).

"Isso reafirma a posição da Udesc em construir ações consistentes e de acordo com a realidade da sociedade catarinense. A política de extensão vem contribuindo para que as boas iniciativas venham a crescer e contribuir cada vez mais para o desenvolvimento de nosso Estado", diz o pró-reitor de Extensão, Cultura e Comunidade, Mayco Nunes.

O pró-reitor ressalta ainda que "os recursos advindos de editais serão gastos em processos licitatórios específicos, o que gerará mais agilidade, fato este já em implementação em 2013".

Realizado desde 2003, o Proext auxilia no desenvolvimento de ações de extensão, com ênfase na formação de alunos e na inclusão social. Os editais são promovidos pelo MEC em parceria com outros ministérios e são a maior fonte de fomento para atividades desse tipo no País.

Selecionados
A lista de contemplados da Udesc tem sete programas de extensão:

Águas do Vale, do Centro de Educação Superior do Alto Vale do Itajaí (Ceavi), com R$ 76.879,00;
Esag Comunidade e Observatório Floripa Cidadã, do Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas (Esag), respectivamente com R$ 115.500,00 e R$ 127.600,00;
Negras Experimentações Grupo de Artes (Nega), do Centro de Artes (Ceart), com R$ 141.094,00;
Núcleo de Estudos em Xadrez & Tecnologias (Next), do Centro de Ciências Tecnológicas (CCT), com R$ 150.000,00;
Promoção da Saúde de Comunidades Rurais no Oeste Catarinense, do Centro de Educação Superior do Oeste (CEO), com R$ 135.430,00;
Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Escolas Públicas: Formação de Professores e Práticas Leitoras Multimidiais, do Centro de Educação a Distância (Cead), com R$ 150.000,00;
Há também três projetos que terão recursos do MEC: Arborização Urbana em Escolas do Município de Lages, do Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV), com R$ 28.390,00; Curso de Elaboração de Projetos (CEP), da Esag, com R$ 23.190,60; e Educando para o Futuro: A Armadilha do Aquecimento Global, do Centro de Ciências Humanas e da Educação (Faed), com R$ 49.980,00.

Assessoria de Comunicação da Udesc
Jornalista Rodrigo Brüning Schmitt
E-mail: rodrigo.schmitt@udesc.br
Telefones: (48) 3321-8142/8143