Cras

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST), entregou nesta quarta-feira, 22, dois Centros de Referência de Assistência Social (Cras) para a região do Médio Vale do Itajaí. As obras integram o Pacto por Santa Catarina e totalizam um investimento de R$ 750 mil para os municípios de Timbó e Pomerode.

 “É muito gratificante colocar todos esses equipamentos em funcionamento. São eles que vão atender a população mais desprotegida e vulverável destes municípios”, destaca a Consultora Geral da SST, Mariah Nascimento Pereira.

Cada uma das unidades conta com sala de atendimento familiar, administração, recepção, cozinha, banheiro, área de serviço, sala multiuso, área externa coberta e mobília, totalizando 171 m². A obra tem contrapartida das prefeituras, que doaram o terreno para a realização da obra. A equipe do Cras trabalha para prevenir, proteger e possibilitar o desenvolvimento das famílias, integrando-as à sociedade e melhorando sua qualidade de vida.

No total serão entregues até dezembro 80 obras: 59 CRAS (Centro de Referência da Assistência Social), 18 CREAS (Centro de Referência Especializado da Assistência Social) além de dois Centros Dia e uma casa de acolhimento, totalizando R$ 28 milhões em investimentos.

Cras

CEDUP

Há mais de 10 anos os alunos do CEDUP de Blumenau realizam o projeto denominado ONG Cidadania. A motivação para desenvolver este trabalho partiu do professor de Sociologia da instituição, Hélcio Dieter Liesenberg, que observou nas suas aulas que maioria dos alunos não tem acesso pleno à cidadania. “Quando percebi esta situação, logo me perguntei: seremos meros espectadores destes problemas sociais ou intervimos, participamos de forma concreta, trazendo um pouco de ajuda a estes menos favorecidos?", questiona o professor.

Neste ano foram mais de 60 novas ações sociais desenvolvidas. Os alunos participaram de pedágios, trabalhos voluntários na ONG São Roque, arrecadação de brinquedos usados doados para instituições infantis, voluntariado na APRABLU e visitas aos asilos. “São atividades muito diversificadas que levam cidadania nos bairros onde o aluno mora. ” Destaca Liesenberg.

O professor destaca que nestes dois últimos anos, aumentou o voluntariado na unidade escolar. No ano de 2017, por exemplo foram realizadas mais de 50 visitas a asilos, arrecadadas mais de 2.000 peças de roupas usadas, mais de 1500 brinquedos usados, doação de mais de uma tonelada de alimentos não perecíveis, participação em pedágios de entidades filantrópicas, trabalhos voluntários com crianças, doações de sangue, livros e fraldas geriátricas. Alcançando assim, uma quantidade maior de pessoas carentes e que necessitam de um auxílio em Blumenau.

“Os jovens blumenauenses são muito hábeis, sensíveis e prestativos. Basta dar uma oportunidade para que as soluções concretas apareçam e as habilidades sejam desenvolvidas. ” Conclui Hélcio Dieter Liesenberg.

 

Matrículas para a rede estadual iniciam na próxima segunda, 19

Na próxima segunda-feira, 19, inicia o período de matrículas da rede estadual de ensino para o ano letivo 2019. O prazo final é 23 de novembro. A escola deve ser escolhida pelos critérios de zoneamento, sendo a mais próxima da residência do aluno ou do trabalho dos responsáveis legais.

A Gerência Regional de Blumenau (GERED), responsável pelos municípios de Blumenau, Gaspar, Pomerode, Ilhota e Luiz Alves, que tem em seu quadro 46 escolas e aproximadamente 36 mil alunos, informa que para o ano de 2019 estão previstas 4.055 vagas para o Ensino Fundamental, 5.064 para o Ensino Médio e 750 vagas para Ensino Profissional.

O município de Blumenau possui 33 escolas estaduais, (21 com ensino médio e 11 com ensino fundamental) e aproximadamente 29 mil alunos. Serão oferecidas 2.755 vagas para ensino médio, 2.622 para ensino fundamental e 750 vagas para ensino profissional

Em Santa Catarina, a expectativa é receber cerca de 100 mil novos alunos nas 1.073 unidades escolares em todas as modalidades no ensino fundamental e médio ofertadas pela rede. Haverá também um segundo momento para a realização das matrículas, entre 4 e 7 de fevereiro.

"É muito importante que as matrículas sejam realizadas no primeiro período devido ao planejamento das escolas, bem como a organização do quadro de profissionais para o próximo ano letivo", reforça a diretora de Gestão da Rede Estadual, Marilene da Silva Pacheco.

Interessados para ingresso deverão realizar a matrícula presencialmente com os seguintes documentos:

Certidão de Nascimento;

Carteira de Identidade;

Atestado de Frequência com indicação da etapa/ano em 2018 ou histórico escolar;

Comprovante de residência atualizado (até três meses anteriores a matrícula);

1 foto 3x4; (opcional)

Carteira de vacinação, para os estudantes do Ensino Fundamental

Fotocópia do CPF dos pais ou responsáveis

Para realizar a matrícula no ensino fundamental é necessário a criança ter 6 anos de idade até 31 de março de 2019. Na Educação de Jovens e Adultos (EJA), o interessado para o ensino fundamental deverá ter 15 anos completos até o ato da matrícula e 18 anos para o ensino médio.


As obras do Centro de Inovação em Blumenau chegaram a 80% de sua execução. Com investimento de R$ 8.617.437,23 milhões do Governo do Estado, em uma área total de 3.752,62 m² divididos em cinco pavimentos, localizado no Campus 2 da Universidade Regional de Blumenau – FURB, a obra está com previsão de entrega para dezembro de 2018. O Centro de Inovação de Blumenau será o terceiro a ser inaugurado. Antes, Lages e Jaraguá do Sul foram concluídos. No total, treze serão construídos em Santa Catarina.

Os Centros de Inovação estão sendo estruturados em parcerias com universidades de cada região e oferecerão serviços para apoiar o empreendedor, formar e atrair talentos empreendedores por meio de eventos, cursos e formações, intensificar a inovação nas empresas locais, ser celeiro de novos negócios por meio de incubadora, aceleradora, mentoria e rodadas de negócios, bem como apoiar a pesquisa e oferecer laboratórios estratégicos atraindo empreendimentos e investimentos para a região.

Esta proposta de estrutura visa unir Governo, Empresas e Instituições de Ensino em prol da inovação e do desenvolvimento. Com o objetivo de difusão das novas tecnologias e do empreendedorismo em todas as regiões, o Governo do Estado visa conduzir Santa Catarina para novos patamares de competitividade.