Fotos: James Tavares / Secom

O governador Raimundo Colombo palestrou na tarde desta terça-feira, 21, em Blumenau, no Vale do Itajaí, para empresários da região do setor têxtil. O encontro foi organizado pelo Sindicato das Indústrias de Fiação, Tecelagem e do Vestuário de Blumenau (Sintex), com apoio da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) e da Associação Comercial e Industrial de Blumenau (Acib) e Intersindical Patronal.

Colombo enfatizou que eram dois caminhos para conter a crise: ou aumentar impostos ou fazer reformas. “Decidimos pelos mais difíceis que são a reforma da previdência, a renegociação da dívida dos estados com a União e não aumentar impostos, enquanto 21 estados fizeram. Não acho justo e temos é que reduzir e não aumentar, a exemplo do que fizemos no agronegócio”.


Foto: Ricardo Lunge / ADR Blumenau

Nesta segunda, 21, na Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) Blumenau, foi realizada uma coletiva de imprensa para repassar as informações sobre as inscrições do Colégio Militar de Blumenau, que foi nomeado Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires – Unidade Pedro II. O secretário executivo, Emerson Antunes, a diretora do Colégio Militar, major Patrícia Maccari e o comandante do 10º Batalhão de Polícia Militar (BPM), tenente-coronel Jefferson Schmidt, responderam a dúvidas dos jornalistas e pais presentes.

As inscrições serão gratuitas e realizadas on-line, no site da Polícia Militar de Santa Catarina. O edital das inscrições será divulgado no decorrer desta semana. após abertas, os pais/responsáveis têm no máximo cinco dias para fazer a inscrição do aluno. Após inscrever o pai/responsável recebe um número que servirá para o sorteio, que terá a data informada no edital quando lançado esta semana. A major Maccari antecipou que já estão definidos o local e o horário, no 10º BPM às 19h, para que a maior quantidade possível de pais/responsáveis participem.

Para Blumenau, está definida uma porcentagem de 60% de vagas para militares (bombeiros e policiais) e 40% para civis. Segundo a diretora, major Patrícia Maccari, em um levantamento realizado na região, não existem militares com filhos na idade escolar para preenchimento destas vagas. “Caso esta expectativa se confirme, aumenta o número de vagas para civis”, analisou.

Outro ponto que a diretora ressaltou foi de que não há mensalidade dos alunos. “O ensino é 100% gratuito. O único ônus dos pais é a compra dos uniformes, que são adquiridos por empresas que já confeccionam para as outras unidades do estado”, esclareceu Maccari.

Expectativa

Apresentadas as informações para as inscrições do Colégio Militar de Blumenau

A mãe Shaiana Lana Lisboa e a filha Eduarda Lisboa, 11 anos, participaram do encontro. Ao ser perguntada porque quer estudar no Colégio Militar, Eduarda destacou a organização. “É muito legal, vamos ter uma ideia melhor de disciplina e organização”. Já a mãe estava na expectativa. ”Eu penso que é uma educação melhor, quero muito que a minha filha estude no Colégio Militar. Minha expectativa é que ela seja sorteada”, finalizou.

Informações adicionais para a imprensa:
Ricardo Lunge
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Blumenau
E-mail: imprensa@bnu.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3378-8175 / 99232-6300
Site: sc.gov.br/regionais/blumenau

Nesta quinta-feira, 23, o projeto Hemeroteca Digital Catarinense, da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), receberá a Cessão de Direitos para o armazenamento de todas as edições digitalizadas da revista Blumenau em Cadernos e dos jornais Blumenauer Zeitung (1882-1938), Cidade de Blumenau (1924-1973), A Nação (1943-1980), O Agricultor (1930-1931), Der Hansabot (1904–1913), Immigrant (1883-1891), Lume (1949-1973); Mitteilungen (1906–1917), Revista Vale do Itajaí (1945-1964), Kalender (1900) – Der Urwaldsbote – Suplemento Comemorativo aos 50 Anos de Blumenau. O Termo será assinado em solenidade na Câmara de Vereadores de Blumenau, às 19h, durante sessão comemorativa pelos 60 anos de Blumenau em Cadernos.

Assinarão o termo de cessão o presidente da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), Rodolfo Joaquim Pinto da Luz; o presidente da Fundação Cultural de Blumenau, Rodrigo Rogério Ramos; o prefeito municipal de Blumenau, Napoleão Bernardes Neto; a diretora da revista Blumenau em Cadernos, a historiadora Sueli Maria Petry; o presidente da Associação dos Amigos do Arquivo Histórico, o historiador e professor Darlan Jevaer Schmitt; o vereador Sylvio João Zimmermann; a administradora da Biblioteca Pública de Santa Catarina, Patrícia Karla Firmino; e o coordenador técnico da Hemeroteca Digital Catarinense, o bibliotecário Alzemi Machado.

Blumenau em Cadernos

A publicação é editada desde 1957, constituindo-se em uma das mais antigas revistas em circulação no território catarinense. Idealizada por José Ferreira da Silva, após o seu falecimento, ocorrido em 1973, a família anuiu direitos de publicação à Fundação Cultural de Blumenau/Arquivo Histórico José Ferreira da Silva, que assumiu a responsabilidade editorial. Com periodicidade bimensal, é uma fonte inesgotável para pesquisa, servindo como referência no campo da política, cotidiano, educação, costumes, arquitetura, sociedade e história de Blumenau e da região do Vale do Itajaí, contribuindo na preservação da memória e da identidade regional e de Santa Catarina.

Em sua história, a revista recebeu prêmios como o Almirante Lucas Alexandre Boiutex, na área de História, concedido pelo Instituto Histórico de Santa Catarina em 1998; Prêmio Destaque 2002, concedido pela Academia Catarinense de Letras; e a Homenagem Especial pelos 50 anos de publicação, em 2007.

Sobre a Hemeroteca Digital Catarinense

A Hemeroteca Digital Catarinense (hemeroteca.ciasc.sc.gov.br) promove o acesso a fontes documentais selecionadas, organizadas e estruturadas em formato digital. A iniciativa é uma parceria entre o Centro de Ciências Humanas e da Educação (Faed) / Instituto de documentação e Investigação em Ciências Humanas (IDCH) da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) e a Biblioteca Pública de Santa Catarina, administrada pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC).

Iniciada em novembro de 2013, a Hemeroteca já contempla em sua base de dados 814 títulos digitalizados, com 32.975 edições, totalizando aproximadamente 200 mil páginas* disponíveis para consulta pública e transferência de arquivos mediante acesso pelo endereço eletrônico: hemeroteca.ciasc.sc.gov.br. São periódicos, jornais e revistas que ajudam a contar a história de Santa Catarina desde o século 19.

(*Dados atualizados em 20/11/2017)

Informações adicionais para imprensa
Fernanda Peres
Assessoria de Comunicação Fundação Catarinense de Cultura
Telefone: (48) 3664-2571
E-mail: imprensa@fcc.sc.gov.br
Site: www.fcc.sc.gov.br 
Twitter: www.twitter.com/fccoficial  
Facebook: www.facebook.com/FundacaoCatarinensedeCultura 

 


Foto: Julio Cavalheiro / Secom

O governador Raimundo Colombo reuniu o colegiado de secretários executivos das Agências de Desenvolvimento Regional para apresentar as conquistas de Santa Catarina ao longo de 2017 e os encaminhamentos para o fechamento do ano. O encontro realizado nesta sexta-feira, 17, em Lages também contou com a participação dos secretários de Estado da Casa Civil, Nelson Serpa e da comunicação, João Debiasi e dos assessores de comunicação ADRs.

A reunião teve um tempo reservado ao debate para aprimorar estratégias e posicionamentos do Governo do Estado para o próximo ano.
"É um momento importante para trocarmos ideias, discutirmos os desafios e, principalmente, partilharmos o que deu certo, porque Santa Catarina tem bons indicadores e foi um exemplo de superação em meio à maior crise econômica e política do país", disse Colombo na abertura da reunião.