Equipes em Bela Vista do Toldo. Foto: Edson Antocheski/ Defesa Civil Regional em Canoinhas 

O serviço de mapeamento das áreas de risco nos municípios começou em Santa Catarina. Nesta terça-feira, 16, técnicos da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM) estão em campo para coletar dados para o trabalho de prevenção. O serviço foi contratado pela Secretaria de Estado da Defesa Civil SC por meio de um convênio com a companhia. O valor total é de R$ 4.712.596,00 e a atividade deve durar 18 meses.

As equipes serão distribuídas em três grandes áreas. Duas equipes para a Grande Florianópolis e Sul do Estado; cinco equipes em Chapecó para trabalhar no Planalto e Oeste; e em Joinville também há equipes da CPRM para atuar no Litoral Norte, Planalto Norte e parte do Vale do Itajaí.

O serviço produzido pelos profissionais resultará no mapeamento completo do Estado tanto para setorização de risco quanto para a suscetibilidade a movimento de massa e inundação. É um fato inédito para Santa Catarina e o Brasil, como afirma o secretário adjunto da Defesa Civil SC, Fabiano de Souza. "Não existe nenhum Estado no Brasil que tenha o território completo estadual com esses produtos", destaca.

A chefe da Divisão de Geologia Aplicada da CPRM, Sandra Fernandes da Silva, diz que o mapeamento vai caracterizar o comportamento do Estado frente ao perigo. "Facilita muito a gestão do desastres. O gestor público vai saber exatamente as regiões que deve evitar no município para não perder vidas e materiais", explica.

Serviços realizados durante o mapeamento

- Setorização de risco geológico alto e muito alto frente a movimentos de massa e eventos destrutivos  da natureza geológica, em nível muito alto e alto, para 185 municípios;

- Elaboração de pré-cartas de suscetibilidade a movimentos gravitacionais de massa e eventos de natureza hidrológica (enchentes, inundação e enxurrada, em 238 municípios;

- Mapeamento de perigo de acordo com os aspectos metodológicos preconizados no manual de mapeamento do Projeto Gides para 5 municípios pilotos (Braço de Norte, Santo Amaro da Imperatriz, Guaramirim, Rio do Sul e Herval do Oeste);

- Elaboração de cartas finais de suscetibilidade a movimentos gravitacionais de massa e eventos de natureza hidrológica (enchente, inundação e enxurrada) para 40 municípios.

Saiba mais

Setorização de Risco: mapa com mais detalhes onde já existe risco definido.

Carta de suscetibilidade a movimento de massa e inundação: serve para verificação de aptidão para a urbanização do município, elaborar o plano diretor.

Projeto Gides: Projeto de Fortalecimento da Estratégia Nacional de Gestão Integrada de Riscos e Desastres numa parceria entre Brasil e Japão. Tem como objetivo reduzir os riscos de desastres geológicos através de medidas preventivas não estruturais. Os principais resultados são melhoria dos sistemas de avaliação e mapeamento de riscos, previsão e alerta e também o planejamento urbano na atuação de prevenção de desastres.

Utilidade na prevenção

Os produtos servem como base para o município planejar o crescimento de forma preventiva e diminuir os riscos de desastres naturais. Pode ser usado para realizar um plano de redução de risco; área prioritária do município; local recomendado para investir numa obra de infraestrutura de redução de risco; fundamental para os planos diretores municipais.

Utilidade na resposta

Com relação à resposta, o mapeamento é direcionado onde já existe risco. Ele dá suporte para elaborar o plano de contingência municipal mais seguro e também auxilia para a emissão de alertas. 

Informações adicionais para a imprensa
Cleiton Ferrasso
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Defesa Civil - SDS
Fone: (48) 3664-7009 / 99185-3889
E-mail: defesacivilsc@gmail.com
Site: www.defesacivil.sc.gov.br


Foto: James Tavares/Arquivo Secom

O Governo do Estado divulgou um balanço das ações desenvolvidas ao longo de 2017 nas sete cidades de abrangência da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Braço do Norte. O destaque do ano na região é a pavimentação da Serra do Corvo Branco, que está em fase de finalização com R$ 41,3 milhões em investimentos.

A obra com extensão de 23,5 quilômetros, já conta com mais de 20 quilômetros de pavimentação asfáltica concluída aguardando somente algumas indenizações serem pagas para dar continuidade nos trechos ainda não finalizados. A conclusão dessa via facilitará o escoamento da produção de hortifrutigranjeiros e aumentará o turismo no local.

Segundo o secretário regional Ricardo Medeiros, a pintura de faixas e a instalação das canaletas também já foram concluídas. “A população está muito contente com o andamento da obra, assim como os turistas que trafegam pelo local”, enfatiza.

No setor de educação, outra obra merece destaque: a reforma e ampliação da EEB Fridolino Hülse, de São Martinho, inaugurada em julho, pelo governador Raimundo Colombo. Os investimentos de R$ 3,7 milhões, do Pacto por Santa Catarina, possibilitaram a construção de um centro cultural e esportivo, biblioteca, quatro salas de aula, um laboratório de matemática, um de química, um de artes e de informática, um refeitório, seis banheiros, além da reforma de cinco salas de aula, da direção e administrativo.

A unidade está construída em uma área de 1.931 metros quadrados e atende 360 alunos dos anos iniciais e ensino médio. A escola conta agora com excelentes ambientes educativos, que irão favorecer significativamente na aprendizagem e formação integral dos estudantes.

Em São Ludgero, a expectativa só aumenta com o caminhar da obra de construção da segunda ponte. De acordo com a Fraga Construções e Engenharia, empresa responsável pela obra, mais de 15 homens e quatro máquinas trabalham para finalizar os pilares que devem ser construídos sobre os blocos. A obra está orçada em pouco mais de R$ 3 milhões, sendo R$ 1,5 milhão do Governo do Estado.


Segunda ponte de São Ludgero. Foto: ADR Braço do Norte

São Ludgero ainda contará em breve com novo equipamento social para atendimento da população. Iniciou-se recentemente a construção da sede do Cras (Centros de Referência em Assistência Social), que soma investimento de quase R$ 300 mil.

O Cras terá em média 200 metros quadrados. Os centros são unidades de proteção social básica do Sistema Único de Assistência Social (Suas) com objetivo de fortalecer os vínculos familiares e comunitários com foco principal em famílias que necessitam da assistência social.

No município de São Martinho, começou recentemente a recuperação de uma ponte sobre o Rio Capivari, na SC-436, que dá acesso ao município de Imaruí. O investimento é de R$ 716 mil. A obra era esperada há mais de 30 anos e permite o acesso à comunidade de São Luiz, onde está o Santuário de Santa Albertina Berkenbrock, de grande movimento do turismo religioso.

Já no município de Braço do Norte, foi inaugurado recentemente o Centro de Tratamento de Esgoto. O sistema foi implantado com o investimento de R$ 23,5 milhões, financiado junto à Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD).

Essa primeira etapa contempla a rede coletora na Bacia C, numa extensão de 35.191 metros, além de 2.623 metros em emissários terrestres. Também foram construídas duas Estações Elevatórias. A Estação de Tratamento de Esgoto é modelo compacta, com capacidade para tratar até 40 litros por segundo. As obras beneficiam diretamente 10.263 habitantes em 2.351 ligações domiciliares instaladas.

O sistema de Braço do Norte proporcionará à cidade mais qualidade de vida e saúde, com praticamente 50% de cobertura em coleta e tratamento. O investimento em Braço do Norte integra o Plano de Investimentos em desenvolvimento na Casan, que prevê um total de R$ 1,6 bilhão aplicado apenas em esgotamento sanitário.

O secretário regional destaca ainda que, neste ano, a ADR por meio dos técnicos da Gerência Regional de Infraestrutura, fiscalizou recursos públicos na ordem de R$ 10 milhões. Além disso, foram firmados na ADR somente em 2017 o total de 13 convênios, com prefeituras e entidades, totalizando repasse de aproximadamente R$ 1,4 milhão, garantindo investimentos em diversos setores.

Informações adicionais para a imprensa
Chênia Cenci
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Braço do Norte
E-mail: imprensa@bon.sdr.sc.gov.br
Telefones: (48) 3651-1800 /(48) 99114-6076
Site: www.sc.gov.br/regionais/bracodonorte
Facebook: www.facebook.com/regional.bracodonorte


Foto ADR Braço do Norte

Nesta quinta-feira, 21, tomaram posse na Agência Regional de Braço do Norte, três novos gestores e dois novos assessores escolares. Os diretores foram escolhidos pela comunidade escolar em um processo democrático oportunizado pelo Governo do Estado, onde cada pretendente ao cargo elaborou um Plano de Gestão Escolar, que foi aprovado por professores, pais e alunos.

A Gerente de Educação, Zuleide Wiggers, deu posse aos profissionais e destacou a importância de cada um deles dentro das escolas. “Vocês têm o principal papel dentro da escola. E nós da Gered estaremos a disposição para dar as orientações necessárias para o bom desenvolvimento dos trabalhos”, afirmou.

O secretário regional Ricardo Medeiros destacou que o futuro dos nossos alunos está nas mãos de bons educadores e gestores. “Tenho certeza que vocês realizarão um bom trabalho. O Governo do Estado investe cada vez mais na educação, principalmente em cursos de capacitação e na formação de bons profissionais”, destacou o secretário.  

Informações adicionais para a imprensa:
Chênia Priscila Cenci
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Braço do Norte
E-mail:  imprensa@bon.adr.sc.gov.br
Telefone: (48) 3651-1804 / 99114-6076
Site: www.adrs.sc.gov.br/adrbracodonorte

A partir desta sexta-feira, 22, serviços e atendimentos ligados ao governo estadual, incluindo as Agências de Desenvolvimento Regional, entram em recesso de final de ano. O retorno às atividades ocorre no dia 8 de janeiro.

Educação

As 15 unidades escolares da Regional de Braço do Norte também entram em recesso nesta sexta-feira, 22. O retorno do recesso será no dia 1º de fevereiro. O retorno das aulas será no dia 15 de fevereiro. A gerência de educação retorna no dia 8 de janeiro, com escalas especiais de trabalho.

Informações adicionais para a imprensa:
Chênia Priscila Cenci
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Braço do Norte
E-mail:  imprensa@bon.adr.sc.gov.br
Telefone: (48) 3651-1804 / 99114-6076
Site: www.adrs.sc.gov.br/adrbracodonorte