O Hospital São José, de Criciúma, passou por uma completa obra de reforma e ampliação, contando com cerca de R$ 20 milhões em investimentos por meio da Secretaria de Estado da Saúde. A nova estrutura foi inaugurada nesta sexta-feira, 15, em ato com a presença do governador Raimundo Colombo, do vice Eduardo Pinho Moreira, da diretoria do hospital e de lideranças regionais. A instituição filantrópica é referência em alta complexidade com atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS). 

“O Hospital São José é um ícone da saúde de nosso estado, prestando há décadas um excelente serviço para a sociedade catarinense, com profissionais qualificados e dedicados que muito contribuíram para a evolução da saúde na região. O novo investimento vai permitir melhorar ainda mais o atendimento, e quem ganha com isso é toda a população”, afirmou o governador Colombo, parabenizando a equipe do hospital e os envolvidos na obra.

“Referência em média e alta complexidade, o hospital precisava dessa parceria para realizar uma obra com tamanha magnitude. Hoje é um dia para comemorar mais uma grande conquista para Criciúma e toda a região do Sul do estado”, acrescentou o vice Pinho Moreira.

A nova ala, que tem cinco andares, conta com 23 novos leitos de internação, 20 leitos de UTI, oito salas cirúrgicas, além de uma nova porta de entrada das emergências e ambulâncias e um novo e amplo Centro de Diagnóstico por Imagem, Central de Esterilização de Materiais e Hemodinâmica com 11 leitos de recuperação. Entre as oito novas salas cirúrgicas, uma será equipada com videoconferência, podendo realizar cirurgias com médicos de outros lugares.

A nova ala foi edificada em parceria com a própria instituição, contando, além dos recursos do Governo Estadual, com incentivos do Governo Federal por meio do Ministério da Saúde, chegando a um total de aproximadamente R$ 50 milhões em investimentos.

Para o secretário de Articulação Nacional, Acélio Casagrande, um dos grandes desafios do Governo do Estado é melhorar e aumentar a eficiência dos serviços em cada região de Santa Catarina, como está fazendo agora na saúde pública com a inauguração do novo bloco do Hospital São José. “Foram anos de articulação em busca de recursos, como os R$ 5,5 milhões que viabilizamos através do Ministério da Saúde, em Brasília, para a compra de equipamentos. Agora, o Sul conta com uma nova ala que aumentará o fluxo de cirurgias e internações na região”, avaliou.

Fundado há 81 anos, o Hospital São José é referência para o atendimento de 43 municípios da região. Em 2016, foram mais de 250 mil pacientes atendidos, sendo 86% pelo SUS, demanda que comprova a importância da nova obra entregue agora.

Também acompanharam o evento desta sexta, entre outras autoridades, o secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional de Criciúma, João Rosa Filho Fabris, a secretária de Estado da Justiça e Cidadania, Ada de Luca, o secretário de Estado da Infraestrutura, Luiz Fernando Vampiro, o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, deputados e lideranças regionais.

Informações adicionais para a imprensa:
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: lenzi@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3018 / 98843-4350
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

A Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania (SJC) realiza nesta terça-feira, 19,  às 10h,  no auditório da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc), em Criciúma, a solenidade de formatura do Curso de Formação Inicial para 111 agentes penitenciários e 11 técnicos Admitidos em Caráter Temporário (ACT’s). “Desde que assumimos a Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania (SJC) temos investido em treinamento e capacitação. Em seis anos já contabilizamos mais de  9 mil servidores capacitados”, destaca a secretária de Estado da Justiça e Cidadania, Ada Faraco De Luca.

Com a conclusão do Curso de Formação os Agentes Penitenciários serão distribuídos para as unidades da Região Sul: oito no Presídio Regional de Araranguá; 23 no Presídio Regional de Criciúma; e 80 na Penitenciária Feminina de Criciúma (66 mulheres e 14 homens), além dos 11 servidores que vão integrar o corpo técnico  da Penitenciária Feminina (2 psicólogos; 2 assistentes sociais; 1 enfermeiro, 1 dentista, 1 técnico em enfermagem;  e 3 técnicos administrativos).

As aulas do Curso de Formação, que  teve a duração aproximada de 45 dias com um total de 244 horas/aula, foram realizadas pela Academia de Justiça e Cidadania, a Acadejuc, no campus da Unesc.

Informações adicionais para a imprensa
Denise Lacerda
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania - SJC
E-mail: deniselacerda@sjc.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-5810 / 99152-6934
Site: www.sjc.sc.gov.br


Foto: Paula Darós / ADR 

O governador Raimundo Colombo e o vice, Eduardo Pinho Moreira, cumprem agenda no Sul do Estado nesta sexta-feira, 15. Após a entrega da pavimentação do acesso ao Farol de Santa Marta, em Laguna, participam da solenidade de inauguração das obras de ampliação e reforma do Hospital São José, em Criciúma e as obras de mobilidade urbana, em Içara.


Foto: Douglas Saviato / SAN

A aquisição de um helicóptero próprio ​para ​o Serviço ​​Aeropolicial da Polícia Civil (Saer), sediado em Criciúma há pouco mais de um ano, está em pauta em Brasília. A viabilização da aeronave começou a ser articulada através do Ministério da Justiça e Segurança Pública após uma audiência com o ministro Torquato Jardim, na última semana. O atual helicóptero é alugado e já realizou mais de 450 horas de voo no Sul do Estado.

O pleito referente ao helicóptero próprio do Saer, que abrange mais de 50 cidades e tem como premissa o ​​enfrentamento ​​à criminalidade da região, chegou ao ministro através do secretário de Articulação Nacional de Santa Catarina, Acélio Casagrande. “Este foi o primeiro encontro, ou seja, a semente foi plantada. O ministro vê com simpatia a possibilidade de nos atender“, destaca o secretário.

O senador catarinense, Dário Berger, também esteve na audiência e referendou a demanda do Sul do Estado. “Nos próximos dias irei ao gabinete do senador traçar estratégias para conquistarmos este helicóptero. O Sul não pode mais ficar sem este serviço”, frisa Casagrande. A aeronave ideal para atender as demandas da segurança pública e no âmbito da saúde, como em casos emergenciais, está avaliada em R$ 13,5 milhões. Nesta quarta-feira, o secretário se reuniu com o delegado-geral da Polícia Civil de Santa Catarina, Artur Nitz, e o delegado adjunto, Marcos Flávio Ghizoni, também com o objetivo de alinhar estratégias na busca de recursos para uma aeronave própria.

Caso não seja possível via ministério, poderá ser articulada a aquisição através da Polícia ou da Receita Federal. O Saer atende a apoia missões de várias instituições no Sul do Estado, como: Polícia Militar (PM), Corpo de Bombeiros (CB), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania (Deap), Polícia Federal (PF), ​Poder ​Judiciário, Ministério Público (MP), Guardas Municipais (GM) e diversas prefeituras.

Informações adicionais para a imprensa
Douglas Saviato
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Articulação Nacional
E-mail: douglas@san.sc.gov.br
Fone: (61) 3101-0900 / 99304-0198
Site: www.san.sc.gov.br