Compartilhe

 
Foto: Fabio Claudino Fontana /ADR de Curitibanos

Um novo Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres (CIGERD) vai entrar em atividade no Estado. É a unidade de Curitibanos, cuja cerimônia de entrega ocorre na próxima sexta-feira, 9, às 17h no Parque de Exposições Pouso do Tropeiro.

O evento contará com a presença do secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, e lideranças regionais. Segundo o secretário, a entrega do projeto representa uma resposta mais rápida para a população da região. "O objetivo é interligar todo o Estado, em Florianópolis estamos finalizando o Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres, onde a Defesa Civil irá trabalhar de forma integrada com as outras secretarias facilitando e direcionando as ações em crises", ressaltou.  

O centro regional de Curitibanos possui cerca de 160 metros quadrados construído com nove módulos de ferro galvanizado. É uma estrutura auto-suficiente capaz permanecer operacional mesmo com falta de energia elétrica na cidade. Possui equipamentos modernos, sala de reunião e situação, garagem, depósito, banheiro e cozinha. No total foram investidos cerca de R$ 853.082,57. A estrutura foi construída graças a uma parceria da Secretaria de Estado da Defesa Civil e a Prefeitura de Curitibanos, que cedeu o terreno junto Parque de Exposições Pouso do Tropeiro.

Para o coordenador regional de Defesa Civil, Roberto Adriano Röper, a instalação de um Centro Regional de Defesa Civil em Curitibanos pode ser considerada um marco. “O Cigerd vai proporcionar direta e indiretamente a melhoria das ações de respostas frente aos eventos adversos. Não se trata apenas de uma estrutura física, mas sim um local para se pensar prevenção, desenvolver treinamentos e principalmente fortalecer toda e qualquer ação conjunta entre setoriais da gestão pública e comunidade”, destaca.  

Roper também salienta o trabalho que está por vir. “Muito ainda temos que fazer, essa é um primeiro passo para o fortalecimento das defesas civis municipais através de uma ação de Governo. Quando entrei na defesa civil escutei essa frase: Nós não podemos mudar o passado, mas podemos prevenir o futuro. Isso me chamou atenção pois a defesa civil não é feita de uma única ou mais pessoas, mais sim da participação de todos, desde os bancos escolares onde aprendemos a não jogar um simples papel de bala ao chão”, resume.

Segundo ele até as ações mais complexas podem ser planejadas pela Defesa Civil. “Famílias acabam ocupando áreas de risco por falta de uma estruturação urbana e percepção da situação. Precisamos todos trabalhar preventivamente, pois certamente seremos mais assertivos nas nossas tomadas de decisões e, se necessário o atendimento diante uma situação adversa, os impactos serão minimizados”, conclui.

O Cigerd Regional de Curitibanos atende 12 municípios vinculados as Associações da Amurc e Amplasc, bem como, pertencentes as ADRs de Curitibanos e Campos Novos. São eles: Curitibanos, Santa Cecília, Ponte Alta do Norte, São Cristóvão do Sul, Frei Rogério, Brunópolis, Vargem, Campos Novos, Celso Ramos, Abdon Batista, Zortea e Monte Carlo. A Secretaria de Estado da Defesa Civil está implantando no total 20 centros do mesmo modelo, estrategicamente distribuídos no Estado. A exemplo do Cigerd Regional de Curitibanos, todos serão interligados com a base em Florianópolis. Isso facilita a gestão da crise e possibilita uma resposta rápida ao cidadão.

Informações adicionais para a imprensa:
Fabio Claudino Fontana
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Curitibanos
E-mail: ascom@cbs.adr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3412-3011 / 98839-0615
Site: sc.gov.br/regionais/curitibanos