Apaes da ADR de Ibirama assinam acordo de cooperação com a FCEE
Foto: Helena Marquardt/ADR Ibirama

O secretário executivo Jamir Marcelo Schmidt assinou na tarde desta quarta-feira, 15, na Agência de Desenvolvimento Regional de Ibirama (ADR), acordos de cooperação entre a Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) e cinco Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes). As instituições de Apiúna, Ibirama, Presidente Getúlio, Witmarsum e José Boiteux foram beneficiadas através da contratação de professores admitidos em caráter temporário.

“Hoje, as 190 Apaes do estado recebem esses professores cedidos através da fundação e, para nós, é uma economia gigantesca, já que vivemos de doações e promoções. Além disso, também são profissionais habilitados ideais para os alunos especiais que precisam desse atendimento”, explicou Alexandro Suchara, diretor da Apae de Presidente Getúlio, que atende 90 alunos.

Já a diretora da Apae de José Boiteux, Noeli de Gracia Lofaghen, comenta que a parceria é fundamental para a continuidade dos trabalhos e citou também o repasse de mais uma parcela no valor de R$ 7.198,41. “Com esse dinheiro, fazemos pagamento de funcionários, compra de material de expediente e de gêneros alimentícios”, lembrou.

O gerente de Educação da ADR de Ibirama, Nilo Poffo, ressaltou, durante a assinatura, que a ADR está à disposição para auxiliar as Apaes em tudo o que for necessário. “Elas desenvolvem um trabalho fantástico e sei muito bem disso, pois comecei minha vida profissional atuando na Apae de Presidente Getúlio e estou muito feliz de participar da assinatura do acordo de cooperação”, explicou.

Aumento nos repasses para Apaes de SC

Na reunião, o secretário executivo da ADR, Jamir Marcelo Schmidt, reafirmou o compromisso do Estado com as Apaes e falou do aumento de repasses para as instituições. “Mesmo vivendo um momento econômico difícil, o Governo de Santa Catarina aumentou o repasse para as Apaes e tem cumprido com todos os seus compromissos”, finalizou.

O governador Raimundo Colombo sancionou, em junho, a Lei 17.172/2017, que estabelece às Apaes do estado um repasse mínimo de recursos do Fundo de Desenvolvimento Social (FundoSocial).  A medida garante que as instituições não sejam prejudicadas em virtude da queda na arrecadação do fundo, provocada nos últimos anos pela crise econômica. Com isso, o repasse anual não poderá ser inferior à média dos anos de 2014, 2015 e 2016.

Mais informações para a imprensa:
Helena Marquardt
Assessoria de comunicação 
ADR Ibirama
Fone (47) 3357-8908 / (47) 98819-9350
E-mail: imprensa@iir.adr.sc.gov.br
Site: sc.gov.br/regionais/ibirama
Facebook: www.facebook.com/regional.ibirama

Mais uma porta de acesso das famílias aos direitos socioassistenciais se abre na cidade de Vitor Meireles, nesta sexta-feira, 18, quando o Governo do Estado por meio da Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST) entrega oficialmente ao município um Centro de Referência em Assistência Social (Cras). A inauguração está marcada para as 9h, na Rua Afonso de Oliveira, no Bairro Palmitos. O investimento feito com recursos do Pacto por Santa Catarina é de R$ 405 mil.

A principal atividade de um Cras é prevenir contra ocorrências de situações de vulnerabilidade e riscos sociais. O diretor de Estado da Assistência Social (Dias), Ismael de Córdova, explica que, em cada unidade, é trabalhada a proteção integral das famílias. “O serviço de uma equipe técnica na assistência social é muito amplo. E o papel desempenhado pelos profissionais na vida das pessoas é muito importante. O Cras é o primeiro acesso das famílias aos direitos socioassistenciais e conta com um grupo de profissionais de referência para trabalhar o acolhimento, o acompanhamento em serviços socieducativos e de convivência, assim como os demais serviços de políticas sociais”, resumiu.

O secretário de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação, Valmir Comin, disse que o centro a ser inaugurado possui 169 metros quadrados e é construído dentro dos padrões exigidos de acessibilidade, com o espaço físico compatível com o trabalho social que deve ser realizado no local. Segundo ele, o Cras conta com sala de atendimento familiar, administração, recepção, cozinha, banheiro, área de serviço, sala multiuso, área externa coberta e mobília. “Nosso trabalho enquanto governo é oferecer aos municípios mecanismos dignos de trabalho para que a assistência social seja executada e que garanta a prevenção de ocorrências de riscos sociais e de vulnerabilidade para as famílias, ampliando o cuidado com as pessoas. O Cras é a porta de entrada das famílias para a inclusão dos serviços socioassistenciais”, explicou Comin. 

Mais informações para a imprensa:
Kênia Pacheco
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação - SST
Fone: (48) 3664-0916 / (48) 99984-1799
E-mail: ascom@sst.sc.gov.br
Site: www.sst.sc.gov.br

Escola estadual de Apiúna vai realizar mostra interativa das deficiências

Foto: Arquivo Helena Marquardt/ADR Ibirama

A Escola de Educação Básica São João Bosco, de Apiúna, realiza no dia 24 de agosto a primeira Mostra Interativa das Deficiências – Inclusão em Ação. O evento, que acontece das 8h até às 19h, sem fechar para o almoço, contará com 16 atividades produzidas e coordenadas pelos próprios alunos da instituição como futebol para cegos, mapa tátil e até jardim das sensações onde os visitantes serão estimulados através de diversos sentidos.

A assistente técnico-pedagógico da escola, Fabiana Regina Voigt da Silva, explica que a ideia da mostra surgiu após uma visita que ela a uma professora fizeram a uma feira em São Paulo e ao Museu da Deficiência. “Lá vimos que tudo pode ser adaptado proporcionando a inclusão de todos que tem algum tipo de deficiência e aqui na escola temos a prova disso, pois utilizamos um jogo para ensinar a tabuada para uma estudante que possui deficiência intelectual”, comenta.

Ela conta que a partir do momento que ficou definida a realização da mostra, os 540 estudantes da instituição começaram a criar jogos e brincadeiras sensoriais em diversas disciplinas e que no dia 24 poderão ser conferidas no evento. “Convidamos todas as escolas da Regional de Ibirama, Apaes e comunidade em geral e nossa expectativa está grande porque é um evento completamente inovador para fazer com que a sociedade reflita sobres essas deficiências e principalmente sobre a possibilidade de inclusão”, completa.

Atualmente a EEB São João Bosco atende cerca de 15 estudantes com deficiência que recebem acompanhamento especializado e todas as condições de aprendizado como qualquer outro estudante.

Mais informações para a imprensa:
Helena Marquardt
Assessoria de comunicação 
ADR Ibirama
Fone (47) 3357-8908 / (47) 98819-9350
E-mail: imprensa@iir.adr.sc.gov.br
Site: sc.gov.br/regionais/ibirama
Facebook: www.facebook.com/regional.ibirama


Foto: Helena Marquardt/ADR Ibirama

A Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Ibirama sediou na tarde desta sexta-feira, 11, a final da etapa microrregional do concurso Oratória nas escolas da Junior Chamber International (JCI) de Rio do Sul que neste ano tem como tema “O que é ter sucesso na vida?”. Os estudantes Lorran Vidal de Oliveira e Rafael Alves Lunelli foram os vencedores da competição.

Agora a dupla, que teve como concorrentes outros estudantes de quase 20 escolas estaduais, já se prepara para disputar a semifinal que acontece no dia 28 de agosto em Rio do Sul quando será definido quem vai representar a capital do Alto Vale na etapa regional que abrange todas as JCIs de Santa Catarina. O orador que vencer o concurso estadual ganha o direito de competir na etapa nacional.

Segundo Rafael, ele ficou bastante nervoso para fazer o discurso, mas está otimista para a próxima etapa. “Foi muito bom, agora quero aumentar um pouco mais meu discurso e decorar um pouco mais”, falou. Já Lorran comentou que atingiu seu objetivo, mas também pretende melhorar. “Quero buscar sempre mais”. De acordo com o presidente da JCI de Rio do Sul, Marcos Poffo, a etapa surpreendeu pelo número de participantes. “Sem dúvida foi um sucesso. Os alunos participaram e o nível dos discursos também foi muito bom. Ouvindo essas crianças que vem dar o seu depoimento conseguimos crescer muito e enxergar princípios e verdades que precisamos levar para a vida”, falou.

Marcos completou dizendo que o projeto impacta muitas crianças para o resto de suas vidas. “Além de refletirem sobre o tema discutido, o desenvolvimento da oratória é fundamental para toda a vida em qualquer profissão. Hoje muitas pessoas acham que falar muito é ter uma boa comunicação e muito pelo contrário, o importante é ter uma mensagem clara e correta e hoje tivemos sem dúvida um exemplo disso”.

A servidora da Gerência Regional de Educação, Célia Beltramini, que prestigiou o concurso e foi jurada da competição, elogiou a iniciativa e acredita que ela traga benefícios para todos os estudantes. “Concursos como esse desenvolvem o pensamento crítico e outras habilidades fundamentais dentro e fora da escola, por isso sempre buscamos incentivar nossos alunos a participarem”, finalizou.

Mais informações para a imprensa:
Helena Marquardt
Assessoria de comunicação 
ADR Ibirama
Fone (47) 3357-8908 / (47) 98819-9350
E-mail: imprensa@iir.adr.sc.gov.br
Site: sc.gov.br/regionais/ibirama
Facebook: www.facebook.com/regional.ibirama