Fotos: Marcieli Berti/Hospital Regional de São Miguel do Oeste

Os equipamentos que serão utilizados para o atendimento de pacientes com câncer já foram adquiridos pelo Instituto Santé, que administra o Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, de São Miguel do Oeste. O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), liberou em dezembro o valor de R$ 2,3 milhões para a ação que atenderá 30 municípios do Extremo-Oeste.

O diretor do hospital, Jeferson Gomes, lembra que a seleção de fornecedores iniciou ainda em janeiro e que os equipamentos adquiridos permitirão uma assistência com excelente padrão de segurança e qualidade. Da mesma forma, Gomes ressalta que a compra foi mais uma etapa vencida para que o atendimento oncológico inicie no Extremo-Oeste, mas que outras ainda precisam avançar.

>>> Galeria de fotos

“Estamos negociando a alteração do contrato com a SES. A equipe do hospital está sendo preparada para o serviço, bem como já temos nomes de profissionais médicos complementares que serão contratados assim que tivermos a confirmação por parte do Estado para início dos atendimentos. Os protocolos hospitalares, por exemplo, estão sendo planejados há bastante tempo”, explica.

Oncologia do Hospital Regional Terezinha Gaio Basso
Conforme a gerente de Saúde, Paula Corrêa, o aditivo do contrato está sendo elaborado pela Secretaria de Estado da Saúde. “Assim que concluído, será reunido o administrativo do hospital e a SES, fechando detalhes como valores e metas de serviços e para a assinatura do documento”, disse. Foram adquiridos equipamentos médico-hospitalares e cirúrgicos, móveis, camas e também instrumentais para cirurgias.

Informações adicionais para a imprensa
Gisele Vizzotto
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste
E-mail: imprensa@sge.adr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3631-2901 / 98837-7422 / 98801-4797
sc.gov.br/regionais/saomigueldooeste

São Miguel do Oeste - Conferências Regionais Infanto-juvenis pelo Meio Ambiente mobilizaram a região Extremo-oeste
Conferência em São Miguel do Oeste. Foto: Gisele Vizzotto/Regional de São Miguel do Oeste

Foram quase 50 projetos apresentados em três dias. As Conferências Regionais Infanto-juvenis pelo Meio Ambiente mobilizaram a região Extremo-Oeste nesta semana. Foram realizados os encontros em Itapiranga na terça-feira, 17; em Dionísio Cerqueira na quarta-feira, 18; e em São Miguel do Oeste nesta quinta-feira, 19. Ao todo, foram eleitos seis delegados que representarão as três regiões na etapa estadual.  

Com o tema “Vamos Cuidar do Brasil Cuidando das Águas”, a Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente (CNIJMA) acontece em quatro etapas: interna (escola), regional, estadual e nacional. O objetivo é mobilizar a comunidade escolar para fortalecer a educação ambiental na educação básica.

São Miguel do Oeste - Conferências Regionais Infanto-juvenis pelo Meio Ambiente mobilizaram a região Extremo-oeste
Conferência em Itapiranga

Itapiranga contou com 15 apresentações dos alunos escolhidos nas fases internas realizadas nas escolas. Dionísio Cerqueira teve 18 projetos e São Miguel do Oeste mais 15. As apresentações eram de 4 minutos, nas quais os alunos expuseram as ações realizadas em prol do meio ambiente refletindo na preservação da água.

Em cada etapa regional, foram escolhidos dois delegados (feminino e masculino) que vão representar as três regiões na etapa estadual que acontece de 7 a 9 de maio, em Laguna.

“Acompanhamos apresentações sobre limpezas de rios, captação da água da chuva, conscientização da importância na economia da água, entre tantos outros temas que demonstraram o quanto as escolas podem fazer pelo meio ambiente”, afirma o gerente de Educação da Agência de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste, Moacir Martello.

São Miguel do Oeste - Conferências Regionais Infanto-juvenis pelo Meio Ambiente mobilizaram a região Extremo-oeste
Conferência em Dionísio Cerqueira

A Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente (CNIJMA) é uma iniciativa do Órgão Gestor da Política Nacional de Educação Ambiental (PNEA), constituído pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), além do apoio e organização da Secretaria de Estado da Educação (SED) e Gerências Regionais de Educação.

Os delegados escolhidos são das seguintes escolas:

Dionísio Cerqueira
Escola: EEB Claudino Crestani de Palma Sola
Projeto: Sustentabilidade das águas através do reaproveitamento

Escola: EEB Antenor Nascente de Princesa
Projeto: Educar para a sustentabilidade cuidando das águas do nosso município

Itapiranga
Escola: EEF João Rick de Itapiranga
Projeto: Reconstituição da mata ciliar no Rio Arrio Dourado: Conhecer para preservar

Escola: EEF Ludgero Wiggers
Projeto: Vamos cuidar do Brasil cuidando das águas

São Miguel do Oeste
Escola: EEB Guilherme José Missen 
Projeto: Águas: cuidando do meio ambiente

Escola: EEB Adolfo Paraíso
Projeto: Água: flor da vida – recuperação e revitalização do Rio das Flores

Informações adicionais para a imprensa
Gisele Vizzotto
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste
E-mail: imprensa@sge.adr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3631-2901 / 98837-7422 / 98801-4797
sc.gov.br/regionais/saomigueldooeste

Descanso - Entrega de obras do Fundam
Fotos: Gisele Vizzotto/Regional de São Miguel do Oeste

Mais de 18 mil metros quadrados de calçamento em ruas da cidade de Descanso foram entregues nesta terça-feira, 10. As obras tiveram o investimento de R$ 1,4 milhão do Governo do Estado por meio do Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam). Foram atendidas as Ruas Humberto de Campos, 15 de Novembro e trecho da Santo Estanislau.

O convênio do Fundam foi assinado em 2014 e as obras começaram em 2017. As administrações de Descanso tiveram que regularizar os projetos, incluindo licença ambiental e compensando as árvores cortadas em uma das ruas. O plantio de 332 plantas foi feito em uma área da prefeitura. Houve ainda readequação do projeto de drenagem, projeto e mudança de local de parte da rede de energia elétrica, além de reunião com as famílias para definição das responsabilidades financeiras.

Descanso - Entrega de obras do Fundam

A falta de uma infraestrutura urbana adequada trazia muitas dificuldades para as famílias, conforme Divanir Copetti, que mora na Rua Humberto de Campos. “Tenho muito orgulho de ter calçamento, porque são 15 anos que moramos ali. Ficou bonito, vai acabar o pó, menos serviço para mim na limpeza. É uma rua que tem muito trânsito, passa muito caminhão, é perigoso. E agora vai ser muito melhor”.

Para o gerente geral da Cooperativa A1, unidade de Descanso, Vanderlei Balbinot, a conquista é histórica, uma vez que o calçamento dá acesso ao silo. “É gratificante saber que os impostos recolhidos por pessoas físicas e jurídicas, entre elas a Cooperativa, voltam para o município. O produtor colhe sua produção, recolhe seus impostos, depois a administração pública, em forma de infraestrutura, devolve parte deles”, afirma.

O prefeito Sadi Bonamigo mencionou os benefícios do calçamento. “Descanso vive um momento importante. Que a população ajude a cuidar dessa obra e do embelezamento. Se cada um fizer a sua parte, nós vamos construir a cidade dos nossos sonhos, a cidade que vamos deixar para nossos filhos e aqueles que vêm depois de nós”, disse.

--
Gisele Vizzotto
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste
E-mail: imprensa@sge.adr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3631-2900
Site: www.sc.gov.br/regionais/saomigueldooeste
Facebook: www.facebook.com/regional.saomigueldooeste

Mais de 4,7 mil alunos serão atendidos em 2018 pelo Governo do Estado com o transporte escolar na região de abrangência da Agência de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste. O total de R$ 4,5 milhões serão repassados aos 18 municípios em nove parcelas de R$ 498,8 mil. As duas primeiras parcelas foram pagas nesta semana.  

Bandeirante vai receber, em 2018, R$ 48,5 mil; Barra Bonita R$ 92,4 mil; Belmonte R$ 60,1 mil; Descanso R$ 218,1 mil; Guaraciaba R$ 470,8 mil; Paraíso R$ 153,8 mil; São Miguel do Oeste R$ 180,5 mil; Anchieta R$ 364,8 mil; Dionísio Cerqueira R$ 680 mil; Guarujá do Sul R$ 51,2 mil; Palma Sola R$ 194,9 mil; Princesa R$ 104,9 mil; São José do Cedro R$ 522,1 mil; Tunápolis R$ 177,3 mil; Iporã do Oeste R$ 484,7 mil; Itapiranga R$ 401,7 mil; Santa Helena R$ 66,1 mil e São João do Oeste R$ 217,3 mil.

Conforme a gerente de Administração, Liani Sehnem, o total engloba os municípios das regiões de Dionísio Cerqueira e Itapiranga. “O valor é baseado no quantitativo e na distância percorrida por estudante, considerando as faixas: de 6 a 12 quilômetros, de 12 a 24 e acima de 24 quilômetros. São alunos da rede estadual de ensino que são transportados pelos municípios”, afirma.

Do total de 4.735 estudantes, 1.899 são de Dionísio Cerqueira, 1.552 de Itapiranga e 1.284 da região de São Miguel do Oeste. São 2.739 alunos do Ensino Fundamental, 1.662 do Ensino Médio e 334 de programas como o Ensino Médio Integral e com extensão territorial diferenciada. O município com maior número de alunos é Dionísio Cerqueira que conta tem 612 estudantes sendo transportados em 2018.

Informações adiconais para a imprensa:
Gisele Vizzotto
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste
E-mail: imprensa@sge.adr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3631-2900
Site: www.sc.gov.br/regionais/saomigueldooeste
Facebook: www.facebook.com/regional.saomigueldooeste