Compartilhe

Na última semana a unidade móvel do programa “Mulher: Viver sem Violência” esteve circulando pelos municípios integrantes da 9ª Agência de Desenvolvimento Regional (ADR): Videira, Fraiburgo e Tangará. Na programação estiveram palestras, apresentações, exames médicos, brincadeiras e muito mais.

: Viver sem Violência chega à região

Segundo o secretário executivo, Euro Vieceli, a região foi contemplada com a vinda dessa unidade que serviu para colocar a pauta da violência contra mulher em evidência. “Embora alguns contratempos, conseguimos fechar a semana com uma participação muito positiva e uma mobilização interessante. Temos que agradecer imensamente todas as prefeituras e sindicatos que desenvolveram a programação”, afirmou.

O objetivo do programa é integrar e ampliar os serviços públicos existentes voltados às mulheres em situação de violência, mediante articulação dos atendimentos especializados no âmbito da saúde, justiça, segurança pública, rede socioassistencial e promoção de autonomia financeira. A unidade móvel conta com dois ambientes individualizados com consultório completo, ar-condicionado e cadeiras.

: Viver sem Violência chega à região

Além do atendimento interno na unidade móvel, a programação avançou para as comunidades. Em Videira foram contemplados: Anta Gorda e São Roque. No local foram realizadas palestras com a psicóloga da Delegacia de Proteção a Criança, Mulher e Idoso (DPCAMI), Claudiana da Silva. Os multiplicadores do programa de prevenção de Videira também repassaram informações sobre os cuidados com a saúde. Nos locais, ainda estiveram à disposição: cama elástica, pintura facial e outras brincadeiras. A Secretaria de Saúde ainda realizou exames de glicose, aferição da pressão arterial, entre outros, e a psicóloga do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS), realizou atendimentos individualizados.

Fraiburgo também desenvolveu programação no recebimento da unidade móvel do programa. O bairro São Miguel foi o contemplado. O foco do encontro se concentrou nos atendimentos individualizados, palestras e momentos de interação com o público infantil. Orientações sobre o desafio das mulheres nos dias atuais também foram destacadas.

Fechando a programação da semana, Tangará recebeu a unidade móvel. A concentração foi desenvolvida no Centro de Múltiplo Uso, e contou com relato de representantes do município que participaram da Marcha das Margaridas, no ano de 2015, atividades físicas, palestras alusivas ao tema “violência contra mulher”, além de exames de sangue, glicose e aferição da pressão arterial.

Para uma das participantes, Terezinha Piccoli, o evento foi muito interessante. Ela que falou sobre a participação na Marcha das Margaridas, no evento em Tangará, destacou que o objetivo é buscar a valorização do público feminino “Todas as mulheres precisam de valorização, reconhecimento, respeito e informação. Parabéns aos promotores da iniciativa”, finalizou.

Na região, a programação da unidade móvel contou com a parceria dos Sindicatos Rurais, ADR, DPCAMI, as Prefeituras de Videira, Fraiburgo e Tangará, entre outras instituições.