Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Medalha Zilda Arns

Medalha Zilda Arns

A medalha Zilda Arns é uma justa homenagem a quem dedica a vida para fazer o bem às pessoas. Nesta semana, o governador Eduardo Pinho Moreira entregou o título ao médium Divaldo Pereira Franco. Homem que desenvolveu um belíssimo trabalho caritativo, fruto da vontade de servir o próximo.

Oportunidades

Próximos eventos


Foto: JSC

Com o objetivo de promover a articulação entre os dirigentes e integrar práticas de gestão, foi aberto nesta segunda-feira, 19, em Florianópolis, o Fórum Nacional de Dirigentes Governamentais de Entidades Executoras da Política de Promoção e Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Fonacriad).

“A socioeducação precisa ser melhor entendida como política pública, e o objetivo deste Fórum é articular todas as experiências do Brasil voltadas para o adolescente em conflito com a lei de acordo com o que é preconizado pelo Sinase, o Sistema Nacional Socioeducativo”, declarou o secretário de Estado da Justiça e Cidadania (SJC), Leandro Lima,  na solenidade de abertura do evento realizada na sede do Ministério Público Estadual.

A secretária Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, do Ministério dos Direitos Humanos (MDH), Berenice Giannella, e o coordenador nacional do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase), Ricardo Peres da Costa, também participaram da abertura do evento.

De acordo com Peres, o Brasil possui atualmente 27 mil adolescentes cumprindo medida de internação e de internação provisória e de semiliberdade, são as chamadas medidas de privação de restrição de liberdade; e em torno de 120 mil cumprindo liberdade assistida e prestação de serviço a comunidade, onde permanecem com os familiares. “É um número que cresce,  no entanto estamos trabalhando para melhor atender esta população e oferecer uma condição diferente que ajude este adolescente a refletir e encontrar um novo caminho”, destaca o coordenador.

>>> Galeria de fotos

O diretor do Departamento de Administração Socioeducativo (Dease), Zeno Tressoldi, a presidente do Fonacriad, Elisângela Cardoso, e demais autoridades, também participaram da abertura do evento, que se encerra nesta quarta-feira,21, na Capital.

1ª Reunião Técnica do Fonacriad - 2018 

Programação

Data: 19, 20 e 21 de março de 2018.

Local: Auditório do MPSC, Rua Bocaiúva, 1750, Casa do Barão, Centro, Florianópolis.

Dia 20/03/18 – terça-feira:

(Programação Interna – gestores estaduais)

8h30min – Relato do Atendimento Socioeducativo nos Estados da Federação;

10h – intervalo;

10h20min – Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente e Coordenação Nacional do Sinase: a) Status dos Grupos de Trabalho: Normativas de Segurança; b) Convalidação da 2ª. Oficina referente à construção dos Parâmetros Nacionais para a Medida Socioeducativa de Semiliberdade; c) Pesquisa da Senad/USP; d) Socialização dos levantamentos 2015 a 2016; e) Demais informes;

11h20min – Interface da Socioeducação e FONACRIAD com os Colegiados e instancias Nacionais: Conanda, CNJ, Fonseas e MDS;

12h – Almoço;

13h30min – A Gestão Administrativa e Financeira a Serviço da Socioeducação: relato de experiência dos estados do Rio Grande do Sul, Espírito Santo e Pará.

16h – Intervalo;

16h20min – Debate e interação com a plenária, a partir dos diferentes contextos Administrativos e Financeiros vividos pelos Estados;

19h – Jantar e convivência.

Dia 21/03/18 – quarta-feira:

8h30min – Construção da Agenda Estratégica do Fonacriad para 2018/2019.

9h30 – Informes Gerais

9h50 - Definição de pauta para a 2ª reunião temática do Fonacriad, no ano de 2018;

10h10 – Intervalo;

10h30min – Case de parceria entre Sistema Socioeducativo e Judiciário em São Miguel do Oeste. Dra. Larissa Takashima – Ministério Público de SC – e Dr. Júlio Antônio Bagetti, Advogado da Prefeitura de São Miguel do Oeste.

12h – Almoço;

13h30min – Avaliação do encontro;

14h – Encerramento.

Informações adicionais para a imprensa
Denise Lacerda
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania - SJC
E-mail: deniselacerda@sjc.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-5810 / 99152-6934
Site: www.sjc.sc.gov.br


Fotos: Jeferson Baldo/GVG

Medidas para otimizar recursos, regionalizar a Saúde e aplicar o dinheiro público com eficiência para melhor atender a população foram os principais assuntos da reunião de trabalho entre o governador Eduardo Pinho Moreira e o secretário de Estado da Saúde, Acélio Casagrande, nesta segunda-feira, 19, na sede da Secretaria, em Florianópolis. Casagrande, que completa 60 dias à frente da pasta, fez uma avaliação dos últimos dois meses, destacando conquistas positivas, mesmo diante de dificuldades.

Casagrande informou que há um constante e detalhado controle de caixa de todos os gastos para a saúde no Estado e uma rigorosa fiscalização com análise de relatórios para a boa aplicação dos recursos. O secretário destacou que a Secretaria da Saúde (SES) tem cumprindo com seus compromissos financeiros, mantendo os pagamentos com fornecedores. Além disso, os pagamentos estão em dia com os hospitais geridos por organizações sociais e filantrópicos.

Garantia de estoque

Outra ação positiva é a garantia de estoque para abastecimentos de materiais para as unidades hospitalares que, nestes 60 dias de gestão, cresceu de 23% para 45%, enquanto o estoque de medicamentos saltou de 36% para 57%. “Proteger as pessoas no momento que mais necessitam faz parte de um trabalho constante e de muito foco. Nossa prioridade, junto com o governador, é dar atenção total à área”, afirmou o secretário.

Na reunião, Eduardo Pinho Moreira, que assumiu o Governo do Estado há 30 dias, reforçou que governar com responsabilidade é seu compromisso com Santa Catarina. O governador destacou que a decisão de repassar os 14% da receita líquida do Estado está sendo rigorosamente cumprida. Eduardo Pinho Moreira informou que foram liberados aproximadamente R$ 70 milhões para liquidar dívidas referentes ao ano passado.

“Escolhemos prioridades para esta gestão e Saúde é uma delas. Nós estamos discutindo e mostrando que é possível fazer mais com menos. Para isso, é fundamental revermos contratos, ações da SES, economizar e ter muita responsabilidade com os gastos públicos para que a população se sinta protegida e bem atendida”, explicou Eduardo Pinho Moreira.

Maternidade Santa Catarina

Para melhorias na Maternidade Santa Catarina, em Criciúma, o governador Eduardo Pinho Moreira e o secretário Casagrande autorizaram o convênio para a reforma e ampliação da Central de Material de Esterilização da unidade hospitalar, no valor de R$ 1 milhão. Eles ainda salientaram a importância da regionalização da Saúde. Foi feito um diagnóstico dos serviços que faltam em cada região e, com os resultados, foram criadas oito centrais de regulação (Joinville, Itajaí, Blumenau, Florianópolis, Criciúma, Joaçaba, Chapecó e Lages). “Estamos fortalecendo os serviços em cada região do Estado para que as pessoas sejam atendidas sem ter que se deslocar para capitais", disse Casagrande.

Prêmio nacional

Após a reunião, o governador e o secretário conversaram com a administradora e servidora da Secretaria de Estado da Saúde, Carla Gianni da Rocha. A implantação do Portal de Compras da SES, com reflexos na eficiência da aplicação dos recursos públicos de forma ágil e transparente foi vencedor da edição 2017 do Prêmio Guerreiro Ramos de Gestão Pública, promovido pela Câmara de Gestão Pública (CGP) do Conselho Federal de Administração (CFA), com sede em Brasília. O projeto na modalidade Gestor Público foi apresentado por Carla, que exerce o cargo de diretora de licitação e compras da SES.

A servidora disse que o prêmio representa o reconhecimento e a consolidação de um trabalho que vem sendo desenvolvido ao longo dos anos na SES. “O portal consolida um conjunto de iniciativas construídas com trabalho de equipe. Foi concebido com base nas premissas de transparência e boas práticas de gestão e projeta o trabalho da área de compras da SES como referência nacional. É um orgulho para todos nós”, disse Carla.

“Só teremos condições de melhorar as condições de assistência à saúde se a nossa gestão também for eficiente, comprando mais e melhor, assim os medicamentos, insumos, exames, e cirurgias podem chegar mais rápido e diminuir o sofrimento das pessoas”, destacou o secretário, ao parabenizar, junto com o governador, a servidora.

Informações adicionais para a imprensa:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: bety@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3014 / 98843-5460
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Foto: Marcelo Roggia

A contagem agora é regressiva. As sete embarcações das equipes participantes da Volvo Ocean Race partiram de Auckland, na Nova Zelândia, e já estão vindo em direção a Itajaí, na perna mais longa e difícil da maior regata de volta do mundo. A expectativa é de que os primeiros marinheiros desembarquem em Santa Catarina a partir de 8 de abril. O secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan, acompanhou no fim de semana (noite de sábado no Brasil, manhã de domingo na Nova Zelândia), em Auckland, a largada dos barcos.

"É um orgulho muito grande participarmos deste evento. Em 2010, assinei o primeiro contrato para Santa Catarina receber uma das etapas e agora já estamos na terceira consecutiva", lembrou Pavan.

O Governo do Estado está investindo R$ 4,7 milhões para sediar a regata, única parada na América Latina, e o retorno financeiro estimado é superior a R$ 82 milhões, valor contabilizado na última edição. "A Volvo Ocean Race movimenta a economia do nosso Estado. Isso é fundamental para a divulgação de Santa Catarina e retorna em geração de empregos e recursos para investimentos na educação, saúde e segurança ”, salientou Pavan. 

Nova Zelândia - Contagem regressiva para a Volvo Ocean Race em Santa Catarina

A perna entre Auckland e Itajaí é considera a mais desafiadora da regata, com uma maratona de 7,6 mil milhas náuticas (14 mil quilômetros) cruzando águas  ao sul do continente americano e em torno do Cabo Horn, um dos pontos mais perigosos do mundo. Por este desafio, a etapa tem pontuação dupla, com um adicional extra atribuído ao primeiro navio que passar pelo Cabo.

Itajaí vai receber pela terceira vez consecutiva a Volvo Ocean Race, o maior evento náutico do planeta. A regata é considerada a Fórmula 1 dos Mares e reúne grandes nomes da vela mundial, entre elas a brasileira Martine Grael, campeã olímpica no Rio 2016, filha do velejador Torben Grael e integrante da equipe holandesa Team AkzoNobel. Em 2015, o vencedor da etapa até Itajaí foi o barco Abu Dhabi, que se tornou campeão ao final da disputa. A edição 2017-2018 tem a distância mais longa da história da competição, ao navegar por quatro oceanos e com paradas em 12 cidades de cinco continentes, num total de 45 mil milhas náuticas (83 mil quilômetros). A atual líder da competição é a equipe Mapfre, da Espanha.

Oitavo porto

Itajaí será o oitavo porto da regata. Após largar em Alicante, os barcos passarão por Lisboa (Portugal), Cidade do Cabo (África do Sul), Melbourne (Austrália), Hong Kong, Guangzhou (China), Hong Kong novamente e Auckland (Nova Zelândia). Após a parada catarinense, as embarcações seguirão a Newport (Estados Unidos), Cardiff (País de Gales), Gotemburgo (Suécia) e Haia (Holanda). A chegada à última estação está prevista para 20 de junho.

A previsão é que os primeiros barcos cheguem ao Litoral catarinense no dia 8. No dia 20 de abril será realizada a In-Port Race, uma competição que é realizada nos locais de parada. No dia 21, os barcos estarão abertos ao público e, no dia 22, será a partida das sete equipes competidoras para o próximo porto.

Informações para a imprensa:
Eduardo Correia
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte (SOL)
Fone: (48) 3665-7436 / 99924-7590
E-mail: educorreia.sol@gmail.com
www.sol.sc.gov.br

 

 

 


Foto: Divulgação / CBMSC

O governador Eduardo Pinho Moreira autorizou, no final da tarde desta segunda-feira, 19, a convocação de 15 cadetes aprovados em concurso público realizado pelo Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) em 2015. Os profissionais convocados terão agora de passar pelo Curso de Formação de Oficiais (CFO), com início marcado para junho de 2018 e duração de dois anos.

“A convocação dos novos cadetes mostra, mais uma vez, o comprometimento do Governo do Estado com a segurança e o bem-estar dos catarinenses”, ressalta o governador.

Esta é a terceira chamada dos aprovados no Edital 01/2015 – 85 candidatos se classificaram no concurso daquele ano. Em março de 2016, o Governo do Estado convocou 15 profissionais. Outros 15 cadetes também foram chamados em março de 2017.

>>> Ouça o boletim da Rádio Secom sobre o assunto

Informações adicionais para a imprensa
Krislei Oechsler
Assessoria de Imprensa 
Corpo de Bombeiros Militares de Santa Catarina - CBMSC
E-mail: ccs@cbm.sc.gov.br
Fone: (48) 3251-9614 / 98843-4427
Site: www.cbm.sc.gov.br


Fotos: James Tavares / Secom

As intensas operações policiais realizadas este ano, desenvolvidas pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) de Santa Catarina, geraram resultados positivos rápidos. Um balanço apresentado ao governador Eduardo Pinho Moreira nesta segunda-feira, 19, pelo secretário Alceu de Oliveira Pinto Júnior e pelo comandante-geral da Polícia Militar, coronel Araújo Gomes, mostra que, de 1º de janeiro até 19 de março deste ano, o número de ocorrências policiais caiu 30,9% em relação ao mesmo período de 2017. Também houve redução de homicídios ( -21,6%) e latrocínios, que são os roubos seguidos de morte ( -46,2%).

>>> Mais imagens na galeria

Página 23 de 305