Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Eduardo Pinho Moreira assume Governo de SC

Transmissão do cargo de governador

O governador licenciado Raimundo Colombo transmitiu o cargo ao governador em exercício Eduardo Pinho Moreira, que assumiu o Governo de Santa Catarina com duas prioridades bem definidas: a Saúde e a Segurança Pública

Oportunidades

Próximos eventos


Marcha contra o AVC. Foto: ADR Lages

O ano de 2018 começou com uma excelente notícia para a área da saúde na Serra catarinense. O ministro da Saúde, Ricardo Barros, assinou a portaria nº 4.081, que habilita o Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, em Lages, como Centro de Atendimento de Urgência Tipo III aos pacientes com Acidente Vascular Cerebral (AVC), com a garantia de repasse de recursos para atendimento de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar.

A habilitação da unidade de AVC no Hospital Nossa Senhora dos Prazeres é um trabalho que vem sendo realizado pela Gerência Regional de Saúde de Lages desde 2015, em conjunto com a prefeitura de Lages. "Temos sensibilizado os gestores e capacitado os profissionais da região para atuarem na linha de cuidado do AVC. A parceria com o centro especializado de reabilitação se mostrou promissora, mas ainda havia a necessidade de estruturarmos a unidade da AVC para garantir o atendimento de quadros agudos", explica o secretário regional João Alberto Duarte.

Com apoio de pacientes e familiares de vítimas da doença, foi implantada a chamada Rede Serra AVC. "Nas comemorações da Semana Mundial de Luta Contra o AVC, mobilizamos mais de 600 pessoas, em 29 de outubro, na Marcha contra o AVC, momento também em que a equipe de profissionais de saúde de Joinville esteve em Lages apresentando a experiência da primeira unidade de AVC do Brasil", relata a Gerente Regional de Saúde, Camila Baccin.

Vítima de um AVC há dois anos e cinco meses, Rejane Antunes Warmling, 49 anos, tem participado ativamente da Rede Serra AVC, e salienta a importância da criação da unidade de AVC. "O AVC é uma lesão cerebral e, quanto mais rápido o atendimento, melhor. Eu mesma poderia ter menos sequelas, caso essa unidade já estivesse em funcionamento. Então, é uma conquista para todos os pacientes, inclusive para aqueles que não pertencem a nenhum grupo de risco, como era o meu caso, e forem acometidos pelo AVC", justifica.

A portaria estabelece o repasse anual da ordem de R$ 1,3 milhão, que é incorporado ao chamado componente limite financeiro de Média e Alta Complexidade do Estado e do município. Os recursos serão repassados através do Fundo Nacional de Saúde, que adotará as medidas necessárias para a transferência de forma regular e automática, em parcelas mensais, dos recursos ao Fundo Municipal de Saúde de Lages.

Informações adicionais para Imprensa:
Cristiano Rigo Dalcin
Assessoria de Comunicação
ADR Lages
Fones: (49) 98839-1727 / (48) 99984-3619
E-mail: imprensa.sdrlages@gmail.com
Site: sc.gov.br/regionais/lages

 


Foto: Julio Cavalheiro/Secom

O governador Raimundo Colombo e o vice Eduardo Pinho Moreira autorizaram no final da tarde desta quinta, 11, a liberação de R$ 3 milhões para a prefeitura de Florianópolis providenciar reparos emergenciais dos danos provocados pelas chuvas. A decisão foi anunciada após reunião com o prefeito Gean Loureiro na Casa d’Agronômica, em Florianópolis. “Esse é um recurso emergencial, liberado a fundo perdido, para ajudar na retomada da normalidade o mais rápido possível”, afirmou o governador Colombo.

>>> Galeria de fotos

O vice Eduardo Pinho Moreira destacou a importância da integração entre a Defesa Civil estadual e os municípios para garantir agilidade e eficiência no atendimento à população. “A Defesa Civil está dando um exemplo de dedicação, de trabalho intenso e incessante para trazer tranquilidade e segurança ao povo catarinense. Estamos todos empenhados para diminuir o sofrimento e resolver toda esta situação de dificuldades”, acrescentou.

O prefeito Gean Loureiro explicou que a prioridade na Capital é a recuperação da pavimentação viária e o controle das encostas, prevenindo novos deslizamentos e promovendo a retomada da mobilidade nas vias do município. O secretário de Estado da Comunicação, João Debiasi, também acompanhou a reunião.

>>> Governador e secretário da Defesa Civil tratam de ações para amenizar problemas gerados pelas chuvas em SC

>>> Em SC, 20 municípios registraram ocorrências por causa das chuvas dos últimos dias

>>> Chuva excessiva deixa bombeiros militares em estado de alerta em SC

>>> Celesc trabalha na recuperação da rede elétrica afetada pela chuva

>>> Deinfra trabalha na recuperação das estradas danificadas pelas chuvasDeinfra trabalha na recuperação das estradas danificadas pelas chuvas

Informações adicionais para a imprensa:
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: lenzi@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3018 / 98843-4350
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


SC-401. Fotos: Rodrigo Stüpp/Secom

O Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra) está trabalhando nas rodovias prejudicadas pelas chuvas das últimas 48 horas, que atingiram principalmente o Litoral catarinense. O presidente do Deinfra, Wanderley Agostini, informou que a situação mais crítica é em Florianópolis, onde o grande volume de chuvas danificou as vias. “Podemos falar de forma muito clara que foram atingidas não somente as rodovias, mas as ruas e avenidas também, porque choveu assustadoramente acima da média”, disse.

>>> Galeria de fotos


SC-401

Na SC-401, próximo à Associação Catarinense de Medicina (ACM), a pista marginal cedeu por causa de um riacho que corta a rodovia. A equipe técnica do Deinfra está no local na tarde desta quinta realizando uma proteção com pedras. Depois, fará uma ação mais efetiva de engenharia restabelecendo o que foi danificado.

Na SC-405, rodovia que lega ao Sul da Ilha, está alagada no km 2,7, e veículos não estão passando. “Temos que esperar baixar a água para fazer intervenções e, em algumas situações, já estamos atuando com a prefeitura e a Polícia Militar Rodoviária para restabelecer o tráfego”, explicou o presidente do Deinfra.

Na rodovia SC-404, em frente à Casa Rosa, no Morro da Lagoa, uma erosão deixou o trânsito em meia-pista no sentido Lagoa da Conceição. Ainda na mesma rodovia, do km 4 até o mirante da lagoa, quedas de barreira atingiram vários trechos de acostamento. Já na SC-406, no km 12, na Praia Mole, próximo ao restaurante Ponta das Caranhas, uma quede barreira deixou o trânsito em meia-pista. “Pedimos que os usuários redobrem o cuidado por conta de alagamentos na cidade”, alertou Agostini.

Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo 
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: rafael@secom.sc.gov.br  
Telefone: (48)  3665-3018 / 99116-8992
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Foto: Julio Cavalheiro/Secom

O governador Raimundo Colombo recebeu o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, na Casa d’Agronômica nesta quinta-feira, 11. A reforma da previdência foi o principal tema da reunião em Florianopolis. O presidente da Câmara afirmou que visitará também outros governadores para defender a urgência na aprovação da reforma.

“Este é um tema urgente, fundamental e difícil e chegamos à conclusão de que é preciso dialogar com os governadores para termos uma agenda em comum que inclua este e outros temas de interesse nacional. O objetivo é construir soluções para termos menos despesas e mais receitas para investimentos”, afirmou Maia.

>>> Galeria de fotos

O governador Colombo apoiou a iniciativa, lembrando que Santa Catarina já começou a reforma da previdência estadual, o que foi fundamental para o equilíbrio das contas públicas do estado. “Temos que ter a coragem, mesmo que impopular, de enfrentar os problemas que estão prejudicando o desenvolvimento do país. O desequilíbrio fiscal é um dos problemas mais graves que temos agora e precisa ser enfrentado”, acrescentou Colombo.

O deputado federal Heráclito de Sousa Fortes e o ex-governador e ex-senador Jorge Bornhausen também acompanharam o encontro.

Informações adicionais para a imprensa:
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: lenzi@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3018 / 98843-4350
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Fotos: CBMSC

Com as fortes chuvas que atingem, principalmente, o Litoral catarinense nos últimos dias, o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil de Santa Catarina alertam para uma série de cuidados que devem ser tomados pela população. As chuvas podem causar inundações, deslizamentos de terra, destelhamentos, panes elétricas, entre outras ocorrências.

O comandante da 1° Região do Corpo de Bombeiros Militar, que corresponde ao Litoral catarinense, coronel Cesar de Assunção Nunes, disse que o solo está encharcado, por isso as pessoas precisam estar atentas, pois podem ocorrer deslizamentos. Outro cuidado é transitar pelas rodovias. “Pedimos para que a população evite sair de casa nestes dias se não houver grande necessidade. Caso seja inevitável, é importante não passar por lugares alagados. Estamos trabalhando intensamente junto à Defesa Civil para proteger a população”, explicou.

A Defesa Civil recomenda que a população não suba em telhados e outras estruturas para fazer reparos por conta própria e nem mexa em fios e postes caídos. “Estes trabalhos só devem ser feitos por quem conhece esse tipo de serviço e com os devidos equipamentos de segurança. Se você subir no telhado, por exemplo, está se expondo ao risco de transformar uma crise que está acontecendo no município em um desastre familiar. Muitos óbitos acontecem dessa forma, por isso muito cuidado”, ressaltou o diretor de Resposta da Defesa Civil do Estado, Ânderson Ciotta.

Se precisar de ajuda, acione a Defesa Civil pelo fone 199 ou o Corpo de Bombeiros Militar pelo fone 193.

Orientações do Corpo de Bombeiros Militar:

- Não caminhe por áreas alagadas. Além do risco de eletrocussão, há perigo de quedas e arrastamento pela força da água ou contração de doenças pela água contaminada
- Se a água estiver chegando próximo e ameaça entrar na sua residência, levante os móveis, eletrodomésticos e roupas. Leve remédios, roupas e artigos de maior necessidade e procure um local seguro para se abrigar. Caso não tenha familiares por perto, procure os abrigos municipais
- Procure não ficar ilhado. Mas, caso você tenha um local seguro e não alagado para se abrigar, faça uma reserva de alimentos, água potável e pilhas para lanternas
- Pessoas acamadas, gestantes, crianças e idosos devem ser levados com prioridade para áreas seguras. Se precisar de ajuda, acione a Defesa Civil pelo fone 199 ou o Corpo de Bombeiros Militar pelo fone 193
- Não transite de carro em ruas alagadas. Os motores de alguns veículos não são adaptados para inundações e acabam falhando
- Se houver sinal de movimentação de solo, como muros abalroados ou caídos, árvores tortas ou caídas, rachaduras ou descida de terra com água, tipo enxurrada, saia do local de risco e acione o Corpo de Bombeiros ou técnicos de Defesa Civil para uma avaliação mais criteriosa
- Turistas que estão em Florianópolis e em cidades atingidas pelas chuvas devem se antecipar para os deslocamentos evitando passar por áreas alagadas. Se tiverem voos agendados, precisam sair de casa com bastante antecedência para evitar contratempos.

>>> Governador e secretário da Defesa Civil tratam de ações para amenizar problemas gerados pelas chuvas em SC

>>> Em SC, 19 municípios registraram ocorrências por causa das chuvas dos últimos dias

>>> Chuva excessiva deixa bombeiros militares em estado de alerta em SC

>>> Celesc trabalha na recuperação da rede elétrica afetada pela chuva

Informações adicionais para a imprensa:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: bety@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3014 / 98843-5460
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

Página 24 de 268