Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Com a Palavra, o Governador - 10 de novembro de 2017

Com a Palavra, o Governador - 10 de novembro de 2017

No programa semanal Com a Palavra, o Governador, Raimundo Colombo fala sobre investimentos na Defesa Civil, Programa Juro Zero, formação dos novos policiais militares, Jogos Abertos de Santa Catarina e Ferrovia das Bromélias.


Oportunidades

Próximos eventos


Foto: Denise Lacerda/SJC

O Departamento de Administração Socioeducativo, vinculado à Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania (Dease/SJC), iniciou na manhã desta quarta-feira, 25, no campus da Unisul, em Palhoça, o Encontro Estadual de Integração de Práticas Socioeducativas com a presença de especialistas, servidores, técnicos e integrantes da comunidade socioeducativa como Ministério Público, Tribunal de Justiça e Secretarias de Estado da Saúde e Educação. A abertura contou com a palestra do coordenador Nacional do Sinase (Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo), Ricardo Peres da Costa, que falou sobre a execução da política nacional de atendimento socioeducativo e o cenário geral dos resultados do Sinase.

O diretor do Dease, Zeno Tressoldi, o reitor da Unisul, Mauri Luiz Heerdt, e o coordenador do curso de Segurança Pública da Unisul, professor Itamar Pedro Bevilaqua, compuseram a mesa de abertura do evento, que tem como objetivo elaborar um diagnóstico para levantar as principais demandas e desafios e o encaminhamento de possíveis soluções na área do sistema socioeducativo. “Muitas das conquistas alcançadas até agora se devem ao olhar diferenciado da secretária de Estado da Justiça e Cidadania, Ada Faraco De Luca”, lembrou o diretor do Dease, Zeno Tressoldi.

>>> Mais fotos

Também estavam presentes o coordenador do Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude do Ministério Público de Santa Catarina (MP-SC), promotor João Luiz de Carvalho Botega; a secretária de Direitos Humanos da Corregedoria Geral da Justiça de Santa Catarina, Adriana Moresco; e a juíza de Direito da Vara da Infância e Adolescência de São José, Ana Cristina Borba Alves.

Na programação do evento, que segue até esta quinta-feira, 26, estão previstos debates, mesas redondas e comissões temáticas. No encerramento, às 18h, será feita a leitura de um relatório final com uma proposta final e reflexões sobre as boas práticas.

 A realização do Encontro Estadual de Integração de Práticas Socioeducativas é de responsabilidade do Departamento de Administração Socioeducativo e Academia de Justiça e Cidadania (Acadejuc), departamentos vinculados à Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania (SJC), em parceria com a Unisul.

Informações adicionais para a imprensa
Denise Lacerda
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania - SJC
E-mail: deniselacerda@sjc.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-5810 / 99152-6934
Site: www.sjc.sc.gov.br


Foto: Gisele Vizzotto/Regional de São Miguel do Oeste

As obras de infraestrutura no Centro Regional Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cigerd/ Regional) de São Miguel do Oeste foram concluídas e, em breve, o local estará pronto para o uso. Os serviços executados por meio da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) tiveram um investimento de R$ 95 mil, oriundos da Secretaria de Estado da Defesa Civil.

No valor, está inclusa a construção do passeio, rampa de acesso, muro, estacionamento, instalação de sistema de tratamento de efluentes, energia e água. O secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de São Miguel do Oeste, Volmir Giumbelli, lembra que os serviços de infraestrutura foram licitados pela agência. “O setor de engenharia da Regional executou o projeto e fiscalizou as obras. Mais uma parceria com uma secretaria setorial que possibilitou que a obra fosse concretizada de forma mais rápida”, afirma.

O local, no centro da cidade (ao lado da Cidasc), também já está com os módulos montados. A estrutura de ferro galvanizado e pintado tem cerca de 150 metros quadrados e foi licitada pela Secretaria de Estado da Defesa Civil. Conta com gerador de energia capaz de manter o centro operacional mesmo com a falta do serviço na cidade. Além disso, o centro conta com garagem, depósito, recepção, sala do coordenador regional, sala de reunião e situação, banheiro, alojamento e cozinha.

“Os materiais e equipamentos internos estão sendo montados e organizados. Dentro de alguns dias, o centro estará pronto para uso e será muito importante para a região em casos de eventos que precisem de gestão”, explica o coordenador regional da Defesa Civil de São Miguel do Oeste, Daniel Caron.

Informações adicionais para a imprensa
Gisele Vizzotto
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste
E-mail: imprensa@sge.adr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3631-2901 / 98837-7422 / 98801-4797
sc.gov.br/regionais/saomigueldooeste


Fotos: James Tavares / Secom

Mais quatro municípios assinaram convênios referentes à primeira edição Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam) na manhã desta quarta-feira, 25, em Florianópolis. O governador Raimundo Colombo, acompanhado do secretário da Fazenda, Almir Gorges, recebeu os prefeitos de Barra Velha, Barra Bonita, Guarujá do Sul e Rio do Oeste para liberar mais R$ 1,2 milhão. Os recursos serão aplicados em pavimentação de ruas, aquisição de máquinas e equipamentos rodoviários.

Colombo ressaltou que o Governo de Santa Catarina está atento às demandas dos municípios para promover o desenvolvimento, a geração de empregos e renda e assim consequentemente a melhoria da qualidade de vida da população. “É um programa estratégico, arrojado, que garante obras e ações em todas as cidades catarinenses.”

Nesta primeira edição, o programa garantiu mais de R$ 606 milhões para investimentos em todos os 295 municípios catarinenses. Até o momento, foram assinados 455 convênios e repassado às contas das prefeituras o montante de R$ 582 milhões.



>>> Mais imagens na galeria

O governador lembrou que nas próximas semanas já deve começar assinar os convênios para a  segunda edição do Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam 2), que vai garantir cerca de R$ 700 milhões em investimentos a serem distribuídos entre todas 295 cidades catarinenses.

O prefeito de Barra Bonita, no Extremo-Oeste, Moacir Piroca informou que recursos de R$ 603,3 mil serão aplicados na construção de uma ponte, próximo ao local onde se instalará uma empresa de exploração de água mineral e no calçamento em duas comunidades: Águas do Araçá e Três de Maio.  “Os investimentos são de grande importância para a melhoria da infraestrutura, pela valorização e pelo desenvolvimento destas comunidades e do nosso município.”

“Os recursos vieram na hora certa. Vamos investir na pavimentação de uma rua, que hoje é de barro e causa muitos transtornos aos moradores. Com certeza, é uma grande conquista para o desenvolvimento do nosso município”, disse o prefeito de Rio do Oeste, Humberto Pessatti.

Também assinaram os prefeitos de Guarujá do Sul, Claudio Junior Weschenfelder e de Barra Velha, Valter Zimmermann.

Convênios

Município

Valor (R$)

Objeto do convênio

Barra Velha

324.394,92

Aquisição de equipamentos

Barra Bonita

603.345,71

Pavimentação de ruas

Guarujá do Sul

183.224,03

Equipamentos rodoviários

Rio do Oeste

161.731,36

Pavimentação de ruas

TOTAL

1.272.696,02

 

Informações adicionais para a imprensa:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: bety@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3014 / 98843-5460
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Foto: Paulo Goeth / SES

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), em coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira, 25, anunciou 9.273 focos do mosquito Aedes aegypti que foram identificados este ano em 141 municípios catarinenses. O número é 32,3% a mais do que o registrado em todo o ano de 2016, quando 7.009 focos haviam sido identificados em 139 municípios. 

Diante do risco de epidemias das doenças transmitidas pelo mosquito - dengue, zika e chikungunya durante o Verão - estão sendo intensificadas as ações de prevenção e controle do Aedes aegypti em todo o Estado, especialmente nos 61 municípios considerados infestados pelo mosquito. “O Aedes aegypti costuma aumentar sua circulação no Verão, em virtude da combinação da temperatura mais quente e chuvas. Para se reproduzir, ele precisa de locais com água parada. Por isso, neste momento que antecede o período mais quente e úmido do ano, deve-se intensificar a eliminação de possíveis criadouros, impedindo o nascimento do mosquito e, como consequência, sua proliferação”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Vicente Caropreso. 

“Nos últimos anos a Secretaria de Estado da Saúde vem estruturando uma rede de vigilância e prevenção contra o Aedes aegypti, composta por profissionais de saúde, laboratórios, veículos, equipamentos e materiais informativos de forma a prestar apoio aos municípios na execução das ações locais. Mesmo assim, é fundamental o envolvimento de todos os setores, como Educação, Assistência Social, Defesa Civil, Saneamento Básico e Obras, além da população, que tem um papel fundamental”, destacou Eduardo Macário, diretor de Vigilância Epidemiológica (Dive) da SES. 

Entre as ações previstas para 2017/2018 estão reuniões mensais da Sala Estadual de Situação, capacitação de mais de 220 agentes em controle vetorial e vigilância, intensificação nas supervisões e assessorias aos municípios e distribuição do Manual de Orientação sobre o Decreto 1.079 (que cria comissões de articulação e monitoramento das ações de prevenção e eliminação dos focos do mosquito no âmbito dos órgãos e das entidades da administração pública estadual direta e indireta).

Outros materiais informativos serão distribuídos à população – sobre prevenção e sintoma das doenças – e um específico para as empresas consideradas pontos estratégicos, como borracharias, floriculturas, ferros-velhos. Fluxograma de classificação de risco para aprimorar o manejo clínico da dengue serão entregues aos profissionais de saúde. 

Também estão previstas reuniões com prefeitos, gestores de saúde e outros órgãos, além de representantes da sociedade civil nas regiões mais críticas do Estado, iniciando em Chapecó, que reunirá representantes de 40 municípios das regiões Oeste e Meio Oeste de SC na próxima semana. Além disso, está prevista a estruturação de uma equipe de força-tarefa em Xanxerê, região considerada de alto risco para ocorrência de epidemias. Essa força-tarefa também atuará em Chapecó, São Miguel do Oeste, Itajaí e Grande Florianópolis, municípios com alto grau de infestação.

Em atenção à Semana Nacional de Mobilização contra o Aedes aegypti (de 23 a 27 de outubro), o Governo do Estado realizou o evento de premiação do concurso Escola Promotora de Saúde na última segunda-feira, e participa da ação promovida durante esta semana pela Prefeitura de Florianópolis em frente ao Terminal de Integração do Centro, onde a população tem acesso a um minilaboratório para identificação de larvas de Aedes aegypti e recebe dicas para o combate ao mosquito. Diversas cidades catarinenses também estão realizando atividades alusivas à data.

Participaram também da coletiva de imprensa representantes da Defesa Civil, Exército, da Secretaria de Estado da Educação, da Diretoria de Vigilância Sanitária (DVS) e do Conselho das Secretariais Municipais de Saúde (Cosems).

Sala de Situação 

A Sala Estadual para o combate ao Aedes aegypti orienta que todos os municípios infestados mantenham suas salas de situação em funcionamento. Em 2017, a Sala Estadual tem participado de videoconferências quinzenais com a Sala Nacional, discutindo assuntos como apoio das Forças Armadas, ações de mobilização da ação social e educação e realização do Levantamento Rápido de Índice (LIRAa) pelos municípios infestados. 

A Sala Estadual de Situação é composta por:

• Secretaria de Estado da Saúde

• Secretaria de Estado da Defesa Civil

• Secretaria de Estado da Educação

• Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável: Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina (ARESC) e Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina (FATMA)

• Secretaria de Estado do Planejamento

• Secretaria de Estado da Casa Civil

• Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania

• Secretaria de Estado da Segurança Pública: Departamento Estadual de Trânsito, Corpo de Bombeiros Militar e Polícia Militar

• Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis

• Federação Catarinense de Municípios (FECAM)

• Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (CASAN)

• Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento (ARIS) e

• Exército.

Informações adicionais para a imprensa:
Letícia Wilson e Patrícia Pozzo
Núcleo de Comunicação
Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive)
Secretaria de Estado da Saúde
Fone: (48) 3664-7406 | 3664-7402
E-mail: divecomunicacao@saude.sc.gov.br
www.dive.sc.gov.br

 

 


Foto: James Tavares/Secom

Nesta quarta-feira, 25, a previsão do tempo da Epagri/Ciram indica chuva a partir da manhã no Extremo-Oeste, Oeste, Meio-Oeste e Planalto Norte de Santa Catarina. Nas demais regiões nebulosidade a aumenta durante a tarde e a noite, com pancadas isoladas de chuva no período. A temperatura estará em elevação com sensação de ar abafado devido à alta umidade do ar. O vento sopra de nordeste, fraco a moderado com rajadas no Litoral.

Na quinta-feira, 26, o tempo segue instável, com nebulosidade variável e chuva por alguns momentos especialmente na madrugada e a partir da tarde. Temperatura com pouca variação devido à nebulosidade. O vento soprará de nordeste e noroeste, fraco a moderado com rajadas. E para sexta-feira, 27, nebulosidade variável a encoberto com chuva pela manhã em todas as regiões. À tarde a chuva retorna novamente do Oeste ao Litoral Sul. A temperatura estará elevada.

A Epagri/Ciram recomenda o permanente acompanhamento dos boletins e informações disponibilizados no site.

Mais informações para a imprensa:
Central de Meteorologia
Epagri/Ciram
Fone: (48) 3665-5007 e (48) 3665-5172
E-mail: contatociram@epagri.sc.gov.br
Site: www.ciram.epagri.sc.gov.br 

Página 24 de 196