Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Eduardo Pinho Moreira assume Governo de SC

Transmissão do cargo de governador

O governador licenciado Raimundo Colombo transmitiu o cargo ao governador em exercício Eduardo Pinho Moreira, que assumiu o Governo de Santa Catarina com duas prioridades bem definidas: a Saúde e a Segurança Pública

Oportunidades

Próximos eventos


Foto: Celesc/Divulgação

Estão abertas as inscrições para o concurso público da Celesc, com oportunidades para diversas cidades do estado. Os salários iniciais variam de R$ 1.106,40 a R$ 4.365,06, além de benefícios como plano de saúde, auxílio creche/babá, auxílio estudante, vale-alimentação e plano de previdência.

São 49 vagas disponíveis: 16 para cargos de nível médio, 16 para cargos de nível técnico e 17 para cargos de nível superior. Do total, 20% das posições serão disponibilizadas a pessoas com deficiência (PcD). A previsão é que os primeiros concursados sejam chamados já a partir de maio deste ano. Os demais aprovados irão compor cadastro de reserva e poderão ser acionados à medida que for identificada a necessidade.

As inscrições podem ser realizadas no site 2018celesc.fepese.org.br (onde também está disponível o edital), até o dia 9 de fevereiro, ao custo de R$ 90 para candidatos a cargos de nível médio, R$ 110 para cargos de nível técnico e R$ 130 para cargos de nível universitário. A prova está marcada para o dia 4 de março e será aplicada em Chapecó, Criciúma, Grande Florianópolis, Joinville e Lages.

Confira na tabela abaixo o quadro com os cargos disponíveis e suas respectivas exigências:

CARGOS DE NÍVEL MÉDIO E TÉCNICO

   

CARGO

Escolaridade exigida

Especialidade/Formação

ATENDENTE COMERCIAL

Ensino médio

Sem especialidade

ELETRICISTA

Ensino médio

Sem especialidade

TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO

Ensino médio Técnico

Técnico em Segurança do trabalho

TÉCNICO INDUSTRIAL - Edificações

Ensino médio Técnico

Técnico em Edificações

TÉCNICO INDUSTRIAL – Eletrotécnica

Ensino médio Técnico

Técnico em Eletrotécnica

TÉCNICO INDUSTRIAL - Mecânica

Ensino médio Técnico

Técnico em Mecânica

TÉCNICO INDUSTRIAL – Telecomunicações

Ensino médio Técnico

Técnico em Telecomunicações

   

CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR

   

CARGO/Posição

Escolaridade exigida

Especialidade/Formação (Reconhecida pelo Ministério da Educação)

ADMINISTRADOR

Graduação

Administração

ADVOGADO

Graduação

Direito

ANALISTA DE NÍVEL SUPERIOR – Psicólogo

Pós-Graduação

Ensino Superior em Psicologia com Especialização em Psicologia Organizacional ou Gestão de Pessoas

ANALISTA DE SISTEMAS

Graduação

Ciências da Computação, Sistemas de Informação ou Engenharia da Computação.

ASSISTENTE SOCIAL

Graduação

Serviço Social

CONTADOR

Graduação

Ciências Contábeis

ECONOMISTA

Graduação

Ciências Econômicas

ENGENHEIRO – Eng. Ambiental

Graduação

Engenharia Sanitarista Ambiental ou Engenharia Ambiental

ENGENHEIRO – Eng. Civil

Graduação

Engenharia Civil

ENGENHEIRO – Eng. De Agrimensura

Graduação

Engenharia de Agrimensura

ENGENHEIRO – Eng. De Produção Elétrica

Graduação

Engenharia de produção elétrica

ENGENHEIRO – Eng. De Segurança do Trabalho

Pós-Graduação

Ensino Superior em Engenharia com Especialização em Segurança do Trabalho

ENGENHEIRO – Eng. De Telecomunicações

Graduação

Engenharia de Telecomunicações

ENGENHEIRO – Eng. Elétrica

Graduação

Engenharia Elétrica

ENGENHEIRO – Eng.  Florestal

Graduação

Engenharia Florestal

ENGENHEIRO – Eng. Mecânica

Graduação

Engenharia Mecânica

MÉDICO – Medicina do Trabalho

Pós-Graduação ou Graduação com Residência

Ensino Superior em Medicina e certificado de registro da especialidade em Medicina do Trabalho no CRM

Mais informações para a imprensa:
Heda Wenzel
Agência Comunicaz a serviço da Celesc
Fone: (48) 3231-5140 
Twitter.com/CelescInforma
Confira a situação em tempo real no estado: celgeoweb.celesc.com.br

 


Foto: Casan/Divulgação

Equipes da Casan começam a visitar esta semana na Lagoinha do Norte, em Florianópolis, moradores cujos imóveis estão sendo beneficiados com a nova rede de esgoto instalada no bairro. O objetivo da visita é informar aos proprietários que a partir de agora todos devem fazer a correta ligação do imóvel à rede de esgoto recém-concluída. Com investimentos de R$ 4,6 milhões, esta é a quinta obra de esgoto entregue nos últimos quatro anos pelo Governo do Estado, Casan e Prefeitura.

O SES Lagoinha faz parte do Plano de Investimento em Esgoto que está implantando nove obras na Capital, num investimento total de R$ 401 milhões. Até 2019, a cobertura da cidade saltará de 56% para 74%, colocando Florianópolis entre as principais cidades do país em saneamento. No Estado, a Casan possui em andamento 45 obras de esgoto, em 31 municípios.

Orientações

A liberação para conexão ao sistema público de esgotamento sanitário da Lagoinha também está sendo comunicada nas faturas de água que estão chegando aos moradores neste mês de janeiro. Em campo, os técnicos da companhia vão visitar casa por casa, entregando um fôlder que instrui sobre como realizar a ligação ao sistema público de esgotamento sanitário. Em caso de chuva forte as visitas serão temporariamente interrompidas. Os profissionais da Casan também estão à disposição para orientações e esclarecimento de dúvidas pelo telefone (48) 3271-4510

O trabalho prossegue nas próximas semanas. Inicialmente serão visitados moradores das ruas transversais à Avenida Jaime de Arruda Ramos, a principal desse balneário. Depois serão também visitados comércios e moradores dessa avenida.

A Casan implantou 465 ligações domiciliares na Lagoinha do Norte – a espera em frente aos imóveis, onde o morador deve ligar o seu sistema individual de esgoto. Depois de fazer sua conexão ao sistema público, o proprietário deve aterrar a fossa e sumidouro do seu terreno.

O Sistema de Esgotamento Sanitário da Lagoinha do Norte recebeu 5,6 quilômetros de redes de coleta, cinco estações elevatórias e um emissário terrestre, que encaminha o esgoto para a Estação de Tratamento (ETE).

Saiba Mais

Obras concluídas em Florianópolis:
SES Lagoinha / R$ 4,6 milhões / dezembro 2017
SES Continental / R$ 20,5 milhões / fevereiro 2017
SES Maciço Morro da Cruz / R$ 8,7 milhões / abril 2016
Duplicação ETE Canasvieiras / R$ 8,1 milhões /dezembro 2016
SES Jurerê Tradicional / R$ 18,1 milhões / Verão 2015

Obras em andamento
SES Ingleses/Santinho / R$ 84 milhões
SES Sul da Ilha / R$ 65,5 milhões

Obras em fase final de licitação
SES Saco Grande / R$ 85 milhões
Ampliação SES Insular-Itacorubi /R$ 107 milhões

Fique atento:
A conexão ao sistema público de esgotamento sanitário
De acordo com a Lei Federal 11.445/07 (conhecida como Lei do Saneamento), nos locais em que há rede disponível é obrigatória a ligação das residências e a desativação das fossas sépticas. No caso da Lagoinha do Norte, os moradores estão recebendo nas faturas do mês de janeiro um comunicado autorizando a ligação de seus imóveis à rede pública de esgotamento sanitário. As cobranças iniciais, que correspondem a 100% do valor da conta de água, serão emitidas assim que a CASAN visitar todas as residências que contam com as caixas de inspeção em frente aos imóveis.

O que lançar na rede de esgoto
Apenas esgoto doméstico deve ser colocado na rede. Não podem ser jogados absorventes higiênicos, cotonetes, preservativos, fios de cabelo, embalagens de sabonete, fio dental, fraldas descartáveis, frascos de desodorante, etc, pois são materiais que provocam entupimentos e prejudicam o tratamento do esgoto.

Esgoto e água da chuva
O esgoto é o sistema que recebe os dejetos lançados no vaso sanitário, na pia da cozinha, nos lavatórios do banheiro, no tanque e nos ralos cobertos. A água de chuva deve ir para o sistema de drenagem pluvial, e não para as tubulações de esgoto.

Caixas de gordura
Os canos de esgoto da cozinha devem ser ligados a uma caixa de gordura. Ela serve para reter a gordura que é despejada pelo ralo da pia e que vem da lavagem da louça. A gordura fica na caixa e o restante do resíduo segue pelos canos e vai para rede coletora. Essa caixa deve ser limpa periodicamente. A gordura retirada da caixa de gordura deve ser colocada em um saco de lixo e descartada junto aos demais resíduos semisólidos que serão coletados pela Comcap e levados para aterros sanitários. No caso de estabelecimentos como restaurantes, a frequência de limpeza deve ser bem maior, em alguns casos até diariamente.

Mais informações para a imprensa:
Gerência de Comunicação Social da Casan
Fones: (48) 3221-5034 | 3221-5035 | 3221-5036
Arley Reis 
E-mail: areis@casan.com.br
Suzete Antunes
E-mail: santunes@casan.com.br
Ricardo Stefanelli 
E-mail: ristefanelli@casan.com.br
Fone: (48) 9136-9345
www.casan.com.br

 

 

 


Imagem: Reprodução

A partir deste mês de janeiro, os consumidores de energia elétrica em Santa Catarina recebem a fatura da conta de luz com cara nova. Entre as mudanças que a Celesc fez no layout da fatura estão o aumento no tamanho da letra e a reorganização das informações para que fiquem mais claras ao cliente. A companhia também passa a trazer o aviso de débito em destaque para alertar sobre eventuais inadimplências, além de um código de barras mais visível. As reformulações deixaram até o custo de impressão mais baixo, gerando economia para todos.

O chefe do departamento de Gestão de Clientes e Receitas da Celesc, Cristiano Ghisi, explica que as mudanças vieram atender a uma demanda da distribuidora, mas também a sugestões dos próprios clientes, sempre no intuito de facilitar a comunicação com o consumidor. "Nossa fatura está com o layout mais moderno, limpo e com destaque para as informações que são de fato necessárias, deixando a leitura e o entendimento dos dados mais fácil”, disse.

O verso da fatura também sofreu alterações e, agora, traz detalhes sobre os canais oficiais de atendimento da Celesc. O espaço ainda será utilizado para campanhas de marketing e anúncios importantes à população, além de trazer os dados de leitura do medidor.

“Por estar com um layout mais claro e organizado com características bastante próprias, a nova fatura da Celesc se torna mais confiável, uma vez que todas as mudanças, juntas, contribuem para deixar a fatura mais difícil de ser copiada”, afirma o chefe da Divisão de Faturamento, Irineu Antônio. Ele acredita que as mudanças irão dificultar as fraudes na fatura, ou seja, o cliente poderá ficar ainda mais seguro.

Clique sobre a imagem e saiba onde encontrar cada informação sobre o seu consumo:

Fatura desdobrada EDITADO Site

Informações adicionais para a imprensa
Assessoria de Imprensa 
Centrais Elétricas de Santa Catarina S.A. - Celesc 
E-mail: comunica@celesc.com.br
Atendimento 24h: 0800-480120
Site: www.celesc.com.br

 


Foto: Maiara Gonçalves/SCC

O secretário da Casa Civil, Nelson Serpa, e o presidente da SCPar, Gabriel Ribeiro, reuniram-se, no retorno das atividades do Executivo, para tratar dos ajustes finais da constituição da Sociedade de Propósito Específico (SPE) que comandará o Porto de São Francisco do Sul, nos moldes da sociedade que já administra o Porto de Imbituba desde 2012. A criação da SPE, que será uma subsidiária da SCPar, atende exigência do Governo Federal quando a concessão do porto ao Governo de Santa Catarina foi renovada em 2011 por mais 25 anos.

De acordo com o secretário Serpa, uma portaria governamental será expedida pelas secretarias da Casa Civil, Fazenda, Administração e Infraestrutura, com a participação da SCPar, para criação de um grupo de trabalho que ficará responsável por todas as providências para a transferência da administração do porto da atual autarquia, que será extinta, para a SPE. “A previsão é que o processo seja concluído até o fim de janeiro”, destaca o chefe da Casa Civil.

O presidente da SCPar lembra que o Porto de São Francisco do Sul tem capital social autorizado de R$ 250 milhões e conta com um plano de investimentos para os próximos anos na ordem de R$ 140 milhões, que inclui sistema elétrico, pavimentação asfáltica, novo gate, aquisição de equipamentos, derrocagem entre berços, monitoramento do calado, reforma e readequação da subestação, reforma do corredor de exportação, entre outros. “Nosso objetivo é que o porto ganhe mais competitividade e seja reconhecido pela excelência no serviço”, afirma Ribeiro.

Férias

Esse foi um dos últimos compromissos do secretário Nelson Serpa antes de sair em férias, a partir desta quarta-feira, 10. O secretário-adjunto da Casa Civil, Luciano Veloso Lima, comandará interinamente a pasta até o retorno de Serpa no dia 1º de fevereiro.

Informações adicionais para a imprensa:
Maiara Gonçalves
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Casa Civil de Santa Catarina
comunicacao@casacivil.sc.gov.br
(48) 3665-2005 / 98843-3497


Envelopes devem ser entregues no Complexo da Segurança Pública, na Capital. Foto: Dirceu Antônio Oldra/SSP

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) informa que estão abertas até o dia 19 de janeiro as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado para a contratação de profissionais, por prazo determinado, para o Instituto Médico-Legal, órgão ligado ao Instituto Geral de Perícias (IGP).

São 21 vagas para o cargo de Auxiliar de Medicina Legal: Florianópolis (quatro), Chapecó (duas), Joinville (duas), Rio do Sul (duas), Brusque (uma), Curitibanos (uma), Joaçaba (uma), São Lourenço do Oeste (uma), Tubarão (uma), Campos Novos (uma), Laguna (uma), Blumenau (uma), Balneário Camboriú (uma), Videira (uma) e Criciúma (uma).

As inscrições para o Processo Seletivo Simplificado serão recebidas em envelope fechado no período de 15 a 19 de janeiro de 2018, das 8h às 12h e das 14h às 18h, no endereço do Complexo da Segurança Pública (Avenida Ivo Silveira, 1.521, 2° andar, Bloco C, Supervisão de Gestão de Pessoas do IGP/SC, Bairro Capoeiras – Florianópolis -SC, CEP: 88.085-000).

Será permitido ao candidato realizar sua inscrição via Sedex desde que seja postada até o dia 19 de janeiro de 2018 para o local/endereço acima indicado.

São 40 horas semanais de trabalho. Será exigido o diploma de Nível Médio no processo de inscrição. Os interessados deverão ter, no mínimo, 18 anos de idade. O salário é de R$ 3.842,20, além do auxílio alimentação de, no máximo, R$ 264,00.

Disposições preliminares

O Processo Seletivo Simplificado será regido pelo Edital Nº 001/2018/IGP-SSP/SC, coordenado pela Comissão do Processo Seletivo, designada por ato da Secretaria de Estado da Segurança Pública. A comissão é responsável pela conferência e análise da documentação entregue pelos candidatos para a classificação no certame.

A classificação dos candidatos será publicada no Diário Oficial do Estado e consistirá no somatório de pontos de curso de qualificação, de contagem de títulos e da experiência comprovada na área específica do cargo.

O Processo Seletivo Simplificado destina-se à seleção de profissionais para contratação temporária pelo período de 12 meses, podendo ser prorrogada por uma única vez, pelo mesmo prazo.

A carga horária

A carga horária de trabalho será de 40 horas semanais, a qual deverá ser cumprida em regime de expediente mais sobreaviso ou plantão, o qual inclui horário diurno e noturno, feriados, finais de semana, conforme conveniência e necessidade da unidade operacional do Instituto Geral de Perícias em que o contratado desempenhará suas atividades.

>>> Mais informações no edital

>>> Ficha de inscrição

>>> Contrato de trabalho

Informações adicionais para a imprensa
João Carlos Mendonça Santos
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Segurança Pública - SSP
E-mail: imprensa@ssp.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-8183 / 98843-7615
Site: www.ssp.sc.gov.br

Página 26 de 268